História A filha do Pardal - Capítulo 20


Escrita por:

Postado
Categorias Piratas do Caribe
Personagens Capitão Jack Sparrow, Davy Jones, Hector Barbossa, Joshamee Gibbs, Personagens Originais, Tia Dalma
Tags Jackpai
Visualizações 12
Palavras 337
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção Adolescente, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 20 - Capítulo XVI


11 anos depois...

__________ Mare Sparrow __________

Bufei, irritada. Já fazia mais de uma semana que haviam me mandado para a cela. Eu não sabia se haviam feito o mesmo com os outros. Tudo o que eu sabia era que algo preocupava a Besta.

Inspirei. O ar que entrava pela janelinha gradeada estava estranho. No começo, era um ar comum para uma noite de inverno, depois, parecia que eu respirava fogo. Então ele congelava no fundo das minhas narinas. Essa talvez tenha sido a última coisa que eu realmente absorvi antes dos disparos. 

Eles começaram ao longe, mas foram se aproximando, até que um atingiu minha parede. Voei para trás com o impacto. Quando consegui me recuperar, havia um homem parado no buraco. O jeito como ele me olhou me fez sentir uma aberração. Depois ele disse:

— Mare, meu nome é Joshamee Gibbs. Sou imediato do Pérola Negra. Por favor, venha comigo. Seu pai vai te explicar melhor.

Pai. Aquele homem, Gibbs, dissera meu pai? 

Por estranho que pareça, confiei nele. Peguei a mão que ele havia me estendido. De repente, Gibbs pulou. Comecei a gritar, mas parei, quando batemos em algo. Uma rede. Uma rede tecida por raízes de árvores. O pirata ao meu lado simplesmente saltou para o chão, como se isso fosse um acontecimento comum. Imitei ele, um pouco mais devagar. Quando embarquei, fui guiada até o que eu achava ser os aposentos do capitão. 

Havia um elfo sentado na mesa no centro do cômodo. Ele ergueu olhos negros idênticos aos meus e disse:

— Mare.

__________Jack Sparrow __________ 

Mare. Fazia tanto tempo que eu não a via. Ela era tão parecida com Shansa, que meu coração doía. Mas menos do que antes, quando eu não tinha nenhuma das duas.

Sinalizei para Gibbs enquanto enquanto eu formava as próximas palavras na cabeça. Mas não precisei, porque ela perguntou:

— Quem seria você?

Minha filha tinha o mesmo hábito que eu de andar e tocar coisas em prateleiras enquanto ouve algo.

— Meu nome é Jack Sparrow. Sou capitão do Pérola Negra e seu pai



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...