História A filha da empregada - Capítulo 18


Escrita por:

Postado
Categorias Felipe Neto
Personagens Felipe Neto
Tags Brufe, Brulipe, Bruna, Brunagomes, Febru, Felipe, Felipeneto
Visualizações 132
Palavras 678
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Spoilers
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Este capítulo vai ser narrado pelo Felipe

Capítulo 18 - Ela está preocupada


Fanfic / Fanfiction A filha da empregada - Capítulo 18 - Ela está preocupada

O jantar termina e eu vou até à sala de cinema junto com Luccas e Bruna para ver um filme.
Eu passei o tempo todo ao lado da Bruna mas não falei nada com ela e nem prestei atenção no filme. Eu não estava com vontade de falar com ninguém eu estava apenas pensando no meu passado e na situação do meu pai.
O filme termina e eu saio da sala sem falar nada para eles eu apenas me levanto e saio.
Assim que entro no meu quarto não aguento mais segurar as minhas lágrimas e choro para afastar aquele sentimento de raiva.
-Feh, o que se passa?-Bruna entra no meu quarto sem bater na porta.
Mas eu não fico bravo com ela eu sei que ela só o fez porque está preocupada comigo.
-Nada, está tudo bem!-minto para ela.
-Feh, se você está chorando é porque aconteceu algo por favor me fala!
-Tudo bem, algum dia você ia ter que saber por isso mais vale eu contar agora.
-O que aconteceu? O que você fez?-questiona.
-Eu não fiz nada quer dizer talvez tenha feito e talvez a culpa dela ter ido embora tenha sido minha se calhar não lhe dei a atenção que ela merecia...-relembro o momento em que encontrei o quarto da minha ex namorada completamente vazio.
-Você está falando do quê?
-Bru, faz hoje um ano que a menina que eu considerava ser o amor da minha vida foi embora, ela fugiu sem dizer nada e uns tempos depois ela atendeu a minha chamada e falou que se foi embora com o meu dinheiro e pior que me tinha traído com um garoto mais velho e estava grávida dele.
-Grávida dele mas você tem certeza que não era seu?
-Bruna, a gente nunca transou ela sempre me falou que não estava pronta.
-Nossa, Feh eu já sabia que você tinha vivido essa história com uma menina só não sabia que ela tinha fugido grávida.-fico muito surpeendido.
-Como é que você sabia?
-Calma, foi o seu pai que me contou hoje lá no hospital! Mas ele não me falou nada sobre ela ter ido embora grávida!
-Pois ele não falou porque nunca ninguém soube disso eu escondi de toda a gente já era suficiente mau ela me ter abandonado imagina se soubessem que ela estava grávida de outro...-explico para ela.
-Eu percebo que você não tenha contado isso e também percebo que você tenha se tornado uma pessoa diferente do que era naquela época.
-Bruna, como é que você se apaixonou por mim você é uma garota tão linda e eu sou um cara que anda por aí sem fazer nenhum sempre rancoroso e mal humorado!-sinto tantas dúvidas sobre este relacionamento e ao mesmo tempo sinto uma vontade de dar a volta a essas dúvidas e fazer dar certo.
-Você não é apenas um cara rancoroso e mal humorado você é uma pessoa maravilhosa eu tenho certeza disso e eu me apaixonei por você porque eu sabia que lá no fundo você era uma pessoa boa e muito legal!-ela confessa.
-Eu fico babando quando você fala essas coisas para mim. Ah e desculpa eu não ter dado muita atenção a você durante o filme mas eu estava em outro mundo eu nem pensei, desculpe!-eu peço perdão pela minha atitude durante o filme
-Tudo bem, agora eu entendo!-sorri para mim e se deita do meu lado me abraçando.
-Sabe tem acontecido tudo ao mesmo tempo o acidente do meu pai, a história que eu vivi com essa garota e você...
-Eu? O que tem eu?
-Bruna, pelo amor de deus eu gosto de você não finja que ainda não percebeu!
-Eu já percebi isso!
-E então o que você sente por mim?
-Eu também gosto muito de você e eu não vou trair a sua confiança igual ao que a sua ex fez.
-Você nem precisava de me falar isso eu sei muito bem que você não faria uma coisa dessas.-ela me beija.-Agora, vamos dormir!-eu digo e ela deita a sua cabeça no meu peito e adormece.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...