1. Spirit Fanfics >
  2. A Fera - TodoBaku. >
  3. Tres.

História A Fera - TodoBaku. - Capítulo 5


Escrita por:


Notas do Autor


Oiii gente!
Então, aqui está o capitulo novo oh.
Boa leitura e espero que gostem.

Capítulo 5 - Tres.


Capítulo 03: ”Feitiço? Outro Lugar Para Ficar?”

+ Katsuki Bakugou +

(Toc Toc)

Fez duas batidas na porta do meu quarto. Eu havia chamado meu pai para falar do ocorrido. Até a manhã de hoje, eu achava ser um pesadelo, mas assim que olhei meu reflexo no espelho, vi que era verdade.

Não sei como falar para o meu pai, porque ele não acredita nessas coisas. Eu também não acreditava até isso acontecer.

- Entra. – Falei abaixando o meu capuz.

- Filho.... – O sorriso se desfez assim que ele viu a minha situação. – Que porra é essa, Bakugou?

- Deixa eu explicar. – Me levantei rapidamente começando a ficar nervoso.

- Explicar o que? Resolveu virar traficante? É isso?

- Me escuta, por favor! – Gritei fazendo ele se calar.

O silêncio tomou conta do quarto por poucos minutos até eu voltar a falar.

- Eu sei que o senhor não acredita em magia, mas... – Suspirei fundo e cerrei os punhos. – Uma bruxa da minha sala jogou um feitiço em mim e eu fiquei assim.

- Hum... Isso é problema seu. – Suspirou fundo.

Eu não havia acreditado no que ele havia acabado de falar. Meu próprio pai está me negando? É isso?

- Eu preciso da sua ajuda. – Me aproximei dele.

- Não posso fazer nada. Situação sua, problema seu. – Disse sem a mínima importância.

Deixei um riso sarcástico escapar e coloquei as duas mãos sobre a minha cabeça que não continha mais nenhum fio de cabelo meu.

- O senhor está brincando com a minha cara?

- Eu nunca falei tão sério na minha vida. Trate de resolver esse seu problema sozinho. – Disse dando as costas. – Eu tenho problemas demais para resolver.

Parece que eu havia caído em um poço. Ninguém estava lá para me segurar. Eu estou completamente sozinho... Meu próprio pai me abandonou.

- Aliás, você irá para a casa do seu primo Midorya. Não pode ficar aqui desse jeito. Eu recebo visitas e se te verem, vão achar que eu crio um monstro. – Ele parou na porta, mas não se virou para mim. – Eu sinto muito, Bakugou.

E saiu do quarto. Parece que tudo havia desabado e eu não tinha para onde ir. Suspirei fundo e não pude segurar o choro. Bufei de raiva e peguei uma mala que coloquei sobre a minha cama. Em seguida, abri meu guarda-roupa e dei de cara com uma foto minha.

Segurei a mesma com a mão tremendo e sentei no chão olhando para ela pensando como eu havia deixado tudo isso acontecer. Deixei uma lágrima teimosa molhar a foto.

 

“Por quê isso está acontecendo comigo?”

 


Notas Finais


Ahhhh, coitado do Bakugou... Poxa, eu estou com pena dele :'(


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...