História A Filha da Lua - Capítulo 16


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 3
Palavras 904
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Luta, Magia, Mistério, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oii! Tudo bem?
Espero que sim!
Boa leitura ❤️🌙

Capítulo 16 - Resgate


Dylan caminhava em direção ao o rio, que dava ligação para o portal dos dois mundos perdido em seus pensamentos, pensava em uma maneira de explicar tudo para Seline mas não achava um jeito. Em meio a mata escultou um barulho de passos, logo ficou em alerta viu que duas pessoas de armaduras douradas, ele se escondeu mas foi atingido por uma bola de fogo, que fez com que perdesse a consciência, quando acordou estava preso em uma cadeira, sem poder se mexer, na sua frente estava o Rei Sol e de seu lado estava a rainha Lua também presa, o rei segurava em sua mão uma página de um livro, que começou a ler.

- E então com a espada de três luas o traidor conseguiu parar a filha do fogo, mesmo quase morrendo ela teve forças para colocar a marca da lua na palma da mão do jovem, e no mesmo instante seus poderes acabaram e seu cabelo se tornou escuro e seus olhos negros como a noite. e assim ela disse que voltaria no corpo de um ser de cabelos brancos e olhos azuis, e que quando chegasse a hora ela acordaria de seu sono para se vingar de todos aqueles que fizeram ela sofre... - terminou de ler. - esse foi apenas um pouco da história, mas porque eu não pergunto diretamente para você, traidor!

- Eu não sei do que você está falando.

- Não mesmo? Eu sei que você foi atrás da princesa, e sei que a filha do fogo se reencarnou nela! Vai continuar mentindo até quando?

- Sim, eu fui atrás dela e vou protegê-la...

- A mesma história de antes! Proteção e proteção... Isso é engraçado porque meu filho já está atrás da princesa - sorriu. - não vai demorar muito para ela chegar aqui.

- você nunca vai conseguir o que quer, eu não vou deixar que você traga ela de novo.

- Hahaha... Eu cansei de falar com você. Levem ele e façam com que ele sinta dor, tenho certeza que a princesa também sentirá dor - virou-se e saiu.

Dylan foi levado para uma sala escura, aonde prenderam seus braços e tiraram a parte de cima da sua roupa e chicotearam...

Ao mesmo tempo...

Seline ainda estava no castelo com o rei, conversando sobre os livros escondidos. Ela conversava normalmente até que começou a sentir dor na sua mão, o mesmo começou a doer suas costas ela se levantou e caiu de joelhos novamente, sentiu uma dor de cabeça imensa e sua vista foi escurecendo - Esta doendo muito, eu não enchergo nada - se contorcia.

- O que está acontecendo? 

- Eu não sei!

- Seline... Seus olhos... Estão... - não conseguia falar.

- Eu não consigo ver nada... Eu estou fraca - desmaiou.

Imediatamente o rei chamou alguns criados para carrega-la até o quarto, Seline deitada na cama não parava de se debater e o motivo era as visões que estava tendo. Nela ela viu Dylan preso sendo machucado em um lugar totalmente diferente, onde ela nunca tinha visto até que na parede ela viu um símbolo, de um Sol e foi nesse momento em que ela acordou, o Rei estava ao seu lado com uma feição de preocupado, Seline se levantou da cama, com as pernas um pouco travadas foi andando aos poucos.

- Você está bem? O que aconteceu? - perguntou preocupado.

- Eu não sei, eu senti muita dor e então minha visita ficou embasada e eu vi uma o Dylan! - disse com as mãos nos olhos.

- O que você viu? Oh seus olhos... - ficou em espanto quando viu os olhos de Seline amarelos.

- Eu preciso de um espelho! - foi até o espelho. - Não pode ser! O que está acontecendo comigo.

- Você está sentindo estranha?

- Não, Me sinto bem! Só não estou entendendo... Porque meus olhos estão assim, eu preciso encontrar o Dylan! - saiu apressada.

Com os cabelos no rosto ela saiu do castelo, estava indo para casa pensar em uma maneira de achar Dylan, enquanto caminhava pensava na sua visão se de fato aquilo que ela viu era verdade ou foi apenas um pesadelo, Seline não tinha outra escolha a não ser ir para o reino solar, ela estava com medo pois não sabia o que enfrentaria apartir do momento que ela passasse o portal, mas era um risco que ela teria que correr. Ela foi para casa buscar sua espada, ela pegou e saiu em direção a mata escuro, já era noite e quase não dava para enxergar mas continuou até chegar no a beira do rio, ela olhou em volta para ver se não tinha ninguém depois de conferir, pôs a mão no rio e desejou ir para o reino solar no mesmo momento o fundo do rio começou a brilhar e então um portal se abril, sem hesitar ela entrou em um piscar de olhos ela se encontrou no portão imenso e dourado do sol, em um certo ponto do portão avistou dois cavaleiros solares, ela tomou muito cuidado ao entrar, mas conseguiu passar do portão ela viu o grande castelo onde o rei ficava, enquanto caminhava viu em uma janela uma capa e ela pegou para esconder seus cabelos, com o rosto coberto ninguém desconfiaria dela, mas não deu muito certo quando se deu conta ela já estava cercada por cavaleiros, com espadas de fogo na mão.




Notas Finais


Espero que tenham gostado...
Perdoa os erros!
Até o próximo capítulo ❤️🌙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...