1. Spirit Fanfics >
  2. A Flor da Pele__ Hot Fic >
  3. Ep. 1: Dançarinos — Hot Hoseok

História A Flor da Pele__ Hot Fic - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Eu precisava fazer essa fic, sorry.<br /><br />Atenção!<br />(⚠️) Conteúdo Sexual<br />(⚠️) Heterosexualidade

Capítulo 1 - Ep. 1: Dançarinos — Hot Hoseok


Fanfic / Fanfiction A Flor da Pele__ Hot Fic - Capítulo 1 - Ep. 1: Dançarinos — Hot Hoseok

A Flor da Pele__ Hot Fic


>>Fic 1. Dançarinos


<<S/n Pov’s


Faço parte de uma empresa de dança já há muito tempo, e desde o início existe apenas uma pessoa que me seguiu e continua comigo até hoje:

Jung Hoseok

Bastante amigos, nós somos duplas de dança quase todas as vezes e os principais em todas as apresentações.

Mas como tudo de bom tem um lado ruim, somos os últimos a sair do estúdio, pois precisamos estar treinando para as apresentações, porém isso já tinha virado uma rotina e nos acostumamos aos poucos.

Eram 22:26h da noite, e lá estávamos nós ensaiando a nossa coreografia de Psycho do Red Velvet.

Balançando o corpo de acordo com a batida, todos os dois suados pelo fato de estarmos dançando desde o Sol Matutino.

Apenas sentindo o que a música traz, calma, paciência, felicidade e todas as emoções possíveis.

Chega a parte do refrão e para a dança ficar completa, grudamos nossos corpos, mexendo e mexendo. 

Isso já era coisa tradicional para nós, mas hoje senti uma tremedeira em todo meu corpo, minhas bochechas se coraram instantaneamente e minha barriga se encheu de borboletas.

Já faz um tempo que gosto de Hoseok, mas não demonstro isso porque não pareço ser correspondida.

Apenas continuo a coreografia... até no final, pararmos em posições opostas, de acordo com a coreografia criada por nós mesmos.

Ofegantes, nos jogamos no chão e tentamos voltar a respiração normal.

— Chega — Falo em meio a uma respiração rápida

— S/n... — Hoseok fica sentado no chão gelado de madeira

— Sim, Seok? — Seok, seu apelido carinhoso dado por mim

— Olhe para mim — ele pede e eu faço, um pouco confusa.

— O que tem? — Eu o olho fixamente

Hoseok parecia me olhar de cima a baixo, como se estivesse me analisando.

— Você está tão linda nessa roupa - *Capa* - — ele se aproxima de mim.

Sua respiração ofegante batia no meu pescoço e a minha fazia o mesmo nele, me fazendo pirar e meu coração palpitar por Hoseok.

— Seok, eu...

— Eu gosto de você, S/n. Só de você. Eu só preciso da sua companhia para sobreviver, eu não quero saber o que você acha de mim e nem sua opinião sobre isso. Eu só disse isso porque eu realmente precisava, eu quero ter você só pra mim, poder te abraçar, poder te beijar e poder transar com você.... eu tenho meus sentimentos formados por você, porque você é perfeita, dançando, comendo, cantando, rindo e eu quero saber se você é linda dormindo também, eu quero poder te abraçar e te beijar enquanto você estiver chorando e poder te-

Eu o interrompo colando nossos lábios e iniciando um beijo lento e cheio de sentimentos.

— Seok... eu também gosto de você... eu também te quero, muito — Eu falo e sua primeira reação foi sorrir e voltar com um beijo romântico

Hoseok pegou em minha cintura em meio o beijo, e começou a me afastar até me encostar na parede do estúdio.

Passando a tirar minhas roupas, sem desgrudar do beijo.

Ele tirou minha primeira peça de roupa e meu tênis, também falando da parte de cima.

Foi descendo os beijos até meu pescoço, marcando aquele lugar com sua própria boca.

Seus beijos foram até meus seios, ele era carinhoso e brincava intercalando os meus peitos.

Sentir sua língua passar por aqueles lugares, me fazia arfar e querer mais. Eu só pensava naquilo, nele, em mim e em nós dois juntos ao mesmo tempo. Não me importava com nada, estava pouco me importando com as câmeras e onde estávamos, eu só queria sentir Hoseok, eu só queria ter o prazer de sentir ele.

— Você não sabe o quanto eu esperava por isso — ele se direciona a minha boca, e volta a me beijar, para tirar minhas últimas peças de roupas.

Ele foi tirando tudo carinhosamente, me beijando lentamente e sendo uma pessoa incrivelmente, amorosa.

Ao tirar todas as roupas que existiam em mim, ele me olha, sorri e vai descendo os beijos.

Passando de boca, para, pescoço, ombros, seios, abdômen e finalmente, meu sexo.

Com bastante calma, ele começa a chupar minha intimidade, sua língua era lenta e eu tinha uma sensação maravilhosa naquele momento.

Ele passava a língua em todo meu sexo, isso me fazia arfar e arquear as costas.

Eu gemia seu nome em aprovação do que estava fazendo.

Em pouco tempo sinto uma onda de prazer se formar em mim, me avisando sobre meu orgasmo.

— Seok... eu vou gozar... — Dito e feito.

Meu ápice tinha chegado, me fazendo estremecer e arquear as costas. Hoseok engoliu o que havia saido de dentro de mim.

— Linda por fora, e docinha por dentro — ele disse e me beijou de novo

Agora estava eu o ajudando a tirar suas roupas, afinal, era isso que estávamos esperando desde o inicio de tudo.

Hoseok já estava nu por completo mas ainda não tinha me penetrado, apenas curtindo a língua um do outro.

No entanto, ele começou a massagear meu clitóris, informando que iria começar a enfiar. E foi isso que fez.

— Ah... — ele começou a penetrar em mim

No inicio senti uma dor mas ela logo foi se transformando em prazer.

Ele dava estocadas lentas mas fundas.

— Apertadinha e molhada, S/n, você é perfeita — ele selou minha testa com um beijo, e foi aumentando as estocadas.

Agora trocamos de posição, e eu estava por cima.

Ele deitado, e eu rebolando em seu membro. Sua Abs era visível e eu tocava, tentando decorar seu corpo, caso não pudéssemos repetir aquele ato.

Eu tocava em todas as partes, sendo delicada, para sempre lembrar de como é.

Também rebolava com seu membro dentro de mim, ele gemia baixo e segurava minha cintura fina.

— S/n.... estou quase lá... — Ele apertou minha cintura com mais força.

Então comecei a rebolar mais rápido e pude sentir que minha segunda onda de prazer estava chegando também.

No final, gozamos juntos.

Hoseok saiu de dentro de mim e nos deitamos no chão frio....

>> Parte Bônus

Depois do amor que tínhamos feito á pouco, nos vestimos e já estávamos indo para casa, juntos como sempre, mas nos estranhando, eu acabava o olhando como se ele fosse um desconhecido.

Hoseok então, parou e suspirou, depois eu parei para entender por que ele tinha parado de andar.

— O que houve? — ouço ele suspirar novamente

— S/n, não podemos nos tratar como estranhos agora...

— Seok-

— S/n... — Ele colocou seus dois joelhos no chão e pegou minha mão, suspirou mais uma vez e falou. — quer namorar comigo? — ele parecia estar nervoso

Meu coração não se aguentou e sem pensar duas vezes...

— Claro, Hoseok! — Eu gritei essa frase de um jeito que eu pudesse demonstrar minha felicidade.

Então, ele sorriu com o nariz, se levantou, me deu um selinho e me abraçou.

Como ele era mais alto, eu pulei em seu colo, ele me segurou. Eu não consegui conter minhas lágrimas emocionadas e comecei a chorar.

— Ei, ei, ei! Está chorando? — ele passou seu dedo na lágrima que escorreu

— Eu te amo, Seok — Eu o abracei mais forte que antes

Ele entendeu o motivo do choro, sorriu e retribuiu o abraço.








Notas Finais


Gostaram? Continuo ou não?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...