História A filha da minha madrasta - Capítulo 40


Escrita por: e Milla_Scarlet

Postado
Categorias Adèle Exarchopoulos, Alessia Cara, Alli Simpson, Anjos da Noite (Underworld), Azul é a Cor Mais Quente, Bea Miller (Beatrice Miller), Camila Cabello, Demi Lovato, Fifth Harmony, Madison Beer
Personagens Adèle Exarchopoulos, Alli Simpson, Ally Brooke, Amelia, Bea Miller, Camila Cabello, Dallas Lovato, Demi Lovato, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Lucian, Madison Beer, Marcus Corvinus, Michael Corvin, Normani Hamilton, Personagens Originais, Selene, Viktor, William Corvinus
Tags Camren, Demi Lovato, Família, Madison Beer, Mami, Norminah, Originais
Visualizações 70
Palavras 1.262
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Ficção, Ficção Adolescente, LGBT, Luta, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Slash, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Transsexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpas pela demora(entraram provas e simulados no meio do caminho).

Capítulo 40 - They'll try to kill you


“They'll try to kill you and her" (3/8)

Madison Beer Point Of View

Eu estava dormindo no hospital,ou melhor,na verdade eu estava fingindo que estava dormindo para o caso de alguém com que eu não quisesse falar entrasse. Demetria,Bruna,Caio,Andreia, Kelly,Acácia, Stevie,Alexia,minha mãe/avó, Rodrigo,Shay e Severide,enfim todos meus amigos e familiares mais próximos. Consegui e dei um jeito de ver meu pai/avô. Ele me agradeceu bastante e sorri feliz por ter ajudado. Eu com certeza o amava independentemente de ele ser meu pai biológico ou não.

Já era noite e Demetria insistiu para passar a noite comigo e por isso acabei cedendo,mas acabei forçando minha pequena a ir para casa. Falando nela,nunca estive tão feliz pelo simples fato de que agora somos noivas. Eu iria me casar com a mulher que amava. Resolvi parar de fingir um pouco que estava dormindo para pegar meu celular que estava no criado mudo ao lado de minha cama. Mas acabei quase tendo um ataque cardíaco com quem vi sentada em minha frente. Meu coração quase parou.

-Na... Nathália? -Perguntei terrivelmente assustada. O que ela fazia ali? Por que havia entrado? E pior como havia entrado sem que eu tivesse ao menos percebido alguma coisa?

-Eu ia perguntar se você se lembrava de mim,mas já vi que se lembra sim -falou rindo e se aproximando

-Por que você está aqui?-Perguntei seriamente. Eu quase fui expulsa da escola por causa dessa mulher. Meu peito se inflou de raiva, ódio e ressentimento que guardei por anos.

-Porque eu queria falar com você. Aliás,ainda quero falar. -falou sorrindo.

-Saia daqui imediatamente -gritei

-Não. Não e não. Não sairei daqui até nos falarmos. -se abaixou chegando até a altura de meu ouvido. -Além eu acho que você ainda gosta de mim -sussurou me fazendo arrepiar com um beijo que depositou ali.

-Eu? Ainda gostar de você? -Perguntei caindo na gargalhada com aquilo.

-Eu sei que sim. Vejo pelos seus olhos que ainda gosta.

-Sabe a Demetria me ajudou a compôr uma música sobre você

-Como falei,você ainda gosta de mim.

-Na verdade, minha cara Nathália Mello Hughes, você devia dar um olhada na letra -falei rindo e agora sim pegando meu celular para depois lhe mostrar a letra.

I remember you walked out the door

So I stayed awake for days

No pill or drink could get me off the floor

Nothing seemed to ease the pain

Listen to me honey

I've got something new to say

I forgive but can't forget your mistakes

Now I think it's time for you to pay

He's Mr. Hughes

And he's got the blues

Cause his high school dreams

They never went too far

And he's Mr. Hughes

And he's got the blues

Cause he missed his chance to be with a star

Oh, oh, oh, oh

Oh, oh, oh, oh

Mr. Hughes, I ain't missin' you

This is for the times you broke my heart

And all the years you led me on

Now you're asking for a brand new start

But you're way too late and now I'm gone

Listen to me honey

I've got something new to say

I forgive but can't forget your mistakes

Now I think it's time for you to pay

He's Mr. Hughes

And he's got the blues

Cause his high school dreams

They never went too far

And he's Mr. Hughes

And he's got the blues

Cause he missed his chance to be with a star

Oh, oh, oh, oh

Oh, oh, oh, oh

Mr. Hughes, I ain't missin' you

How could you think I'm so stupid, I wouldn't see through?

I always do

Now I got a new man

And he's ten times the man you could ever be, Mr. Hughes

He's Mr. Hughes

And he's got the blues

Cause his high school dreams

They never went too far

And he's Mr. Hughes

And he's got the blues

Cause he missed his chance to be with a star

Oh, oh, oh, oh

Oh, oh, oh, oh

Mr. Hughes, I ain't missin' you

Oh, oh, oh, oh

Oh, oh, oh, oh

Mr. Hughes, I ain't missin' you

Oh, oh, oh, oh

Oh, oh, oh, oh

Mr. Hughes, I ain't missin' you

(Eu lembro quando você foi embora

Eu fiquei acordada por dias

Nenhuma pílula ou bebida me tiraria do chão

Nada parecia conseguir aliviar a dor

Querido, me escute

Eu tenho uma novidade para contar

Eu perdoo, mas não posso esquecer seus erros

Agora acho que é hora de você pagar

Ele é Sr. Hughes

E ele tem o talento

Porque seus sonhos do colegial

Nunca foram longe demais

E ele é Sr. Hughes

E ele tem o talento

Ele perdeu a chance de estar com uma estrela

Oh, oh, oh, oh

Oh, oh, oh, oh

Sr. Hughes, eu não sinto sua falta

Essa é pelas vezes que você quebrou meu coração

E por todos os anos que você me carregou

Agora você pede por um novo começo

Mas você chegou tarde demais, agora eu já parti

Querido, me escute

Eu tenho uma novidade para contar

Eu perdoo, mas não posso esquecer seus erros

Agora acho que é hora de você pagar

Ele é Sr. Hughes

E ele tem o talento

Porque seus sonhos do colegial

Nunca foram longe demais

E ele é Sr. Hughes

E ele tem o talento

Ele perdeu a chance de estar com uma estrela

Oh, oh, oh, oh

Oh, oh, oh, oh

Sr. Hughes, eu não sinto sua falta

Como pôde pensar que eu seria tão estúpida, que eu não conseguiria ver?

Eu sempre consigo

Agora eu tenho um novo homem

E ele é dez vezes o homem que você jamais poderia ser, Sr. Hughes

Ele é Sr. Hughes

E ele tem o talento

Porque seus sonhos do colegial

Nunca foram longe demais

E ele é Sr. Hughes

E ele tem o talento

Ele perdeu a chance de estar com uma estrela

Oh, oh, oh, oh

Oh, oh, oh, oh

Sr. Hughes, eu não sinto sua falta

Oh, oh, oh, oh

Oh, oh, oh, oh

Sr. Hughes, eu não sinto sua falta

Oh, oh, oh, oh

Oh, oh, oh, oh

Sr. Hughes, eu não sinto sua falta)

Não sei realmente o que foi mais engraçado:se as reações dela enquanto lia ou a cara dela quando terminou.

-A verdade é que o que me mantém lembrando de você é a raiva que eu alimento por anos,minha querida. Nada mais do que isso. -falei a encarando

-Mesmo ainda achando que você está só com raiva eu preciso te avisar -falou bufando aparentemente um pouco decepcionada. Senti um pouco de dor e peso de consciência. O fato de eu estar com raiva dela não me dava o direito de machucar ninguém - Eles descobriram quem você e sua irmã são. Vão julgar a Andreia por crime contra a raça vampira. -falou séria

-Como assim? -Perguntei aterrorizada.

-Kelly e Andreia misturaram as linhagens. Misturaram Lycans e Vampiros resultando em você e sua irmã,as duas primeiras híbridas de sangue puro e ainda tem a sua irmãzinha mais nova.

-E deixa eu adivinhar. Para o conselho dos vampiros e dos Lycans isso é crime

-Se fosse crime para os Lycans eu teria falado Kelly e Andreia e não só uma das duas. -falou

-Não tem como impedir?

-Só se vocês morressem... Algo que eu não quero...que ninguém quer que aconteça. -falou solenemente

-Mas tipo todos os híbridos ou só eu e minhas irmãs? -perguntei meio receosa

-Como assim todos os híbridos... Quem teve filhos? -perguntou depois de ter chegado rapidamente a conclusão.

-Eu -respondi bufando. Eu estava a beira de chorar. Aparentemente deixei transparecer isso.

-Shh... Vamos encontrar um jeito,Mad -falou beijando minha mão.

-Assim espero -falei deixando tudo que eu tinha guardado sair em lágrimas de puro desespero e raiva: o fato de meus pais não serem mesmo meus pais. O fato de minha irmã e de sua esposa serem minhas mães. O fato de que minha família corria perigo por causa de um bando de idiotas medrosos e preconceituosos que se achavam donos do planeta. Mas de uma coisa eu sabia enquanto chorava: Eu iria lutar pela minha família e iria salvar a todos.

-Olha,eu sei que a gente se “odeia",mas eu vou estar do lado de vocês. Sou uma amiga e você pode contar comigo -finalizou Nathália e eu assenti em resposta. Parecia que nós estávamos fazendo as pazes.


Notas Finais


Leiam e favoritem também:
The maniac of Miami:https://spiritfanfics.com/historia/the-maniac-of-miami-9432831
A Seleção:https://spiritfanfics.com/historia/a-selecao-9697223
A dama de companhia:https://spiritfanfics.com/historia/a-dama-de-companhia-spin-off-10428193
Obs¹:Eu gostaria de pedir desculpas a todos e em especial a minha querida,Em por não ter cumprido minha promessa como o esperado. Espero conseguir atualizar o mais rápido possível.
Obs²:Isso é mais um agradecimento que uma observação. Eu queria dizer obrigada a todos vocês que estiveram ao meu lado e que aqui estão lendo. Escrevo por amor e vocês são a principal motivação que tenho. A vocês,meus queridos e minhas queridas leitores e leitoras,meu muito obrigado 💗


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...