1. Spirit Fanfics >
  2. A filha de Dean Winchester >
  3. A estrada até aqui

História A filha de Dean Winchester - Capítulo 5


Escrita por:


Capítulo 5 - A estrada até aqui


Fanfic / Fanfiction A filha de Dean Winchester - Capítulo 5 - A estrada até aqui

Voltamos a Belford onde estavam hospedados meu pai e meu tio e onde estava o tão adorado Impala do Sr wischester.

Ao chegarmos perto do carro ele corre e o abraça chega a ser engraçado a cena.

-ahhh meu imoalinha que saudade eu tava de você! 

Meu tio me olha e rimos.

Fomos até uma lanchonete a umas duas quadras dali, eu estava faminta e acho que eles também, podia ouvir seus estômagos roncarem, afinal estavam a dois dias mortos.

Dean pede um x-bacon duplo e um refri de cola, Sam é mais saldavel ele pede um sabuey de empanado de frango e suco natural eu peço um x burguer e um smothe de frutas vermelhas.

--então ainda não caiu a ficha que você é minha filha, não é que eu duvide mas acho justo fazer um exame de DNA pra confirmarmos.

--então você acha que minha mãe mentiria?

--não é isso, eu só quero que tenhamos certeza, não me leve a mal, isso tudo é novo pra mim. Diz Dean com o rosto preocupado.

--olha Dean se serve de consolo vocês se parecem um pouco, ela tem seus olhos. Diz Sam.

-eu não duvido, só não entendo como nem o couth nem Castiel não me contaram sobre você.

-Hum, Isso é verdade. Diz Sam saboreando seu lanche.

-quem é couth?

--couth é um profeta, ele vê tudo que acontece com agente, sabe tudo sobre nossa vida, passado, presente e algumas coisas do futuro também, ele escreve livros sobre nós, isso me admira ele nunca ter falado sobre você.

-bom, talvez possamos ir lá conversar com ele. Falo enquanto como meu burguer que tava uma delícia.

--otima idéia. Dean fala devorando seu lanche.

Ele tinha o mesmo gosto por lanches que eu.

Assim vamos rumo a casa do couth no Impala do meu pai bonitão ouvindo rock e em pleno silêncio.

Ao chegar lá vejo um homem escrevendo em seu computador.

-pode me explicar porque não disse que eu tinha uma filha?

---eu não posso contar essas coisas você sabe, além disso eu não cheguei a ver isso direito em meus sonhos, sua filha tem uma espécie de escudo que barreia qualquer contato.

--escudo?

-sim, isso é um dom que você deve ter herdado da família do seu pai pulou Dean, Sam e o pai deles.

-que? Digo meia boba com isso.

-não acredito, isso é sério?, Como diabos esse escudo funciona? Dean fala.

---é uma espécie de barreira do seu celebro, nenhum anjo ou demônio consegue te localizar ou obter informações suas, nem mesmo eu um profeta.

-uau, tem ideia de como isso é bom filhinha? Diz Dean brincando. Ele tava começando a gostar da ideia de ser meu pai.

A 00:00 como Castiel mandou, íamos até o galpão pra realizar o feitiço contra os leviatãs que estavam por toda parte da terra, eu ter esse escudo de alguma forma protegia meu tio e meu pai também.

Era muita informação para um dia só, eu estava feliz, tinha uma família apesar de não ter minha mãe comigo.

Dean me explicou que não teria como revive-la já que ela foi morta de uma maneira natural, foi pro céu e de certa forma Deus ou alguma força não tinham planos pra ela aqui na terra, meu pai me explicou muitas coisas:  

Me contou que no começo eles tiveram que lutar até contra Deus que estava no corpo de um homem que chamavam de "casca", e anjos que queriam o apocalipse na época, depois eles conseguiram salvar muitas vidas na guerra, obtiveram apoios de anjos e arcanjos, sacrificaram a "casca" de Miguel que era o corpo onde o Arcanjo abitava, que por coincidência era o corpo do seu meio irmão mais novo que também tinha sido recussitado, dean explicou como isso foi difícil pra eles, mas foi necessário para salvar a humanidade...

Com isso impediram na época o apocalipse, fechando portais, sacrificando anjos e demônios, e lutando contra a própria marca de Caim a qual deixou meu pai meio vingativo e sangue frio, me contou que depois de um tempo ela saiu naturalmente dele com muita luta e esforço...

Deus então subiu denovo ao céu e deu outra chance a humanidade, porém as portas do inferno foram abertas, demônios e leviatãs saíram e anjos foram enviados pra essa guerra, porém nem eles conseguem conter os leviatãs e Deus deixou isso nas mãos dos Winchesters...

-uau! Digo ao ouvir tudo isso.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...