História A garota do blog - Capítulo 21


Escrita por:

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Justin Bieber, Personagens Originais
Tags A Garota Do Blog, Blog
Visualizações 71
Palavras 1.121
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Hentai, Musical (Songfic), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 21 - 20


JUSTIN BIEBER P.O.V’S

Que coisa mais estranha, eu nunca pensei que estaria vivo pra presencia uma coisa dessa. Levei nat por quarto a deixa sentada na cama e fui por banheiro. Eu tava precisando de uma banho, tirei minhas roupas e entrei debaixo do chuveiro. Sair do banho com a toalha enrolada em volta da minha cintura, olho pra cama e vejo nat dormindo. Vou ate minha mala pego uma cueca box, visto e volta pra cama, tiro seu vestido e me surpreendo por ela só esta de calcinha e mais nada por debaixo do vestido e ainda uma calcinha minúsculo de cor roxa ainda. Me deixo ao seu lado e nos cobrimos com o lençol.

Acordo  com meu celular tocando, ele não parava de toca o que já tava me irritando eu tava cansado e com sono. Me levanto e vou atrás do meu celular o encontro em cima da mesinha, pego o mesmo e bufo quando vejo que era scooter me ligando. O filho da mãe sabe que não acordo cedo e ainda são seis da manhã, é bom que ele tenha um bom motivo pra me liga essa hora. Clico no botão pra aceita a ligação

Ligação on

- é melhor você ter um bom motivo pra me tira do meu sono- digo

- graça a Deus você esta vivo- disse scooter.

- scooter você andou bebendo foi? Mas é claro que estou vivo- digo de mau humor

- não é isso que a mídia estão falando- disse

- não entendi- digo

- esta em todos programas falando sobre sua morte- assim que ele diz isso meu mundo para, não conseguir dirigir o que ele acabou de fala. Como assim estão falando da minha morte? Eu não morri.

- porra eu não morri, como eles pode fala isso- me altero não importando se vou acorda ou não  nat.

- calma justin a gente vai resolve isso, mas primeiro você tem acalma sua mãe antes que ela vai parar no hospital. Liga pra ela fala que esta bem  e depois você grava um pequeno vídeo pra suas fãs dizendo que esta bem- disse.

- meu Deus do céu minha mãe deve esta arrastada, pensando que eu morri mesmo- digo- scooter que inventou essa mentira? Pergunto.

- pior que ninguém justin- disse, ai eu fiquei mais confuso ainda.

- como assim ninguém scooter? Me explica isso direto? Peço.

- ontem foi a formatura da sua namorada né e você iria acompanha ela- o interrompo

- não teve formatura nenhuma, nat não tava se sentindo bem- digo

- agradeço a Deus por isso a ela pois era te livrou de uma morte- scooter disse.

- não entendi? Digo

- justin a faculdade que sua namorada estudava explodiu ontem no meio da apresentação- fico estático e logo vem as crise de choro dela ontem na faculdade, agora tudo faz sentido.

- e como isso resultou na minha morte? Pergunto ainda em choque.

- um paparazzi tirou foto sua com nat entrando na faculdade mas não saindo de lá.- disse

- meu Deus! A nat salvou a minha vida era pra eu esta morto agora- digo e logo penso nos meus fãs, famílias e amigos e sinto uma aperto no peito.

- como assim nat salvou sua vida? pergunta scooter. Explico tudo que aconteceu ontem com nat.

- scooter eu ligo mais tarde- digo e encerro a chamada.

Ligação off

Meu Deus! Era pra eu esta morto agora se não fosse pela crise de choro dela ontem a gente estaria mortos agora. Eu tava desnorteado, eu não sabia o que pensa lagrimas já rolava pela minha face, respirei fundo milhares de vez ate eu me acalma. Nesse momento eu percebi com a vida é curta e uma só e eu tenho tantas coisa que quero fazer ainda. Quero me casar um dia ter filhos e tantas outras coisa se estou vivo agora é que Deus tem algo maior pra mim ainda. Eu que não acreditava em Deus agora passo acredita nele e que ele tem planos pra mim ainda.

Depois que me acalmo ligo pra minha mãe lhe explico tudo a ela, a deixo tranquila. Gravo uma mensagem por meus fãs, publico nas minhas rede sócias. Espero que minhas  fãs vejam e que possa respira aliviado. Fico alguns minutos na sala em silencio depois volto por quarto encontrando nat atravessada na cama, sorrio com isso. Vou ate ela e me deito ao seu lado, puxo-a pra perto, beijo sua costa ela se mexe um pouco mas não acorda. Fico penso em tudo que aconteceu e acabo caindo no sono.

...

Dois dias depois

Acordo com um peso em cima de mim, sorrio ao vê nat dormindo no meu peito. Desde do ocorrido que estamos mais agarrado do que nunca. Scooter achou melhor eu não volta fazer turnê ainda mas já marcou um entrevista pra mim explica sobre ocorrido. Quando contei pra nat que sua faculdade tinha  sido alvo de terrorismo ela entrou em choque e começou a chorar, me deu um aperto ver minha garota chorar, mas depois ela ficou mas decidiu não fala sobre o assunto, ela ainda esta sentida com tudo que aconteceu afinal ela conhecia  a maioria dos alunos, professores. Fico acariciando seu cabelo ate que sinto beijo molhado em meu peito, sinal que minha garota acordou.

- oi- disse com voz de sono.

- oi- digo e ela se senta na cama.

- você tem algo pra fazer hoje? Pergunta fazendo um coque no cabelo.

- tenho- digo. Ela ainda não sabe da entrevista que vou dar hoje.

- o que? Pergunta

- tenho uma entrevista hoje as onze da manhã e depois uma reunião com scooter- digo

- hum- murmura.

- você pode ir comigo pra entrevista se quiser-digo.

- deixa pra próxima. Justin quando você volta pra turnê? Pergunta

- é sobre isso  a reunião com scooter- digo- você vai comigo né? Pergunto

- claro- disse desanimada.

- nat o que foi? Por você ficou triste de repende? Pergunto

- é que me lembrei que não tenho um trabalho- disse

- o que aconteceu com o seu da vogue? Pergunto

- eu me demiti, mas eu tinha arrumado outro já e depois do que aconteceu. Não tenho mais- disse

- eu posso fala com scooter e ele arruma um outro pra você- digo e ela me olha com raiva.

- não justin, eu conseguir por meu mérito e não por que eu sou a namorada de justin Bieber e não quero sua ajuda nisso- disse levantando com raiva.

 Fico feliz que ela não quer minha ajuda com isso, se fosse outra tinha aceitado numa boa. Isso mostra que ela igual as outra e que não é interesseira. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...