História A filha de Kaguya - Deusa Renegada - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Akamaru, Anko Mitarashi, Ashura Ootsutsuki, Asuma Sarutobi, Chiyo, Chouji Akimichi, Danzou Shimura, Darui, Deidara, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Haku, Hanabi Hyuuga, Hashirama Senju, Hidan, Itachi Uchiha, Kaguya Ootsutsuki, Kurama (Kyuubi), Kurenai Yuuhi, Kushina Uzumaki, Minato "Yondaime" Namikaze, Nagato, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Obito Uchiha (Tobi), Orochimaru, Pain, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sasori, Shino Aburame, Shisui Uchiha, Suigetsu Hozuki, Temari, TenTen Mitsashi, Tobirama Senju, Tsunade Senju, Yamato, Zabuza Momochi, Zetsu
Tags Mistério, Naruto, Revelaçoes, Romance
Visualizações 12
Palavras 1.844
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Esporte, Hentai, Luta, Mistério, Suspense
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 10 - Passado


Fanfic / Fanfiction A filha de Kaguya - Deusa Renegada - Capítulo 10 - Passado

    

       A chegada de kaori na terra                  


Autora on



- Até kaguya - Zetsu se despedi de kaguya, e quando estava indo é segurado 



- Espera Zetsu - Kaguya chama ele, o mesmo se vira a olhando - Me de ela aqui, eu levarei ela para seus futuros pais 



- Mas... Kaguya você acabou de da a luz - Zetsu fala - Mesmo sendo deusa,  se você receber um golpe pode até morre 



- Que nome vou dar a ela... - Kaguya ignora completamente Zetsu - Ela é uma criança rara, que tal Yukiko..... Sim, Yukiko Otsutsuki 



- Se você a ama de verdade, não vai ligar para os comentários.... Kaguya não abandone sua filha 



- Zetsu! - Chama kaguya - Vamos logo



Kaguya e Zetsu vão para uma vila distante, kaguya andava calmamente com sua filha no colo, a pequena era frágil, possuía a beleza de sua mãe, nasceu com cabelos pretos, olhos pretos, seus traços negros foi puxado de seu pai



Quando eles chegam la, kaguya diz que queria fala com os lordes da vila, assim que ela pede, um homem a guia pela enorme vila, eles chegam em uma casa grande, até verem um casal sentados a frente, kaguya se senta bem na frente deles e se apresenta



- Eu sou kaguya Otsutsuki - Ela olha para sua bebe - Essa é minha filha Yukiko Otsutsuki - Kaguya havia escolhido esse casal, porque ela sabia que a mulher não podia ter filhos



- Sou Arashi Hitome - O lorde fala frio - Essa é minha esposa Haruta Hitome. O que deseja kaguya?



- O meu desejo... É que cuide dessa menina - Kaguya estende a mão - E aceite isso - Ela faz aparecer cristais na sua mão - Isso se chama chakra, quero que use isso para protegê minha filha das guerras, e com o tempo ela também terá esse poder, e ensinem ela a usar, esse é meu desejo



- Mas... Você é a mãe, deve cuidar de sua própria filha - Ele fala mas frio, ao ver sua esposa chorar



- Eu não quero cuida dela - Fala kaguya calma - Sua mulher não pode ter filhos, então... Fica com a minha 



Kaguya se levanta e vai em direção a Haruta, ela coloca a menina nos braços da Haruta,  a mesma começa a chorar, Haruta sempre quis ter filhos, mas não podia. Kaguya com a mesma expressão, da chakra para Arashi e Haruta, ambos ficam com poderes de cristal, depois disso kaguya vai em direção a saída  quando é chamada



- Kaguya! - Chama Haruta  - Por que você abandonou sua filha?



- Porque... Ela precisa fazer uma coisa no futuro, . Cuide dela, posso esta abandonando ela mas eu a amo  -  Depois que ela falou isso, kaguya sai pela aquela porta deixando sua filha





 4 anos depois                 



- Olha mamãe - Fala Yukiko - Eu conseguir, consegui fazer cristais 



- Sim filha! Você conseguiu - Haruta  abraça sua filha - Parabéns



- Conseguiu né Yuki - Fala Arashi - Vem vamos continuar nosso treinamento 



- Tá papai - Responde a pequena



Yukiko cresceu com graça e doçura, era inocente, apenas com 4 anos ela já era considerada a mas forte de sua vila, mesmo com sua força, ela não ia para os campos de batalha, na verdade nenhuma criança ia, mesmo tendo potencial, o motivo era; crianças nesse tempo eram facilmente influenciadas pelos inimigos, fisicamente as crianças eram fortes, mas mentalmente eram fracas



 A canção                    



- Mamãe estou com medo - Fala Yukiko se encolhendo no colo de sua mãe. Estava chovendo muito e a pequena tinha medo da chuva - Me abraça 



- Claro filha - Fala Haruta  - Mas é só uma chuva, não tem nada a temer



- Mesmo assim - Fala Yukiko 



- Já sei! - Haruta pega a mão de Yukiko - Que tal uma música 



- Música? - Pergunta Yukiko



- Sim! Uma música só nossa. Que tal assim


É raro achar alguem assim


Você está sempre la


Torcendo por mim


Nos temos muito pra fala 


Você faz tudo melhorar 



- Gostou? - Pergunta Haruta



- Sim, Sim, continua mamãe - Yukiko estava animada 



- Ok! 



Minhas piadas 


As palhaçadas 


Te fazem gargalha


Tudo que eu quero pedi  


É que te faça sorri


É que cultivemos pra sempre essa união 


Sigamos sonhando assim


Eu cantarei por você e você por mim uouo


A nossa canção 


- Eu gostei - Fala Yuki 



- Que bom! Cante toda vez que estiver com medo, e quando estiver longe de mim e morrendo de saudade. Que tal adicionar um pouco 


Esteja onde estiver 


Por perto eu vou estar


E se chamar por mim


Vou sempre te escutar9



- Essa vai ser a minha música e a sua - Haruta toca a ponta do dedo indicador no nariz de Yukiko 



Arashi e Haruta amavam muito Yukiko, sempre que podiam ficavam com ela, já que ambos eram ocupados.  Anos após anos, tudo era um mar de maravilhas, até o pior aquele dia chegar.....




















A noite 5 anos depois 



Era 5:00 da tarde, e Yukiko estava no seu quarto como sempre, treinando seu poder, estava esperando seus pais chegarem e verem seu esforço



Durante seu treino, começa a aparece uma luz Branca No canto, ela se afasta, e se prepara pra atacar. Ela percebe que havia uma mulher ali, a luz começa a desaparecer, mas a mulher permaneça lá



- Quem é você? - Pergunta  Yukiko



- Sou kaguya - Ela se aproximar - Você cresceu Minha querida - Kaguya acariciar seu rosto 



- Se afasta estranha - Yukiko tira a mão de kaguya - O que você quer?



- Quero lhe avisar do perigo - Fala kaguya



- Que perigo? Você? - Fala Yukiko 



- Não sou, seu pai e sua mãe. Eles são o perigo - Fala kaguya fria



- C-C-como assim? - Pergunta Yukiko 



- Yukiko, tudo o que você viveu foi uma mentira, seus pais são uma mentira - Kaguya fala - Eles fazem pessoas sofre, eles criam guerra, a guerra é ruim 



- Eles protegem nossa vila - Fala Yuki - Não fale o que não sabe 



- Eu sei de muita coisa....... Você deve elimina-los 



- O que?? Por que acha que eu faria isso, saia daqui



- Se você não mata-los, eles vão te eliminar, quer acaba com a guerra? Acabe com eles. Pessoas como seus pais não deveriam existe,  eles matam muito, torturaram pessoas, crianças, e famílias. Acorde para o mundo, precisamos da paz - Kaguya coloca sua mão nos ombros da mesma que queria chora



- O que é paz? - Sua voz sai fraca 



- Um mundo sem guerra - Kaguya a abraça - Sua mãe foi uma mentira, tudo o que ela fez foi só pra te enganar. Quer sabe como é o amor de mãe de verdade? - Kaguya olha para seu rosto que estava cheio de lágrimas - Mata-os Yukiko! 



- N-nao p-p-osso - Sua voz sai trêmula 



- Não queria falar mas...... Seus pais mataram minha filha.... - Kaguya chora 



- Sua filha! - A voz de Yukiko sai com raiva 



- Sim .... Yukiko eles mataram muitas crianças... Você precisa fazer eles pararem..... Mate eles... Só você pode, você tem o poder.... Na sua vila, todos temem eles..... Você não sabe como doi perde uma filha  



- Mas.... -  Yukiko é interrompido, kaguya libera seu byakugan e olha nos fundos dos olhos de yukiko



- Olha para mim... Yukiko, seus pais devem morre, eles são piores do que demônios, faça o que eu digo e não tera de sofrer, deve mata seu pais, essa noite, e quando desperta um novo poder, vá me procura, e fica ao meu lado - Kaguya havia hipnotizado Yukiko, que na hora não aguentou e cai em um sono, que não duraria muito



Yukiko acordou, e estava com raiva, tinha na sua cabeça, que deveria matar seus pais, tinha em sua mente que coisas ruins devem ser eliminadas imediatamente desse mundo



Se preparou e esperou seus pais chegarem, suas lágrimas caiam sem parar, ela se sentia obrigada a fazer aquilo, como se algo a ficasse aquilo, se sentia culpada, tentava achar um pouco de amor que a restava, mas seus sentimentos negativos possuíam sua mente   



Quando eles chegam, chamam ela, mas a mesma não responde, a casa estava escura, estava tudo em silêncio, Arashi senti uma presença ruim, pega sua espada e espera, esse alguem sair, a porta abre devagar, Yukiko sai com sua espada na mão, Arashi e Haruto respiram aliviados 

 


- Yuki! É você, não me Assuste desse jeito - Fala Arashi, mas o que ele não contava era que Yukiko, partisse para cima dele com sua espada, mas o mesmo se protege com sua arma - Espera Yukiko! Calma! - Arashi gritava, mas ela parecia não escutar. Apesar de Yukiko ser menor que ele, era muito mas forte que todos da vila, Arashi as vezes tinha medo de treinar com ela 



- Morra - Yukiko fala fria, quando Arashi e Haruta escutam, lembra de kaguya, o jeito calma e ameaçado, Arashi se destrai dando passagem para Yukiko atacar - Mantenha o foco - Arashi rapidamente contra-ataca, Haruta ataca sua filha, mas a menina cria uma barreira de proteção, Arashi rapidamente chama reforços - Vão se arrepender - Ela se vira e encrava a espada na garganta do seu pai, começa a espirra sangue, nesse momento lágrimas caiam no seu rosto - Falsos..... Falsos pais



- Yuki..... - Fala Haruta caindo no chão em choque, ao ver sua filha matar o homem de sua vida - O que você..... - Ela para de falar  quando ver ela lambendo a espada - O que você é? 



- Mentirosa... Falsa mãe... o que você andou escondendo de mim!? - Em uma grande velocidade, coloca a espada na parece ao lado de sua mãe - Me fala a verdade 



- A verdade? É isso? - Fala Haruta com os olhos cheios de lágrimas - Você não é minha filha - Yukiko entra em choque - Você é filha de Kaguya..... - Ela não termina de fala pois a espada já estáva em seu peito - Eu te amei.... Yuki 



- Aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaai! - Grita Yukiko sentindo dor, suas presas nascem, junto com seu rinne sharingan - Aaaaaai! - Em seu corpo começa a aparecer marcas azuis, seus olhos também ficam azuis  - San-Sangue - Fala com sede, ela vai direto ao corpo de Haruta e começa a sugar sangue 



Minutos depois os reforços chegam, eles entram com tudo na casa dos lordes, e se deparam com os corpos, e sangue espalhado pela sala, a porta se fecha, eles se viram e veem a menina com uma aparência assustadora, com o cabelo na sua cara, e sangue descendo de sua boca



- O que estão fazendo na minha casa? Quero ficar sozinha com meus pais! - Em um pisca de olhos, ela os mata sem 



Yukiko acaba saindo da hipnose E se abre no choro, ela ainda não estava acreditando no que tinha feito, ela lembrava perfeitamente das palavras que ela falava, lembrava de toma sangue e se sentir satisfeita



- Eu fiz isso.... - Depois ser falar isso acaba caindo em um profundo sono, que só acordaria depois de três dias 



     



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...