História A filha de Lucifer na U.A. - Capítulo 17


Escrita por:

Postado
Categorias Boku no Hero Academia (My Hero Academia)
Personagens Izuku Midoriya (Deku), Kyoka Jiro, Mei Hatsume, Mina Ashido, Momo Yaoyorozu, Nejire Hado, Ochako Uraraka (Uravity), Personagens Originais, Shouta Aizawa (Eraserhead), Shouto Todoroki, Toga Himiko, Tsuyu Asui
Visualizações 27
Palavras 729
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Ficção Adolescente, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 17 - Kora x Lucifer


Fanfic / Fanfiction A filha de Lucifer na U.A. - Capítulo 17 - Kora x Lucifer

Narrador P.O.V.

Kora após sua filha sair decide dormir mais, e em seu sonho, que era mais uma lembrança do passado, do que um sonho. Ela estava com Lucifer no dia que os dois tiveram sua primeira relação sexual um com o outro. Naquela época Kora já tinha o Uriel que tinha quase um ano de idade, Uriel era de seu antigo casamento que já não dava mais certo. Kora conhecia Lucifer desde criança, os dois faziam muitas coisas juntos, eles tomavam banho juntos, comiam juntos, brincavam juntos, eles até brigavam com outros anjos juntos..

Os irmãos mais velhos de Lucifer diziam que ele passava mais tempo com ela, do que com eles. Bom, voltando para a lembrança de Kora.

Na lembrança ela e Lucifer estão começando a primeira relação sexual um com o outro.

- Lu-Lucifer, você tem certeza de que quer fazer isso comigo? - Perguntou Kora muito corada.

- Sim! Eu quero! Se eu tiver um filho ou uma filha, eu quero que seja com você. - Respondeu Lucifer dando um sorriso para Kora.

- Certo! Você... você pode começar! - Disse Kora.

Lucifer começa a por seu membro dentro da intimidade de Kora, que dá um gemido bem baixo. Lucifer começa a fazer o movimento de ida e volta. Depois de alguns minutos, Lucifer começa a acelerar aos poucos, Kora começa a gemer mais e mais alto. Lucifer começa a lamber e chupar o pescoço de Kora.

Lucifer começa a beija-la. Logo os dois chegam ao seu clímax. Os dois estavam ofegantes.

Lucifer retira seu membro de dentro da intimidade de Kora e se deita do lado dela.

- Eu te amo! - Disse Kora.

- Eu também! - Disse Lucifer.

E depois disso ela engravidou, Lucifer estava feliz com isso, mas alguns meses depois, Lucifer fez aquela rebelião no céu. Ele foi banido para o inferno e aceitou ficar lá para que algum dia pudesse voltar e ver ao menos sua criança.

Kora acorda completamente corada. Lucifer olha para ela.

- Ah, você acordou! E por que você está vermelha? - Perguntou Lucifer que estava vendo TV.

- Nã-Não é nada! - Respondeu Kora. Você achou a sua mãe? - Perguntou Kora coçando os seus olhos.

- Não! Tentei seguir um rastro de alguns assassinatos, mas a chance de ser ela são mínimas! - Respondeu Lucifer. 

- Mas, por que você acha que seguindo rastros de assassinatos vai achar ela? - Perguntou Kora.

- Bem, ela sabia que eu estava comandando o inferno e sabia que eu sabia o nome e a aparência de todos que vão para o inferno. Então, ela deve ter esperado que eu a tirasse de lá e como eu não fiz nada ela deve estar com muito ódio de mim.- Respondeu Lucifer.

- Entendo! - Disse Kora. - "Por que eu lembrei, do que aconteceu aquele dia?" Perguntou-se Kora.

- Aliás... É um menino ou menina? - Perguntou Lucifer.

- Hãn?! Você tá falando que eu tô gorda, seu maldito? - Perguntou Kora irritada.

- Não, sua louca! Eu quero saber da nossa criança você ficou grávida de mim, mas eu fui banido para o inferno antes de poder ve-lá, lembra? - Perguntou Lucifer. 

- Ah... Foi... uma menina! - Respondeu Kora.

- Legal! Você teve um menino e duas meninas, então? Deve ter sido um pouco complicado para você cuidar de três. - Disse Lucifer.

- "Três? Ele acha que eu engravidei de novo depois que ele se foi?"

- Qual o nome que você deu para ela? -Perguntou Lucifer. 

- Foi- - Kora é interrompida por alguém que havia aberto a porta do elevador, que dava direto no apartamento de Lucifer.

Quem abriu a porta do elevador era uma mulher de cabelo verde, pele branca, ela usa uma roupa que tem vários rasgões, em sua mão ela segura uma espada e ela estava coberta de sangue.

Eles olham para ela. Lucifer se levanta e dá alguns passos na direção dela.

- Lucifer! - Disse a mulher. - Que bom! Eu achei você! - A mulher solta sua espada enquanto começa a andar lentamente na direção de Lucifer. - Você ainda está do jeito que eu me lembro. - Disse a mulher estendendo sua mão para tentar tocar no rosto de Lucifer.

- Mãe? 

- É, sou eu! - Disse a mulher sorrindo para seu filho.


Notas Finais


Bem, é a primeira vez que eu escrevo uma cena de sequixo, kkk, então se ficou ruim relevem e dêem dicas para melhorar esse tipo de cena, pode crê?
Eu tenho certeza de que quando eu terminar essa história eu não vou para o céu.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...