1. Spirit Fanfics >
  2. A filha do Offenderman >
  3. Quinto mês

História A filha do Offenderman - Capítulo 41



Capítulo 41 - Quinto mês



Mia: ( Eu acho que nunca gostei mais do natal do que esse ano, por esta no meu quinto mês de gravidez estou sendo super mimada, bem nesse momento estou no mercado junto com todos os killers estão todos em sua forma humana, e eles me deram um carrinho de compras e falaram pra eu colocar tudo que eu queria, fui pra cesão de doces coloquei a mao na prateleira, coloquei o carinho em baixo e sai jogando uma fileira inteira de chocotone, Jeff me olhava incrédulo. Mais o melhor era a cara da Jane, a Saly ficava o tempo todo comigo com um mini carrinho. Consegui convencer meu pai a deixar a Saly ter um carrinho só pra ela também, comprei varias coisas, mais oque mais tinha no carrinho era sorvete e chocotone, eu e Saly estávamos na entrada vendo quais biscoitos levar, até que a porta da loja e aberta e por ela passa os killers da parte do tio Slender.

Issis: MIA!!!!❤❤❤❤

Mia: Issis!!! ( ela veio correndo em minha direção, mais quando foi me abraçar alguma coisa parou ela, Jeff tinha segurado ela)

Jeff: toma cuidado sua maluca, ela esta grávida esqueceu?

Issis: oi pra você também Jeff. Mal humorado!

Mia: ( ela disse e ele soltou ela, a mesma me abraçou e retribui feliz. Faz tempo que nos duas não nos vemos. Ela começou a me olhar como se estivesse procurando alguma coisa, foi ai que eu entendi, entrou dezembro e já era época de neve, eu estou agasalhada, mais minha roupa não e muito exagerada. )

Issis: eu senti a sua barriga mais quase não da pra ver!

Mia: ( sorrio e acaricio minha barriga )



Esse e a ideia, odeio sair por ai com varias pessoas perguntando qual a minha idade. ( disse intediada )

Slender: Issis vai logo pegar oque você vai precisar, você tem 10 minutos pra encher esse carinho!

Issis: já vou pai..

Mia: ( ela disse e foi pegar o carrinho ) oi tio.

Slender: oi querida, como você esta?

Mia: gorda, mais de saúde estou ótima! ( disse e Saly saiu me arrastando pelo mercado. Um bom tempo depois nos fomos pagar..*que dizer o Slender e o Offender*, fomos todos pro caixa, estava um alvoroço, Jeff estava grudado na minha cintura e impedia que os meninos chegassem muito perto, já que estavam de palhaçada. )

Eyeless: ah, vai Jeff, deixa de ser chato!

Jeff: eu não estou sendo chato, vocês que não sabem se comporta perto dela!

Mia: ( ele disse e eles começaram a discutir, e eu apenas ria ) meninos se comportem por favor, estamos em um local público! ( disse e eles diminuíram o tom de voz, mais ainda sim estava um alvoroço, era 3 se matando de um lado Eyeless e Issis se comendo do outro e Offen e Slender Surtando, Offen por causa do tulmutuo e Slender por causa da Issis com o Eyeless. )

Jeff: Mia eu era assim?

Mia: sim, mais pior. ( disse me referindo aos garotos que estavam aloprando o pessoal. )

Jeff: ...

Mia: ( Jeff parecia perturbado, ele apertava minha cintura e ficava esfregando os dedos um no outro. ) Jeff o que houve? Parece tenso.

Jeff: .. Bem e que.. Eu estava querendo te perguntar isso desde que saimos de casa, mais eu não queria estressar, to preocupado com você, a cada dia que passa você fica mais frágil e tenho medo que vocês duas se machuquem!

Mia: ( ele disse e abracei o mesmo, fiquei assim até o meu pai sair expulsando todo mundo. ) eu estou bem, e ela também, não precisa se preocupar.

Offen: e acho melhor vocês tomarem cuidado com a Mia!

Mia: ( fiquei rindo, Jeff pegou algumas sacolas assim como todos e quando fui pegar ele não deixou )

Jeff: não mesmo Mia, você não pode ficar carregando peso!

Mia: mais e só um panetone!

Jeff: não!

Mia: ( bufei ) posso ao menos pegar o meu biscoito?

Jeff: ta, pode.

Mia: ( ele disse e peguei um pacote de biscoito, assim que sai sentir o ar frio em meu rosto coloquei a toca e coloquei meu cachecol tapando minha boca, Jeff estava parado me esperando, segurei em seu braço e fomos para o carro, os meninos estavam aprontando e patinando por ai, por conta da chuva que havia tido antes de começar a nevar as ruas estavam mais escorregadias do que de costume, assim que chegamos no carro ele abriu o porta-malas e guardou as coisas, enquanto eu comia meu biscoito. Ele fechou a porta do porta malas e segurou minha cintura ) nos vamos pra onde agora ?

Slender: bem assim que os meninos acalmarem os ânimos nos iremos para um restaurante almoçar!

Mia: ( quando ele disse almoçar me bateu um desejo imenso de comer batata frita. ) hum..

Jeff: o que foi?

Mia: desejo.

Jeff: o que você quer comer? Me diz que eu vou agora comprar.

Mia: eu quero batata frita!

Jeff: Offenderman, ela quer batata frita!

Mia: ( nos rodamos a cidade inteira atrás de batata frita, mais parecia que todos os lugares onde vende batata frita estão fechado. Todos já estavam reclamando de fome ) pai, Jeff vamos logo almoçar, não acho justo fazer o pessoal esperar por causa de um desejo meu!

Jeff: mais eu no quero que minha filha nasça com cara de batata!

Mia: ( ele disse e eu revirei os olhos, depois de um tempo tentando convence - los nos fomos para o restaurante. Nos sentamos em uma mesa grande e todos se serviram. )

Jeff: Mia não vai comer?

Mia: estou sem fome. ( disse e voltei minha concentração no meu livro. Jeff não parecia muito a vontade comendo, parecia incomodado com alguma coisa. Meu pai se levanta bruscamente de sua cadeira, ele se afasta da mesa e Jeff vai logo atrás )

Jane: parece que a Mimada vai ter que ficar sem seu desejo.

Mia: fica quieta Jane, não estou com paciência pra ficar te aturando! ( disse e ignorei ela por completo, eu estava realmente curiosa pra saber aonde eles tinham ido. Um tempo depois os dois voltam e Jeff põe um pote na minha frente, quando olho me surpreendo, eles tinham conseguido arrumar um balde de batata frita pra mim. Olhei pra os dois sorrindo e eles pareciam nem ligar ) amo vocês ! ( disse e peguei o balde. Estava totalmente delicioso, acabou que eu fui pra casa comendo batata, e quando cheguei em casa ainda tinha mais! Agora e noite, nos já vamos abrir os presentes, Vulpes esta ao meu lado dormindo, um tempo depois e gente começa a abrir os presentes, e não foi só eu, a bebê recebeu vários presentes também, em falar em bebê eu e Jeff precisamos escolher o nome pra ela. A noite passou calma, fiquei a metade da noite comendo, e a outra Jeff me colocou pra dormir, ele disse que eu precisava descansar, pois, tinha me esforçado muito hoje. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...