1. Spirit Fanfics >
  2. A Garota Com Cortes No Pulso (Blackpink) (Bts) (Red Velvet) >
  3. Capítulo 27: A Ligação.

História A Garota Com Cortes No Pulso (Blackpink) (Bts) (Red Velvet) - Capítulo 27


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura.

Capítulo 27 - Capítulo 27: A Ligação.


Fanfic / Fanfiction A Garota Com Cortes No Pulso (Blackpink) (Bts) (Red Velvet) - Capítulo 27 - Capítulo 27: A Ligação.

Diário:

Tem amigos que são como a nossa família, que nos amam e nos aceitam como nós somos. Mesmo com todos os nossos defeitos, e imperfeições. Aqueles que cuidam de nós, e protegem. Sei que enquanto tiver ao meu lado pessoas assim, eu nunca estarei sozinha...


DIAS ATUAIS...


Jisoo e Lisa dormiam, quando o celular da garota loira chamou. Já passava da meia noite, Lisa sentiu o seu celular vibrar. A garota acordou assustada, ela tinha trocado de número depois que Jackson havia ligado para ela. Os únicos que tinham o seu número novo, era Jisoo e Suga.

Ao olhar a tela do celular Lisa pode ver o número de Suga. Ela não fazia ideia doque o rapaz queria aquela hora, ela então atendeu a ligação.

- Alô Suga, porque está ligando a essa hora? - Disse Lisa.

- Alô, aqui e a Dra. Lee, a um rapaz aqui no hospital, que foi trazido muito ferido. Eu estava a horas tentando falar com alguém da família. Resolvi ver os contatos do celular dele, e você foi a única que atendeu. Você é algum parente dele? - Perguntou a mulher.

- Aconteceu alguma coisa com ele!? Ele está bem né!? - Lisa parecia muito aflita.

- Ele está fora de perigo, mas está muito machucado. - Disse a mulher.

- Oque aconteceu!? - Lisa estava com o coração apertado.

- É melhor a senhorita vim até o hospital, então poderemos conversar melhor. - Disse a mulher.

A médica passou o nome e o endereço do hospital, aonde Suga estava. Lisa se levantou rapidamente calçando a suas botas, e vestindo um casaco. Jisoo acabou acordando, e não entendeu porque Lisa estava acordada aquela hora.

- Oque houve? - Perguntou Jisoo.

- Fique aqui, eu tenho que ir a um lugar. - Disse Lisa, que parecia desorientada.

- Lisa oque houve!? - Disse Jisoo, segurando o braço da amiga.

- O Suga está no hospital. - Disse Lisa.

- Como assim hospital!? Oque aconteceu!? - Perguntou Jisoo, assustada.

- Eu não sei, mas tenho uma ideia. - Disse Lisa.

- Jackson!? - Disse Jisoo.

- Agora eu preciso ir. - Disse Lisa.

- Espera! Eu vou com você. - Disse Jisoo, pulando da cama, e calçando os tênis.

- Você não vai, fique aqui! - Disse Lisa.

- O Suga também é meu amigo, eu também vou! - Disse Jisoo.

Lisa sabia que Jisoo não ficaria, então ela cedeu.

- Okay, então vamos logo. - Disse Lisa.

Jisoo pegou um casaco e as duas garotas saíram devagar, para não acordar a mãe de Jisoo que dormia. As duas garotas subiram na moto de Lisa, rumo ao hospital. Ao chegar as duas foram pedir informações, na entrada do local.

- Por favor, estou procurando por um paciente, o nome dele é Min Yoon-gi. - Disse Lisa.

Era a primeira vez que Jisoo ouvia o nome verdadeiro de Suga. A mulher procurou pelo nome do rapaz.

- Sim, tem um rapaz que deu entrada no hospital hoje, com esse nome. - Disse a mulher.

- Posso vê lo!? - Perguntou Lisa, aflita.

- Eu irei chamar a médica que está cuidando do caso dele. - A mulher fez uma chamada. Poucos minutos depois, uma medica baixinha apareceu.

- Você que e a conhecida do jovem Min Yoon-gi? - Perguntou a mulher.

- Sim, sou eu. - Disse Lisa.

- Eu sou a Dra. Lee, peço que me acompanhe. - Disse a mulher.

Lisa e Jisoo seguiram a mulher pelos corredores do hospital, parando de frente para um quarto.

- Ele está bem, mas está muito machucado. O rapaz foi encontrado quase desmaiado por uma pessoa que passava de frente da loja aonde ele trabalhava. A testemunha disse que ouviu uma voz fraca que pedia por ajuda. Ao entrar no local o homem encontrou o seu amigo, e chamou a ambulância. Apesar dos ferimentos ele não sofreu nada de muito grave, mas precisa de cuidados. - Contou a doutora.

As duas garotas pareciam aflitas, elas queria ver logo o amigo.

- Vocês podem entrar e ver ele, mas por favor não fiquem forçando ele a falar. - Disse a mulher, abrindo a porta do quarto.

Lisa e Jisoo correram para dentro do local. Elas poderam ver Suga, que estava deitado em uma cama machucado. Ele tinha um sorro em seu braço, e curativos no rosto. O rapaz também havia recebido alguns pontos, no super cílio. Lisa então começou a chorar, os olhos do garoto estavam completamente inchados, e a sua boca estava muito ferida, mal dava para reconhecer o amigo.

- Porque está chorando? - Disse Suga, com uma voz fraca.

Lisa ficou feliz ao ouvir a voz do rapaz, ela então beijou a testa do amigo. Jisoo segurou a mão de Suga, que parecia sorrir.

- Oque aconteceu com você Suga? - Perguntou Lisa, ainda em lágrimas.

- Foi o babaca do Jackson. - Disse Suga, com dificuldades.

Lisa parecia agora furiosa, o seu estômago revirou ao ouvir o nome do Jackson.

- Mas eu fui corajoso, e não falei nada sobre você. - Disse Suga.

Lisa encostou a sua cabeça nos ombros do rapaz e começou a chorar sem parar.

- Me perdoe. - Disse ela, em soluços.

- Não precisa pedir perdão, você é como a minha irmã mais nova, eu sempre irei te proteger. - Disse Suga, sorrindo.

Jisoo não aguentou ver a cena, e se abraçou a Lisa, começando a chorar.

- Vocês são duas bobas, eu apanho e é vocês que choram. - Disse Suga, rindo com dificuldades.

O rapaz não parava de rir, enquanto as duas garotas não paravam de chorar. Os três ficaram assim, por um bom tempo.


Notas Finais


Até o próximo capítulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...