História A filha do chefe (Imagine Taehyung BTS) - Capítulo 22


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, Got7
Personagens BamBam, Jackson, J-hope, Jimin, Jin, Jisoo, Jungkook, Lisa, Mark, Personagens Originais, Rap Monster, Rosé, Suga, V
Visualizações 291
Palavras 1.422
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gente, voltei
Meu spirit bugou, vou postar o cap novamente 💔
Ainda bem que eu tinha ele copiado scrr❤
Espero que gostem e ❤
Boa leitura bjus ❤❤

Capítulo 22 - Paris??..


Fanfic / Fanfiction A filha do chefe (Imagine Taehyung BTS) - Capítulo 22 - Paris??..


Uma semana depois...

Bom, uma semana se passou e nesse tempo eu me dediquei aos estudos pois haveria a prova final.

Passei dias estudando e consegui ir super bem e isso era muito bom pois eu passei de ano e finalmente férias. Tae estava muito feliz com isso claro.

Na empresa ocorria tudo bem, Jackson estava muito feliz pois estava namorando, não conheci ainda sua namorada ele estava me fazendo mistério. Sinceramente achei desnecessário, mas fazer o que né.

Bom, nesse exato momento Tae e eu estamos na casa de meu tio decidindo em que lugar iríamos passar as férias.

S/t-Que tal Brasil?-Ele fala animado.

-Não Brasil não, tem que ser um lugar que eu ainda não conheço. Lá eu levo Tae outra vez- Falo com tédio.

Tae-Que tal o hotel da esquina?- Ele fala todo safado, dou um mini soco em seu braço e meu tio ri.

S/t-Crianças-Ele ri e olhamos com raiva para ele-Calma, calma estou brincando.

-Bom mesmo-Olho em volta de sua sala, ele havia mudado algumas coisas. Logo noto uma miniatura da torre Eiffel, vejo que Tae também viu.

Tae/s.n-PARIS!!- Gritamos ao mesmo tempo e rimos.

S/t-Perfeito, agora vocês vão arrumar suas malas eu compro as passagens para vocês .-Ele fala todo animado.

-O senhor não vai?.

S/t-Não mesmo, acha que eu vou ficar de vela?-Ele ri- Mesmo se que quisesse eu não iria, olhe para mim, o dono da maior empresa da Coréia- Ele fala todo chique.

-Licença, eu sou a dona da maior fortuna de herança-Falo e todos começam a rir.

Tae-Dá pra ver que são pai e filha- Aquilo de doeu um pouco, mas ri igual realmente somos muito parecidos.

S/t-Sim, filha de foda, fodinha é-Ele fala e se levanta do sofá.

- Nossa nem se "Mostra"-Faço aspas no ar, ele me olha levemente bravo.

S/t-Você quer que eu faça como eu fazia quando você era criança?-Ele cruza seus braços.

-CÓCEGAS NÃO!- Falo com os olhos arregalados.

Meu tio vem até mim e começa a fazer cócegas na minha barriga, começo a rir e gritar. Tae ria muito da situação. 

Tae-Socorro-Ele não aguentava mais rir,  meu tio para e me abraça forte. Retribui seu abraço sorrindo.

-AAAA AGORA EU ME VINGO-Começo a fazer cócegas nele e ele ri.

S/t-Você é perigosa menina-Ele levanta do chão que havia caído por conta das cócegas- Parece sua mãe-Ele bagunça meus cabelos.

-Você mereceu-Começo a rir.

Tae-Então, vamos arrumar logo as malas, quando vai sair as viajem?-Ele muda de assunto, provavelmente ele estava com ciúmes.

S/t-Depois de amanhã mesmo, vamos crianças, vamos logo vocês precisam arrumar tudo.- Ele nos toca e vamos para casa.

Chegando lá Tae me pegou no colo estilo casados.

Tae-Você terá uma surpresa nessa viajem baby-Ele sussurra em meu ouvido me fazendo arrepiar. O que será que ele está aprontando?.

-O que você vai fazer?- Desço de seu colo e cruzo os braços.

Tae-Você vai descobrir, agora vamos arrumar nossas coisas-Ele da um tapinha em minha bunda, com o susto dei um pulinho.

Fomos até o quarto e escolhemos roupas necessárias para a Viajem. Tae estava levando poucas coisas, enquanto eu... Bom eu... 

Tae-S/n sua mala não quer fechar!!-Ele fala tentando fechar o zíper da mala.

-Vamos Tae fecha-Falo fazendo birra.

Tae-Se você não tivesse pegado tantas roupas isso não estaria acontecendo-Ele grita me fazendo arregalar os olhos-Sobe na mala.

Fecho a cara e subo na mala, com um esforço ele consegue fechar.

Tae-Amém!!-Ele bate palmas, saio de cima da mala e vou para a cozinha sem o olhar.

Pego um suco de laranja junto com coisas para preparar um sanduíche. Fiz meu sanduíche e sentei na mesa, notei que ele me olhava.

Mas fingi que nem vi, continuei a comer. Ele sentou em minha frente, continuei o ignorando. Queria provoca-lo ele não deveria ter falado aquilo.

Tae-Me dá um pedacinho-Ele fala fazendo voz fofa. O olho com tédio.

-Se você quer faça-Dou uma mordida no sanduíche e saio para a sala. Ele bufa e vem atrás.

Tae-Comendo assim você vai ficar gorda-Ele entra no joguinho.

- A é? Então tá, a gorda está de greve-Ele me abraça por trás mas tiro seu braço- Não encosta em mim.

Tae-Meu amor me desculpa-Ele fala em meu ouvido e morde meu pescoço de fraco. Nem dou importância e vou até o quarto.

E ele continuava me seguindo, entrei no quarto e ele também. Finjo que ele nem está alí e tiro minha blusa junto com meu calção.

Notei pelo espelho ele mordendo seu lábio inferior.

Tae-Desiste dessa greve-Ele me abraça por trás, sinto seu membro já duro.-Me alivia baby.

-Peça para uma magra ou faça com sua mão mesmo- Dou de ombros e vou até o banheiro.

Entro lá novamente ele me segue, sorrio de canto e entro no box. Completamente nua ele me olha dos pés à cabeça, entro no chuveiro e começo a me banhar.

Tae-Meu amor-Ouço sua voz falha... Ele estava chorando?.

Desliguei rapidamente o registro da água e o olhei, ele estava escorado na parede  chorando.

-Tae? Tae não chora, não chora-Vou até ele e  olho no fundo dos olhos. 

Tae-Não faz isso comigo, eu preciso de você-Ele abaixa a cabeça. Mesmo molhada coloco minha mão em sua bochecha e limpo suas lágrimas.

-Tae, não chora... Eu fiquei magoada quando você gritou comigo-Uma lágrima cai de meu olho.

Tae-Me perdoa amor, eu estava sem cabeça... Eu sei que vocês mulheres gostam de levar bastante coisas, eu sei que errei. Só me perdoa por favor...-Ele me olha nos olhos.-E sobre eu falar gorda, eu queria te provocar eu sabia que você estava brava-Ele sorri de canto.

O prenso na parede mesmo o molhando, ele sorri. Mordo seu lábio inferior e sorri.

-Perdôo claro, mas se fizer de novo você vai perder uma coisa que deve amar muito-Aperto seu pau não muito forte mas o suficiente para o fazer gemer-Não faça mais isso-Ele se agacha com as mãos na região.

Tae-Você será punida-Ele anda com dificuldade até mim.

Vou para o quarto e coloco apenas uma langerie vermelha, ele senta na cama e sorri.

-Não deveria ter mexido com brasileira bb-Vou e sento em seu colo, minhas pernas ficaram em cada lado de sua cintura. Rebolo de leve e ele geme.

Tae-M-me lembre de nunca mais te chamar de nada-Ele sorri e aperta minha bunda.

Desço um pouco ficando entre suas pernas, arranco seu calção fino junto com sua cueca. O olho e passo minha língua por toda extensão de seu pau. Tae geme alto, como me senti culpada por apertar forte seu membro resolvi fazer um oral. Coloquei seu pau todo em minha boca fazendo movimentos rápidos, Tae gemia alto. Ele pega meus cabelos e faz um rabo de cavalo e dita os movimentos, acabo me engasgando. Paro e tomo ar, logo continuo.

Logo sua respiração acelera, seu membro latejava em minha boca. E largando gemido alto ele acaba tendo um orgasmo, seu líquido quente desceu pela minha garganta, retirei seu membro de minha boca e limpei sua esperma que estava no canto de minha boca.

Tae-Aí eu não canso dessa boquinha-Ele fala ofegante.Sorri e abaixei minha cabeça. -O-o que ouve Baby?-Ele fala preocupado.

-Desculpa, acho que peguei pesado em apertar lá-Ele sorri e me dá um selinho.

Tae-Não foi tão forte-Sorri e nos beijamos apaixonadamente.

Nos separamos rápido ao ouvir meu celular tocar, atendi rapidamente e era meu tio.

S/t-Crianças, amanhã vocês vão ir... Só havia passagens para amanhã, então, arrumaram suas coisas?.

-Sim sim.

S/t-Ótimo amanhã o motorista passa aí para levar vocês... Bjs.

Desliguei a ligação e olhei para Tae.

Tae-Okay, tá vamos comer tô com fome-Sorri e fomos até a cozinha. Fiz um sanduíche para ele, eu não estava com fome então fiz só para ele.

Acabei fazendo dois na verdade, realmente ele estava com fome.

Tae-Oh, acho que estou grávido-Ele fala passando a mão em sua barriga.

-Como vai ser o nome do seu filho então?.

Tae-Vai se chamar Tae em homenagem ao pai dele gostoso-Ele ri.

-Ata-Começo a rir e nos abraçamos.

Na TV tocava Let Me Love You- Ne-you. 

Começamos a dançar abraçadas de um lado para o outro, Tae beija minha testa e logo minha boca. Foi um beijo com vontade, com muita paixão.

Tae pediu passagem para a língua, cedi no mesmo instante. Logo paramos por falta de ar e sorrimos.

Tae-Garota, me deixe te amar 

E eu te amarei

Até você aprender a amar a si mesma

Garota, me deixe te amar

E todos os seus problemas

Não tenha medo, garota, deixe-me ajudar

Garota, me deixe te amar

E eu te amarei

Até você aprender a amar a si mesma

Garota, me deixe te amar

Um coração de entorpecimento, começa a trazer a vida

Eu te levarei até lá

Ele canta para mim e me beija novamente.

Tae-Eu te amo mais do que tudo princesa-Ele sorri e uma lágrima escorre de seus olhos.

-Eu Te amo amo mais -O abraço com toda a força do mundo. 

Tae-Promete nunca me deixar?-Ele fala chorando.

-Prometo-Lhe dou um selinho demorado e sorri.

[...]

Tomamos banho juntos e fomos dormir...

Continua...




Notas Finais


Desculpa novamente 💔
Comente se gostou ❤
ATÉ A PRÓXIMA BJUS


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...