História A ganância dos poderosos - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Ação, Amor, Armas, Deuses, Jojo, Magia, Mitos, Poderes, Romance, Shonen, Sobrenatural, Tavaresvoador, Vampiros
Visualizações 6
Palavras 2.069
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Luta, Magia, Misticismo, Romance e Novela, Seinen, Shounen, Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 11 - Magia


Katherine, absorveu o sangue do Sombra, Solomon partiu para cima da bruxa, ativou seu stand, quando estava para golpear a moça bem no rosto. Com um simples balançar de mãos ela ergue um escudo de energia que repele o ataque:

- Não faço ideia de quem você é, mas não irá superar minha mágica portando um stand desse nível.

- Vou te mostrar o baixo nível.

Solo ativa a fúria de seu stand, aumentando a velocidade dos ataques, a cada soco Katherine levantou um escudo para repelir, após doze socos, o décimo terceiro acertou no rosto, jogando mulher para fora do hotel , fazendo o seu corpo atravessar a porta e as paredes do hotel. Solo saiu para verificar, no local que ela caiu não havia nada além de um buraco confuso sobre o ocorrido não viu a presença de Katherine atrás dele, quando se virou a bruxa fez o mesmo gesto quando extraiu o sangue do corpo de Sombra, mas uma mão segurou o braço de bruxa, Nero, os dois se encaram, o vento começa a soprar bem forte, os olhares se encontram:

- Bruxo carmesim, Nero, é uma honra, como foi ser obrigado a vigiar a arma mutante mais mortal do mundo.

- Bruxa impura, vamos deixar os guerreiros enquanto nós os bruxos conversamos?

- Se importa com eles? Estou vendo que não se tornou igual ao seu mentor, como ele está?

- Morto, assim como todos os Primum in Lucem .

- Então as damas vão na frente, não é?

- Não, dessa vez.

Nero se teletransportou junto com Katherine, da cidade eles estavam em uma floresta tropical:

Katherine- Onde estamos?

Nero- Brasil, mas isso não é importante, no céu teremos menos destruição, siga-me .

Já nas nuvens, Katherine começou lançando esferas de energia enquanto Nero desviava de forma ágil, ao erguer seu braço esquerdo para o céu o tempo mudou, as nuvens ficaram negras e delas um enorme raio foi disparado e acertou o bruxo, para finalizar a bruxa juntou suas mãos dizendo a palavra “absit”( inexistente ), formou uma enorme esfera com um tom de roxo escuro que ao invocada sua presença formava gravidade própria, quando tal poder foi lançado Nero disse impressionado:

- Um buraco negro produzido com magia? Mesmo me tornado um bruxo completo, isso vai ser um problema.

Antes do ataque o acertar ele projeta um selo e fala a palavra”liberte”, com isso a magia com uma aura maligna se transformou em um véu de energia com a cor branca, antes mesmo de comemorar Katherine acerta o jovem com um soco o jogando em direção ao chão, criando uma enorme cratera, quando Nero estava para se levantar ela pega na gola da sua camisa e o acerta com dois socos sem o corpo do cara tocar no chão e dá um terceiro soco no qual o joga para longe, ele só parou após se chocar com o pico da neblina( fica ao norte do estado do amazonas), a cerca de quatro quilômetros do “pouso” de Nero, a bruxa coloca suas mãos no chão e fala:

- Poderes da destruição, destrua meu inimigo, transmita um pouco do meu ódio para essa terra.

Foi feito, o chão começou a tremer e o pico começou também, do nada a montanha explode com uma imensidão de lava saindo dele, mas um brilho azul no meio da lava surge e o ataque é neutralizando, a lava se torna pedra e do chão sai Nero que dá um soco na bruxa a fazendo ser jogada para cima e juntou suas mãos mirando nela causando uma explosão. Apesar de tela ferido em um instante seus ferimentos estava se regenerando junto a seu vestido negro, ela ria de forma que gozava do bruxo, Nero cruza seus braços formando um X e como Katherine começa a juntar poder:

- Vou varrer a sua existência, pelos céus ,eu invoco o espírito guardião das almas, Valefor.

Valefor, um espírito do caminho da luz, e como seu titulo o descreve ele tem a função de assegurar a passagem das almas para o pós vida, somente alguém com muita magia e resistência consegue o invocar sem sofrer danos. Apesar da presença do espírito Katherine deu um pequeno sorriso e falou a seguir:

- Você mudou, além de ficar mais forte, cresceu.

- Sim e ainda pretendo “crescer” mais, então volte para a cela.

- Você está calmo, mesmo eu ter matado a sua amiga você não está furioso.

Nero encima de Valefor não diz nada:

- A não ser que...era alguém muito “especial” para você. Hahaha, eu matei sua namorada!? Não, espera sério, quem imaginaria que aquele moleque com as cabeças nas nuvens teria conquistado uma moça linda daquelas.

Ela dizia cada palavra com um sorriso malicioso, quando menos esperava a mão direita de Nero toca em seu rosto, ele atacou em um momento de distração de Katherine e como uma demonstração de sua força ele com a mão esquerda dá um soco no estomago da bruxa, logo e sangue sai de sua boca, Nero se afasta fazendo um sinal para o grande espírito que concentra energia em seu bico, e dispara em Katherine, causando uma grande explosão. Não sobrou nada da bruxa, o espírito desaparece devido a pouca força restante em Nero, como o vento se espalha uma risada em um tom de causar terror, era Katherine, seu corpo destruído retorna junto com a sua roupa e colar, Nero cansado, tanto que mal podia manter a magia de voou, disse:

- O que você se tornou.

- Eu quebrei o tabu as magia mística, deixei o pouco que tinha da parte dos humanos e me tornei puro poder.

- Agora entendi por quê te prenderam, infelizmente não posso morrer aqui.

- Infelizmente? O que quer dizer com isso?

- Até bruxa impura- Juntando as mãos ele desaparece.

- OK, o Nero que conheci morreu... vamos ver como esse é.

Jessica voltou para o hotel, descobriu da luta entre Homicidal e Michael, além da morte de Sombra, do nada Nero literalmente cai no quarto aonde eles estavam e os tira de lá no teletransporte, eles estavam de volta a tribo Oné:

Michael- O que estamos fazendo aqui?- Perguntou estando muito irritado-Temos que acabar com aqueles miseráveis- Após isso Jessica coloca a mão no ombro dele.

Jessica- Melhor não, por agora temos que nos recuperar e esse rapaz nos deve explicações- Apontou para Nero.

Nero- Claro, mas primeiro vamos até a tenda do Shaman.

Quando entraram na tenda o Shaman estava conversando com Arthur, o mesmo explicou que Nero havia o levado até a tribo antes depois da invasão ao mundo prisão, após todos sentarem para iniciar a conversa, Nero começou a explicar sobre o que é magia e quem são aqueles que os atacaram:

Nero- Bem existem dois tipos de magias, a magia humana e a magia mística, a diferença entre elas é que a magia humana( ou MH) usa elementos e fenômenos que o homem entende como a ciência e medicina, enquanto a magia mística(MM) permite superar a metafísica humana( qualquer evento ou fenômeno despercebido pelo homem) como poder concentrar as partículas do oxigênio e fazer com que elas vibrem, assim podendo gerar o fogo e manipulado.

Jessica- O hamon, faz parte das MM?

Nero- Sim, mas em um nível mais básicos que outras magias MM.

Michael- Quem usa essa magia deixa de ser humano?

Nero- Ai que está o ponto no qual quero chegar, existia uma irmandade que existiu por muitos anos chamada Primum in Lucem(primeira luz), que tinha o objetivo de conhecer a magia sem passar a barreira da matéria...-Arthur interrompeu dizendo:

Arthur- Como assim passar da barreira da matéria?

Nero- É a lei mais importante dessa irmandade, quando se usa muito MM pode levar o individuo a se sentir um ser superior e que possa tenta criar, manifestar, invocar ou se tornar qualquer força que vai muito além de qualquer ser humano, com isso ele se torna um Confine (Fronteira), termo criado por Da Vinci que também foi um Lucem, muitos que possuíam o dom de magia buscaram poder passar da forma de Confine e ir além.

Michael- Além do que?

Nero- Dos limites, felizmente não conseguiram, vendo que não podiam ter esse poder nasceu a penúltima geração de bruxos até hoje, os Uccelli di rei( Pássaros de reis)nomeada por Galileu Galilei , crianças filhas de bruxos que sofreram alterações em seus corpos por meio de poções e feitiços, somente para serem usadas como armas vivas e passar do processo e não se tornarem Confines.

Jessica- E a irmandade não fez nada?

Nero- Eles apanharam o Maximo desses bruxos, mas era difícil encontra-los sem chamar atenção e pelos meios de movimentação naquela época, os bruxos eram capturados e sentenciados a morte, enquanto as crianças e jovens eram marcados com um selo no qual restringia o uso de magia e também um apagamento de memória, assim as livrando das horríveis experiências.

Arthur- Incrível, em todos esses anos nunca, soube da presença dessa irmandade, como se esconderam por tantos anos?

Nero- A magia nos permite a viajar grandes distâncias sem problemas e apagar memórias se necessário.

Arthur- Por que fui pego por aquela múmia enquanto estávamos lutando?

Nero- Homicidal, é alguém misterioso, não sei nada sobre ele, mas de alguma forma ele sabia que somente o sangue com alta energia ou o meu podia abrir a cela.

Michael- Ele é muito rápido, mal tive a chance de golpea-lo pra valer.

Nero- Tem um jeito que podemos talvez derrota-los, mas vocês não vão gostar.

Jessica- Como?

Nero- Vamos unir forças com o Hector- Todos discordaram na hora, Nero invocou faixas que se enrolaram na boca dos quatro- Não temos escolha- Ele retira as faixas.

Solo- O que te faz pensar que ele vai nos ajudar?

Nero- Ai que devo eu vou contar a história de Katherine e da última geração de bruxos, os agglutination( do irlandês, aglutinação ), mestiços de vampiros com humanos possuidores de habilidades mágicas, o que até depois de encerarem o processo de criação de Uccelli’s , surgiu a teoria de um amigo meu chamado Bram Stoker( para quem não sabe é ele escreveu Dracula) um estudioso Lucem no qual tenho contato que apenas pesquisa sobre a vida, ao invés de se aprofundar na magia. Após Stoker ter tido seu primeiro contato com um vampiro no qual eu o salvei e depois de registrar seu livro narrando quase fielmente o seu confronto com a criatura, ele apresentou uma tese ao conselho a mim, teorizando o nascimento de uma criança meio humana e meio vampira. Se não tivesse conhecido uma com certeza iria rir da cara dele, bem isso ocorreu na idade média, um bruxo da irmandade chamado Riddle Pernelle que tentou seduzir uma vampira chamada Kelly Parker, mas no final Kelly que o seduziu, com essa relação nasceu Katherine, meio humana e vampira. A ganância por poder de Riddle foi aumentando com o tempo, Katherine aos 17 anos,( idade no qual ela permaneceu com a aparência devido aos genes vampiros) viu sua mãe ser morta pelo pai que recolheu o sangue da esposa e o implantou em si, pretendendo ganhar mais poder e fazer o mesmo com a filha. Ele mesmo com alguns atributos aumentados foi destruído de tal forma que o que restou dele foi o dedo com sua aliança, quando os Lucem descobriram a existência de Katherine tentaram em vão destruí-la, o que foi em vão. Com muitos mortos os dois últimos Lucem da irmandade da primeira ordem a prenderam no mundo prisão e um deles ficou de proteger a passagem enquanto o outro recriava a irmandade.

Solo- O que eu não entendo é como Sombra sabia quem ela era.

Nero- Sombra é descendente do bruxo que reconstruiu os Lucem’s, seu antecessor era Sir Law e o outro antecessor de meu mestre Sir Order.

Arthur- Espera um instante, Pernelle, não é o sobre nome da esposa de Nicolau Flameu? 

Nero- Riddle é um filho bastardo da esposa de Nicolau, foi abandonado por sua mãe por ser um filho de um amante dela

Hector estava sentado em seu escritório quando Misa entrou com uma cara de espanto, seu chefe perguntou - O que foi?

- O-O s- senhor tem visita.

Pela porta passam Nero, Solomon, Arthur, Jessica e Michael:

Nero- Quero negociar Hector.

Hector- .... Estou ouvindo, vocês tem devem estar muito desesperados, não é?Gostei- Falou com um sorriso.

 CONTINUA......


Notas Finais


Obrigado por ler


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...