1. Spirit Fanfics >
  2. A forbidden love - Mark Tuan >
  3. Casamento arranjado

História A forbidden love - Mark Tuan - Capítulo 13


Escrita por: Space_Lion

Notas do Autor


Bom dia, boa tarde, boa noite ou seja la o horário que estiver lendo. Se hidratam, o rim agradece.
Tenham uma maravilhosa leitura ^-^

Capítulo 13 - Casamento arranjado


Fanfic / Fanfiction A forbidden love - Mark Tuan - Capítulo 13 - Casamento arranjado

Depois de algumas musicas Mary me chama e eu vou para a cozinha, quando chego la me sento e olho para Mary.

- Come comigo, Mary. - Falo e ela me olha surpresa.

-Não posso srta. - Ela fala e eu me levanto.

- Mary, eu estou te pedindo para comer comigo. - A conduzo até a cadeira. - É chato comer sozinha, então me faça companhia.

- Esta bem. - Ela fala e eu me sento na sua frente.


Pvd Jin-Young

Eu estava deitado no sofá e meu pai vem até mim.

- Filho.

- Sim? - Pergunto e ele da um tapinha em minhas pernas para eu me sentar.

- Eu não vou passar o dia inteiro em casa, pois preciso resolver muita coisa na empresa.

- E o que eu tenho haver com isso? - Volto minha atenção para a série que estava assistindo antes dele chegar.

- Você vai comigo. - Ele se levanta.

- O quê? - Acabo gritando sem querer.

- É isso mesmo que você ouviu. - Ele me puxa pelo braço fazendo eu levantar. - Vá se arrumar, temos que sair daqui em.... - Olha no relógio de seu pulso. - 15 min.

- Ta bom. - Reviro meus olhos e vou para meu quarto.

Ao chegar no meu quarto me arrumo e volto para a sala, em seguida saímos de casa e fomos para a empresa. 

Quando chegamos na empresa fomos direto para a sala de reuniões, la encontro um casal e uma garota.

- Vamos nos sentar. - Meu pai fala e nos sentamos. - Fico feliz que vocês vieram.

- Também ficamos. - A moça fala.

- Fale por vocês. - A garota fala mau humorada.

- Tenha modos Jessie. - O homem fala sério e a garota faz uma cara emburrada.

- Está bem pai. - A garota fala e se ajeita na cadeira.

- Esse é meu filho Jin-Young. - Meu pai fala e da um suspiro. - Ele pode ser um pouco difícil de se lidar as vezes mas é muito educado.

- Então ele é igual a nossa filha. - A moça fala e o moço ao seu lado assente.

- Bom, vamos direto ao ponto. - Meu pai fala e coloca suas mãos na mesa. - Precisamos decidir a data do casamento.

- Como assim casamento? - Pergunto sério.

- Você e a filha do Sr e Sra Choi irão se casar.

- Vocês só podem estar brincando. - Falo e solto um sorriso ladino. - Eu não irei me casar com uma pessoa como ela, dá pra perceber que ela não tem caráter algum e ainda por cima parece uma filhinha de papai e mamãe. - Assim que falo isso a garota se levanta e bate as mãos na mesa.

- Olha como fala comigo garoto estúpido. - A garota fala e eu me levanto.

- Fale o que quiser de mim, me xingue, me de apelidos idiotas. Eu não ligo. - Dou de ombros e me viro. - Eu nunca me casaria com alguém como ela, eu só vou me casar com alguém que seja digno do meu amor e de mim. - Saio da sala e escuto meu pai gritar meu nome. - Fala sério, meu pai só pode estar louco. Eu não vou ter um casamento arranjado só porque ele quer. - Penso ao sair da empresa, de repente sinto alguém segurar o meu pulso. Olho para a pessoa e vejo que é a garota. - Fala logo o que você quer. Eu não tenho tempo pra ficar de papo com garotas que não me interesso.

- Bom, começamos com o pé esquerdo. - A menina solta meu pulso. - Me chamo Jessie Choi. - Ela estende a mão.

- Jin-Young. - Aperto sua mão e segundos depois a solto. - Fale de uma vez o que você quer comigo.

- Certo. - Jessie fala e respira fundo. - Só quero falar que eu também não estou com vontade de ter esse casamento. Mas sabe, isso vai ser bom para as duas empresas e para nossos pais. - Fico a olhando sério. - Nós não vamos precisar ter nenhum contato físico e nem afetivo, só precisamos fingir que nos aturamos.

- Hmm.... pensarei sobre isso. Agora preciso ir, tenho um show pra ir amanhã.

- Está bem. Até algum outro dia. - Ela fala e eu saio a deixando sozinha.

Não sei o porquê do meu pai decidir fazer esse casamento, ele sabe que casamentos arranjados não dão em nada. O casamento dele e com a minha mãe foi arranjado e deu em diversas discussões e discórdia.

Chego em casa e subo para meu quarto, coloco meu pijama e me deito na cama.


Pvd Yakemi

Eu estava no maior tédio do mundo no meu quarto e recebo uma mensagem da minha mãe.

Mensagem on≈

Mamis

Filha. ¹⁶'²⁰

Oi. ¹⁶'²⁰

Preciso que faça um pequeno favor pra mim. ¹⁶'²⁰

Que favor? ¹⁶'²⁰

Vai em um show pra mim? ¹⁶'²¹

Estou patrocinando o show mas não tem como eu ir, pois estou cheia de encomendas. ¹⁶'²¹

Eu pediria para seu pai ir mas ele também está muito ocupado. ¹⁶'²¹

Então você me veio na cabeça. ¹⁶'²²

Faça esse favorzinho pra mãe? ¹⁶'²²

Tá bom.¹⁶'²

Quando é o show e que horas? ¹⁶'²²

Vai ser amanhã às 17h30min, o show irá durar umas duas horas e meia, pouquinho tempo.¹⁶'²³

Tenho dois ingressos, então você pode chamar a Yemi ou alguma outra pessoa. ¹⁶'²³

Okay. ¹⁶'²³

Vou voltar ao trabalho. ¹⁶'²⁴

Te amo filhota. ¹⁶'²⁴

Também me amo mãe. ¹⁶'²⁴

Amor próprio é tudo nessa vida kkk ¹⁶'²⁴

Claro kkk ¹⁶'²⁵

Até mais tarde. ¹⁶'²⁵

Até. ¹⁶'²⁵

Mensagem off

Maravilha Yakemi, agora você vai ter que ir num show que nem sabe de quem é e ainda por cima vai ter que aturar pessoas em cima de você te incomodando e te deixando desconfortável.

Vou mandar mensagem pra Yemi e ver se ela vai estar livre amanhã.

Mensagem on≈

Minha Chata

Mi, você sabe que eu te amo muito, certo? E se não sabe ta sabendo agora.¹⁶'²⁶

Qual é Mi? Num vai responder sua querida e amável amiga não? ¹⁶'²⁶

To vendo que tu ta online. ¹⁶'²⁷

Tão ta chata. ¹⁶'²⁷

Vou parar de te mandar mensagem sua falsa. ¹⁶'²⁷

Desculpa Kemi. ¹⁶'²⁷

Tava conversando com o Dylan. ¹⁶'²⁸

Mas o que você quer pedir? ¹⁶'²⁸

Então..... ¹⁶'²⁸

Quero pedir pra você ir em um show comigo. ¹⁶'²⁸

Minha mãe e meu pai vão estar ocupados amanhã então sobrou pra eu ir no show T.T ¹⁶'²⁹

Ixi. ¹⁶'²⁹

Dependendo do horário não vai dar. ¹⁶'²⁹

Por quê? ¹⁶'²⁹

Eu e o Dy vamos sair amanhã. ¹⁶'²⁹

Entendo. ¹⁶'³⁰

Bom, o show vai ser às 17h30min. ¹⁶'³⁰

Sinto muito Kemi, mas não vai dar para eu ir. ¹⁶'³⁰

Okay. ¹⁶'³⁰

Mensagem off≈

- E agora? Com quem eu vou? - Me pergunto e me levanto da cama. - Minha última esperança é o estabanado. - Começo me trocar, eu ia mandar mensagem, mas ele é um ser insuportável que não olha as mensagens. Não as minhas. 

Termino de me trocar e desço para a sala, onde encontro Mary sentada assistindo.

- Mary. - Falo e ela me olha surpresa, logo se levanta rapidamente e se curva.

- Me desculpe srta, não devia estar assistindo.

- Não precisa se desculpar e nem se curvar para mim, Mary. - Ela se ajeita e mostra um pequeno sorriso.

- Por favor, não conte aos seus pais sobre isso.

- Não se preocupe, esse será o nosso segredinho. - Falo brincalhona e Mary rir. - Bom eu vou na casa do Sr Park, caso meus pais cheguem mais cedo avise eles. - Vou até a porta e a abro.

- Carto. - Saio e entro no carro, em seguida o motorista me leva até a casa do Sr Park. 


Notas Finais


Espero que tenham gostado.
Um grande beijo e até a próxima ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...