História A Filha de Shu Sakamaki - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Personagens Ayato Sakamaki, Azusa Mukami, Beatrix, Carla Tsukinami, Christa, Cordelia, Kanato Sakamaki, Kou Mukami, Laito Sakamaki, Personagens Originais, Reiji Sakamaki, Ruki Mukami, Shu Sakamaki, Subaru Sakamaki, Tougo Sakamaki "Karlheinz", Yui Komori, Yuma Mukami
Tags Ayato, Comedia, Diabolik Lovers, Kanato, Laito, Reiji, Shu, Subaru, Yui
Visualizações 46
Palavras 991
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oiie My Lovers, eu voltei! Dessa vez o capítulo é voltado diretamente para a Eremi e a Yui.

Boa leitura!

Capítulo 8 - Passando um Tempo com a Tia Yui


Fanfic / Fanfiction A Filha de Shu Sakamaki - Capítulo 8 - Passando um Tempo com a Tia Yui

Mansão Sakamaki, Sala de Jantar 19:02 P.M.

POV'S Eremi

Estávamos todos sentados na mesa, eu nem se quer olhava na cara do Tio Reiji.

Laito: Eremi-chan pra onde você vai com essa roupa?

Eremi: Vou sair com a Tia Yui.

Eu estava com uma legging preta, uma blusa branca e um casaco preto claro por cima, e um par de sapatos altos cinza. Meu cabelo estava preso num coco, tinha algumas pulseiras e um colar.

Shu: Querem carona?

Eremi: Não obrigada pai. O nosso caminho é lado oposto do de vocês.

Shu: Ok, cuidado. A Eremi chegou uma carta pra você, era da Visa sobre um tal cartão Visa Platinum.

Eremi: Ahhh, é do meu cartão.

Subaru: Desde quando você tem cartão?

Eremi: Desde o dia do meu aniversário.

Reiji: Estamos indo. Tchau Eremi, tchau Yui. Cuidado por favor.

Yui: Ok, quando chegarmos no local ligaremos.

E assim os Sakamakis foram para o colégio, alguns minutos depois eu e tia Yui estavamos chamando um Uber, as malas já estavam aqui foram.

Yui: Eremi-kun onde estamos indo?

Eremi: Promete não contar para o meu pai, muito menos para os meus tios?

Yui: Ok.

Eremi: Estamos indo visitar seus pais Tia Yui, vamos ficar em Londres por uma semana.

Yui: Tem certeza que é melhor a gente ir? É perigoso..

Eremi: A gente vai ficar bem. Calma, nada vai acontecer, já avisei a Haruki e Miri.

Horas depois, no avião...

Eremi: A vista daqui de cima é tão bela.

Yui: Não mudou nada desde que eu vim para cá. 

Sem nada pra fazer comecei a cantar Drag me Down.

{ Drag me Down }

I've got fire for a heart 

I'm not scared of the dark 

You've beber seen It looks so easy

I got a river for a soul   

And baby you're a boat

Baby you're my only reason 

If I didn't have you there would be nothing left 

The shell of a man who cloud never be his best

If I didn't have you, I'd never ser the sun

You taught me how to be someone, yeah

All my life

You stood by me

When no one else was ever behind me

All these lights

They can't blind me

With your love, nobody can drang me down

All my life

You stood by me

When no one else was ever behind me

All these lights

They can't blind me

With your love, nobody can drang me down

Nobody, nobody

Nobody can drang me down

Nobody, nobody

Nobody can drang me down

I got fire for a heart

I'm not scared of the dark

You've beber seen it look so easy

I got a river for a soul

And baby you're a boat

Baby you're my only reason

If I didn't have you there would be nothing left

The shell of a man who cloud never be his best

If I didn't have you, I'd never ser the sun

You taught me how to be someone, yeah

All my life

You stood by me

When no one else was ever behind me

All these lights

They can't blind me

With your love, nobody can drang me down

Nobody, nobody

Nobody can drang me down

Nobody, nobody

Nobody can drang me down

All my life

You stood by me

When no one else was ever behind me

All these lights

They can't blind me

With your love, nobody can drang me down

All my life

You stood by me

When no one else was ever behind me

All these lights

They can't blind me

With your love, nobody can drang me down

Nobody, nobody

Nobody can drang me down

Nobody, nobody

Nobody can drang me down

{ Fim }

Yui: Uou você canta muito bem!

Eremi: O-obrigada Tia Yui.

Meu celular começou a vibrar com a mesma música que estava cantando, na tela aparecia " Tio Laito ".

{ Ligação ON }

Laito: Eremi-chan onde está você?

Eremi: Errr, dentro de um avião?

Shu: Como assim dentro de um avião Eremi?!

Subaru: Isso é meio na cara né Shu.

Eremi: Eu tô fazendo um favor pra tia Yui.

Reiji: Que favor?

Eremi: Eu tô levando a Tia Yui pra ver seus pais ou melhor seu pai, Seiji Komori.

Yui: Só uma coisa, eu tentei em pedir ela. Só que não deu certo.

Shu: O avião de vocês estão indo pra onde?

Eremi: Londres, vamos ficar lá uma semana.

Reiji: Que fique claro, quando você voltar definitivamente você vai está de castigo.

Todos: Isso é definitivamente exato.

Eremi: Ok tchau.

Reiji: Eii calma..

{ Ligação OFF }

Eremi: Eu tô ferrada.

Yui: Eu falei.

Eremi: Vai demorar para a gente chegar em Londres, eu vou jogar Free Fire.

Yui: Ler livro.

Horas depois em Londres...

Eremi: Vou ligar para o seu pai.

{ Ligação ON }

???: Alô.

Eremi: Alô, quem fala é Seiji Komori?

Seiji: Sim, quem?

Eremi: Prazer Eremi Sakamaki. Posso lhe fazer umas perguntas?

Seiji: Claro.

Eremi: O senhor tem uma filha chamada Yui Komori?

Seiji: Sim, é a minha filha adotiva.

Eremi: O senhor mora exatamente aonde em Londres?

Seiji: Blenheim Crescent, região de Kensington e Chelsea. Casa número 126, apartamento 37.

Eremi: Sua filha mora com você?

Seiji: Não, pera... Você sequestrou minha filha?

Eremi: Não, eu vou levar ela até você. A gente se ver daqui a alguns minutos.

{ Ligação OFF }

Eremi: Vamos chamar um táxi.

Yui: Eu chamo.

Eremi: Eu sei inglês tia Yui.

No táxi...

Táxi: Where do the girls go? ( Para onde as moças vão? )

Eremi: Let's go to Blenheim Cresent, Kensington and Chelsea region. House number 126, apartment 37. ( Vamos para Blenheim Cresent, região de Kensington e Chelsea. Casa número 126, apartamento 37. )

Yui: Nossa Eremi-kun você sabe mesmo inglês.

Eremi: Obrigada Tia Yui.

Minutos depois.

Eremi: Thank you boy. ( Obrigado moço.)

Táxi: You're welcome. ( De nada. )

No apartamento 37...

Comecei a aperta a campainha e a porta abriu homem alto abraçou a Tia Yui.

Seiji: Minha filha...

Yui: Pai, essa é a Eremi a garota que falou com você pelo telefone.

Seiji: Prazer Senhorita Eremi.

E assim a semana foi passando, na mansão Sakamaki.

Reiji: Vocês voltaram..

Eremi: É pra brigar comigo não com a Tia Yui.

Shu: Boa ação mais... De castigo.

Reiji: Ahh, Eremi me perdoe por não termos contado sobres as mortes.

Eremi: Sem problema, te pedoou. Agora tchau tenho um castingo para compri.


 Continua....                   


Notas Finais


Olha... Eu nem sei se os pais da Yui são de Londres ou não. Mais definitivamente a Eremi tá ferranda. Pelo menos ela perdoou o Reiji.

Até mais My Lovers!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...