História A Garota Da Sala Ao Lado - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Naruto Uzumaki, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Hentai, Romance, Sasusaku
Visualizações 149
Palavras 1.622
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 2 - Ciúmes


Quando sair do jogo já era de noite, por isso, tomei meu banho, e fui jantar, meu pai por algum milagre tava em casa, mas passou o jantar todo falando da empresa, e eu mal prestava atenção, por causa da Sakura, enfim ela tinha notado a minha existência.

Depois do jantar, fui pro meu quarto dormir, mas quem disse que eu conseguir? Passei a noite toda pensando não só na Sakura, como também naquele beijo, foi apenas um beijo tímido, mas era algo grandioso pra mim.

Quando acordei de manhã, me arrumei e em seguida fui pra escola, eu tava animado por causa da rosada, mas minha animação foi toda por água a baixo, quando eu a vi abraçada com o Sasori, um garoto do terceiro ano.

Abaixei a cabeça triste e entrei na sala, tive vontade de chorar, mas não chorei, apenas joguei minha mochila na carteira, e me sentei, colocou minha cabeça em cima da carteira, e coloquei meus dois braços em cima da minha cabeça.

_ Sasuke? Você tá bem?

Levantei a cabeça e vi que o Naruto me olhando confuso:

_ Só tô com sono.

_ Passou a noite jogando LOL, não foi?

_ É.

Abaixei a cabeça novamente, e ele disse:

_ Adivinha quem perguntou sobre você?

_ Quem? – Perguntei mal humorado.

_ A Sakura-chan.

_ Hum... Legal.

_ Ela é amiga do Sasori, não é?

_ Sei lá, nem falei com aquela garota direito.

Tava com raiva, afinal ela me beija em um dia, e no outro tava agarrada com outro cara.

_ Cara você tá bem?

Me levantei da cadeira e sair da sala, ouvir a Sakura me chamar mas não dei a mínima, caminhei até a fonte e me sentei.

_ Sasuke-kun, você tá bem?

Olhei pra trás e a vi me olhar confusa, tentei me levantar, mas ela me impediu.

_ Não interessa.

_ Eu fiz algo?

_ Não. Só não tô bem hoje.

_ O que houve?

_ Nada, esquece.

Abaixei a minha cabeça, não queria olhar pra Sakura, mas foi em vão, pois ela segurou meu queixo e levantou o meu rosto.

_ Pensei que fossemos amigos, Sasuke-kun.

­_ Não é meio cedo, pra me considerar seu amigo?

_ Não. Mas se você não me considera sua amiga, tudo bem, não te incomodo mais.

Eu sentir na voz dela a decepção, e me sentir culpado, Sakura foi embora e eu voltei pra minha sala, me sentia péssimo, queria poder falar com ela, mas a minha timidez era grande, por isso chegar perto dela, era mais que um desafio pra mim.

Enfim a última aula do dia começou, Sakura não tinha nem mais olhado na minha cara, passou a fingir que eu não existia em sua vida, e isso me deu vontade de chorar, e só não fiz isso por causa do meu orgulho, e também pra não preocupar ninguém.

A aula era de educação física, e eu estava jogando bola com os outros meninos da minha sala, futebol era o único esporte que eu gostava e que era bom, porque de resto eu era uma merda.

_ Aê Sasuke, presta atenção porra! – Neji gritou comigo, e eu dei dedo pra ele, por sorte o professor de educação física não viu.

Neji era um garoto insuportável, ele me odiava, assim como eu o odiava, mas nunca saímos na porra, bom, ainda, não saímos, mas do jeito que as coisas estavam rolando, não iria demorar, pra que isso acontecesse.

A aula de educação física acabou, e eu fui pro vestiário, tomar um banho bem longo, e só sair quando vi minha pele enrugar.

Quando sair do chuveiro pra pegar minha roupa pra trocar, vi a Sakura entrar no vestiário, e me assustei.

_ Sa- Sakura?

_ É... Sasu-Sasuke-kun...

Sakura me olhou de cima a baixo mordendo o lábio inferior, e corei, não tive reação e parece que ela também não, afinal ela ficou parada, depois de alguns segundos, que mais pareciam ser horas, ela disse:

_ Eu... Eu já vou...

Sakura virou as costas e saiu correndo, eu me perguntava o que ela tinha ido fazer no vestiário masculino, vesti minha roupa e fui procurar ela, mas não a encontrei, Sakura já havia ido embora, por isso resolvi fazer o mesmo.

Eu ia pra casa sozinho e de cabeça baixa, ainda me sentia péssimo, por hoje mais cedo, suspirei enquanto fechava os olhos, e então sentir um lágrima cair do meu olho esquerdo, e a limpei rapidamente, não queria que ninguém na rua me visse chorar.

Cheguei em casa e meu irmão tava lá, e assim que me viu, Itachi se levantou e me disse:

_ Quero levar um papo contigo.

_ O que foi, nissan?

_ Chegou em meus ouvidos, que o senhor tá namorando uma garota de cabelos cor de rosa, não é?

_Não tô namorando ninguém.

_ Além do mais, no seu diário, só tem coisas dessa garota.

_ Não é um diário, é uma agenda! – Respondi mal humorado.

_ Ah Sasuke, qual é? Conta aí vai, quem é a gata?

_ O nome dela é Sakura, e ela não é minha namorada.

Itachi riu e depois me abraçou, enquanto a gente ia pro meu quarto, assim que chegamos no meu quarto, ele me disse:

_ Vou te dá minhas belezinhas emprestadas, não quero que meu irmãozinho passe vergonha, na hora do vamos ver, sabe?

_ O quê?

Itachi saiu do meu quarto, e alguns minutos voltou, e jogou na minha frente várias revistas pornográficas.

_ Itachi...

Eu corei ao ver aquelas revistas, e ele riu:

_ Sasuke, você tem dezessete anos e nunca fodeu, tem que ver essas belezinhas aí, e pra melhorar, recomendo que passe a assistir vídeos pornôs no computador, ao invés de ficar jogando esses jogos de nerd.

_ Você como irmão mais velho, deveria tá me dando ótimos conselhos, e não isso.

_ E isso não é um ótimo conselho? A garota, como é mesmo o nome dela?

_ Sakura. – Respondi.

_É, a Sakura, vai amar.

_ Itachi...

_ O que é que tem? Mulheres adoram homens, que fodem bem, ela não deve ser diferente.

_ A mamãe vai adorar, quando descobri o que você tá me aconselhando.

_ Vai nada Sasuke, deixa de ser frouxo.

Revirei os olhos e depois disse:

_ Tá legal. Depois eu vejo isso aqui.

Ele saiu do meu quarto, e eu peguei uma daquelas revistas, fiquei olhando pra aquela merda durante alguns segundos, e por causa da curiosidade eu a abri, e corei ao ver aquelas cenas, cada uma mais bizarra que a outra, por isso eu a fechei e joguei aquela merda em cima da minha cama, e disse:

_ Vou tomar meu banho, depois eu vejo o resto dessa merda.

Tomei meu banho, mas não demorado, afinal eu tinha tomado banho na escola, e por isso eu lembrei da Sakura, e do jeito que ela me olhou quando me viu de toalha.

_ Já pensou se eu tivesse... – Não completei a frase, pois estava com vergonha e um pouco de medo de ter pensamentos pervertidos com a rosada.

Depois sair do meu banho, vesti uma blusa preta do Darth Vader do Star Wars, uma bermuda jeans escura, e fui almoçar.

_ E aí, viu as minhas belezinhas? – Ele me perguntou.

_ Não. E nem vou ver, trate de guardar aquilo.

_ Ah Sasuke, para de bancar o nerd, garotas não gostam de nerds.

_ Não sou nerd. – Reclamei.

_ Não imagina, o cara joga Lol, e uma blusa do Darth Vader, mas não é nerd. – Ele disse usando ironia.

Ignorei meu irmão mais velho e passei a prestar atenção no meu almoço, e quando terminei, guardei aquelas revistas em um canto que minha mãe jamais acharia, e fui jogar Dota 2, até ouvir o meu celular tocar, e quando eu peguei vi que o Naruto tava me ligando, por isso atendi:

_ O que foi dobe? Tô ocupado. – Respondi mal humorado, odiava quando me interrompia jogando.

_ Depois joga, cara, te liguei pra avisar que hoje a noite, o Sai vai dá uma festinha, e...

_ Não vou, você sabe que odeio festas.

_ A Sakura vai.

Sentir meu coração acelerar quando eu o ouvi, e ele continuou:

_ E o Sai disse que ela tá afim de você, desde o início do ano.

_ Não dá cara, esquece a Sakura.

_ Mas Sasuke... Vamos pra essa festa, por favor?

_ Pra quê? Pra ver a garota que eu gosto, se agarrando com outro? Não, muito obrigado.

Desliguei o celular na cara dele, e continuei jogando, e só sair do jogo quando enjoei, e entrei no facebook, e por sorte, ou azar, ela tava online, quando pensei em sair, ela me mandou uma mensagem, e eu engoli seco.

_ Melhorou o humor?

_ Sim. – Respondi.

_ Ficou daquele jeito, por causa do Sasori? Ele é meu amigo de infância, pô, além do mais não curto caras mais velhos.

 Minha respiração parou na hora, eu queria saber como era que ela tinha conseguido chegar, nessa conclusão?

_ Eu vi Sasuke-kun, o jeito que ficou quando viu a gente.

_ Se sabia, porque foi me perguntar?

_ Queria ouvir da sua boca. Aliás, eu quero falar com você, pessoalmente.

_ Tudo bem.

_ Você vem pra festa do Sai, certo?

Mesmo dizendo pro Naruto que eu não iria pra aquela festa, eu respondi:

_ Certo.

_ A gente se fala lá, Sasuke-kun.

Sakura saiu do facebook, e eu fiz o mesmo, olhei pro lugar onde guardei aquelas revistas, e peguei uma, levantei da cadeira, tranquei a porta do quarto e depois fui pro banheiro que tinha no meu quarto, tranquei a porta também e fiquei lá observando aquela revista.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...