1. Spirit Fanfics >
  2. A garota com cortes no pulso-Ver.Seulrene >
  3. A loja de discos

História A garota com cortes no pulso-Ver.Seulrene - Capítulo 15


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura!

Capítulo 15 - A loja de discos


Fanfic / Fanfiction A garota com cortes no pulso-Ver.Seulrene - Capítulo 15 - A loja de discos

Diário:

  É muito triste quando a nossa família não consegue nos entender.Quando nos culpam por tudo que acontece de errado nas nossas vidas.Eles nem,ao menos,perguntam se estamos bem,ou como foi o nosso dia.Me doía saber que a família que eu tinha era assim.Sinto muito,se a sua também for...

   DIAS ATUAIS...

Naquela manhã,ao abrir os olhos,Joohyun percebeu que Seulgi já não estava mais ali.A morena,provavelmente,havia ido embora assim que ela adormeceu.A garota se enstristeceu,mas logo se animou outra vez,pois sabia que Seulgi viria buscá-la para irem á escola.

A Bae se levantou e tomou um banho rápido.Ela se vestiu,pegou a mochila,e foi para o lado de fora da casa esperar pela amiga.A garota estava sentada na calçada quando avistou a moto de Seulgi virar a esquina.

–Faz tempo que você está esperando?

–Não,acabei de chegar.

–Gostou da visita surpresa que eu te fiz ontem?–Perguntou sorrindo.

–Sim,pena que eu acabei pegando no sono–Lamentou.

–Eu percebi,você fica muito fofa enquanto dorme,sabia?

–Você ficou me observando,enquanto eu dormia?–Perguntou Joohyun,sem graça.

–Sim,só um pouquinho.Depois eu fui embora.

A de madeixas escuras entregou o capacete á Joohyun.

–Vamos?–Disse ela.

A Bae subiu na moto,e as duas partiram em direção á escola.

Elas já haviam chegado,e estavam andando pelo corredor quando foram surpreendidas por Choa,que apareceu de repente.

–Olá–Disse a garota,com um enorme sorriso no rosto.

–Oi–Respondeu a Kang,sem muita animação.

–Eu sei que não temos muita intimidade,mas eu vim pedir um favor para vocês.

Seulgi e Joohyun se olharam,elas não faziam ideia do que a outra garota queria.

–O Jimin fará o seu primeiro jogo com o time de basquete,e eu queria pedir que vocês fossem apoiar ele.Eu sei que nós não somos amigas e nem nada,mas queria pedir a torcida de vocês para o meu irmão–Pediu Choa.

–Acho que não- –Antes de terminar a frase,Joohyun foi interrompida por Seulgi.

–Nós vamos–Disse ela.

A Bae olhava para a amiga sem entender.

–Nossa,você não imaginam como isso me deixa feliz–Disse Choa.A garota pulava de alegria.

A Kang achava muito estranho o jeito alegre da outra garota.

–O jogo vai ser sexta-feira depois da aula,na quadra de esportes–Disse a garota.

Choa então saiu correndo pelo corredor,ela sumiu ao virar a direita.

–Essa daí é louca–Disse Seulgi,sorrindo.

–Por quê você aceitou?

–Por que será uma ótima oportunidade para você falar com o seu herói bonitão–Disse piscando para amiga.

–Seulgi,eu te odeio.

A mais alta apenas ria da amiga.As duas então foram para a sala de aula.Ao entrar na sala as duas garotas foram provocadas por Jennie.

–Romeu sapatão,e a sua Julieta motoqueira–Disse a Kim.

–Bom dia,Regina Jeorge e suas piranhas falsificadas–Disse a Kang,com um enorme sorriso no rosto.

Jennie havia ficado sem reação,ela não esperava por aquela resposta.Todos da classe riam da piada feita por Seulgi.

Joohyun não acreditava no que a mais alta tinha feito.Era a primeira vez que alguém respondia ás piadas de Jennie.Agora a Bae tinha um leve sorriso nos lábios.

O sinal havia tocado.Naquele dia as aulas passaram rápido,e as duas garotas já se preparavam para ir embora.Elas saíram do colegio e foram em direção á moto de Seulgi,que estava no estacionamento da escola.

–Hoje eu vou te levar para ver uma pessoa,que está morrendo de saudades de você.

–Aonde nós vamos?–Joohyun estava confusa.

–É surpresa.

As duas subiram na moto e foram em direção ao centro da cidade.Depois de um tempo as duas haviam chegado á uma loja de discos.Joohyun não entendia o que elas iriam fazer lá.Ao entra na loja,a Bae foi surpreendida por um abraço forte.

–Joohyun!Finalmente a minha princesa punk veio me visita–Disse Suga,a felicidade do rapaz era explícita.

O rapaz abraçou forte a garota levantando-a do chão,a girando no ar.

–Estou muito feliz por ter vindo.E bem vinda ao meu local sagrado de trabalho–Disse Suga com um grande sorriso.

–Eu também estou feliz em te ver,Suga–Indagou abraçando o rapaz.

Seulgi revirou os olhos ao ver a cena.

–Vocês dois estão parecendo duas crianças bobas.

–Vamos deixar essa velha resmungona sozinha–Disse Suga,puxando Joohyun pela mão.

O rapaz começou à mostrar a garota o seu local de trabalho.Joohyun parecia encantada com o lugar,Suga não soltava nem por um momento a mão da garota.Ele mostrava à ela todos os discos.Seulgi apenas observava de longe,estava na cara que o rapaz estava gostando de Joohyun.

Um cliente então entrou na loja.

–Um segundo,minha rainha,eu vou atender um cliente e já volto.

Seulgi começou a rir com o jeito bobo do amigo.Parecia que alguém estava apaixonado.

–Parece que você tem um admirador–Sussurrou no ouvido de Joohyun.

–Nada a ver–Disse sem graça.

Seulgi riu do jeito envergonhado da outra garota.

–Vem,eu quero te mostrar uns discos que eu gosto–Disse puxando Joohyun.

Seulgi pegou alguns discos e trouxe Joohyun para se sentar perto de um toca discos.A mais alta colocou o albúm "Born to die" da Lana Del Rey para tocar.

–Eu amo esse albúm–Seulgi.

Joohyun parecia estar gostando das músicas que estavam tocando.

–Eu preciso te contar um coisa.

–Pode falar–Joohyun.

–Você confiou em mim,e me contou tudo.Então eu queria fazer o mesmo.Se lembra das drogas no meu armário,as que eu havia falado?

–Sim,as drogas que colocaram no seu armário.

–Eu sei quem colocou elas lá.

Joohyun havia ficado curiosa.Seulgi respirou fundo,olhou para a amiga e começou a falar.

–Na época eu tinha um namorado,o nome dele era Taeyong.Eu era louca por ele,tudo o que ele pedia eu fazia sem pensar duas vezes.Ele foi o meu "primeiro",você me entende?Só que ele tinha um grande problema com drogas,quando ele usava aquelas porcarias ele mudava compeltamente,ficava agressivo,parecia um louco.Mas mesmo assim eu o amava,eu achava de alguma forma que poderia judar ele.Então um dia a gente discutiu por que ele havia usado drogas outra vez.Nesse dia ele me agrediu com um soco.Foi horrível,eu fiquei chocada,sem reação.Eu nunca imaginaria que alguém que eu amava pudesse fazer aquilo comigo.Eu fui para casa e chorei muito aquele dia,fiquei uma semana sem ir à escola porque não queria que as outras pessoas vissem como o meu rosto estava.Então decidi que não ficaria mais com ele,eu terminei o nosso namoro.Um dia depois as drogas apareceram no meu armário.Aquele desgraçado havia feito aquilo comigo.Acabei indo para uma instituição para menores.Meus pais não acreditaram em mim,meus amigos me abandonaram,eu fiquei sozinha–Disse Seulgi.O olhar da garota parecia perdido.

–Eu sinto muito,Seulgi–Disse Joohyun colocando a mão na perna da outra garota.

Bae não parecia saber o que fazer,Seulgi sempre pareceu uma garota forte.

–Eu sei como é ser abandonada,sei como não é ter ter o apoio da própria família.Por isso eu queria te fazer uma promessa,e é uma promessa que irei cumprir até o fim–Dizia olhando nos olhos de Joohyun.

–Eu prometo nunca te deixar,a partir de agora eu serei a sua família.Eu estarei do seu lado sempre que você precisar,pode contar comigo.

Joohyun estava emocionada,seus olhos estavam cheios de lágrimas.Ela não sabia o que dizer naquele momento.Seulgi então sorriu,abraçando a Bae.A garota se sentia alíviada em saber que tinha a Kang ao seu lado.

–Obrigada,Seulgi,obrigada por ter entrado na minha vida.Fico muito feliz por você ser minha amiga.Eu também prometo cuidar de você–proferiu em meio as lágrimas.

–Por quê vocês estão chorando?–Perguntou Suga sem entender nada.

Seulgi e Joohyun começaram à rir,o rapaz parecia mais confuso ainda.Os três passaram o resto o dia na loja de discos.conversando e se divertindo.Jisoo agora tinha uma nova família.Uma que realmente se importava com ela.


Notas Finais


[Não revisado]


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...