1. Spirit Fanfics >
  2. A filha do all migth ( imagine bakugou) >
  3. Garçom FDP

História A filha do all migth ( imagine bakugou) - Capítulo 16


Escrita por:


Capítulo 16 - Garçom FDP


Mina- mentira que é esse?

S/n- Sim esse mesmo

Eu pulei animada em frente ao túnel do terror enquanto todos olhavam para mim com medo exceto claro Bakugo que olhava o brinquedo com tédio 

Kaminari- S/n tem certeza que é esse brinquedo?

S/n- Sim é esse mesmo ,

S/n- vocês  comigo não vão? 

Eu fiz a melhor cara de gato de botas de eu conseguia e vi a maioria dos meus amigos soltarem um "Woow" 

Sero- Claro S/n-chan agente vai com você 

S/n- tem certeza? Eu não que forçar vocês a nada

Kiri- Claro que sim agente prometeu né?

Mina- C-claro 

Kaminari- É-é v-vamos

Nós entramos na fila do brinquedo e depois de um tempo chego a nossa vez

???- podem ir entrando de dois em dois nós brinquedo 

Eu entrei junto com o Bakugo a Mina com o Kirishima e o Kaminari com o Sero

Minutos depois o brinquedo começou a andar , de longe eu ouvia os gritos dos meus amigos em quando eu e o Bakugo observavamos tudo sem esboçar bem uma expressão 

Bakugo- porra essa merda bem da medo

S/n- né? Se for fazer algo faz direito

Bakugo- cara pálida?

S/n- fala?

Bakugo-  Por que você escolheu esse brinquedo tipo você é toda Idiota e princesinha 

S/n- Woow que bonitinho tá querendo me conhecer melhor

Bakugo- SHINEEEEE

S/n- Hahaha

Bakugo- NÃO RI CARALHO

Eu limpei uma lágrima no canto do olho me ajeitei no acento e olhei o biribinha

S/n- Tem muita coisa que não sabe sobre mim Katsuki Bakugo , tipo que eu adoro tudo relacionado a terror

 

**BAKUGO ON **

Ok por essa eu não esperava 

S/n- olha só eu consegui te fazer falar calar a boca haha

Bakugo- VAI PRA CASA DO CARALHO CARA PÁLIDA 

Passamos o resto do trajeto só ouvindo os gritos dos idiotas que eu chamo de amigos

Quando a luz apareceu eu pisquei algumas vezes paras me acostumar com a luminosidade e sai do brinquedo

S/n- Bakugo?

Bakugo- fala caralho 

S/n- me explica melhor a sua indv

Bakugo- TÁ ANDANDO MUITO COM O DEKU DE MERDA 

**S/N ON**

Tá se perguntando o por que disso ,bem simples o Izuku me explicou um pouco sobre e eu fui pesquisar

A nitroglicerina é um explosivo comum que quando queimado produz um cheiro de caramelo, mas ter um explosivo sendo produzido no seu corpo tem efeitos colaterais como diminuição do batimento cardíaco e queda de pressão ,e se sua pressão cai e o batimento diminui consequentemente você desmaia 

Acho que esse temperamento explosivo é uma maneira de almentar a produção de adrenalina e evitar o desmaio

Mas pra ter certeza eu preciso entender melhor a indv do Bakugo e conhecendo a peça é só encher um pouco o ego dele que ele me diz oque eu quero

S/n- é que eu acho a sua indv tão incrível e forte

Ele soltou um riso convencido 

Bakugo- Tá,  a minha mão produz nitroglicerina pelo suor e eu explodo 

S/n- que legal 

S/n- olha os outros estão chegando

Eu acenei para os meus amigos que tremiam de medo

Mina- S/N VOCÊ NUNCA MAIS ME LEVA NUM TROSSO DESSE

A risada pulou em cima de mim me abraçando 

Bakugo- oe e vocês idiotas não ficaram com medo 

Ele pergunta querendo zuar os nossos amigos

Kaminari- C-claro q-q-que não 

S/n- tem certeza vocês estão tremendo 

Kirishima- é que lá dentro é frio né Sero?

Sero- é-é

S/n- desculpa ta na cara que vocês não queriam ir e eu forcei vocês 

Mina- Não amiga agente te arrastou pra todo lado o dia todo é o mínimo que agente faz

S/n- do mesmo jeito

S/n- eu vou recompensar vocês,  onde vocês querem comer? Eu pago

Kaminari- HAMBÚRGUER 

Kirishima- por mim tudo bem

Sero- por mim também 

Mina- desde que agente coma sorvete depois

S/n- e você Bakugo?

Bakugo- tsk tanto faz

Todos- EBAAAA

Fomos a caminho da lanchonetes mais próxima e chegando lá sentamos em uma das mesas

Garçom- o que vão querer? 

Mina- dois X-Burger um amburguer de wasabi um lanche de frango e um vegetariano

Ela disse apontando para cada um e o garçom olhou para mim

Garçom- e a princesinha ai?

Ele segurou o meu queixo me fazendo olhar na sua direção 

S/n- pode tirar as mãos de mim por favor?

Garçom- mas eu só estou fazendo o meu trabalho

Eu segurei o seu pulso e apertei com força 

S/n- o seu trabalho é anotar o nosso pedido e não ficar assediando uma cliente

Um outro garçom se aproximou da nossa mesa 

Garçom 2- cara larga a menina você tem nosão de que é o pai dela

Garçom- quem?

Garçom 2- ela é a filha do All migth 

O garçom de antes ficou pálido e saiu correndo em quando eu o olhava com raiva e meus amigos com um desconforto aparente

Garçom 2- desculpe por ele

S/n- eu vou em bora

Mina- eu te acompanho

S/n- não precisa eu vou sozinha aqui o dinheiro pro lanche

Dei o dinheiro para ela e segui caminho para casa 

No meio do trajeto eu comecei a chegar aquele garçom de todos do xingamentos do meu vocabulário e mais alguns que aprendi com o bombinha 

O que mais me irritava não era a ação dele em si mas ele ter parado por causa do meu pai e não por que eu estava desconfortável

Qual a dificuldade de receber um "NÃO" é impossível respeitar que uma mulher tem direito de ser respeitada?

Garçom filha da puta 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...