História A Fraternidade - Capítulo 18


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, EXO, Red Velvet
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Irene, Jennie, Jeon Jeongguk (Jungkook), Jisoo, Joy, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lisa, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Rosé, Sehun, Seulgi, Suho, Wendy, Yeri
Tags Bobsoo, Btsvelvet, Exovelvet, Jinjoy, Jungri, Seulmin, Seulyong, Sungjoy, Vrene, Vsoo, Wenga, Wenhope
Visualizações 60
Palavras 5.035
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Cross-dresser, Drogas, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


mano, mano MANO MANOOO (o titulo desse capítulo deveria ser 'mano' sério) aaaaaaahhh to nervosaaaa

Olá gente kkkkk esse cap promete hehe espero que gostem do capítulo e comentem pois eu quero MUITO saber a opinião de vocês ai embaixo

Perdoem a imagem de capa, ela foi a mesma por falta de tempo da minha parte ;u;u;u

BOA LEITURAA <3

Capítulo 18 - Entre mudanças e novidades!


Fanfic / Fanfiction A Fraternidade - Capítulo 18 - Entre mudanças e novidades!

As duas mulheres foram as últimas a entrarem na sala para a continuação da aula de canto, por mais que naquele instante elas estivessem muito mais interessadas no ‘assunto extra-curricular’ do que na própria aula em si. Joy e Wendy se sentaram rapidamente em suas carteiras vendo que a professora apagava a lousa onde tinha o as notas musicais descritas num pentagrama, em seguida a lousa ficou vazia e a professora se virou batendo com o apagador ali afim de chamar a atenção dos alunos que ainda conversavam entre si, com exceção das duas garotas que já tinham recebido ‘spoiler’ do acontecimento e estavam sedentas para ouvir seja lá o que a mulher iria falar.

- Alunos, antes de voltarmos a nossa lição nós temos um assunto importante para tratar. – a mulher falou com a voz séria e Seungwan entreolhou rapidamente a amiga tendo um leve semblante de riso nos lábios. – Para isso eu vou estar chamando alguém muito importante para explicar tudo a vocês, provavelmente vocês já ouviram falar dela, essa linda mulher já se formou a alguns anos com a gente e é uma cantora muito famosa.. – a mulher de óculos fez uma pausa e olhou para a porta, todos da sala seguiram olhando na mesma direção de modo bem atento e curioso.. – Pode entrar.. Taeyeon! – a-assim que ouviu o nome ‘Taeyeon’, a ruiva arregalou os olhos fitando a belíssima mulher que vestia uma roupa comum entrar pela sala, “como um ser humano pode ser tão perfeito?” Wendy engoliu a seco não conseguindo tirar os olhos da mulher que até mesmo andava com uma postura perfeita, Seungwan era a fã número um de Taeyeon, ela se inspirava na mais velha artisticamente e esse foi até um dos motivos para ela querer entrar naquela universidade tão incrível, os artistas e musicista mais famosos da Coréia  do Sul, eram “fabricados” naquele lugar.

- Boa noite turma! – A mulher linda e com um charme incontestável disse com um sorriso feliz cumprimentando a todos, eles responderam de forma tão perplexa assim como Wendy – Acho que alguns de vocês sabem o motivo da minha visita e outros não – ela deu um pequeno riso e respirou fundo – Eu vim aqui para informa-los do trabalho mais importante do semestre. Todo semestre vocês terão a oportunidade junto com a sua fraternidade, de mostrar o ‘por quê’ vocês estão aqui! – Taeyeon falava aquilo com desenvoltura e algumas várias interrogações começaram a se formar na cabeça de Joy... “Hãn? Trabalho?... não tem a ver com a votação daquele dia??” a morena entortou um pouco a cabeça enquanto fitava fixamente a cantora tão conhecida a sua frente – Para aqueles que estão passando por isso pela primeira vez, eu vou explicar de forma bem detalhada. – Taeyeon se aproximou da professora da turma e pegou um giz com a mulher, se aproximando da lousa em seguida – Esse trabalho consiste numa competição entre fraternidades! – ela começou a fazer algumas anotações na lousa enquanto explicava, a-ao ouvir a palavra “competição” a ruiva abriu um pouco a boca ficando pasma, as ideias começaram a falar mais rápido em sua mente do que a própria Taeyeon – Vocês terão o belo prazo de ‘três meses’ – disse dando ênfase e escrevendo ali – para produzirem quatro músicas. Serão três músicas em versão reduzida de no máximo dois minutos e uma música versão completa, de três a quatro minutos. – A garganta de Joy se secou ao ouvir aquilo, definitivamente não era o que ela esperava ouvir, porém não deixava de ser algo completamente incrível.. – Todas as fraternidades irão participar, e cada fraternidade irá agir como um verdadeiro grupo musical. O trabalho deverá ter a composição musical, a produção musical, o instrumental, as vozes e as performances de danças todas produzidas por vocês, e logo... – ela fez uma pausa suspirando e olhando para a turma – cada um desses critérios serão avaliados pela banca de professores da Universidade e convidados especiais, da qual eu também estou inclusa. – Taeyeon sorriu e Wendy sorriu de forma nervosa e preocupada tudo junto ao mesmo tempo – Eu vou explicar como será apresentado o trabalho. – a mulher que era baixinha se virou para frente começando a fazer uma espécie de organograma ou algo do tipo na lousa, todos estavam em silêncio e acompanhavam cada movimento que ela fazia.. – Todas as fraternidades irão apresentar duas músicas versão reduzidas, a ordem é critério de vocês. Irá ser aprovado aqueles que tiverem mais de sete pontos em cada uma das duas músicas apresentadas, esses receberão de automático dois pontos na média final de cada matéria do semestre, os que não atingirem essa média, automaticamente vão ficar com menos dois pontos na média de cada matéria, o que pode ser prejudicial.

- A-amiga eu to preocupada – Wendy sussurrou segurando no braço de Joy que estava sentada ao seu lado, mas ainda sem tirar os olhos da musa fantástica que estava a frente dela.

- Mas continuando – Taeyeon suspirou com cara de quem ainda tinha mais coisa para falar – as fraternidades que receberem nota de sete para cima, terão a oportunidade de competirem entre si, essas duas músicas serão votadas como um conjunto pelos jurados ficando assim somente... a metade dos ‘grupos’ para apresentarem a terceira música. Após a terceira música, será feita outra votação eliminatória onde ficarão apenas dois finalistas para apresentarem a quarta música versão completa. Para ser justo, haverá a competição das fraternidades femininas e das fraternidades masculinas... assim como nós temos costume de chamar – Taeyeon sorriu – As fraternidades ganhadoras são chamadas de reis e rainhas da universidade. Semestre passado nós tivemos Blackpink e Bts como ganhadores, todo o semestre existe a oportunidade de isso mudar... e além disso, a fraternidade ganhadora terá a oportunidade de gravar um mini álbum com as quatro músicas apresentadas, com dez mil exemplares para a venda, ou seja... a carreira de vocês começam aqui dentro! - a mulher de cabelo castanho fez uma pausa olhando para cada rosto ali, ela sabia exatamente como era aquela sensação, sua antiga fraternidade denominada SNSD ganhou por três anos seguidos aquela competição, até a chegada do famoso 2NE1 – Vocês terão todos os equipamentos para produção e equalização aqui na universidade, entretanto vocês não terão ajuda nos processos pois o trabalho tem que ser cem por cento de vocês... ah, e só lembrando – ela fez sinal de que tinha se esquecido – na grande final, o demais alunos da universidade votam junto com a bancada, por isso a popularidade pode ser um fator importante na decisão.. – tanto Sooyoung quanto Wendy semi cerraram levemente os olhos, olhando rapidamente uma para a outra – O prazo começa a contar a partir de hoje! – Taeyeon sorriu e olhou no relógio no seu pulso – Desejo uma boa sorte a vocês! – Ela fez reverência aos alunos e a professora que olhava a mulher um pouco mais afastada – Nos veremos no dia da apresentação!

 

...

 

- Meus Deus eu ainda estou tremendo... u-unni?! – Yeri engoliu a seco mostrando a mão gelada e trêmula para Wendy na hora do almoço, a-as cinco ainda estavam estáticas, elas mais olhavam para a comida do que comiam.. – a-acho que vou enfartar antes de subir num palco – a loira fechou rapidamente os olhos começando a respirar fundo tentando controlar o ar dentro de si, por sua vez Seulgi que estava ao lado da menina passou o braço em volta da garota tentando acalma-la de uma forma, por mais que ela também estivesse nervosa e preocupada..

- Foi a Lee Chaerin que falou na nossa turma.. – Seulgi disse se sentindo apreensiva só de lembrar... – vai ser uma grande responsabilidade se apresentar para eles..

- Eu não sei vocês.. – Joohyun disse mexendo na comida dentro do prato – mas eu estou muito ansiosa pra começar a trabalhar nisso com vocês.. – a líder sorriu meio nervosa sentindo uma adrenalina junto com energia boa passar dentro de si.. – Nós vamos ser como um grupo de kpop..

- Red Velvet! – Joy disse pensativa olhando o nada a sua frente, d-depois de ouvir tudo aquilo na sala de aula.. a mesma até se esqueceu momentaneamente da raiva e do estorvo que sentia em suas costas – Até que daria um belo nome de grupo de kpop.. – concluiu levantando os ombros.

- Somos o ‘Red Velvet’! – Seungwan disse com classe tentando imitar a famosa Taeyeon, porém só conseguiu tirar o riso soprado das outras garotas em volta da mesa com a sua tentativa muito falha.

- O pior é que o prazo começa hoje.. – Seulgi falou e suspirou antes de pegar a primeira garfada da comida... – vamos ter que resolver algumas coisas logo.

- Na verdade eu estive pensawdo – Yerim falou terminando de engolir a comida levantando levemente a mão e chamando a atenção das outras.

- Aigoo engole primeiro – Sooyoung falou para a loira fazendo uma espécie de careta e a menina fechou os olhos rapidamente forçando a comida pela garganta..

- Ok.. – ela terminou de engolir com a ajuda do suco e respirou fundo em seguida, abrindo um pequeno sorriso – A Joy é a única de nós que estuda produção musical, tanto eu quanto ela estudamos composição, Wendy é super boa com instrumentos e tem um vocal incrível, Seulgi e Irene são ótimas dançarinas que podem fazer a coreografia, todas nós cantamos, então...

- ... – a ruiva olhou para a cara de Yeri supresa, pensando com cuidado no que a mais nova disse – Y-Yes girl! Você tem razão.

- Parando pra pensar assim... – Joohyun deu um sorriso contido mas também concordando. – No fim todas nós temos habilidades para contribuir.

- Exatamente! – Yerim estralou com o dedo e deu uma piscadinha para a unnie... – só que não podemos apresentar qualquer coisa... – a loira falou um pouco mais devagar olhando por cima das garotas de sua fraternidade, algumas mesas mais a frente, estavam elas... as quatro  mulheres almoçando juntas... elas pareciam conversar de forma entrosada... Yeri continuou a olhar.. q-quando percebeu o olhar de Lalisa se cruzar com o seu, no mesmo instante tal coisa fez a menina desviar as vistas e olhar para baixo.. – a-a gente precisa ganhar das blackpink – ela falou rápido e baixo como se aquilo fosse mesmo um perigo.. Seulgi de forma meio ingênua levantou a cabeça e avistou as quatro ‘bonitinhas’ mais a frente, Lisa parou de encarar elas e voltou a conversar com as demais.

- Só que.. e-eu acho que isso não vai ser muito fácil – a garota de trancinha e olhos bem puxados falou voltando a comer, aquela não parecia ser uma simples tarefa.. – elas ganharam da última vez..

- Aah.. qual é Seulgi-ah, já desistiu? – Joy arqueou uma sobrancelha para a mais velha sentindo aquele espírito competitivo tomar conta de si aos poucos, Sooyoung sempre foi muito competitiva, e naquele instante a morena concluiu que a melhor forma de afastar todos esses pensamentos ruins de sua mente, era colocando outra coisa no lugar, e este trabalho seria o assunto perfeito para se pensar e dedicar tempo nos próximos meses.

- Hum.. pelo visto alguém já está melhor.. – Joohyun disse entreolhando Sooyoung e a comida, com um pequeno sorriso no canto dos lábios – é bem melhor te ver assim Joy..

- Nada melhor que um cheiro de vitória para me animar um pouco – a morena mais alta suspirou e cruzou os braços meio pensativa, aquele trabalho veio mesmo em boa hora. – Vamos mostrar do que somos capazes.

- É isso aí garota.. – Seungwan deu um sorriso orgulhoso para Joy que fez um toque junto com a ruiva, aquilo era oficial... Park Sooyoung estava de volta e o Red Velvet estava determinado, elas iriam trabalhar duro... aquele seria apenas o primeiro passo de sete anos que iriam se seguir naquele lugar, elas queriam fazer história ali como várias outras fraternidades fizeram, aquela era a vez de Red Velvet.. era a oportunidade delas brilharem a sua verdadeira face, brilhar como ouro, assim como o próprio nome da universidade ‘golden’ exigia, elas apenas se entreolharam como se concordassem e continuassem aquela conversa por telepatia enquanto terminavam a sua refeição. A guerra seria diferente naquele momento...

 

...

 

Como o clima estava meio quente naquele dia, eles serviram melancia após o almoço, como Kang Seulgi amava a fruta ela foi uma das primeiras a entrar na fila. Ao sair dali, ela disse para as demais garotas que iria para o lado de fora ficar um pouquinho no sol, já que ele não estava tão forte, e sim bastante aconchegante – na verdade a morena só queria ficar enrolando lá fora para não ter que se deparar com Jimin ou Taeyong nos corredores da universidade – ficar um pouco sozinha ia fazer bem para ela, foi o que a mesma pensou e saiu do lugar finalmente indo para a escadaria principal, lá ela se sentou nos degraus onde batia sol e ficou quieta e na dela enquanto terminava de comer aquele pedaço de melancia, passado alguns pouco minutos degustando e refletindo no lugar, ainda virada de costas para a porta... ela jogou a casca no lixo e limpou a mão no guardanapo que carregava consigo, jogando por fim o pedaço de pano no mesmo lugar.. ela se virou vendo que já estava quase acabando o horário de almoço e foi caminhando para entrar novamente na universidade... p-porém assim que ela foi passar pela porta de entrada, Seulgi quase se bateu de frente com quem ela menos queria encontrar – J-Jimin? – a morena pôs uma mão no peito dando uns passos para trás ainda se controlando do susto que havia tomado ao vê-lo ali, os olhos esbugalhados e assustados deixavam claro que ela não esperava encontra-lo e que estava em alerta também.

- É aqui que você tem se escondido? – Ele riu de canto e a mulher abriu a boca pensando ainda no que responder... s-só estava os dois ali por conta do horário.. – sabia que está quase na hora da aula? – Ele continuava ainda parado na porta bloqueando parte do caminho de Kang Seulgi, que num suspiro meio forte desviou o olhar do dele e começou a dar a volta no mesmo.

- Não estou me escondendo.. – falou baixo e foi andar para passar por ele, porém de forma resistente o rapaz entrou mais uma vez na frente da morena a impedindo a passagem.. – Q-qual é Jimin? – Ela afastou um passo para trás sentindo-se estranha com aquela aproximação – Você não disse que está quase no horário? – a mulher tomou coragem de novo e olhou nos olhos do rapaz que a encarava meio quieto, ele não tinha aquele semblante sínico no rosto, na verdade Seulgi queria que ele tivesse só para ter mais motivo para xingá-lo mentalmente.

- A aula pode esperar agora. – O loiro falou sério esticando uma mão e pondo no batente da porta que estava aberta. Seulgi engoliu a seco desviando o olhar para baixo, e-ela não sabia se reconhecer naquele momento, Jimin... desde aquele dia na fraternidade dele que não saia mais da cabeça da garota, ele estava deixando ela doida, e ainda por cima... o idiota lhe beijou naquele dia junto com o Taeyong... Seulgi queria odia-lo por isso, mas ela não conseguia sentir tal coisa por ele, e no fundo de si a morena se culpava por não ter coragem de continuar gritando e brigando com ele, assim como começou a fazer aquele dia no restaurante – Eu quero falar um pouco com você.

- Você já está falando Jimin – Seulgi engoliu a seco e cruzou os braços por fim, entendendo que havia chegado a hora daquele embate que ela estava querendo fugir a todo o custo – A-Agora eu já posso ir?

- Não.. – e-ele se aproximou mais uns passos dela fazendo com que a morena fosse alguns para trás.. – eu ainda não falei o que eu quero falar! – Jimin deu um rápido riso de canto, p-pela primeira vez Seulgi sentiu que ele estava falando sério de alguma coisa, e não sendo um inconsequente meio babaca como costumava ser.

- E-eu não quero falar com você – ela abaixou as vistas respirando fundo.

- Você não precisa falar, é só me ouvir! – ao dizer tais palavras de forma firme a morena de semblante meio aflito olhou nos olhos do rapaz mais alto ficando um pouco muda, e-ela até arriscou abrir a boca para rebater, mas fechou de novo.. por fim, Park Jimin se aproximou mais uns passos da garota, n-nem ele sabia dizer o ‘por quê’ de estar ali, t-tinha sido só um desafio estúpido, não era para ele ficar preocupado com a atitude ou com a pessoa de Seulgi depois do ocorrido, mas mesmo assim... ver a cara de decepção e confusão da garota, estava tirando ele do sério.. a-assim que ele se aproximou o suficiente da morena, ao sentir a respiração pesada dele invadir o espaço dela, Seulgi andou mais para trás, porém quando fez isso... ela não sentiu um chão embaixo do seu pé direito, neste momento.. e-ela abriu a boca com o rápido susto sentindo que ia cair, mas mesmo assim Jimin de forma rápida segurou na cintura da garota a puxando para si a tirando daquela zona de perigo, o rapaz forte colou os corpos dos dois por fim, o coração da Kang se descompensou por completo, ela também estava segurando no braço dele como instinto para não cair, mas naquele momento, e-ela não estava mais em perigo, ainda assim eles continuaram ali, ele permaneceu na mesma posição com ela, a mão forte dele segurando a curvatura de sua cintura enquanto a outra segurava um pouco em cima de suas costas, a-a boca de Seulgi ficou seca no momento e ela olhou para os lábios de Jimin que estavam próximos aos seus, levemente molhados e entreabertos... “eu só posso ta ficando louca” gritou o subconsciente da garota que queria beijá-lo naquele instante.

- V-você vai me beijar de novo? É isso? – Seulgi passou a língua em volta dos seus lábios e olhou nos olhos do rapaz bem perto de si de forma ofegante ainda, sentindo a respiração dele como resposta.

- ... – ele riu de modo um pouco malicioso olhando nos lábios levemente vermelhos dela – e se eu beijasse? Ia me jogar outro suco na cara? – Ele perguntou baixo o suficiente para só ela ouvir, e-eles quase sussurravam na verdade, mesmo tendo só eles no local... a mão da morena ainda se mantinha no braço dele e a mesma quase não tinha força de vontade para sair daquela posição.

- Você.. – ela engoliu a seco olhando para a boca entreaberta do rapaz e depois voltou a olhá-lo nos olhos – você não devia ter feito aquilo..

- É.. eu sei – a voz dele meio grossa fez a pele da nuca da garota se arrepiar de leve, a-assim que ouviu tal coisa o olhar de Seulgi mudou um pouco... a morena não esperava ouvir aquilo dele, o mesmo estava confessando que estava errado? – eu fui idiota em te beijar ali, eu sinto muito Seulgi! – ele falou tendo o olhar fixo na garota, os olhos de Park Jimin eram tão carregados, e-ela nunca tinha sentido aquilo olhando para ele, fora que... os braços dele eram tão quentes e confortáveis que ela simplesmente não conseguiu sair dali, por mais que devesse... – eu não soube respeitar o seu momento.. – ele falava devagar e os olhos de Seulgi andavam pelo o rosto do rapaz que tinha o maxilar trincado.. – eu só vou te beijar quando você me pedir agora!

O rosto de Seulgi foi ficando vermelho aos poucos no instante em que ouviu aquelas palavras, Jimin deu um pequeno riso de canto e afrouxou os braços finalmente que estavam em volta da garota a soltando por fim, o loiro olhou para a cara dela que estava com as bochechas bem rubras e fofas com aquele comentário, ele afastou uns passos dela e estava prestes a voltar para a sua devida sala quando ouviu um barulho que parecia ser ela querendo falar algo..

- p-P-Park Jimin seu idiota! – a morena gritou por fim sentindo um nó se formar em sua garganta, “quem ele pensa que é pra ter essa audácia???” – Você ta muito enganado se PENSA que eu vou pedir pra você me beijar... – o rosto inteiro de Seulgi passou a ficar vermelho e Jimin se virou novamente deixando um riso descontraído sair de seus lábios.. – Você pensa que é a última bolacha do pacote, mas não é assim sabia?

- Ah não? Então você não quer que eu te beije?? – Ele voltou alguns passos para perto dela, porém dessa vez ela não saiu do lugar.. a menina ficou séria olhando para ele um pouco incerta se deveria ir pra trás ou pro lado para se esquivar ou permanecer dura e resistente no mesmo lugar..

- ... nã..

- Você hesitou.. – Jimin sorriu de canto deixando mais uma vez Seulgi completamente desconcertada e irritada – Eu vou te fazer umas perguntas então ‘trancinha’... – o loiro se aproximou mais uma vez ficando a poucos centímetros da garota que abaixou as vistas, tentando controlar o misto de raiva e sentimentos loucos dentro de si.. – Você realmente nunca quis me beijar? – ele voltou a falar daquela forma mais calma e levemente provocante – nem quando entrou no meu quarto aquele dia? – Jimin levantou uma mão colocando no queixo da garota levantando o rosto dela de forma leve para que o fitasse, e-ela resistiu um pouco mas por fim olhou nos olhos dele, tendo a respiração um pouco pesada – nem naquele momento quando você arfou de frente pra mim quando a gente dançava? – as palavras foram saindo menos provocativas da boca dele e sendo mais sincera com o passar das perguntas, o corpo de Seulgi parecia um termômetro prestes a explodir, no fundo o loiro sabia bem quais eram as respostas daquelas indagações e a morena também, entretanto ela estava extasiada demais para conseguir responde-lo rápido.. – Eu já tenho a minha resposta Seulgi... – com um pequeno riso de canto nos lábios o mesmo aproximou finalmente o rosto da garota junto ao seu, a trazendo novamente pela cintura para mais perto de si, a morena sentiu o seu corpo formigar assim que os lábios quentes de Jimin se encontraram com os dela, a mente da garota queria sair dali, mas o corpo e emoção dela queriam permanecer no mesmo lugar, no meio dessa luta interna.. a morena sentindo o calor dele passar para si, p-por mais que sua consciência gritasse ‘NÃO’, ela se sentiu fraca demais perante ele e se rendeu finalmente fechando os olhos, Jimin desceu a mão do queixo dela para o maxilar sentindo o gosto adocicado de melancia nos lábios da Kang... a boca dela era maravilhosa e ele estava feliz por poder beijá-la naquele momento sem receber um suco de laranja na cara, o-os lábios dela eram macios e saborosos a tal ponto que isso o incitou para aprofundar ainda mais aquele beijo... pedindo permissão para colocar a língua na boca da garota que acabou por pegar na nuca do rapaz mais alto cedendo naquele momento a passagem que ele tanto queria, o peito de Seulgi arfava se encostando no tronco do rapaz tão colado em si, por mais que não queria admitir, Seulgi estava louca para beija-lo, a-aquele beijo rápido e repentino que ele deu nela no restaurante e deixou de uma forma, q-quase que insaciável... e-ela queria beijá-lo.. Seulgi queria muito a boca de Jimin na sua novamente, mas ela não podia simplesmente dizer isso.. porém as atitudes da morena deixavam claro o quão desejada ela estava para colocar a língua na boca dele de igual forma, ele a provocou até o nível máximo. Jimin foi andando lentamente com ela a puxando pela cintura até que eles pararam no corrimão que ficava ao lado da escada, ele a beijava de forma tão profunda e sedenta que fez Seulgi arfar e grunhir se afastando um pouco da boca dele.

- e-eu te odeio Park Jimin – a voz dela saiu fraca, completamente arrastada e ofegante, o rapaz por sua vez meio que ignorou o comentário e voltou beijá-la a segurando pela nuca e apertando os dedos na barriga da garota estava um pouco amostra pela regata, e-ele era tão gostoso e deixava de um jeito tão descontrolado que a mesma teve que se controlar para não soltar um gemido naquele lugar... a boca dele voltou a tirar o ar da garota que cedeu novamente para ele, n-naquele instante... é como se eles tivessem compensando todo o tempo que passaram brigando, se beijando sem medo de arrependimentos, Jimin queria continuar ali por horas, mas teve que romper para recuperar o fôlego, ainda assim, como se o corpo sexy da Kang o chamasse.. a boca dele foi andando para próximo do ouvido dela... Seulgi não sabia dizer como havia chegado ali, como havia cedido... sorte que não tinha ninguém na rua e nem do lado de fora da universidade... a morena sentiu o seu corpo se arrepiar ao toque do lábio dele próximo ao seu pescoço.

- Eu amo a forma como você me odeia, sabia?

 

 

 

 

[...]

 

 

 

 

O período da tarde se passou de forma rápida, quando o expediente acabou, como de costume... todos começaram a voltar para a sua devida fraternidade, com exceção de Kim Yerim que disse para as demais meninas que ia voltar junto com o Jungkook, assim como ela havia combinado com ele um pouco antes do almoço. Yeri ficou do lado de fora da universidade vendo as pessoas irem embora, no começo era aquele ‘monte’ de pessoas, e depois foi diminuindo a quantidade com o passar dos minutos, passaram-se cinco minutos e depois dez, tal demora começou a deixar a loira um pouco apreensiva, afinal Jungkook nunca a deixou esperando antes, o que era estranho para o momento... a menina começou a olhar no relógio e respirar fundo, já tinha se passado quinze minutos desde então, Yeri começou a cogitar se deveria entrar novamente para procura-lo, no fim ela ficou com aquela duvida apertando o seu peito, quando a mesma pensou em dar um passo em direção a entrada, ela pôde ver Mark saindo conversando com um amigo, n-nesse instante ela recuou novamente se encostando na parede, o rapaz de cabelo castanho acenou para ela e foi embora conversando normalmente, a loira ficou olhando ele ir embora e consequentemente se lembrou da rápida conversa que teve com ele na aula de dança, o mesmo parecia estar indiferente... ele perguntou se ela estava namorando com Jungkook e a mesma disse que sim, ele apenas deu de ombros e eles seguiram com a aula, a menina olhou para baixo encarando os próprios pés e depois voltou a encarar a entrada que estava vazia mais uma vez, ao olhar no relógio lá marcava, ‘vinte minutos’, isso começou a irritar um pouco a garota que engoliu a seco, mais uma vez ela respirou fundo e se apronto para entrar, mas dessa vez... para alívio e suspiro dela saiu Jungkook do lugar andando de forma rápida olhando para baixo.

- E-ei Jungkook!!! – o mesmo já estava descendo a escadaria quando tomou um breve susto vendo a presença de Yerim ali, a menina soltou uma espécie de sorriso nervoso e passou a descer a escadaria de forma rápida para o acompanhar – mas que demora, você se esqueceu de mim? – ela chegou perto o suficiente dele e pegou na mão do rapaz se levantando na ponta do pé e dando um rápido selar nele... a-ao olhar o rosto dele de perto, a loira mudou um pouco a sua expressão vendo que Jungkook estava pálido, seus olhos estavam maiores que o normal e ele parecia aéreo até mesmo para responder a simples pergunta de Yeri.. – Jungkook-ah! – a loira exclamou balançando a mão dele e o rapaz voltou a fita-la, e-ele olhou rapidamente para ela e engoliu a seco descendo as escadas novamente, como a menina segurava na mão dele, acabou descendo junto com ele.. – Yaa... espera!! – T-tal situação a irritou fazendo com que finalmente segurasse o braço, tal coisa fez com que o mesmo parasse de andar..

- Agora não Yeri..- ele soltou a mão da dela tendo o cenho franzido como se algo tivesse o incomodado, ou o deixado irritado ou qualquer outra coisa... o-ouvir tais palavras fez com que a garota engolisse a seco e fosse novamente até ele.

- C-como assim ‘agora não’? – ela riu de forma nervosa correndo e entrando na frente dele fazendo com que o moreno a fitasse, o semblante sério dele a preocupava naquele instante – Você me deixou mais de vinte minutos esperando e agora só vai embora sem falar nada?? – a menina sentiu a garganta doer e Jungkook olhou para baixo, e-ele respirava fundo como se tivesse muita coisa na cabeça para pensar... em meio ao silêncio que ele ficou, Yeri pôde ver um pouco mais de longe, Lalisa sair da universidade e pegar um caminho oposto andando um pouco rápido, tal cena fez o corpo da garota quase travar... – Jungkook... tem algo a ver com a Lisa não é? – a menina se sentindo agoniada perguntou de forma rápida e o rapaz a fitou com os olhos vazios e pesados ao mesmo tempo... – n-não minta pra mim tá! Você disse que ela tava te ligando direto, vocês conversaram e eu quero o saber o que está acontecendo..

- Sim Yeri, eu estava com ela, está feliz??! – o moreno deixou a voz finalmente sair quase que numa explosão de raiva, ele fitou bem os olhos castanhos da garota que só queria compreender o que acontecia – Você não vai ficar feliz em saber, porque pergunta então? – ele ia voltar a andar de forma nervosa, mas Yeri segurou no braço dele mais uma vez sentindo a garganta travar..

- E-eu não quero ficar feliz, Jungkook – ela disse com a voz um pouco mais contrita e tal coisa fez o rapaz se virar, a cabeça do moreno estava rodando e tudo o que ele queria era... chorar, gritar, fazer qualquer coisa para fugir daquela realidade, os olhos de Yeri estavam começando a arder, ela só queria entender logo o que estava acontecendo – Eu só quero saber a verdade..

- A verdade Yeri... – Jungkook olhou pra cima e deu um sorriso fraco, um sorriso triste e forçado na verdade.. n-nem ele sabia como dizer aquelas palavras – a verdade é que a Lisa ta gravida!... Eu posso ir agora?

 

 

...


Notas Finais


SOCORRRROOOO EU VOU GRITAR AAAAAAAAAAA

GENTE O QUE ACHARAM EU VOU INFARTAR E VCS? KKKKKJJJ meu pai do céu, comentem abaixo o que estão achando de TUDO ... mega beijoooos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...