História A Fraternidade - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, EXO, Red Velvet
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Irene, Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Jisoo, Joy, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lisa, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Rosé, Sehun, Seulgi, Suho, Wendy, Yeri
Tags Bobsoo, Btsvelvet, Exovelvet, Jinjoy, Jungri, Seulmin, Seulyong, Sungjoy, Vrene, Vsoo, Wenga, Wenhope
Visualizações 157
Palavras 6.202
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Cross-dresser, Drogas, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiii genteee.. o cap hoje vai ser *top* eu acho kkk

Espero que gostem >< BOA LEITURA

Capítulo 10 - Em atrito com você!


Fanfic / Fanfiction A Fraternidade - Capítulo 10 - Em atrito com você!

O período do almoço finalmente chegou na Musical Golden University... aquela segunda feira se encontrava bem agitada pelos estudantes, logo os corredores da universidade se tornaram mais tumultuoso que o normal... afinal estudar sempre dava fome – e sono – em noventa por cento dos alunos, e não era diferente com as cinco garotas que se encontraram rapidamente para irem ao refeitório.

- Joy... – a morena sentiu o seu braço ser sutilmente puxado pela garota loira – preciso falar com você.. – Yerim cochichou baixo para a mais alta ouvir, as outras mulheres olharam as duas mais novas que pareciam até estarem tentando esconder algo delas..

- hum... – a morena soltou baixinho olhando rapidamente a loira e depois passou a olhar as mais velhas – p-podem ir na frente, a gente já vai, ok? – Sooyoung falou dando um riso meio sem graça para as unnies que se entreolharam rapidamente, achando um pouco suspeito aquilo, mas apenas assentiram por final, continuando assim o caminho para o refeitório acenando para as mais novas. Yeri voltou a andar por um outro caminho segurando no braço da morena indo em outro direção, até que elas pararam finalmente num corredor menos movimentado – tá tá, me diga logo o que aconteceu.. – disse a morena sentindo o braço ser solto, Yeri parou de andar também olhando em volta, respirando um pouco fundo, na verdade.. os olhos da loira se encontravam vacilantes até mesmo para encarar a amiga.. – aigo Yeri!!! – Joy disse um pouco mais alterada e a menina passou a olhar para ela..

- ér... – a loira mordeu o lábio inferior pensando no que dizer.. – o Mark disse que.. – Sooyoung se mantinha encostada na parede com os braços cruzados olhando para a garota – já que foi sem querer.. é pra gente ficar hoje no fim do expediente.. – a menina encarou a mais alta como se pedisse ajuda com o olhar, Sooyoung respirou fundo pensando naquilo que a loira havia dito.

- Bem... isso pode ser algo bom caso você queira algo com ele.. – a morena levantou um pouco os ombros pensando na hipótese.. de forma simplista – e de qualquer forma, é só um beijo Yeri.. – disse como se não fosse algo tão preocupante..

- M-mas Joy.. – a menina olhou para baixo fechando os olhos rapidamente.. – não é tão simples assim, pelo menos não pra mim – disse voltando a olhar a garota e apontando para si mesma.. – e-eu acabei de dar o meu primeiro beijo..

- ... – Sooyoung franziu um pouco o olhar mantendo os braços cruzados, olhando bem para a garota, sem falar nada dessa vez.. – hum..

- ‘hum’ o que? – Yeri disse um pouco aflita e estava mais que estampado na cara da loira o real motivo daquele “problema”.

- Você não ta preocupada por não ser “experiente” Yerimmie! – disse descruzando os braços e fazendo aspas com as mãos – você ta assim porque não sabe se quer ficar com o Mark depois de ter ficado com o Jungkook... – Sooyoung falou e deu um pequeno sorriso como se fosse óbvio, fazendo a loira engolir a seco em seguida.. – se fosse um pedido do Jungkook você não ia estar aflita desse jeito, estou certa?

- ... – a menina olhou para o lado se sentindo de certa forma encurralada pela mais velha.. – n-não sei dizer ao certo, talvez sim.

- bingo! – Joy disse abrindo um sorriso para a pequena que ainda se mantinha com milhões de dúvidas na cabeça – eu acho que o melhor no momento... – ela saiu de perto da parede indo para a garota, passando o braço por volta do ombro dela – é você seguir o seu coração mesmo, sabe?

- Não.. – disse meio emburrada – meu coração ta confuso, é esse o problema!

- aishh.. – soltou de forma baixa vendo a garota um pouco perdida... – vai, me responda uma coisa.. – após pensar um pouco, a morena virou a loira para que ficasse de frente para ela.. – o que o Jungkook disse pra você quando te beijou?

- han? – a menina entortou um pouco a cara sem entender.. – hum.. não sei, como assim?

- Ele disse alguma coisa... que dá a entender que ele quer algo com você? Ou se pelo menos ele quer continuar ficando com você?

- .. a-ah Sooyoung.. – a menina mordeu o lábio inferior um pouco nervosa.. – e-ele disse que tinha terminado com a Lalisa..

- e??

- E mais nada eu acho.. – após dizer tais palavras era como se ela começasse a entender o pensamento de Sooyoung que apenas ficou olhando para a garota por alguns segundos.

- Só te digo uma coisa Yeri-ah.. – Sooyoung deu um pequeno riso de canto – não deixe de viver a sua vida baseada no que os outros podem ou não fazer – após dizer isso, Yeri passou a encarar o chão de forma pensativa, no fundo ela sentia que havia um sentido naquelas palavras, por mais que não quisesse pensar no assunto -  não crie expectativas sobre quem você mal conhece, confie em mim – Sooyoung deu um sorriso meio triste como se soubesse muito bem o que era isso – v-você pode acabar se machucando..

 

...

 

Após a breve conversa das duas garotas, Sooyoung pediu para que Yeri fosse encontrar as outras no refeitório e avisasse que ela iria comer numa lanchonete que ficava do lado de fora do campus, já fazia tempo que a morena não comia hambúrguer e ela estava simplesmente com vontade de ir lá. Joy continuou o seu caminho sozinha mesmo, até que finalmente saiu do campus passando pela entrada principal, elas tinham exatamente uma hora para almoçarem, a garota parou perto da escada levantando um pouco a manga da blusa para ver o relógio de pulso – ainda tenho quarenta minutos – ela mordeu o lábio inferior e acelerou o passo para a lanchonete que ficava bem na frente do campus, desde o primeiro dia de aula que ela queria comer ali, mas por algum motivo nunca dava, aquele então parecia o momento perfeito para ela, a garota deu um pequeno sorriso e passou a se aproximar do local de forma rápida, para dar tempo de fazer o seu pedido e voltar para a aula também.

Joy entrou no lugar que era mais ou menos pequeno, tinha umas dez mesas espalhadas na frente, e tinha apenas três desocupadas, sem muita alternativa a garota se sentou numa qualquer pegando o menu em mãos procurando o sanduiche de sua preferência. A garota tinha parte do cabelo preto amarrado em cima, vestia uma calça jeans preta e uma blusa social azul escuro, a morena estava entretida, até que viu o vulto de alguém se aproximar.

- Boa tarde, já quer fazer o pedido? – assim que Sooyoung ouviu a voz masculina ela levantou o rosto e acabou por se deparar com alguém conhecido a sua frente, que usava um avental e um bloco de notas em mãos, não demorou para o rosto de Joy soltar um pequeno sorriso surpreso, por fim fazendo ela abaixar o menu em mãos..

- Eu conheço você! – Ela disse se encostando melhor na cadeira e acabou por abrir um sorriso maior, fazendo o rapaz sorrir da mesma forma para ela.. – É.. Sung.. sungjae? – a morena perguntou um pouco incerta e o rapaz em pé acabou por concordar segurando um pouco do riso surpreso.

- Olha, você lembrou mesmo! – o sorriso dele fez ela sorrir da mesma forma – você é a Sooyoung, não é?

- Exatamente.. – disse ficando mais de frente para ele.. – que surpresa te encontrar aqui – ela soltou sendo sincera..

- Sim, eu trabalho no período de almoço... tenho poucas matérias na universidade agora.

- humm.. que legal – disse assentindo para o moreno.

- Você... já não quer fazer seu pedido? – ele disse sugestivo apontando com a caneta para o menu.

- Ah.. claro – ela sorriu abaixando a cabeça e foleando novamente .. – quero o número cinco.

- Certo.. eu vou trazer.. – disse enquanto anotava no papel em mãos.. – foi bom te ver aqui Sooyoung, você não foi mais nos encontros também né..

- ah.. – ela deu um riso um pouco sem graça na verdade, Sooyoung realmente havia gostado de ter ido, mas a garota ainda presava por ficar estudando no seu tempo livre ou descansando de alguma forma, com exceção dos fim de semana que se pudesse ela iria sair para se divertir.. – e-eu fiquei um pouco ocupada a noite por esses dias..

- sim.. tudo bem, eu entendo.. – falou, mas Joy não sabia dizer se ele estava sendo sarcástico ou não..

- Ei.. e-eu estou falando sério! – disse em tom de defesa, o que só fez o moreno rir por final da atitude dela..

- Sim, eu acredito Sooyoung...

- Dá pra parar de conversinha aí que eu to com fome!!? – uma voz feminina ecoou de uma mesa mais atrás fazendo ambos se virarem... assim que Joy avistou a figura, reparou que era nada mais nada menos que Roa, uma garota que estudava junto com ela na aula de canto e que parecia ser chata demais para ter uma conversa normal, como em todas as outras vezes, ela estava acompanhada de seu namorado Chanyeol que parecia ficar tímido com alguns barracos que ela fazia..

- E-eu sinto muito, mas tenho que correr .. – Sungjae desviou o olhar da garota de cabelo meio avermelhado lá atrás e olhou para a morena sentada na frente dele..

- tudo bem, não quero te atrapalhar.. – Joy deu um pequeno sorriso para ele...

- hum.. a propósito – Sungjae se virou mais uma vez, antes de correr para a cozinha.. – hoje vai ter outro encontro, no mesmo lugar.. – disse fitando a garota que olhou para ele e acabou por dar um pequeno sorriso como se pensasse... – seria bom se desse pra você ir hoje!

- O-obrigada Sungjae, eu vou pensar com carinho.. – ela olhou para a mesa e depois voltou a fitar o rapaz que deu um rápido sorriso bonito e se afastou do local deixando a garota suspirar um pouco mais aliviada, “ele é tão legal..” a morena pensou apoiando o queixo na mão enquanto batucava a outra na mesa a espera de seu pedido, ela olhou mais uma vez na direção em que ele havia ido, mas o rapaz já tinha sumido, Sooyoung voltou o seu olhar para a frente se arrumando na cadeira, sua manhã havia sido tão corrida que ela nem havia cogitado de sair a noite para uma espécie de “igreja”, mas naquele momento... aquela ideia realmente começou a tomar uma forma na cabeça da garota.

 

 

 

 

[...]

 

 

 

 

As quatro mulheres voltavam cada uma para a sua sala após o período de intervalo que era de certa forma curto. Kim Yerim andava rumo ao seu andar onde voltaria a ter aula de dança, junto com Seulgi e Irene que a acompanhava, as três andavam de forma tranquila enquanto não chegavam no seu andar, até que ao dobrar uma escada, os olhos das três se encontraram especificamente com a figura de Lalisa... que estava num dos andares acompanhada, ela parecia conversar com um rapaz que estava de costas para a escada, a garota mais nova não conseguiu deixar de olhar para a cena, e numa rápida movimentação do rapaz... Yeri percebeu que aquele homem de costas era Jeon Jungkook. As mãos de Lalisa estavam na cintura do moreno enquanto eles pareciam conversar, mas além disso... Yeri conseguiu ver uma aproximação a mais da garota como se ela tivesse dado um selinho rápido no rapaz mais alto.

- Vem Yeri, ta tudo bem? – Seulgi disse baixo vendo que a menina foi reduzindo os passos na escada... a-ainda um pouco inerte na cena, a garota acabou por piscar algumas vezes até ver que suas unnies a esperavam... a loira engoliu a seco olhando para baixo se sentindo um pouco estranha, numa tentativa de sair logo dali, a garota passou a acelerar o passo, fazendo as demais terem que a acompanhar logo em seguida.

- Yeri-ah.. – Joohyun soltou um pouco baixo vendo que uma pressa repentina se apoderou da garota, e-ela olhou para trás ao dobrar a segunda estrada e percebeu que Yerim estava olhando para Lalisa, e aquele cara que era nada mais nada menos que Jungkook, o mesmo rapaz que treinava passos de danças com a loira no quintal... a mais velha deu um leve suspiro voltando a andar atrás das duas meninas a sua frente, Joohyun começava a desconfiar do que estava acontecendo com a mais nova.

 

...

 

As horas se passaram mais lentamente após o horário de almoço, até que finalmente o expediente acabou. Após terminar a classe de dança, a loira foi praticamente a primeira a sair da sala. Yeri estava com pressa, ela sentia os seus batimentos mais acelerados que o normal, na verdade era um misto de emoções diferentes dentro de si, ela sentia raiva, decepção, ciúmes, várias coisas diferentes junto com a adrenalina que a deixava acelerada, a loira foi andando na frente de todo mundo até finalmente sair do campus, ela respirava fundo enquanto caminhava... assim que passou pela porta ela começou a dar a volta pelo prédio, afim de chegar no lugar onde havia marcado de se encontrar com Mark.. – porque to fazendo isso? – disse para si mesma enquanto caminhava, mas uma segunda voz em sua cabeça lhe dava confiança, falando que ela estava certa... Yerim não estava mais no ensino médio, estava na universidade, ela deveria fazer coisas de universitárias, estava cansada de ser uma santa nerd que não aproveitava as oportunidades que tinha.. – quer saber, que se ferre o Jungkook – disse baixo enquanto pisava forte por aquele caminho, quanto mais perto ela chegava do local, mais certeza ela tinha que devia SIM fazer aquilo... “o Mark é bonito, é engraçado... vai dar tudo certo”... ao chegar no ponto específico a garota suspirou um pouco cansada, ela havia andado rápido demais... a menina se encostou no muro de trás do prédio colocando uma mão no peito, ela se sentia quente, mesmo com o tempo estando ameno... as bochechas da garota se encontravam levemente rosadas, passado uns dois minutos ali aguardando com o coração na mão, a menina viu Mark aparecer de longe, n-no mesmo instante ela se desencostou ficando ereta, esperando o rapaz de cabelo castanho médio se aproximar..

- Nossa.. – ele se aproximou um pouco ofegante também – você saiu tão rápido que eu pensei que estava fugindo! – disse se aproximando mais alguns passos com um pequeno sorriso no canto dos lábios, Yeri abaixou um pouco a cabeça suspirando, e-ela se sentia bem nervosa na verdade.

- não.. – ela passou a língua nos lábios meio vermelhos e voltou a olhá-lo – só quis chegar logo aqui..

- Isso é bom de ouvir.. – o rapaz se aproximou mais uns passos, fazendo a menina voltar a se encostar na parede, ele foi se aproximando e naquele instante Yeri sentiu que não tinha mais como fugir daquilo, Mark levantou uma mão apoiando o seu peso na parede, do lado do rosto dela, o rapaz realmente estava afim da loirinha que havia conhecido a pouco tempo, ele deu um sorriso feliz aproximando a outra mão do rosto da garota, pegando de leve no maxilar dela.. Yeri olhou para baixo um pouco envergonhada e por fim fechou os olhos... sentindo que o rosto dele se aproximava do seu... no instante que ela fechou as pálpebras ela teve um ‘flash’ do rosto de Jungkook se aproximando.. u-um pouco assustada consigo mesma ela abriu os olhos e pode ver o rosto de Mark mais perto, o nariz dele estava praticamente roçando com o dela... n-na verdade a loira estava se sentindo tão assustada quanto um cachorro medroso num dia de tempestade, os olhos de Mark se encontraram com o dela, e lentamente ele foi abaixando as vistas olhando a boca da garota, n-naquele instante, Yeri se concentrou na última visão que teve de Jungkook naquele dia, junto de Lalisa... a-aquele seria o incentivo dela para fazer isso, num ato de coragem a loira passou as mãos em volta da cintura de Mark e juntou a boca dela na dele fechando os olhos mais uma vez... Mark ficou feliz com a atitude da garota correspondendo àquele beijo, pegando na nuca da garota e se aproximando mais, praticamente prendendo ela naquela parede.. “não a mais volta Yeri...” a mente da garota trabalhava rápido conforme ela era beijada “só faça isso!”

 

 

 

 

[...]

 

 

 

 

Na fraternidade as garotas se encontravam espalhadas pela casa, Wendy estava deitada num sofá lendo um livro enquanto Sooyoung estava deitada em outro mexendo no seu celular... como ainda era cedo para ir no culto, a mesma estava aproveitando o tempo para dar uma descansada, ambas se encontravam distraídas em seus próprios afazeres, quando uma mensagem de número desconhecido chega no celular da morena, fazendo ela clicar de automático.

 

- Oi Joy, aqui é o Jin, tudo bem contigo?

 

A morena encarou a mensagem arqueando uma sobrancelha, meio descrente que estava lendo aquilo.

                                                                                                              Oii, como conseguiu meu número? -

- Nossa, que grossa..

                                                                                                                                                                              ¬¬ -   

- Eu pedi pro Yoongi pegar o seu número com a Wendy

Foi assim ;)

 

Ao ler aquilo Sooyoung deu um riso meio seco olhando a tela do celular, em seguida encarando a ruiva que lia tranquilamente no outro sofá.. – Yáa.. Wendy!

- o que? – a garota perguntou ainda concentrada no seu livro..

- Você passou o meu número para o Jin?

Naquele instante a garota parou de ler abrindo um pouco a boca, como se tivesse sido pega no flagra..

- bem... não, eu passei para o Yoongi e ELE passou para o Jin! – disse olhando para a morena e dando uma leve piscada para a garota que entortou a cara olhando para a mais velha..

- aigoo... – ela soltou baixinho voltando a se atentar no celular... Wendy deveria ter raiva do Jin já que foi ele quem fez toda aquela algazarra naquela vez... “porque ela ta ajudando ele?”..

 

                                                                                                                                              Estou bem sim, e vc? –

- melhor agora :D

 

Sooyoung revirou levemente os olhos, mas ainda assim não conseguiu deixar de achar um pouco de graça naquilo.

 

                                                                                                                              Porque pegou meu número? –

- Porque eu quero falar com você..

                                                                                                                                                              Sobre o que? -

- Sobre a vida, faz tempo que a gente não conversa..

                                                                                                              A gente só conversou duas vezes Jin... –

- Eu sei, por isso quero falar com você hoje

Pessoalmente

 

Sooyoung meio que engoliu a seco dando um longo suspiro no sofá..

 

                                                                                                         Hoje eu não posso, tenho compromisso –

- Ah, por favor vai

Estou com saudades

 

De alguma forma, m-mesmo não querendo a morena sentiu o coração bater um pouco mais forte enquanto lia aquilo... a última conversa deles não foi tão amistosa, mas o primeiro encontro deles na festa foi realmente bom, muito agradável na verdade... isso sem falar do beijo do moreno que realmente lhe deixou certa saudades.

 

                                                                                                                            Você não pode falar por aqui? –

- Não, quero te ver pessoalmente.

                                                                                         A gente pode conversar amanhã depois da aula –

- Por favor Joy, vamos sair hoje... eu realmente quero te encontrar..

 

A morena mordeu levemente o lábio inferior lendo aquilo, e-ela não tinha confirmado para Sungjae se ia ou não, mas ainda assim ela sentia que Jin não merecia que ela fosse tão fácil... porém pensando por outro lado.. “se até a Wendy meio que perdoou o que ele fez...”... – aishh e agora?

- Ta tudo bem aí? – Perguntou a ruiva percebendo que a menina se contorcia no sofá a cada toque de mensagem..

- O Jin quer sair comigo.. – falou encarando a tela do celular sem saber o que fazer..

- Então sai ué... você não disse que tinha amado ficar com ele?

- A-ah.. não foi bem isso Seungwan.. – ela disse gaguejando e a ruiva riu no outro sofá.. – ele vacilou muito também depois daquilo.

- Aigo ... – Wendy se sentou por fim arrumando o óculos de leitura no rosto – se você ta afim dele, só saia com ele.. passado é passado afinal – disse dando de ombros e fechando o livro que estava em seu colo – você curtiu tanto aquele baile com ele, deveriam repetir mesmo! – disse sendo bem franca, o shortinho curto deixava a coxa da ruiva amostra, junto com a tatuagem que ela tinha ali.. Joy era alguém bem confiante, mas sentia que tinha muito o que aprender com Seungwan ainda..

- humm.. – ela olhou para a última mensagem de Jin e acabou por dar um pequeno sorriso de canto.. talvez Wendy estivesse certa realmente... “me perdoe Sungjae..”

 

                                                                                                                         Está bem, aonde vamos então? –

 

 

 

 

[...]

 

 

 

 

Era aproximadamente sete e meia da noite quando Bae Joohyun começou a descer as escadas da fraternidade com a sua mochila nas costas.. ela vestia um moletom de zíper azul escuro junto com o seu óculos de grau, como se ela fosse estudar..

- Unnie.. aonde você vai? – Seulgi perguntou da cozinha com um pequeno sorriso no rosto, enquanto alguns barulhos de panela ecoavam pelo local.. – eu e a Wendy estamos fazendo a janta.

- Você quer dizer.. – a ruiva a interrompeu.. – “A Wendy ta fazendo a janta e eu to atrapalhando”.. disse num tom de verdade e descontração, fazendo o sorriso da outra morena ir se desmanchando um pouco.. Joohyun apenas riu do comentário da ruiva e se aproximou colocando a cabeça para o lado de dentro da cozinha..

- Eu acho que vou comer na rua mesmo.. – disse com um pintada de maldade, e numa atitude de ação e reação... Wendy jogou umas cebolinhas do rosto de Irene que deu um leve gritinho rindo em seguida..

- YAH! Minha comida é muito boa e você sabe! – Seungwan disse em repreensão.. fazendo as outras garotas rirem..

- Come um pouquinho unnie.. – Seulgi voltou a falar indo até Joohyun e puxando o braço da garota para dentro da cozinha..

- kkk obrigada mas não... – disse segurando o riso... – na volta eu como, vou para a biblioteca fazer uma pesquisa..

- hum.. não vai sobrar nada quando você voltar... – a ruiva disse fazendo um pouco de bico mas depois acabou por rir...

- tudo bem... já vou indo! – Irene acenou para elas e começou a ir rumo a porta.. – SÓ NÃO BOTEM FOGO NA CASA, por favor rs.

 

...

 

Passado poucos minutos a morena finalmente entrou no campus, como aquele local era totalmente fechado e seguro, a universidade ficava aberta vinte e quatro horas por dia, assim os alunos podiam ir até lá e estudarem a hora que quisessem, esse era um ponto importantíssimo para Joohyun, ao entrar pelo local... ela podia ver que estava praticamente deserto.. “realmente nem todos são fãs de estudarem numa segunda a noite”... aquilo era meio óbvio, mas pensando por um lado... quanto mais vazio melhor... se os corredores estavam daquele jeito, provavelmente a biblioteca se encontraria num silêncio total.. – vou ter muita paz hoje – disse para si mesma enquanto subia as escadas, seguindo as placas de orientação, era a primeira vez em que Irene ia estudar na biblioteca, já que aquela era a primeira pesquisa da garota... ela se encontrava ansiosa e animada, a morena sempre foi uma boa aluna, ela gostava de estudar e batalhou muito para entrar naquela universidade, pra Joohyun.. poder ficar estudando a noite não era um estorvo, e sim um privilégio.

Irene continuava a andar seguindo as placas... ao perceber que estava longe ainda, preferiu pegar o elevador, afinal suas pernas já estavam doendo... ela apertou o botão do oitavo andar e aguardou sozinha dentro daquela caixa fechada, a garota sempre preferia escadas, foram alguns segundos de tensão até que a porta abriu e finalmente a mulher jovem saiu no andar desejado, ela olhou para os dois lados e viu uma placa.. “biblioteca/estúdios”... Joohyun continuou a andar na direção mostrada até sair em um outro corredor, nesse corredor havia vários estúdios, parte das paredes eram de vidro deixando possível olhar o que tinha lá dentro, alguns estavam apagados e outros acesos... a morena se aproximou de um deles sorrindo, ela nunca tinha ido naquele lugar e não conhecia nada ali, os estúdio eram bem equipados e a garota cogitou entrar em um deles... ela suspirou ao colocar a mão na maçaneta, ela havia ido ali para estudar e fazer pesquisa.. “mas não custa nada né”.. pensou a mulher virando o trinco por fim e entrando... ela entrou numa sala que parecia dar controle a alguns estúdios ao redor, a sala de controle era pequena, mas permitia a visão mais três estúdios... ao se aproximar e olhar pelos vidros, Joohyun se surpreendeu ao ver que em um dos estúdios, havia alguém cantando de costas.. e-era um rapaz que parecia concentrado em frente ao microfone... a garota engoliu a seco e se aproximou do vidro tentando ver o rosto dele, até que pôde ver uma parte do perfil do rapaz, Irene ficou imóvel ao ver que era Taehyung cantando ali, ele se movia e as vezes se virava dando para ver bem o rosto dele e a expressão que ele fazia enquanto cantava, a garota um pouco inerte piscou algumas vezes e colocou a mochila no chão indo até o painel onde havia vários botões, e-ela sabia que em alguns deles, iria liberar o som do microfone para ela ouvir, a garota começou a fuçar até que achou uma alavanca que ao ser puxada.. lhe deu aquilo que ela queria, a voz do rapaz foi inundando a cabine aonde se encontrava Irene, e-ela voltou a olhá-lo torcendo para que aquele vidro, assim como nos filmes, fosse transparente apenas para ela vê-lo, e não o contrário, levando em consideração que por vezes o rapaz que usava uma touca na cabeça, tendo a testa amostra.. olhava na direção dela.. Irene acabou por se sentar em frente ao painel ainda olhando para ele, a voz de Taehyung era absurdamente linda, e-ela nunca tinha ouvido ele cantar, sabia que a voz dele falando já era muito bonita, m-mas não esperava ficar tão hipnotizada por ele naquele momento, a ponto de fazer a pele dela se arrepiar com algumas notas que ele dava. Passado uns dois minutos Irene voltou em si percebendo que tinha que sair dali logo, ela se levantou um pouco afoita e voltou os olhos na direção do painel afim de reverter o que ela havia feito, p-porém ao pegar numa alavanca errada, um grande som de microfonia inundou o lugar fazendo ela por uma mão no ouvido e se afastar do painel... ao olhar do outro lado do vidro, ela viu que Taehyung tirou o fone como se também tivesse ouvido aquele zumbido insistente.. – aish que droga – ela resmungou voltando a mexer, porém sem sucesso... Taehyung se levantou indo em direção a uma porta, sem pensar duas vezes Joohyun pegou a sua mochila rapidamente do chão e correu dali de dentro deixando a porta do estúdio aberta, a morena correu sem olhar pra trás, voltando a pegar o rumo da qual ela não devia ter saído, e nem se distraído.

Assim que Irene chegou na biblioteca, ela parou de correr sentindo o coração ainda disparado, e-ela se apoiou numa parede arrumando o capuz na cabeça e olhando em volta, o lugar estava aceso... mas completamente deserto, o silêncio tomava conta do lugar, a única coisa que Joohyun ouvia era a sua respiração pesada pela corrida. O sangue da morena estava quente, ela olhou para trás mais uma vez, constatando que estava sozinha, dando um longo suspiro... – acho que consegui – disse com um pequeno ar vitorioso e optou por penetrar aquela bela biblioteca, passeando pelos corredores e tentando se focar nos livros que ela precisava, passado menos de dez minutos, Irene tirou o capuz e foi até uma mesa qualquer colocando os livros e seu material lá em cima, o coração dela já estava mais tranquilo e naquele instante ela sentia que podia se concentrar no que realmente importava..

- Muito bonito hein! – Joohyun deu um pulo do banco onde estava se virando para trás... e-era o Taehyung que estava ali, saindo de um dos corredores em que ela estava anteriormente... a morena engoliu a seco mexendo no seu óculos em seguida..

- Não sei do que está falando.. – tentou dar um riso convincente, mas não conseguiu... Taehyung continuou encostado em uma das prateleiras a olhando e ela simplesmente desviou para um dos seus livros, afim de não ficar o encarando por muito mais tempo.

- Ah você sabe sim.. – ele disse sério e a morena levantou um pouco o olhar... – você estava me espionando..

- E-eu não estava espionando! – ela se virou na própria cadeira olhando para ele por fim – só estava passando... é caminho para a biblioteca..

- Não sabia que tinha que entrar no meu estúdio pra chegar aqui.. – disse cruzando os braços – só se tem uma passagem secreta lá que eu não sei.. – ele disse e a garota deu apenas um riso seco voltando a encarar os seus livros.

- Eu não sabia que estava lá quando eu entrei.. – disse sincera em um tom um pouco mais baixo... – agora me dá licença pois eu preciso estudar... – ela tentava permanecer séria e firme como uma rocha, Joohyun naquele instante queria fugir de problemas, e o rapaz ali era a própria encarnação de “problemas” para a vida da líder das Red Velvet.

- Você que me atrapalhou primeiro.. – o rapaz suspirou e andou para mais perto da morena, se sentando numa das cadeiras em volta da mesa.

- Você pode voltar se quiser, não vou mais incomodar.. – disse sem olhar para ele.

- Não, você já me fez perder a concentração agora... – ele apoiou um braço na mesa e então a garota olhou para ele, que estava sentado quase do outro lado da mesa..

- você não tem cara de quem vem estudar a noite aqui – Irene acabou soltando aquilo, acompanhado de um longo suspiro, era tarde demais.. Taehyung já estava a desconcentrando mais uma vez..

- Não é estudar, é gravar... – disse a corrigindo e ela revirou levemente os olhos – é bem mais tranquilo nesse horário.

- Sim, bem mais tranquilo – a garota disse olhando em volta ficando em silêncio por alguns segundos.. – a música era sua? – a morena não se lembrava de já ter ouvido aquela canção, canção muito bonita na verdade.

- uhum.. – ele olhou para a mesa assentindo com a cabeça, enquanto Joohyun o olhava, brincando com a caneta em mãos.. – tenho trabalhado nela a um tempo.. – disse franco e a garota abaixou um pouco o olhar, tendo um pequeno semblante de riso nos lábios... – o que foi, não gostou? – ele perguntou a fitando e ela levantou a cabeça novamente, tendo os lábios entre abertos..

- ... É muito bonita na verdade – disse sincera o olhando, ele por sua vez não sabia muito bem como reagir àquele suposto elogio vindo da parte da garota.. – d-desculpa por ter atrapalhado o seu ensaio.

- ... – Taehyung soltou um suspiro passando uma mão na touca, o semblante dele ainda era meio sério.. Irene apenas ficou o encarando – desculpa só por isso?! – ele soltou essa frase sem querer fazendo a mulher abaixar a cabeça percebendo do que ele estava falando... de repente ela começou a sentir um forte nervosismo dentro de si, como se as palavras de Taehyung lhe causassem algo inquietante.. – não vou te atrapalhar também. – o rapaz alto se levantou se virando e então começou a andar em direção a saída da biblioteca, Joohyun olhou para ele e pôde ver o rapaz sumir pelo longo corredor da biblioteca...  a morena engoliu a seco e fechou os olhos suspirando “preciso me concentrar nos estudos”.. ela começou a folear o livro, mas a garota se sentia estranha, incompleta, como se algo ainda não tivesse certo. Sem pensar duas vezes, largando todo o seu material ali.. Joohyun se levantou e foi caminhando de forma rápida pelo corredor até chegar na saída/entrada da biblioteca, ao passar por ali, ela pôde ver o rapaz caminhar rumo ao elevador... “droga eu vou me arrepender depois”... Irene não se entendia as vezes, mesmo assim correu na direção dele, fazendo o mesmo se virar com o barulho de passos rápidos. Ele olhou para ela com aquele mesmo semblante sério, ela sabia bem do que ele estava falando... Irene agiu feito uma megera o usando durante a festa.. é lógico que ele estava irritado.. – o que foi agora? – disse arqueando uma sobrancelha.. a morena olhou para baixo e respirou fundo tomando coragem, voltando a olhá-lo nos olhos.

- ... me perdoe Tae – ela desviou um pouco o olhar do dele – me perdoe por ter te beijado para afetar a Jisoo..

- Você quer dizer.. “me perdoe por ter te usado na presença de todos?” – disse com um toque de sarcasmo na voz, ele realmente não esperava ter passado por aquilo.. ele se sentiu ferido naquele momento e a última coisa que ele queria era falar com Bae Joohyun, mas por algum motivo, mesmo vendo através do espelho que era ela a garota que também estragou o seu ensaio, mesmo assim ele foi até a biblioteca.. “Talvez eu tenha vocação pra ser idiota”.. pensou o mesmo dando um riso seco para ela e se virando, porém Irene segurou no braço dele afim do mesmo parar de andar..

- E-eu to falando sério Taehyung – disse de forma mais audível e convincente, fazendo ele se virar de novo para ela.. – desde aquele dia que eu penso muito no que fiz.. – ele se virou ficando bem de frente para a garota, a menos de um metro dela, a mesma ainda segurava na manga de sua blusa.. – eu agi errada com você.. – ela disse abaixando as vistas e soltando a manga da blusa dele por fim, o semblante da morena era pesado, Taehyung podia ver que ela estava falando a verdade naquelas palavras..

- ... – ele respirou fundo olhando rapidamente para o lado – me responda uma coisa então Irene.. – ao ouvir a voz grossa dele, a garota voltou a olhá-lo nos olhos.. – você só me beijou para causar raiva nela? Você foi tão infantil assim? – e-essas palavras fizeram o peito da garota se contrair um pouco.. a melhor coisa a se responder era dizer sim, pois aquela era a reposta perfeita para ela se safar, mas na verdade... aquilo foi apenas o pretexto perfeito para ela o beijar novamente.

- ... hum – ela fitou o chão e simplesmente começou a negar com a cabeça, a morena se odiava por aquilo.. – e-eu quis também – falou respirando fundo voltando a fitar o rapaz de pele bronzeada, aos poucos Taehyung foi dando uns passos a mais na direção da garota que foi para trás até se encostar na parede do outro lado, parte do corredor estava um pouco escuro, o silêncio absoluto deixava ainda mais ressaltado o som das respirações meio pesadas de ambos.. – eu queria afetar Jisoo.. e queria beijar você também – ela levantou o olhar para ele que estava a poucos centímetros dela... Taehyung olhava profundamente nos olhos de Joohyun como se tentasse lê-la.. a expressão séria e maxilar trincado só deixava o moreno ainda mais bonito... ela não queria estar sentindo aquilo, mas estava... ela se sentia fortemente atraída por ele, e sabia que ele se sentia da mesma forma por ela.

- Você iria gostar.. – a voz rouca dele praticamente roçou nos ouvidos da morena, a mão dele estava apoiada do lado da cabeça dela, as respirações deles se cruzavam.. – se eu te usasse aqui? Agora? – a espinha de Joohyun se arrepiou fora a fora.. e-ele aproximou o rosto do dela e a mesma sentia os seus narizes roçarem.. o calor do corpo dele estava passando para o dela só do mesmo estar quase colado em si.. - Hein Joohyun? – o coração dela estava batendo em disparado..

- Você... – a respiração dela estava extremamente pesada – você só iria se vingar de mim..

- E por acaso.. – ele aproximou a boca do ouvido da morena fazendo ela engolir a seco – você ia se importar?

- Você vai.. f-fingir que nada aconteceu depois?.. – a mão de Irene andou sozinha pegando no pescoço do moreno que estava com o rosto roçando no seu pescoço, deixando a garota totalmente extasiada .

- Não deveria? – ele voltou a ficar de frente para ela, mas a mão de Joohyun continuava na nuca dele.. seus pequenos dedos roçando nos seus fios... ele odiava aquela sensação de não conseguir ter domínio do seu corpo quando se tratava dela...

- Q-quer saber Tae – dessa vez ela se aproximou do ouvido dele, tomando uma coragem que não sabia que tinha – talvez eu mereça isso mesmo – sem pensar duas vezes, Taehyung pressionou Irene na parede juntando rapidamente a boca deles, de automático Joohyun agarrou ainda mais o pescoço dele enquanto o mesmo passou a beijá-la com vontade, desejo... a mão dele começou a deslizar pela cintura e quadril da garota fazendo ela suspirar ofegante, não demorou para ele aprofundar aquele beijo pegando na nuca dela também, fazendo  a morena grunhir com os toques dele, Joohyun estava completamente extasiada por Kim Taehyung... talvez estivesse até se apaixonando já que ele não saia da cabeça dela, a garota se sentia atraída por tudo nele, sua boca, sua voz.. seu corpo... suas mãos... ela odiava estar naquela situação, ela sabia bem que depois daquilo ele provavelmente iria ignora-la pela universidade, m-mas ainda assim Joohyun não se importava, ela queria Taehyung ali.. naquele momento, daquele jeito... nem que aquela fosse a última vez deles dois.

 

...


Notas Finais


GENTEEE EITA NÓIS.. OQ TÃO ACHANDO DA TRAMA.. DEIXEM SUAS OPINIÕES ABAIXO e o cap ficou grande de novo pra variar BEIJOS


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...