1. Spirit Fanfics >
  2. A gangster... >
  3. Mais um dia...

História A gangster... - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Oiiie deculpem o atraso❤

Capítulo 2 - Mais um dia...


Fanfic / Fanfiction A gangster... - Capítulo 2 - Mais um dia...


》ON_PAI《

Eu estava sentado no sofá da sala em frente a tv,pensando na melhor forma de conversar com S/N sobre suas saídas,como sou o pai dela esse é meu dever,mesmo ela não achando que sou seu pai, ela tenta me evitar desde a morte de sua mãe,eu a entendo mais não posso deixar de exempla-la...

》Off_Pai《

》On_S/N《

Estava eu bem plena e serenassa em meu quarto me arrumando pra uma saidinha rápida,so tinha um probleminha,eu estou meio que de castigo e pro meu azar meu pai esta em casa,esta muito difícil ultimamente nosso convívio, as vezes tenho vontade de socar a cara dele,mais ainda me resta um pouquinho de respeito,termino de me arrumar e vou descendo as escadas,quando chego na metade ja avisto meu pai, que logo percebe minha aproximação e me chama...

》Off S/N《

》On Pai《

-Podemos conversar filha?

S/N:Poder até pode,mais é que agora eu ia sair,então deixa pra mais tarde o sermão ok...

-Não tem essa de ok,vc sai a hora que quer,e nao fala pra onde vai,se ao menos ligasse mais nem pra isso vc se serve...

S/N:Perai...Como assim?nem pra isso serve?,se liga eu faço o que eu bem entender,não me importo mais com nada,o que me importava ja se foi a muito tempo e por sua casa...

-Vc não entende que eu faço tudo por vc e que eu realmente me preocupo com vc... (fala tudo ja meio alteraldo)...

S i/N:Ahhh Sério?(fala com um certo deboche),acabei não notando,aliás eu nunca noto e sabe porque?,porque nunca me importei com nada e muito menos com vc... (fala aos berros)...

-Não consigo segurar minha raiva e acabo descontando um tapa no rosto de S/N que quase a faz cair no chão,ela me olha com raiva e desprezo e sai porta fora,ate tento sair atrás dela,mais ela corria rápido e eu a perdi de vista...

》Off Pai《

》On S/N《

Depois de ter gritado com meu pai,ele me da um tapa em meu rosto que quase ne faz ir ao chão,até pensei em revidar,mais ao invés disso sai porta fora correndo o deixando pra trás,assim como me deu vontade de socar a cara dele,me deu uma vontade imensa de chorar sem parar,eu pensava nos momentos em que a gente era uma família,mais penso no que ele podia ter feito pra salvar minha mãe,eu queria só poder mudar tido isso,mais de uma coisa tenho certeza,pra casa eu não volto...Depois de um bom tempo caminhando sem rumo percebo que estou perdida,não sabia onde ir,acabo percorrendo ruas com pouca iluminação,eram até meio assustadoras,escuto alguns ruídos e começo a andar mais rápido e quando percebo ja estou correndo,acabo entrando em um beco sem saída,a qual me deixa com medo porque eu sentia que algo me seguia,logo olho para trás e me deparo com um garoto desconhecido que cada vez mais se aproxima de mim e fica me encarando depois de segundos ele pede que eu o siga, eu fico com um certo receio e saio correndo para o mais longe que eu posso,depois de minutos correndo chego em uma parada de ônibus e resolvo olhar para trás,ja não se via rastro daquele garoto,então decido seguir pra minha casa,sim eu falei que não ia voltar,mais pra começar uma vidinha nova preciso buscar minhas roupas e outros bagulhos...

》Off S/N《

》On Pai《

-Já estou muito preocupado com S/N,ela saiu ja tem quase umas duas horas,ja tentei até ligar,liguei para algumas amigas,e nada de notícia da S/N,é ai então que resolvo sair atrás dela,pego as chaves do meu carro e quando estou tirando o carro da garagem avisto aquela menina de cabelos cinza e moletom preto chegando em casa...S/N vc está bem?Me desculpa,eu fui muito impulsivo,onde vai?vc não vai me escutar (subo as escadas atrás dela,até chegarmos em seu quarto e ela começa a descer as malas de cima de seu guarda-roupa,abri elas e começa enche-las de roupas),o que vc ta fazendo?...

S/N:Ta mal da visão é?,eu vou embora de casa,não aguento mais ok,vc vai ser feliz sem sua filhinha perturbada na sua vidinha quase perfeita,e outra não precisa correr atrás de mim,ADEUS "PAPAI",grava essa palavrinha como lembrança,é a ultima vez que te chamo assim..


Notas Finais


Bjs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...