1. Spirit Fanfics >
  2. A filha do chefe - One Shot Hot- Kim Taehyung >
  3. Capítulo único

História A filha do chefe - One Shot Hot- Kim Taehyung - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Olá olá meus anjinhos, olha só quem apareceu por aqui novamente, vocês estão bem queridos? Bom, hoje eu trouxe uma One Shot do nosso TaeTae, essa história foi um pedido de uma leitora e bom eu amo agradar os meus leitores não é mesmo?!
Eu estou trabalhando em cima de uma outra fic, long fic especificamente e eu estou amando, estou me inspirando em um livro que eu li, e estou amando sério, talvez eu não demore muito para postar, porém vem coisa boa por aí amores, tô tentando terminar de escrever todos os capítulos para depois eu não ficar enrrolando para postar kkkkk, mas enfim chega de enrolação, eu desde já agradeço por todos que estão me acompanhando, por todo o carinho que eu venho recebido de vocês, fico muito grata pelo amor que vocês tem por mim e pelas minhas histórias. Obrigada amores por tudo♡
Essa história não tem a intenção de ofender absolutamente ninguém é uma fic feita de fã para fã.
Se haver erros ortográficos me desculpem, boa leitura♡♡

⚠️ Pode conter nudez ⚠️

S/P - Significa seu pai

Capítulo 1 - Capítulo único


Fanfic / Fanfiction A filha do chefe - One Shot Hot- Kim Taehyung - Capítulo 1 - Capítulo único

                    Taehyung's Point of view

    Meu coração novamente estava quase saindo pela boca quando a vi, já faz exatamente 6 anos que eu sou apaixonado por ela, S/N filha do meu chefe, sou o braço direito dele e não consigo contar ao mesmo o amor que eu sinto por sua querida filha.

                Segunda-feira 9:00 AM

     Estávamos discutindo sobre o novo projeto dessa estação, trabalhamos com moda ao todo são 6 empresas espalhadas pelo planeta porém a sede é em Seul, quando ela entra pela porta meu coração palpitou fortemente, ela usava um vestido vermelho de alcinha aonde o decote valorizava seus seios, sua pose era exuberante, nada inesperado vindo de uma modelo, sua postura ficava mais avantajada quando a mesma usava seu par de sapatos altos, ela com toda delicadeza se curva em sinal de reverência e diz:

      S/N: Bom dia senhores, peço perdão pelo atraso, o trânsito estava um caos - da um sorriso, que perante aos meus olhos eram perfeitos - 

S/P: Querida, sente-se! - Diz calmamente -

    Todos que olhavam para os dois percebiam o tanto que o seu pai era carinhoso com ela, o mesmo por só ter ela como filha tentava fazer de tudo para agrada-la, sua educação era de se invejar, tudo nela era totalmente invejável. Porém o mais interessante é que ela nunca se deixou levar por bens, tratam todos da mesma forma, é carinhosa com todos e isso a deixa mais perfeita.

    S/P: Bom querida, o senhor Kim Taehyung deu a ideia de você posar novamente para coleção de verão. - ela me olha cautelosamente e sorri percebi seu rosto corando levemente, o que fez a mesma abaixar a cabeça - O que você acha? 

S/N: Uhmm...Não vou negar pai, porém e se para enaltecer mais a empresa eu fizesse isso ao lado de alguém famoso, um cantor ou ator por exemplo. - Diz ela cautelosamente- 

S/P: Não seria uma má ideia meu amor, iríamos chamar mais atenção. 

Taehyung: E se...chamassemos um ator então...Que tal Lee Jong-suk? - Ela me olha como se estivesse gostando daquilo - Várias meninas gostam dele, então ele é bem popular. 

S/N: Eu concordo com o senhor Kim. 

S/P: Okay, S/N Você tem o contato do senhor Lee? 

S/N: Sim pai - diz apreensiva -

S/P: Você e o senhor Kim estão responsáveis por cuidar disso, tragam ele a mim. - Diz me dando uma piscadela -

      S/N havia saído da sala, só restava eu e o senhor S/P, havia um silêncio enorme entre nós até ele quebrar o mesmo.

      S/P: Senhor Kim - diz apontando a poltrona a sua frente - Já faz algum tempo que eu percebi o olhar do senhor na minha filha...

     Meu coração palpitou fortemente, eu estava mais vermelho que minha gravata, como eu pude ser tão idiota ao ponto de deixar transparente os olhares que eu dava quando sua filha aparecia, isso era vergonhoso. Sou o braço direito dele então é meio complicado revelar algo assim.

     Taehyung: Me perdoe senhor S/P...Não era minha intenção - sim era minha intenção - 

S/P: Não se preoucupe, senhor Kim eu confio muito em ti, então essa é a oportunidade que eu estou te dando para revelar a ela sobre os seus sentimentos, não perca tempo, S/N é uma pessoa muito bem decidida e não gosta de enrolação, sem contar que você pode ter chances com ela...Não magoe a minha filha e só estou te ajudando porque eu confio muito em você, sem contar que você daria um otimo genro, então não jogue fora essa oportunidade. - Diz cautelosamente-

     Okay, isso foi surpreendente, ele está me dando um empurrão para se declarar a sua filha, não sei se fico grato ou surpreso. Porém eu não vou perder essa chance, já que ele confia em mim a isso não vou ser idiota e perder essa oportunidade.

     Taehyung: Obrigada, não vou decepcionar o senhor e nem a sua filha - digo calmo-

                                  《*》

Já havíamos ido atrás do Lee Jong-suk e olha que maravilha, S/N era a sua amiga então foi fácil convece-lo a se juntar a nós para essa seção de fotos. Neste exato momento a trouxe para um morro aonde dava a visão perfeita de toda a Seul, estavamos sentados no capô do carro, o vento batia contra o seu rosto o que fazia seus belos cabelos balançarem, ela da mais um gole no seu café e diz:

      S/N: latte mais essa vista linda e a sua companhia, combina perfeitamente - ela me olha rapidamente e desvia o olhar novamente-

     Foi um delírio meu ou ela me cantou? Confesso que eu estou como um adolescente de 15 anos por dentro, todo bobo e apaixonado.

      Taehyung: É muito bom apreciar essa vista com você do meu lado senhorita S/N - dou um sorriso o que a fez ficar corada - 

S/N: Não seja tão formal senhor Kim, me chame de S/N apenas. 

Taehyung: Eu queria te contar algo - Aí coração aguenta um pouco - 

S/N: Deixa eu adivinhar - da um pensada e diz- Você quer dizer que gosta de mim? - da um sorriso - 

Taehyung: Como? - Okay, não estou entendendo é mais nada - 

S/N: Eu iria te chamar para irmos no meu carro e então escutei sua conversa junto a meu pai - fala calmamente e da um gole no seu latte

Taehyung: E o que pensa a respeito? - Quero apenas saber se ela sente o mesmo, caso o contrário ficarei conformado- 

S/N: Senhor Kim, eu sinto atração por você, não vou já julgar que seja amor estou meio indecisa em relação a isso, porém não vou dizer a ti que é impossível...Mas saiba que se você topar eu estou disposta a te conhecer melhor e descobrir quais são os meus verdadeiros sentimentos em relação a você...Posso dizer que você mexe comigo sim, mas quero ter certeza que eu sinto mais que atração. - Diz cautelosamente, como se tivesse pensado palavra por palavra-   

Taehyung: Fico feliz em saber que não é impossível - digo calmo, eu estou muito contente mesmo - Vamos nos conhecer melhor, um passo de cada vez. 

S/N: Por mim tudo bem senhor Kim, fico feliz que me entenda - Diz ela toda sorridente - 

Taehyung: Você é uma menina bem decidida, me chame apenas de Taehyung.

S/N: Achei que você já iria me dar um beijo - Diz ela sarcástica - 

Taehyung: É isso que você quer?   

S/N: Não preciso nem responder - diz ela me olhando de cima a baixo-

      Não espero ela dizer algo e já tomo os seus lábios nos meus, eu estava querendo isso a muito tempo e agora eu estou aqui se deliciando aos seus lábios, nossas línguas davam voltas perfeitas, ela brincava com os meus lábios, e isso estava me fazendo delirar. Somos afastados pela falta de ar, ela da um sorriso e toma meus lábios novamente para os seus, o nosso beijo estava afoito, era algo necessitado, pego ela a sentando no capô do carro, a mesma entrelaça suas pernas em minha cintura, nossos íntimos roçando fez minha excitação ficar aparente, assim que nos separamos a puxo para dentro do carro, abro a porta do banco de trás e ela entra, colocamos nosso copo de café no canto do carro e a olho, ela vem até mim colocando suas pernas em volta da minha cintura o que fez nossos íntimos se tocarem ainda cobertos, meu corpo se arrepio quando ela depositou uma mordida no lóbulo da minha orelha, seus toques era um tipo de entorpecente que me fazia ficar imóvel e aproveita-los.

     Viro ela no banco o que me permitiu ficar por cima, selo os nossos lábios, peço passagem com a língua e ela cede, nosso beijo estava afoito era como se precisássemos mais daquilo do que qualquer outra coisa, nossas línguas brigavam por espaço. Desfaço nosso beijo e vou em direção aos seus seios ainda cobertos, aonde eles ficavam aparentes por conta do decote do seu vestido e deposito um chupão, abro o zíper do seu vestido e escorrego ele pelo seu corpo, ela era linda. Que maravilha ela estava sem sutiã, seus seios eram lindos, poderia ficar admirando-os um tempão, eles eram bem avantajados, seus biquinhos já estavam eriçados, passo o olho no seu corpo e que perfeição, suas coxas bem torneadas, sua cintura bem marcada, concerteza essa menina foi esculpida por deuses. Deposito um beijo em seu pescoço, pude sentir sua pele se arrepiar, dou um riso abafado contra a sua pele e vou descendo os meus beijos até os seus seios, passo minha língua no seu biquinho e começo a chupa-los, minha mão massageava o outro enquanto minha boca brincava com o seu outro seio, logo depois inverto. Desço mais um pouco os beijos até chegar no seu ventre, deposito um chupão ali e tiro sua calcinha, S/N me olhava como se estivesse necessitada daquilo, vejo ela revirar os olhos quando eu introduzo dois dedos em sua entrada, começo a estoca-la com meus dedos, seus gemidos baixos e roucos fazia eu ficar mais necessitado ainda. Ainda com os meus dedos em sua entrada eu passo a língua em sua intimidade, começo a chupa-la e movimentar meus dedos, seus gemidos baixos agora pareciam gritos, o melhor som para os meus ouvidos. Sinto suas paredes se contrairem avisando que ela estava próxima ao seu ápice, dito e certo não demorou muito e eu sinto ela se desfazendo em meus lábios.

    Taehyung: Tão docinha - digo lambendo meus dedos - 

S/N: Minha vez senhor Kim - diz em um tom sexy -

     Ela sem rodeio tira minha gravata e minha camisa, a mesma começa a descer seus beijos até o cós da minha calça, chegando ali ela deposita um chupão, meu corpo se arrepiava quando ela arranhava meu abdômen, S/N parecia gostar do efeito que ela tinha sobre mim. Ela então, tira minha calça juntamente com minha cueca revelando meu membro rígido, minhas veias estavam saltadas, minha glade meio rosada estava com preliminares do meu pré-gozo, S/N parecia estar encantada com o que estava vendo, ela começo a me masturbar, eu então encosto minha cabeça no banco aproveitando o prazer que ela estava me proporcionando, a mesma passa a língua na minha cabecinha e então abocanha meu membro, ela fazia movimentos de vai e vem, meus gemidos estavam arrastados e roucos e ela parecia gostar do que estava ouvindo.

      Taehyung: Porra...que boca gostosa - digo acompanhado de um gemido -

    Estava quase chegando ao meu limite, então ela acelera seus movimentos o que automaticamente me fez gozar. Deito ela novamente no banco e procuro minha carteira, assim que acho pego um pacote de camisinha que havia lá e coloco em meu membro, então introduzo meu membro em sua entrada, a menor a minha frente arqueia suas costas e solta um gemido arrastado, assim que ela se acostuma com a sensação, começo a estoca-la, nossos gemidos estavam perfeitos em unissolo, os vidros estavam embaçados, nossos corpos estavam suando, o ar do carro não estava conseguindo gelar o ambiente, peço pra ela ficar de quatro e assim a mesma faz, começo novamente a estoca-la, deposito um tapa em sua nadega o que fez a menor dar um gritinho, depois de algumas estocadas ela se desfaz em meu membro.

      Ela então me faz sentar no banco e vem até mim, a mesma começa a cavalgar em meu membro, seguro em sua cintura ajudando a mesma, não demorou muito e nós dois chegamos ao nosso limite juntos. Ela se senta no banco ao meu lado e então começamos a rir feito doidos, nos entreolhamos e ela diz:

    S/N: Foi incrível Tae, obrigada - da um sorriso lindo-

Taehyung: Eu que agradeço - retribuo o seu sorriso -

     Começamos a nos vestir, ela arruma seu cabelo e retoca o seu batom e passamos para o banco da frente:

       Taehyung: Iria te chamar para ir na minha casa porém temos que voltar para a empresa - dou um sorriso - Mas quer jantar comigo essa noite? 

S/N: Claro - da um sorriso encantador-

      Colocamos o cinto e eu dou partida no carro, incrível, se não fosse o pai dela não havia conseguido ter esse momento tão incrível, momento que só era possível em meus sonhos, eu com a filha do meu chefe é de se espantar. Mas eu tenho uma certeza, eu a amo.

                             ~ Finish ~ 


Notas Finais


Espero que vocês tenham gostado...É a primeira fic que eu faço com o Tae, dei o meu melhor...
Bom amores deem uma olhadinha nas minhas outras fics, Favoritem bastante, comentem bastante...Todos os comentários são muito bem vindos♡
Bom, se haver algum pedido de one shot é só deixar nos comentários que eu estarei atendendo certo?!

Obrigada por tudo♡
Se haver erros ortográficos me desculpem, prometo revisar depois♡

Bye♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...