História A Floresta - Capítulo 3


Escrita por: e _Tefi_

Visualizações 71
Palavras 1.056
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Bishounen, Comédia, Crossover, Drabble, Drabs, Drama (Tragédia), Droubble, Ecchi, Esporte, Famí­lia, Fantasia, FemmeSlash, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Fluffy, Harem, Hentai, Lemon, LGBT, Lírica, Literatura Feminina, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Musical (Songfic), Orange, Poesias, Policial, Romance e Novela, Saga, Sci-Fi, Seinen, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Shounen, Slash, Sobrenatural, Steampunk, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Sorry pela demora

Capítulo 3 - 2 dias


Dia 20 de julho de 2033

Quinta-Feira

02:30

~Misty City~

Os amigos já não aguentavam mais andar, suas pernas ardiam como fogo. Já faziam exatos 2 dias que vagavam por ai, esperando achar o que procuravam.

Tawan reclama por ser culpa de Saiko ele estar ali, de fato era, mais o branquelo jamais admitira isso. Sempre fora muito orgulhoso.

ㅡ Eu já disse, para de reclamar Tawan ㅡ Ximenês disse.

ㅡ Não, não vou para. E se morrermos aqui Saiko? O que vamos fazer? ㅡ Perguntou.

O mais velho suspirou, tentando achar alguma resposta. Mais sempre chegava a nada, se questionava se o que sua avó lhe disse, era de fato real. Sua esperança já estava sendo consumida e desvastada, por ele, o medo.

ㅡ Arg.... ㅡ Nada disse.

ㅡ Viu, nós deviamos voltar ㅡ Já era a quadragésima quinta vez que Anci repetia isso.

ㅡ Eu também queria Tawo, mais não podemos. Não mais, já não sei mais por onde entramos ㅡ Suspirou ㅡ Você sabe?

O outro também suspirou.

ㅡ B-Bom......Não ㅡ Disse derrotado.

Certamente voltar não era uma opção no momento. A esperança já não era mais notada, cançados e atordoados eles estavam, sentindo fome, sede, medo e sono. Que merda não?

~Visão Saiko~

Tudo bem, certamente eu errei para um Santo Caralho. Mais humanos eram...Certo?

Me sentia culpado pelas chatas reclamação do mais novo, mais fazer o que? Ele tinha razão, e eu não podia negar esse fato, já que as reclamações não eram em vão.

O que eu não daria para estar de volta em casa. Na minha cama, dormindo já que eu estava de férias da Faculdade por ser Julho.

ㅡ Saiko ㅡ Me chamou, pois eu estava sentando ao lado de uma árvore, bem bonita por sinal ㅡ Vêm aqui, rápido.

ㅡ Tô indo ㅡ Me levantei, mesmo que sem algum ânimo.

Assim que cheguei me surpreendi, não muito longe se via uma cidade, muito linda no meio daquele Matagal.

ㅡ VIVA! ㅡ Gritou ele feliz, já correndo para lá.

ㅡ ME ESPERA....

Assim que chegamos no local, estavamos cançados. Decidimos parar para comer um pouco, nos faria bem.

"Grillb's"

Dizia a fachada, de uma lanchonete. Nossa, estranhei o fato de estar aberta até essas horas. 

Entramos, e vimos poucas pessoas, 3 no máximo. Eram muito pálido e apenas tomavam um tipo de suco, extremente vermelho, ambos riam e se divertiam.

ㅡ Boa Madrugada Senhores ㅡ Disse um rapaz também pálido ㅡ Podem se sentar, já mandarei o menu.

Assim fizemos. Logo o cardápio chegou, pedimos só o de lanches e bebidas, e mano....Não tinha nada comestivel alí. Cara era um pior que o outro aff.

Lanches

R$ 02,50 Lanche da Maré (Frutos do mar e algas)

R$ 02,50 Lanche Vampiresco (Carne de morcego e molho de sangue)

R$ 02,50 Lanche Vegetariano (Apenas vegetais, e frutos)

R$ 05,45 Lanche De Camarão (Camarão Australiano)

R$ 06,45 Lanche Magia (Salamandras de fogo e vagalumes da lua)

R$ 07,48 Lanche Ardente (Lava e fogo vivo)

Bebidas

R$ 00,99 Água 

R$ 01,50 Água com Gás

R$ 03,00 Coca-Cola 

R$ 02,00 Funada

R$ 01,25 Água com Sangue

R$ 9,00 Água do Lago dos Cristais

R$ 10,00 Água Mágica

Cacete velho, que isso? Água com sangue? Um pior que o outro só tem umas 4 coisas comestiveis. E o resto então? Por que só pedi o de lanches e bebidas....Arg... prefiro nem pensar nisso.

Espera, será que....Não. Okay Rodrigo não surta, aquelas pessoas eram só Vampiros, nada de mais.

No final eu pedi um lanche vegetariano e uma água com gás. E o Tawan pediu um lanche de camarão e uma coca.

Comemos pagamos e saímos dali o mais rápido possivel, eu não queria morrer. Bom, não hoje.

Procuramos ficar em um hotel, já que levamos um boa quantia de dinheiro. Iriamos procurar explorar lá quando acordacemos, o que não seria tão cedo.

Que foi? Eu andei 2 dias por uma floresta enorme, o que queria eu visesse? Eu mereço dormir, mereço uma boa noite de sono, bom dia no caso.

~Visão Cellbit~

ㅡ SÉRIO ALAN?

ㅡ Desculpe Rafa ㅡ Me disse ㅡ Eu acabei dormindo muito, e só pude cuidar a floresta agora.

ㅡ Você sabe o que isso causou? E se um mestiço tiver conseguido entrar? VAMOS MORRER ㅡ Não conseguia não gritar.

ㅡ Desculpa mesmo ㅡ Disse com a voz baixa se retirando.

Suspirei frustado sentando em um galho da árvore.

Passou algum tempo.

ㅡ O que foi Loirinho? ㅡ Reconheceria aquela voz em qualquer lugar.

ㅡ Oi Anna ㅡ Disse forçando um sorriso.

ㅡ Não precisa forçar um sorriso Cell, eu sei que algo lhe aflige. Diga á mim ㅡ Ela disse se sentando ao meu lado.

ㅡ Bom.... 

Depois de contar o que havia acontecido, ela me abraçou de lado.

ㅡ Cara ㅡ Sorriu ㅡ Fica tranquilo, os humanos não sabem da nossa existência. E os que sabiam já morreram a muito tempo, que humano tolo tententaria entrar aqui?

ㅡ Você tem razão, mais agora o Alan ta puto comigo.

ㅡ Ele tá bem

ㅡ Como sabe? ㅡ Perguntei.

ㅡ Vi o Void e ele se agarrando ㅡ Riu, mesmo que envergonhada.

ㅡ Nossa....Já sabia que Alan seria Gay. Ele não esconde muito bem ㅡ Disse rindo junto a sua Best.

ㅡ Espero ter ajudado. Vou indo ㅡ Pulou da árvore ㅡ Tenho que sair com as meninas. Cherry, Moon e Sasa. 

ㅡ Ajudou muito, vai se divertir ㅡ Sorri.

Ela correu, e despareceu na floresta. Quase todos dessa cidade, nunca dormem.

Já era costume ficar acordado altas horas, ou até 2 dias sem dormir.

 Bem, o trabalho não espera. 

Vireu um tigre já correndo para o meu posto, se eu briguei com o Alan, não posso vacilar. Essa noite vai ser longa.

Espero encontrar um certo moreno por ai. Ele também cuidava da floresta, então teria a chance de nos esbarramos.

E era isso que eu queria que acontecece. Sempre tive uma queda pelo Felipe, mais como não ter? 

Eu estou me iludindo, e não ligo ele é hetéro e está namorando e eu não ligo. Sempre acreditei em contos de fadas, e dai? Fodasse MUNDO!

Eu o amo e não tenho vergonha de admitir...Bom pelo menos pra ele não...Eu sou metade humano, tenho sentimentos também.

 

"Sou gay. Lide com isso"


Notas Finais


Desculpe se foi curto :I


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...