1. Spirit Fanfics >
  2. A física do amor. >
  3. A professora abusada.

História A física do amor. - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Muito obrigada pelos comentários . Fiquei muito feliz por estarem gostado da minha história .
Espero que gostem do capítulo de hoje
Uma boa leitura.

Capítulo 3 - A professora abusada.


Depois que entraram no aeroporto. As irmãs procuraram pelo guichê às pressas, porque faltam poucos minutos para dar a hora da partida do voo para Nova Iorque.


 

Margareth consultava o seu relógio de pulso. Parecendo muito aflita com a perda do voo para Nova Iorque. O que deixava a atleta muito preocupada e um pouco tensa com o que estava acontecendo com a sua irmã.


 

Assim que chegaram ao guichê da companhia aérea . Anotaram que tinha uma pequena fila para o embarque. Margareth consultou rapidamente o relógio que ficava em cima das atendentes.  Viu que faltavam cerca de dez minutos para o voo para Nova Iorque.


 

(..)


 

_ Chegamos bem a tempo. Nem acredito no tamanho da sorte que tivemos, Ellie. Acho que vamos chegar ainda hoje a Nova Iorque. O que quer fazer quando chegamos lá? - Margareth pergunta com o entusiasmo a sua irmã.


 

_ Quero descansar um pouco. Depois eu visito a academia que vou lecionar de agora em diante.- Elizabeth responde com calma.


 

_ Será que o homem misterioso dos seus sonhos vai estar onde vai começar a trabalhar ? - Margareth pergunta ainda mais animada.


 

_ Talvez.- Elizabeth responde com calma, dando de ombros.


 

_ Ainda está chateada com o que aconteceu com o Mael? - Margareth percebe que a irmã nunca tinha se esquecido da traição do ex - noivo da irmã.



 

_ Sim. Nem acredito que o Mael foi capaz de fazer isso comigo. Nunca o trai na minha vida. O que ele fez comigo é imperdoável. Nem sei se vou amar um homem novamente.- Elizabeth deixa uma lágrima solitária cair do seu rosto.



 

_ Não fique assim, Elizabeth . Ele foi um tolo em te trair . Ele não merece uma lágrima sua. Um dia ele vai se arrepender do que fez.- Margareth dei apoio moral a sua irmã.


 

_ Obrigada, minha irmã.- Elizabeth se sentir bem melhor.


 

_ Quer comer alguma coisa? Ou prefere comer no avião? - Margareth muda de assunto.


 

_ Prefiro comer no avião. Ainda falta cerca de 9 minutos para o vôo para Nova Iorque.- Elizabeth consultou o relógio do guichê da companhia aérea.


 

_ Sim. Realmente. Também vou comer no avião. - Margareth que olhou para a fila do guichê da companhia aérea.


 

(..)


 

Já na academia. A piscina infantil tinha sido trancada com fortes cadeados em torno das portas . Uma vez que a professora já tinha se aposentado. E as aulas de natação mirim tinha sido suspensas.


 

Da academia de musculação, Meliodas continuava a dar a sua aula normalmente. Embora, que estava um pouco chateado com a partida de uma boa amiga e confidente. E às vezes uma boa conselheira amorosa .


 

Horas depois, a academia entrou em horário de almoço. A maioria dos alunos já tinha ido embora.



 

Meliodas resolveu ver a piscina infantil fechada para se relembrar dos momentos bons com a sua amiga. Assim matava a saudade que sentia dela.


 

Durante as suas recordações de Meliodas. Uma mulher chegou por trás dele, o abraçou nas costas, começando a passar a sua mão boba no peito .

 

 

Ao sentir a mão boba de uma mulher que estava por trás dele . Meliodas conseguiu se livrar da mulher . Respirou bem fundo . Se voltou- se para ver quem estava por trás dele . E percebendo que era Zaneri , que ria gostosamente da expressão de susto que o loiro fez para ela.

 

 

(.)

 

 

_ Zaneri . Por que fez isso comigo ?! Nem somos namorados . - Ele fala exaltado com a mulher que caia de tanto dar risada da ingenuidade do loiro.

 

 

_ Que que te vi tanto tenso com alguma coisa . E também não resisto de uma barriga tanquinho que você tem . E esses braços tão bem definitivos , musculosos ao extremo. Deveria ser um fisiculturista . - Zaneri fala cheia de malícia para o loiro , mordendo o lábio inferior com sensualidade .

 

 

_ Obrigada pelos elogios. Só que não vou namorar com você. Porque é muito abusada. E não gosto de mulheres abusadas . - Meliodas fala sério para a mulher que riu ainda mais .

 

 

_ Pensei que gostava de mim . Achei que até íamos ser namorados e tudo mais . - Zaneri se aproxima do loiro , rebolando sensualmente a cintura dela para atrair o loiro que cruzou os seus braços sobre o peitoral dele , ignorou o seu olhar risonho e malicioso ..

 

 

_ Zaneri. Te respeito como colega e amiga . Só que não gosto de mulheres abusadas . Estou te avisando sobre isso. Não quero machucar uma mulher que nem você - Meliodas dá um aviso bastante sério para a Zaneri que soltou uma nova risada malvada e alta.

 

 

_ Ah. Não faça isso comigo. Porque estou completamente enlouquecida de amores por você, Meliodas . - Zaneri fala ronca e sensualmente .

 

 

 

_ Zaneri . Para com isso. Não quero acabar com a nossa boa amizade . - Meliodas fala sério para a Zaneri que solta outra risada insana .

 

 

_ A nossa amizade já terminou . Que tal que a gente seja namorados ?! Nós somos um dos casais mais perfeitos do mundo. E nossos filhos serão muito lindos . - Zaneri fala tentadora , aproximando-se cada vez mais do loiro.

 

 

(..)

 

 

Parecia que Meliodas estava encurralado . Zaneri se aproxima mais e mais . Como ele poderia se safar daquela situação . Já que a Zaneri estava decidida a fazer algo com ele . E o loiro sabia muito bem disto .

 

 

 

Contudo, ele tinha a escapada perfeita para sair de perto da Zaneri , que queria ter ele como namorado de qualquer maneira . E respirou fundo para se acalmar . Sorriu com tranquilidade . E olhou calmo para a Zaneri , que olhou repleta de malícia .

 

(..)

 

 

_ Olha , Zaneri . Me lembrei que tinha que ajudar o meu amigo Ban com um compromisso . Obrigada por se preocupar comigo. Bem, estou indo - O loiro fala apressado com a professora de Ginástica , saindo de perto da piscina .

 

 

 

_ Ah.. Que droga … - Zaneri bate o pé zangada com a escapada do loiro, bufando impaciente .

 

 

 

(..)

 

 

Saindo de perto de Zaneri . Com consequência sair das garras da Zaneri . O loiro andando tranquilidade pela academia . Procurando o seu melhor amigo Ban , para conversar com ele .

 

 

(..)

 

 

Voltando para o aeroporto de Londres . Margareth e Elizabeth finalmente tinha embarcado no voo para Nova Iorque .

 

 

(..)

 

Dentro do avião. As duas irmãs estavam na primeira classe ; Em suas poltronas correspondentes , Margareth lendo um bom livro . E a prateada ouvindo músicas no seu Iphone. Dormindo mais um pouco .

 

 

(..)

 

 

Passada meia hora depois . Uma linda aeromoça empurrando o carrinho da companhia aérea com vários petiscos .diferentes .e bebidas variadas . Chegando perto das irmãs , que faziam as suas atitudes diferentes nas suas poltronas .

 

 

Aproximando-se das poltronas das irmãs . A aeromoça estacionou o carrinho ao lado da poltrona perto da prateada . Se inclinou para conversar com as duas irmãs . Sorrindo que nem uma miss universo .

 

 

(..)

 

 

_ Boa tarde , senhoritas. Querem algo para comer ? - Ela pergunta educadamente enquanto sorria para duas .

 

 

(..)

 

 

Ouvindo a pergunta da aeromoça . Margareth marcou a página que estava lendo no momento . Fechou calmamente o livro . Voltou o seu rosto de lado para ver a aeromoça que ainda sorria que nem miss universo . Achando o sorriso muito tosco . Respirou profundamente para se acalmar . E olhou fixo para a aeromoça , que aguardava a resposta da pergunta .

 

 

(..)

 

 

_ Ah. Sim. Estou com muito fome mesmo. O que tem ? - Ela pergunta educadamente para a aeromoça que desfez o seu sorriso de miss universo .

 

 

 

_ Ah. Tenho várias coisas . Fique a vontade para fazer a escolha de vocês . - Ela começa a mostrar as comidas que a companhia aérea oferecia para as duas irmãs .

 

 

_ Ah. Bem, acho que vou escolher isso . - Ela apontou para o que queria dentro do carrinho .

 

 

 

_ Boa escolha , senhorita . Algo a mais ? - Ela pega o petisco apontado pela Margareth , o entregando em mãos .

 

 

_ Ah, sim. Quero algo para a minha irmã mais nova . Ela está dormindo um pouco . E quero duas latinhas de refrigerante. - Ela continua a apontar para o interior do carrinho e finalizando o pedido.

 

 

_ Posso dar o mesmo para a sua irmã, senhorita . - Ela pega mais um salgadinho do carrinho que era o mesmo que a Margareth havia escolhido.

 

 

_ Por mim . Está muito bom . As latinhas podem ser do mesmo sabor . - Ela concorda com a ideia da aeromoça .

 

 

_ Perfeito. Bem, aqui está o seu pedido . E tenha uma boa viagem - Ela entrega o pedido para Margareth , indo embora .

 

 

_ Até que esse salgadinho não é tão ruim . Gosto muito dele . - Ela reconheceu a embalagem do salgadinho que tinha escolhido para ela e a Elizabeth que ainda estava adormecida .

 

 

 

 _ Aqui está . Precisam de algo a mais ? - perguntou a aeromoça ao olhar direito para a mais velha das irmãs .


 


 

_ Não , isso é o suficiente por hora . Muito obrigada . E tenha um bom trabalho . - respondeu a mais velha educadamente .


 

_ Disponha e obrigada . Tenha uma boa viagem . - diz a aeromoça começando a se retirar de perto.


 

(..)


 

E poucos momentos depois . A aeromoça pegou o seu carrinho com cuidado . Ajeitou os petiscos e bebidas na bandeja do carrinho . E em seguida, ela saiu com o carrinho, o empurrando o carrinho para os outros passageiros .


 


 

Margareth deu uma breve olhada em sua irmã que dormia profundamente . E lhe deu um sorriso de afeto. E decidindo comer o salgadinho dela e voltar a ver o filme que estava assistindo antes da chegada da aeromoça .


Notas Finais


Me desculpe por algum erro.
Até o próximo capítulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...