História A Força do Desejo - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Saint Seiya
Personagens Personagens Originais, Saga de Gêmeos, Shaina de Cobra
Tags Saga X Shina
Visualizações 29
Palavras 1.001
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Obrigada a todos que acompanham essa história.

Capítulo 6 - Sábado



Saga


Acordo sentindo uma mão no meu peito, que estranho, não lembrava que tinha dormido acompanhado, eu raramente passo a noite toda com uma mulher , só a como com muita força e depois vou embora do motel, não trago ninguém para minha casa, porque lá é meu lugar de sossego e não lugar para alguma vadia conhecer.

Abro meus olhos lentamente e vejo uma ruiva toda nua dormindo tranquilamente e com uma mão no meu peito, observo bem o ambiente e noto que estou no meu quarto, não lembro de nada da noite passada, minha cabeça dói, só espero ter usado camisinha.

Toco nela para a acordar e olho como o seu corpo é gostoso, começo a sentir vontade de meter nela, beijo a sua boca, ela acorda e retribui o beijo.

Passo a mão pelas suas pernas e fico por cima daquela cachorra, nos beijamos com muito desejo, sinto suas unhas nas minhas costas, espero que não fique com marcas, chupo seus seios grandes e fico bem excitado, coloco a vadia para me chupar, ela faz isso tão bem, quando percebo que não estou longe de gozar, faço ela tirar a boca do meu pau, pego uma camisinha na cômoda no lado da cama, mantenho uma gaveta cheia de camisinhas, coloco a vadia de quatro e penetro na sua bunda de uma vez, meto com muita força e vontade, ela grita, não me importo se é de dor ou prazer, seguro forte na sua cintura, nem importando se ficará marcas, minutos depois eu gozo.

Saio de dentro da cachorra, levanto da cama, vejo umas 2 camisinhas usadas jogadas no chão, pelo menos lembrei de colocar isso na noite anterior.

Vou tomar banho na hora que terminar, não quero mais te ver na minha casa.

Vou para o banheiro e nem olho na cara dela, não importo se pensa que sou um canalha.

Tomo um banho demorado, visto uma bermuda jeans, camisa branca e coloco um tênis, resolvo da uma ida no shopping enquanto a minha empregada arruma o meu apartamento, bom que quando saio do banheiro a vadia já foi embora.

Tomo o meu café da manhã calmamente.

O meu apartamento tem 1 suíte, 2 quartos, banheiro, cozinha, sala, um escritório, área de serviço, é um apartamento grande para quem mora sozinho, mas eu gosto de conforto e não vejo nenhum problema em morar em um lugar grande se posso pagar por isso.

Minutos depois escolho um dos dois carros que tenho na garagem, um é conversível e vermelho, o outro é um carro preto, escolho o preto e vou para o shopping.



Shina 


Acordo sentindo o meu filho tentando me acordar, ontem trabalhei até mais tarde e quando cheguei em casa, meu anjinho já estava dormindo.

Bom dia anjinho  (falo lhe dando um abraço, é tão bom acordar e ver o meu menino, o sorriso dele é tão lindo).

Bom dia mamãe, vai me levar para brincar hoje?

Sim querido, só vamos tomar café primeiro.

Vamos para a cozinha e preparo um café da manhã para a gente, tem suco, leite, bolo, pães, frutas e iogurte, o meu filho precisa se alimentar direito para crescer com muita saúde.

Aos fim de semana eu não tenho empregada em casa, pois só trabalho durante a semana, as vezes preciso ficar um pouco mais tarde no trabalho, o que aviso com antecedência para a minha babá, além da babá eu tenho uma faxineira que vem aqui três vezes por semana, eu não ligo em arrumar as coisas em casa, mas como tenho condições de pagar uma mulher para fazer isso, eu prefiro pagar e assim tenho o tempo todo das minhas folgad livre para dar atenção ao meu filho.

Não é fácil criar um filho sozinha, mas eu tento lhe dar muito carinho, atenção e amor, porque essas são as coisas que uma criança mais precisa.

Quanto a parte financeira, também não nos falta nada, pois no meu trabalho tenho um salário razoável, o que é suficiente para vivermos com conforto.

Meu marido era filho único e quando o conheci, seus pais já eram falecidos, então sou a única dona de várias empresas, mesmo não administrando elas, tenho uma fortuna em uma conta bancária, mas nunca mexi nesse dinheiro, ele não me faz falta e não me sinto bem nem em pensar em o utilizar, pensando melhor, acho que só mantenho aquelas empresas porque não acho justo demitir 5000 pessoas, pois sei que elas dependem dos seus trabalhos para manterem as suas famílias e se eu vendesse as empresas muitas pessoas seriam demitidas pelo novo dono, as empresas dão um bom lucro, é melhor deixar o meu filho virar adulto e ele decidirá o que fazer com elas, até lá sei que ela continuará sendo bem administrada.

Terminamos de tomar o café da manhã, lavo as louças que sujamos, trocamos de roupa e vamos ao shopping, gosto de levar meu filho para brincar, ele precisa ter contato com outras crianças.

Passamos o resto do dia no shopping, Matheus brinca bastante, faço algumas compras para nós, assistimos um filme e fazemos lanche lá.

Enquanto estamos comendo, sinto um homem loiro me olhar muito, finjo que não vejo isso.

Após o lanche, levo o meu filho para casa, lhe dou um banho e como ele está cansado, dorme cedo.

Vou para o meu quarto, tomo um banho demorado, pego um livro, deito na cama e fico lendo até dormir.



Saga 


Encontro um amigo no shopping e ficamos conversando enquanto bebemos.

A tarde vejo uma linda morena sentada em mesa próxima a nossa junto com um menino que pelo jeito deve ser filho dela.

Fico olhando como ela é linda e com mãe solteira é fácil conseguir sexo, mas ela nem me olha de volta, aquilo me deixa intrigado e decido que terei aquela mulher na minha cama.

Tiro uma foto dela sem que ela perceba, quando levanta da mesa, consigo ver melhor a beleza dela.

Fico mais umas meia hora bebendo e vou embora, como já estou bêbado vou para casa de táxi.

Chego em casa, tomo banho, deito na cama, pego o celular e fico olhando a foto da linda morena até dormir.



Notas Finais


O que acharam do capítulo?
Abraços a todos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...