História 'A' From Akai Ito - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Got7
Personagens Jackson, JB
Tags Brother, Coréia, Drama, Family, Got7, Goyang, Hyung, Jackbum, Jackson, Jaebum, Jaeson, Korean, Koyang, Kpop, Shoujo, Songfic, Wang, Yaoi
Visualizações 100
Palavras 683
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 3 - Chapter 3 - Surprises


Fanfic / Fanfiction 'A' From Akai Ito - Capítulo 3 - Chapter 3 - Surprises

-Eu não sou mais uma criança, Wang

Por um momento os pensamentos de Jackson voaram de sua mente. O que?

Ele sentia tanta falta do seu amigo de infância, e por um tempo o buscou, para que agora tão rápido achasse-o?

Ele estava ali, estava o tempo todo perto de dele.

-Não brinque comigo

-Eu não estou brincando, apenas não me chame assim.

-Como você pode agir desse jeito?

-Como assim?

-Tão natural! Você não acha que ao menos podia ter vindo falar comigo antes?

-Por que eu faria isso?

-Porra! - O chines ao poucos ficava nervoso - você não acha que deveria?

-Talvez

-Então por que não fez isso?

-Foi você quem não me reconheceu... Então, porque deveria me importar mais, se você não se importava?

-Im Jaebum, como diabos eu saberia que aquele pequeno garotinho assustado ia se tornar o "BAM BAM BAM" do colégio? Sem falar que, por você ser quem é, nunca me aproximaria

-Por eu ser quem eu sou?

-Sim, mais um desses babacas

-É isso o que você acha?

-Sim

-Então não te devo explicação alguma, Wang. -O moreno novamente sorri indiferente e sai pela sala

Wang revirava seus olhos e se perguntava como o pequeno JB havia virado tão idiota.

-JACKSON! HYUNG, PELO AMOR DE DEUS EU TO COM FOME! -Bambam entrava alterado pela sala

-Desculpa -Diz Jackson seco, pegando a carteira que havia caído em seu pé

Maldição.

-O que houve?

-Im Jaebum, ele houve.

O tailandês a sua frente se mostrava curioso.

-Você... Falou com ele?

-Sim

-Você perguntou?

-Mais ou menos, mas sim

-É ele?

-Sim

-Você está desapontado?

-Sim

-Vocês discutiram?

-Sim

-Você não vai parar de falar "Sim"?

-Sim

-HYUNG!

-Ta ta... Aish. Bambam, eu vou matar aquele garoto!

-Calma, é tão ruim assim?

-Pior... Ele é pior do que eu achei que seria

-Por que?

-Por que eu imaginava que ao menos ele seria metido, mas ele não tem expressão alguma! A não ser a porra daquele sorrisinho.

-Hm, então ele tem um sorrisinho?

-Sim

-E mais nada?

-Sim

-Ele e esse "sim" de novo - O mais novo sussurrava e em seguida sorrirá - E você gostou?

-Sim... Quer dizer, não! O que?! Kunpimook!

Bambam ria descontroladamente.

-Parece que você caiu aos encantados do Im

-Eu juro, que vou te capar

-Ai... Agressivo

Mais uma vez, Wang revirou os olhos.

Como aquela coisa poderia me encantar. Tudo que ele tem é beleza, só isso.
                                                                                                                                 *

O dia atormentado de Jackson estava agora quase ao fim.

Em sua casa, em seu quarto escuro, Jackson deixava de lado os pensamentos infantis que antes rodeavam sua cabeça, os pensamentos de quanto o mesmo estava odiando Im Jaebum. Seus pensamentos agora estavam em suas memorias, seu coração se sentia dolorido. Odiando ou não o Im, como poderia agora estar tão distante de alguém que já foi o mais próximo de si. Essas questões o atormentavam cada vez mais, transformando seu ódio em tristeza. Provavelmente, decepção.

Então... Acabou.

Era como se tudo estivesse se tornando estilhaços.

Mas o que o mesmo poderia fazer? Nada, só o restará tentar dormir, mesmo sabendo que não conseguiria.

Droga de sorriso.
                                                                                                                                 *

A cada passo que Wang dava, seu peito se apertava mais.

Como seria seu dia após aquilo?

Im Jaebum voltará a falar consigo?

Novamente, se encarariam? Mas ele... Não precisará o olhar novamente, já havia retirado sua dúvida.

Todas essas questões tomavam conta de si.

Droga Jackson, que drama é esse.

Seus passos pesados se cessaram assim que chegou no corredor usual de sua sala.

A sua frente, novamente, no fim do corredor e em frente a sua porta, estava Jaebum, Jaebum e dois amigos qual Wang não sabia de fato seus nomes. Talvez, Youngjae?

Desta vez, o recém descoberto JB, ria. Nada exagerado, apenas estava sendo sincero.

Sincero? Como se ele pudesse ser sincero.

Jackson respirou fundo, e pôs-se novamente a andar. Porém, novamente foi parado ao sentir uma mão não muito grande em seu braço, e quando olhou para trás sorriu lentamente.

-Jinyoung?

-Quanto tempo - O garoto moreno agora também estava sorrindo

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...