História A garota da floricultura imagine jungkook - Capítulo 16


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Visualizações 178
Palavras 1.221
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, LGBT, Romance e Novela, Saga, Suspense, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 16 - Capitulo 15


S/N ON 

Minha cabeça latejava pela dor, aparentava que havia batido em algum lugar, minha visão começou a tomar forma depois do embaçado, estava em uma espécie de galpão o lugar era deserto e continha apenas um sofá velho de couro na cor vinho com algumas partes dele rasgadas e desbotadas. 

Na tentativa de me levantar do lugar que estava vejo que ambos de minhas mãos e pés estavam atados a uma cadeira velha de madeira, em minha boca continha uma gaze junto de uma mordaça para que eu não salivasse me impedindo de gritar por socorro. 

Ouço o ranger de uma porta abrindo e por instinto rapidamente passo m3eusolhos por todo o lugar, emitia pequenos sons de gritos porem eles eram abafados pela gaze e pelo lenço que cobriam minha boca, escuto passos pesados se aproximando, meu corpo estremece ao sentir um apequena pressão em meu ombro e mãos grandes acariciarem meu rosto com delicadeza. 

Sinto meus olhos queimarem e meu rosto molhar, as lagrimas saiam de meus olhos pelo nervosismo e medo, eu estava em um lugar deserto e sem alguém que eu conheça, sinto uma respiração quente perto ao meu ouvido e beijos serem depositados ao longo da curvatura de meu pescoço.  

-Senti falta de você meu amor, mas agora isso não será problema porque você voltara a ser totalmente minha. - Ouço uma voz grave atrás de meu corpo ditar estas palavras gananciosas e rudes.  

Vejo a figura alta e magra de JaeBum surgir da escuridão com um sorriso maldoso, o mesmo vem até mi depositando beijos por minha bochecha, clavícula, queixo e maxilar, minha vontade era de gritar e pedir por socorro, mas estava impossibilitada de fazer esta ação. Suas mãos vão até o lenço que continha em minha boca o retirando passando seu polegar por meus lábios, vejo seu rosto se aproxima e por instinto viro na posição contraria. 

-P-por que está fazendo isso JaeBum?- Questiono o mesmo que sorri sarcástico.  

-Por que?, pelo fato de que você pode ser apenas minha, MINHA, entendeu S/N, não importa quantas vezes agente terminar você vai continuar sendo minha, não aguento te ver nas mãos de outro homem, isso me faz fazer coisas horríveis- JaeBum me diz retirando uma adaga manchada com sangue. 

 Meus olhos rapidamente se arregalam e mais lagrimas começam a sair de meus olhos.  minhas mãos começam a ficar tremulas e um pensamento vai direto para Jungkook. 

-O que fez com Jungkook ,JaeBum?!- o questiono já começando a ficar exaltada pelo desespero e preocupação tomar conta do meu consciente. 

-Ainda não fiz nada meu amor, mas irei machuca-lo, se não acabar tudo com ele agora- O mesmo diz levando seus longos dedos ate meu queixo me observando seriamente com seu sorriso perverso. 

-Esta bem, apenas não o machuque-Digo pegando o celular de suas mãos já com a minhas livres das cordas. 

 

 

JUNGKOOK ON 

Esperava S/N na frente de sua escola já ficando impaciente, já fazia mais de uma hora que ela tinha entrado em sua escola e não havia saído, sinto a presença de alguém atrás de mim, rapidamente me viro na direção contraria encontrando JaeBum com suas mãos em seus bolsos me encarando. 

-Jungkook o que faz aqui fora, não sabe que esta hora é perigosa para mocinhas indefesas, deveria tomar mais cuidado- O mesmo me diz se aproximando ficando em minha frente dizendo suas palavras sarcásticas. 

-Eu sei JaeBu só estou esperando minha namorada- Digo comum ar de convencido por ver seu rosto tomar uma expressao um tanto quanto raivosa. 

-Cuidado Jeon esta frase pode mudar, fique esperto- Verbalizou, porém não porem não dei muita atenção . 

Vejo o mesmo se distanciar e eu dar de ombros, após alguns minutos sinto meu celular vibrar em meu bolso traseiro, vejo um número desconhecido na tela, nunca tinha visto aquele número, bom poderia ser alguém importante então decidi atender 

-Alo? Quem deseja ?- Questiono a pessoa na qual não sabia quem era esperando uma resposta. 

-J-Jungkook s-sou eu S/N- Ouço sua voz embargada talvez pelo choro e logo o desespero tomou conta de meu corpo. 

-S/N? por que está chorando, aonde você está? -Questiono a mesma, escutando sua respiração desregulada. 

-Isso não importa agora Jungkook, eu queria te dizer agora, antes que não de mais tempo, eu não quero mais continuar com este relacionamento, eu percebi que não nos damos bem, agora eu estou com JaeBum e sei que é o certo. - Ouço sua voz embargar ainnda mais pelas suas últimas palavras e a raiva consumir meu corpo por completo. 

-S/N sei que não está fazendo isto por conta própria, aonde você esta?- Pergunto mais uma vez não obtendo a resposta que eu queria da mesma. 

-Adeus Jeon- Ouço suas últimas palavras e o som de perda de sinal. 

Passo minhas mãos pelos fios de meu cabelo, os puxando, a raiva já tomava conta de meu corpo e a preocupação ainda mais, S/N não poderia estar fazendo aquilo estando sóbria a poucas horas eu e ela estávamos tão bem, eu preciso encontrara-la e pedir alguma explicação. 

 

S/N ON 

Era tão bom ouvir a voz de Jungkook me mantinha calma ao saber que ele estava bem, entrego o aparelho nas mãos de JaeBum que mantinha um sorriso perverso em seu rosto. 

-Muito Bem meu amor, agora podemos finalmente ser feliz, venha quero te mostrar nossa nova casa, assim ninguém poderá nos atrapalhar. - O moreno diz unindo nossas mãos me arrastando para seu carro preto me colocando no banco do passageiro. 

A tristeza tomava conta de minhas emoções felizes, JaeBum sempre teve o histórico de ciumento e agressivo mas nunca pensei que chegaria a certo ponto, isso já não era mais amor isso era uma doença, as lagrimas já começaram  tomar conta de meus olhos e o choro embargar minha garganta, me poucos minutos longe de Jungkook eu já sentia sua fala, falta de sua voz, seus carinhos, e seus beijos. 

Demorou apenas alguns minutos e chegamos na tal “nova casa”, JaeBum agarrou minha cintura, depositando beijos junto de mordidas pela extensão de meu pescoço minhas mãos tentavam afastar seu corpo do meu porem suas mãos as seguraram me colocando em uma posição contraria, me fazendo ficar com as costas em seu tronco. 

-J-JaeBum Pare- Digo já sentindo as lagrimas novamente tomarem conta de meus olhos. 

-Vamos meu amor sei que também, estava me desejando por todo este tempo que fiquei longe de você, não me diga que fui o único. - Verbalizou subindo as escadas, abrindo a porta de um dos quartos me jogando em sua cama acho eu. 

Tento me debater porem suas mãos agarram meus pulsos com forca me fazendo olhar em sua direção com medo e raiva. 

-S/N se continuar assim eu vou ter que fazer a forca- o mesmo diz se aproximando seus lábios dos meus, porém novamente viro meu rosto na direção contraria . 

-Eu detesto interromper a diversão de vocês, mas preciso conversar com você JaeBum-Levo meus olhos até o batente da porta encontrando Jade encostada na porta com um sorriso sarcástico. 

-Espere aqui meu amor logo eu voltarei para continuar está bem, não tente fugir ou tentar algo porque se tentar será pior para você e para todos a sua volta- o mesmo diz depositando um beijo em minha testa fechando a porta e atrancando logo após. 

 


Notas Finais


Dois em um em pessoinhas eu espero que estejam gostando e eu quero agradecer muiiitto por todo esses apoios que estão me dando e pela quantidade de favoritos então pouco tempo.
Muito obrigada mesmo
Beijinhos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...