História A garota da porta ao lado - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Infinite
Personagens Personagens Originais, Sungyeol
Tags Docechuva, Droubble, Feliz Aniversário, Fluffy, Homenagem, Infinite, Lee Sungyeol, Lindytomlinson, Spin-off
Visualizações 38
Palavras 200
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Droubble, Fluffy, Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Spoilers
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


AAAAAH QUE DIA FELIZ!
Hoje minha DongSaeng de Ouro; LindyTomlinson está completando 16 aninhos \o/
Lindsay-baby, espero que esta pequena estória escrita com muito carinho te faça sentir tão especial quanto você é. Parabéns pelo seu dia, que Papai do Céu te abençoe com muita saúde e muitos momentos bonitos não somente hoje, mas em todos os dias de sua vida. Saranghae!

Boa leitura!

Capítulo 1 - Capítulo Único


Fanfic / Fanfiction A garota da porta ao lado - Capítulo 1 - Capítulo Único

 

Após quase oito meses Lee Sung Yeol já estava mais do que habituado à sua nova morada em Pequim, capital da China e sua rotina de trabalho na Kim Woollim Models. O jovem de 17 anos gostava bastante de toda a correria que eram as sessões de fotos, eventos fashionistas e desfiles – ele sentia-se bem, sendo admirado por seu porte físico esbelto e personalidade afável. Porém, nos últimos três meses, havia algo que o modelo gostava mais do que admirar a si mesmo. Ele gostava de contemplar a garota da porta ao lado.

Lindsay Weale.

Sua vizinha de apartamento, a jovem australiana, estudante de fotografia, funcionaria trainee da KWM, a mulher mais velha pelo menos uns dois anos, mas que o rapaz se recusava a chamá-la de noona porque ela era tão magra, delicada, baixinha e agitada; exatamente o tipo de menina que ele gostava.

Ah, a garota da porta ao lado...

Tão graciosa quando saia para passear com seu gatinho rajado, nos braços, e uma máquina fotográfica portátil sempre ao alcance.

Sungyeol não podia e nem queria evitar sentir-se apaixonado.

Ah, se Sungyeol soubesse que Lindsay também o admirava e o havia apelidado de garoto da porta ao lado...

 


Notas Finais


É isso.
Espero que não somente a Lindy, mas que todos que tenham lido tenham gostado dessa minha estorinha de número 29 o.O nossa, nem acredito que já escrevi e postei tudo isso de fanfics!

Qualquer coisa conversem comigo aí pelos comentários, menções e mensagens privadas.

Beijos doces,
Danbi.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...