1. Spirit Fanfics >
  2. A garota da balada- Twice 2yeon >
  3. Único capítulo

História A garota da balada- Twice 2yeon - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Bom dia
Boa tarde
Boa noite
Boa madrugada

Tá na mão!

Capítulo 1 - Único capítulo


Jeongyeon on

Faz os exatos 1 semana que terminei meu namoro, descobrir uma traição por parte de minha ex, estou bem pra baixo, meus amigos já tentaram de tudo pra me fazer sair de casa, pra falar a verdade, acho que faz 3 dias que estou trancada dentro do meu quarto, o pior de tudo foi que eu me entreguei completamente a ela, enfim, agora são as exatas 17:00 da noite e meus amigos estão na sala tentando me convencer a ir numa balada que acabou de inaugurar.

Momo: boraaa, faz mais de uma semana que você não sai de casa, vai acabar mofando- fala me sacudindo.

Jeongyeon: já falei, não quero ir, num to com vontade.- falo me sentando do lado de Jimin.

Jimin: você vai sim, o Kook me perguntou quem vai, eu falei que ia, então... você vai ter que ir.-fala olhando pra tela do celular.

Jeongyeon: se eu for vou acabar segurando vela.-falo deitando no colo do Soobin.

Hoseok: quem disse.- pergunta vidrado na Tv que passava O Incrível Mundo de Gumball.

Jeongyeon: vou sim, Hoseok com o Yoongi e o Taehyung, Momo com a Dahyun, Soobin com o Yeonjun, Jin com o Namjoon... Quer que eu fale o resto?

Jimin: não precisa, já entendemos, olha o Kook tá vindo com o Jin buscar a gente.-fala ainda olhando pro celular.

Soobin: você tem dez minutos pra se arrumar! Vai, vai!- fala me empurrando até a porta do meu quarto.

Eu ainda não acredito que vou...

Jeongyeon off

Nayeon on

Minha vida tá um verdadeiro inferno, tudo de ruim acontece, primeiro: me despediram do meu trabalho sem motivo nenhum, segundo: bati meu carro, agora está todo arranhado, se eu continuar falando vou falar um bíblia. Tem alguma coisa melhor do que afundar tudo que está acontecendo com bebida? E é isso que vou fazer, Sana me disse que inaugurou uma balada novo, então lá vamos nós.

Nayeon off

Quebra de tempo

Jeongyeon on

Bom... acabamos de chegar, meus amigos já foram ficar com seus namorados e namoradas e eu to aqui no balcão, sozinha, acho que é minha 3 garrafa de soju, não sei. Olho para pista de dança e vi uma menina, ela tinha seus cabelos em um tom castanho claro, seu corpo tem belas curvas... vamos dizer que ela é... gostosa? Acho que é isso!

Yeonjun: quer um balde?- pergunta me tirando de meus pensamentos.

Jeongyeon: idiota, vai me falar que ela não é bonita?!- pergunto indignada para o de cabelos amarelos.

Yeonjun: por que não vai nela?- pergunta bebendo no meu copo.

Jeongyeon: não sei não, não to afim de me machucar novamente.- falo apoiando meus braços no balcão- Eu deixei você beber da minha bebida?!

Yeonjun: vai logo antes que você perca ela para aquele cara!- fala um pouco alterado.

Olho para onde estava a menina, a mesma estava tentando sair das mão de um homem que aparentava ter seus 23. Vou até eles dando um soco no cara.

Xxx: ficou maluca?!- pergunta passando a mão no local onde dei o soco.

Assim... pensando bem acho que to loca sim, o cara tem quase o dobro do meu tamanho. "Uma menina de quase 20 anos morre após dar um soco em um homem do drobo de seu tamanho, entenda o casa". O cara veio pra cima de mim, desviei de seu soco e dei um chute em sua barriga fazendo o mesmo cair pra trás, um outro cara veio e levou o que estava caido no chão. Olho para a menina que estava com uma cara de assustada.

Jeongyeon off

Nayeon on

Eu estava dançando tranquilamente, quando um cara chega em mim, me puxou para um canto mais afastado, ele tentava colocar a mão dentro de minha sai, mas eu ficava me debatendo, quando achei que ele me estuprar ali mesmo, fecho meus olhos com força esperando ele fazer algo, escuto um barulho de algo se chocando com alguma coisa, abro meus olhos e vejo o cara no chão e uma menina em minha frente, o homem se levantou e assim começando uma briga, quando o cara se encontrava no chão novamente um amigo dele chegou e levou ele para fora, olho para a menina que estava, agora, parada em minha frente.

Xxx: você está bem?- pergunta colocando as mãos em meus ombros.

Nayeon: graças a você estou bem!- falo dando um sorriso.

Xxx: eu posso te levar para casa? Eu prometo que não vou fazer nada com você!- fala e no final dá um sorrisinho fofo.

Nayeon: tá bom!

É estranho eu estar aceitando isso de uma garota que eu nem sei o nome? É eu sei, é muitooo estranho, mas, algo em mim fala que posso confiar nela. Ela me puxa até o estacionamento da balada, entro no carro e falo meu endereço. Depois de um tempo chegamos em minha casa, saio do carro ela sai também.

Nayeon: obrigada por me ajudar, não sei o que aconteceria se você não tivesse chegado a tempo, afina... qual seu nome?- pergunto olhando para ela.

Xxx: ha, meu nome é Jeongyeon, Yoo Jeongyeon- fala dando um sorriso sem mostrar o dentes.- e você? Qual seu nome?

Nayeon: Nayeon, Im Nayeon, você não quer entrar?


[...]

Agora estamos deitadas no sofá, Jeongyeon está por cima de mim distribuindo beijos por toda extensão de meu pescoço.

Jeongyeon: você tem certeza que quer isso?- pergunta olhando nos meus olhos.

Assento com a cabeça e ela volta a dar atenção ao meu pescoço, ela desse um pouco chegando na minha clavícula, ela se afasta um pouco de mim e começa a tirar suas roupas, primeiro tirou sua blusa deixando amostra seu sutiã preto e seu abdômen pouco definido. Se aproxima novamente de mim, tira minha blusa e meu sutiã jogando em qualquer lugar da sala, abocanha meu seio direiro enquanto brincava com o esquerdo.

Nayeon off

Jeongyeon on

Os gemidos manhosos vindo de Nayeon são muito excitantes. Depois de eu ter cansado de brincar com seus seios, faço uma trilha de beijo até a barra de seu short e assim o tirando de seu corpo, passo meu dedo por toda s extensão de sua intimidade ainda coberta pela calcinha, escuto um gemido manhoso saindo da boca de Nayeon, retiro a última peça de seu corpo, sua buceta estava bem molhadinha, dou um chupão na parte interna de sua coxa.

Nayeon: v-vai logo com i-isso- fala um pouco de dificuldade.

Começo a sugar/chupar sua intimidade, Nayeon soltava gemidos um pouco altos, entroduso um dedo dentro da mesma, chupo só seu nervinho que estava pulsando, coloco mais um dedo e ouço um gemido alto, começo a movimentar meus dedos dentro dela.

Nayeon: v-vai mais r-rápido!- fala apertando seus próprios seios.

Aumento o ritimo das estocadas, percebo que seu corpo começa a dar pequenos espasmos, paro de chupar seu clitóris, enfio mais um dedo dentro de sua buceta e começo a fazer movimentos mais fortes, seus gemidos eram muito altos, ver Nayeon tão entregue a mim assim era tão bom, sinto um líquido quente descendo por meus dedos, retiro os mesmo dentro dela e chupo eles sentindo seu gosto, chupo sua intimidade tirando todo o resíduo de gozo, ela solta um pequeno gemido por ainda estar sensível. Me levanto e deito em seu lado, Nayeon coloca a cabeça sobre meu peito e começo a fazer carinho em seus cabelos.

Nayeon: melhor dia da minha vida- fala fechando os olhos.

Jeongyeon: é muito precipitado eu falar que sinto algo por você?- falo nos cobrindo.

Nayeon: eu acho que não

E assim dormimos agarradina, eu acho que nunca senti algo tão forte por alguém, nem com minha ex foi assim, sou uma mulher muito sortuda.














Fim.





Notas Finais


Ta ruim? Acho que sim!

Desculpa quaisquer erros

Comentem o que acharam!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...