História A Garota do Interior - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Romance
Visualizações 7
Palavras 749
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Linguagem Imprópria, Suicídio
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oi pessoas! Capítulo novo!!! Espero que gostem. 😘😘😘

Capítulo 7 - Clube de Artes


Fanfic / Fanfiction A Garota do Interior - Capítulo 7 - Clube de Artes

Passou-se uma semana, até que as coisas não estavam tão ruins. Eu ficava um pouco mais tarde na escola pra limpar a piscina e o Pátio. Acho que o pessoal sujava de propósito para eu limpar. Jennifer continuava a pegar no meu pé, Andrew também... Mas não era tão ruim.

Não era tão porque Emily estava sempre comigo. No começo, eu achei que ela estava comigo por causa de carência, porque ela não conseguia fazer amigos ou coisa do tipo. Mas ela estava comigo, eu acho, por que ela gostava da minha companhia... E eu da dela. Em menos de 2 semanas, já éramos amigos.

- Oi!- disse ela se aproximando e se sentando num banquinho perto de onde eu estava.- Varrendo?

- É... Muitas folhas caem nessa época do ano. - eu respondi continuando a varrer o chão do pátio.

- Outono... Melhor estação do ano. Você vê as folhas se transformando. 

- Você acha? 

- Sim. Gosta do outono?- ela perguntou cruzando as pernas no banco.

- Prefiro o verão... Mas o outono não é tão ruim.

- Sei... Ah, sim! Sabe os clubes? Então, eles já escolheram os participantes. Adivinha?- ela falou pegando alguma coisa na mochila.

- Ahn... Você foi escolhida? 

- Sim!!!!- disse ela colocando a lista de alunos aceitos no clube de Teatro na minha cara.- olha eu fui aceita!!

- Legal, eu disse que você iria. Você passou a semana treinando atuação pra isso.

- Ah! Não pense que você escapou dessa. Olha.- ela me disse colocando outro papel na minha cara.

- Aceito no clube de artes?- eu falei lendo os nomes no papel.- oh...

- Eu sei... Legal, né?

- É...

- Você não parece feliz... O que houve?

- Não, é que... Sei lá... É a primeira vez que sou aceito em alguma coisa assim...

- Ah, pra tudo tem uma primeira vez... Tá vendo? Não é impossível.

-... 

- Ah, vamos... Se você chorar, eu fico com raiva de você!

- Eu Não vou chorar. 

- Vamos, termina logo isso, vou te dar uma carona hoje.

- Ah é? Vai dar carona a um criminoso?

- Temos que correr riscos de vez em quando... Kkkkk

-kkkk.

Depois disso, terminei de limpar as coisas e Emily me levou pra casa. No outro dia começava os clubes. Eu estava meio ansioso pra começar. Não sabia o que iriamos fazer, como iriam me receber... Acho que não estava ansioso... estava com medo.

- Bom dia.- disse Emily no outro dia no corredor da escola.- Pronto?

- Acho que sim...

- Bora lá.

Andamos até o clube de artes depois das aulas terem acabado. 

- Só posso ir até aqui. Vai lá e mostra pra eles como se desenha de verdade.- disse ela na porta.

- Tá... Boa sorte no seu clube também.

- Obrigada, até mais tarde.

Entrei e me sentei em uma carteira. Fiquei impressionado com a quantidade de materiais que tinha, só de entrar naquela sala, já tive várias ideias pra desenhos. 

- Boa tarde pessoal. - Uma professora de Artes que eu não tive ainda aula com ela começou a falar.- Eu sou a Srta. Parker, mas podem me chamar Profª Katie. Sou a professora de artes do 3º ano. Esse ano sou responsável pelo clube de artes e hoje é o nosso primeiro dia. Que tal se começarmos com as apresentações. 

Ela começou pela ordem da lista de pessoas escolhidas. Eu fui um dos últimos. 

- Bom, já que todos foram apresentados, vamos colocar a mão na massa. Nesse momento eu distribuírei alguns matériais. Quero que façam algum desenho bem criativo, essa será nossa primeira obra. Podem começar.

Eu não sabia bem o que fazer, tinha tantas ideias. Fazer uma paisagem seria bem clichê... Mas clichê é bom... Um desenho com significado? Interessante.... Fui juntando as ideias e acabei fazendo um desenho bastante bonito.

- Olha só... Parece que temos um futuro artista aqui. Sr. Johnson?

- Sim... N-Não é verdade... Eu apenas tive vontade de fazer algo significativo.- falei meio sem jeito.

- isso é impressionante. Você utilizou um ditado popular pra transformar em desenho. Incrível. Criativo. Está de parabéns. Só falta colocar algumas cores e estará pronto. Muito bem.- ela tocou em meu ombro e saiu andando, entreguei meu desenho pra ela no final e saí correndo pra encontrar Emily.

Ela estava perto da sua bicicleta encarando o chão. Logo ela me viu.

- Oi! Como foi?- disse ela toda animada.

- Oi! Foi...  incrível! Eu disse por fim.- E o clube de teatro?

- Foi... Incrível! Kkkk- disse ela.- Vamos, me conte mais detalhes no caminho.-  Ela disse subindo na bicicleta. Eu subi logo atrás e ela começou a pedalar. 



Notas Finais


Tudo o que um sonho precisa para ser realizado é alguém que acredite que ele possa ser realizado.

Roberto Shinyashiki


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...