História A garota do guarda chuva vermelho (1 season, 2 season(on)) - Capítulo 15


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Neo Culture Technology (NCT)
Personagens Kim Namjoon (RM), Kim Taehyung (V), Personagens Originais, Taeil
Tags Bts, Drama, Mitologia Japonesa, Romance, Terror
Visualizações 42
Palavras 922
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Fantasia, Festa, Ficção, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Survival, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Aqui está... Meus guardachuvianos.

Capítulo 15 - A velha


ⓐ ⓥⓔⓛⓗⓐ

Como assim eles estavam sobre efeito de uma porção do amor? O que aquela mulher estava dizendo? O amor deles era verdadeiro sim.

-- O-o que disse? -- Falou Kim apertando com força a mão de Sarah.

-- Ahhh meus jovens... Vamos sentar na mesa e comer. Contarei a verdade e tudo mais que quiserem saber... Ok?-- A senhora falou isso e foi em direção a mesa de jantar que sobre a toalha branca bordada havia muita comida.

As cadeiras eram talhadas com seres da mitologia japonesa. Era realmente lindo.

Sarah e Kim estavam com seus cérebros tão confusos... E pensaram que tudo o que fizeram e sentiram um pelo outro... Fosse somente o efeito de uma porção extremamente cruel.

Se sentaram e começaram a comer a comida que tinha um gosto espetacular.

-- Não quero ser inconveniente, mas precisamos de respostas... -- Falou Sarah fechando os punhos.

-- Ahh... Claro... Primeiro as apresentações. Me chamo Mary Gates, não sei se vão se lembrar de mim, mas já participei de um momento na vida de vocês dois individualmente.

-- Onde eu já lhe vi? -- Falou Kim tomando muito cuidado com as perguntas, pois tinha medo das respostas.

-- Lembra da sua secretária de 2002? A primeira que teve e a última? Sou eu, so que atendia pelo nome de Louise Montgomery.-- Um sorriso escapou da senhora Gates.

O espanto tomou conta de Kim, ele se lembrou dela... E agora que olhava bem, realmente via a semelhança. Seus olhos se arregalaram e em sua boca se formou um "o" pequeno.

Sarah entrelaçou seus dedos com os de Kim... So havia algo diferente no toque dela... Talvez medo, talvez ela sabia que no final deste jantar ela iria sair decepcionada.

-- E em que momento a senhora participou da minha vida? -- Foi a vez de Goldhouse.

-- Já que bloqueou suas memórias antigas... É possível que não se lembre...

--Me fale, por favor -- Falou a jovem em tom de desespero. Kim apertou sua mão.

-- Bem... Quando você foi levada por aqueles homens... Na epoca que apareci tinha cerca de 7 anos... Eu era aquela babá boazinha que na maioria das vezes conseguia impedir que te batessem, te dava alimento e carinho. Para você, eu era a senhora Healer.

Os olhos de Sarah ficaram perdidos no tempo, lembrou do rosto sereno da sua babá, ela era sua segunda mãe... Mas um certo dia, quando Goldhouse foi levada para a sala dos interrogatórios e a torturaram lá, A sua salvadora não apareceu. E nem depois que terminaram de encher seu corpo de cicatrizes novamente... Sarah só ficou jogada no chão frio de seu quarto, procurando um amparo que nunca mais viria de nenhum lado.

Lágrimas caiam de seus olhos, molhavam suas bochechas... Goldhouse não sabia se elas estavam caindo de raiva, tristeza ou felicidade.

-- P-por que? -- Falou com a voz fraca.

-- Por que o que? -- A senhora deu um sorriso sem graça.

-- Por que deixou uma criança sendo maltratada daquela forma? Sabe por quanto tempo fiquei a sua espera naquela janela gradeada? Sabe quantas vezes quis sentir suas mãos acolhedoras cuidarem de meus ferimentos e me fazerem cafuné quando acordava de madrugada por conta dos meus constantes pesadelos? Sabe o quanto eu chorei quando eu realmente percebia que você jamais iria entrar por aquela porcaria de porta? Por que? -- Sarah enxugou suas lágrimas, mas Kim sabia que elas iriam cair novamente mais tarde.

-- Eu tive que te deixar... Fui obrigada... Você pensa que não quis te levar comigo? Mas não consegui... Sabia que você iria se virar sozinha, era e é uma mulher forte.

Sarah Goldhouse só balançou a cabeça e mordeu o lábio inferior com tanta força que começou a sangrar... Mas ela não se importava com a dor que estava sentindo.

-- E... Que história é essa de "porção do amor?" o que você é de verdade?-- Falou Kim Taehyung com um pouco de raiva em suas veias e voz.

-- Primeiro: vocês nunca se perguntaram se esse amor todo que sentem um pelo outro não foi rápido de mais? O corvo que sempre os observou, jogou essa porção em vocês. Simples. -- Ela cruzou os dedos.

-- E como fazemos para quebrar isso?-- Falou Sarah.

-- Se seus lábios se tocarem e vocês já souberem dessa informação... Considerem o feitiço anulado.

Vocês leitores, devem estar se perguntando muitas coisas agora... Ou talvez não... Mas sobre esse tema de porção do amor e os dois jovens... Posso afirmar uma coisa:

O choque de saber que tudo que viveram juntos foi uma mentira... É maior que a vontade de ficarem juntos agora.

A cabeça dos dois jovens estava uma bagunça, não sabiam o que tinha acontecido... Ambos só queriam parar de existir ali.

Para Sarah, Ele foi a mentira mais verdadeira que já lhe aconteceu.

Para Taehyung, Ela foi sua salvação mentirosa e ao mesmo tempo puramente verdadeira.

-- Se não quiserem mais ouvir... Se retirem... E se quiserem descobrir o que eu sou, fiquem.

Os dois jovens com seus corações despedaçados, não se moveram, por isso... Senhora Gates continuou:

-- Sou o tempo que controla sua vida e seu destino... Sou tudo e ao mesmo tempo nada... Sou só o ser responsável por vocês dois... E é meu trabalho cuidar das suas vidas e até mortes.

A velha se transformou no corvo de olhos negros e a joia na testa. Sim... Este foi o animal que Sarah viu em suas lembranças.


Notas Finais


Será que eles vão quebrar o feitiço e abrir os olhos? Ou vão continuar na mentira?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...