História A Festa - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Anos 50, Bau, Fantasmas, Festa, Ilusões, Mundo Inverso, Pintura
Visualizações 5
Palavras 535
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Festa, Ficção, Mistério, Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Cross-dresser, Heterossexualidade
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


A foto não tem nada haver com o primeiro capítulo, não liguem, pois nada que eu faço é certo ( no caso algo com sentido ).

Os próximos capítulos vão ter ou essa foto daí de cima ou a da capa da fanfic, estarei com preguiça de por foto nova.

Fiquem com a leitura.

Capítulo 1 - Um Canto Insano


Fanfic / Fanfiction A Festa - Capítulo 1 - Um Canto Insano

                         1

Ana se põe de pé ainda meio atordoada pelo despertar brusco no meio da noite.

Ela olha para o despertador em cima do criado-mudo ao lado da cama. O relógio marca 3:15 da madrugada.

Um som de música vindo do andar de baixo pode ser ouvido no quarto da jovem. É um som de festa, som de uma orquestra de cordas.

Um grande vozeiro se faz presente também, aflorado de pessoas se entregando ao clima do momento.

Todavia Ana morava sozinha, então, não poderia ser ela à responsável por tal recepção tão calorosa e em horário tão inoportuno.

Quem estaria dando uma festa? Esta era a pergunta que Ana estava se fazendo naquele momento.

A mesma estava residindo no local há menos de 24 horas, tudo, no entanto já tinha um ar misterioso para a jovem.

Ana abre a porta do quarto e se lança num corredor iluminado apenas pelo brilho de uma pálida lua cheia num céu com poucas estrelas.

A cada passo dado, o som de música ambiente vai se tornando mais evidente para a mesma.

Quando começa a descer os primeiros degraus daquela velha escadaria, um silêncio perturbador faz com que Ana pare subitamente.

O barulho de música já não pode ser ouvido nem tão pouco a animação dos antigos convidados que há pouco alegravam o lugar.

As luzes da velha sala de visitas, que outrora fora palco de luxuosas festas se encontravam agora apagadas, às janelas do casarão decrépito no fim da rua se acham agora fechadas.

Já não há mais o barulho de festa que tempos antes podia ser ouvidos com clareza de detalhes. Apenas um silêncio insano reina agora no local.


- Isso só pode ser loucura minha, eu devo ter sonhado - Ana fala para si mesma, tentando acreditar que tudo que ouvira não passara de imaginação de sua cabeça, ou, como ela mesma dissera: tudo deve ter sido um sonho.


No entanto, um fato bizarro chama a atenção da moça, e faz com que a jovem acredite mesmo que algo de estranho acontece na casa: um quadro na parede retratando uma festa.

Com seus convidados dançando alegremente e se confraternizando uns com os outros em igual sintonia. Músicos retratados com seus instrumentos típicos.

Em qualquer parte da sala que estivesse, é como se às figuras da tela pudessem seguir Ana com seus olhares de tinta.

A moça relembra do momento em que retirou a velha pintura da parede e a encerrou num antigo baú em um dos quartos da casa.

Todavia Ana não sabia como o quadro viera parar outra vez na parede da sala de visitas da casa. A jovem não tinha uma resposta plausível ou racional para aquele fato intrigante e misterioso.

A mesma sobe um lance de escada aos trancos e barrancos e se dirige até um quarto localizado no fim do corredor mal iluminado.

O mesmo se acha trancado, mas Ana retira do bolso de seu surrado pijama rosado um bolo de chaves e começa a testar uma a uma, até encontra a certa.

A moça corre até um baú num canto escuro do quarto e o abre com cautela, temendo que de lá de dentro algo terrível se revele para ela.


Notas Finais


Gostou? Se sim, favorite a fanfic e deixe nos comentários o que achou, estarei interagindo também.

Beijos e até o próximo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...