História A Força do Desejo - Capítulo 16


Escrita por:

Postado
Categorias Saint Seiya
Personagens Personagens Originais, Saga de Gêmeos, Shaina de Cobra
Tags Saga X Shina
Visualizações 14
Palavras 741
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Obrigada a todos que acompanham essa história.

Capítulo 16 - Lembranças VIII


 

Shina

 

Depois de mais 3 meses de muito estudo finalmente passo no exame de certificação para que eu possa atuar como médica na Grécia.

Fiquei muito feliz com resultado, o exame valia 100 pontos, tirei 95, cheguei tão feliz que a única coisa que desejava era comemorar e não tem jeito melhor de comer que indo a um restaurante, beber e depois fazer amor com o meu loiro, e foi assim a minha comemoração. 

Acabamos bebendo demais, bom que saímos de táxi, o resultado foi que transamos intensamente no tapete da sala.

Um mês depois, estou disputando uma vaga em um ótimo hospital de Atenas, já tinha feito o processo seletivo todo que são: entrevista, análise do currículo e exames médicos.

Dois dias depois, recebo uma ligação falando que não fui aprovada nos exames médicos, achei aquilo tão estranho pois eu não tenho problema de saúde, perguntei o porque e me responde que não admitem mulheres grávidas.

Desligo o telefone e começo a chorar, já tinha colocado na minha cabeça que não engravidaria e agora recebo essa notícia.

Fui em uma farmácia e comprei um teste de gravidez que é possível saber de quantas semanas é a gestação.

Descobro que estou grávida de 4 semanas e isso dá justamente no dia que ficamos bêbados e fizemos sexo selvagem.

Eu queria muito conseguir aquele trabalho, mas agora isso não tem mais importância, sei que nenhum hospital emprega gestantes e eu não preciso colocar meu bebê em risco, o que pode acontecer trabalhando grávida, ainda mais que mesmo que eu não goste de ser sustentada, não quero discutir com o meu amor por eu insistir em querer um emprego quando tenho que pensar no meu bebê que está se desenvolvendo dentro de mim.

Eu quero muito voltar a ser independente financeiramente, desde meus 18 anos que tinha o meu próprio dinheiro e foi assim até me casar, sei que não posso reclamar de nada, afinal eu sabia que teria dificuldades para conseguir emprego em outro lugar e nada está me faltando e meu marido nunca reclamou que gasto muito, pelo contrário, fala que não preciso economizar para cuidar da minha beleza, ele acha que gasto muito pouco, deve pensar assim porque está acostumado com mulheres que vivem fazendo compras, até o que não precisam elas compram, eu não sou assim, pois aprendi desde nova a dar valor ao dinheiro e só gastar o necessário e isso não mudou depois que me casei com homem rico.

Estou perdida nos meus pensamentos quando o meu loiro chega em casa, ouço ele abrir a porta da sala, viro-me de frente para ele e abro um lindo sorriso.

Boa tarde meu amor (Fala e me dá um delicioso beijo que retribuo na hora).

Boa tarde lindo.

Está muito feliz querida, conseguiu o emprego no hospital que você estava esperando os resultados dos exames médicos?

Não consegui o emprego (Falo mas não demonstro tristeza).

Eu não entendo porque está tão feliz, sei que queria muito conseguir aquele emprego, mesmo não sendo necessário que trabalhe fora de casa.

Eu não aguentaria viver sem desempenhar a minha profissão, por qual eu estudei muito para aprender e disso eu não abrirei mão mesmo que no momento eu não procure trabalho. (Falo olhando fixamente em seus olhos).

Tudo bem, eu a conheci assim, não tentarei mudar sua opinião em relação a sua profissão que acho muito bonita e sei que você tem dom para ser médica. (Fala passando a mão no meu rosto).

Estou grávida de 4 meses por isso não consegui emprego.

Ele me abraçou carinhosamente e depois nos beijamos com muita intensidade mas com carinho.

É melhor a melhor notícia que poder ter, cuidarei muito bem de vocês, eu te amo muito Shina e amarei muito o nosso filho.

Não falo nada, apenas o beijo, ele me pega no colo, me leva para o nosso corpo, me coloca na cama com cuidado e fazendo amor com muito carinho, meu loiro é muito cuidadoso comigo, sei que ele tem medo de fazer mal ao bebê, mas como não conseguimos ficar longe um do outro, precisamos nos habituar a sermos mais cuidadosos quando fazermos amor.

Quatro meses depois, faço um ultrassom e descobrimos que teremos um menino, depois de muita conversa, decidimos que o nome dele será Matheus, a nossa felicidade é imensa e sei que aumentará quando tivermos o nosso bebê nos nossos braços.

Matheus e Julian, eu sempre amarei vocês.

 


Notas Finais


O que acharam do capítulo?
Abraços a todos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...