História A filha da empregada - Capítulo 16


Escrita por:

Postado
Categorias Felipe Neto
Personagens Felipe Neto
Tags Brufe, Brulipe, Bruna, Brunagomes, Febru, Felipe, Felipeneto
Visualizações 125
Palavras 430
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Spoilers
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Este capítulo vai ser narrado pelo Felipe

Capítulo 16 - Eu adoro você


Fanfic / Fanfiction A filha da empregada - Capítulo 16 - Eu adoro você

  Eu estaciono o meu carro e abro a porta do carro para ela ao mesmo tempo que pego na sua mão. Ela junta a minha mão à mão dela e caminhamos de mãos dadas até chegar na porta do restaurante.
Eu escolho uma mesa para dois e ela me segue até à nossa mesa. Eu puxo uma cadeira e aponto para ela para que se sente. Eu me sento e nós ficamos conversando enquanto o garçom não vem anotar nossos pedidos.
[...]
Chegamos em casa e enquanto ela vai até ao seu quarto eu aproveito para ficar na sala de estar e conversar com o meu irmão.
-Oi, Luccas!-ele não me responde e eu noto a sua expressão de chateado.
-O que se passa porque é que está com essa cara?-pergunto um pouco preocupado.
-Talvez porque alguém me deixou pendurado na escola e não me foi buscar!-ele resmunga.
-Mas eu nem fui no colégio hoje eu aproveitei a manhã para ir visitar o meu pai.
-É mas a Bruna agora chegou com você não foi?
-Sim, a Bruna veio comigo depois da aula porque ela quis ir visitar o meu pai!
-Eu juro que não te entendo, no início não queria conversas com ela e agora não a larga!
-Isso são coisas minhas se algum dia me apetecer eu te conto!-respondo para ele desviando da conversa.
-Felipe!-Bruna me chama e Luccas revira os olhos.
-Fala!
-Você falou que queria os apontamentos da aula eles estão aqui, toma!-ela me entrega um caderno para a mão.
-Obrigada! Eu não estou entendendo muito bem as aulas nos últimos dias você pode me explicar?
--Claro, vem comigo!-eu sigo ela até seu quarto e me sento em uma cadeira da sua secretária.
[...]
-O que é que você não está entendendo?-pergunta ela para mim mas eu estou compenetrado nos seus olhos, no seu narizinho perfeito, no seu rosto fofo e na sua boca.
Eu sinto uma vontade tão grande de a beijar que não me controlo e acabo fazendo isso mesmo. Ela retribui o meu beijo ainda com mais intensidade. Eu vou acalmando e o transformo em um beijo romântico com alguma pegação mas quero demontrar que o que estou sentindo por ela é muito mais do que uma simples paixão.
-Eu adoro você!-sussuro no seu ouvido assim que o beijo termina.
-Eu também adoro você!-ela sussura de volta.-Posso dormir com você esta noite?-eu sorrio com as suas palavras foi tão bom dormir abraçado com ela na outra noite.
-Claro que pode, por mim pode dormir aqui todos os dias!-eu respondo e beijo ela novamente.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...