História A garota do meu sótão - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Fanfic Camren
Visualizações 22
Palavras 846
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Estava com um bloqueio de criatividade,vamos ter uns suculentos pesadelos,boa leitura!!^^

Capítulo 6 - -a curiosidade matou o gato,so não eu


Fanfic / Fanfiction A garota do meu sótão - Capítulo 6 - -a curiosidade matou o gato,so não eu

Você já sentiu aquela sensação,de está bem na beira da cadeira depois de tentar pegar algo no alto de um armário??então era quase isso que eu estava sentindo,vamos dizer que bem pior,frio na barriga,arrepios,nervosos eu estou tremendo

Eu me virei,mais apenas vi uma borrão eu tentei correr atrás,mais se arrependimento matasse eu já estaria morta,mais acho que isso meu pai faz

-o que eu falei sobre o porão Karla?- meu pai falou bem irritado

-eu-eu e-ela,eu-eu nã-não sei pai oque era aquilo?-las me olhou de olhos arregalados

-você não abriu a porta abriu??-falou ele um com receio na voz-eu apenas abaixa a cabeça-ele desceu as escadas e voltou com o desespero estampado em seu rosto,ele não falou mais nada apenas subiu para o andar de cima e eu fui atrás

-lha oque está acontecendo??-las não falou nada apenas entrou em seu escritório e fechou a porta...na minha cara-PAII-gritei batendo na porta 

Minha mãe já com um semblante preocupado com meus gritos veio ao meu encontr-mais que gritaria é essa,oque está acontecendo?

-o papai eu nao sei,eu apenas abri,me explica,oque está acontecendo,por que o papai está desse jeito?- ela olha pra mim que estava muito nervosa tentando explica metade da história

Ela iria falar,so que meu pai sai de seu escritorio com uma mochila,e uma maleta,ele da um beijo em minha testa repete com minha mãe,e desceu e antes de sair pela porta apenas disse com a voz fria e firme

-Ela voltou clara,ela voltou denovo-e saiu,não entendi,mais minha mãe caiu em meus braços antes de começar um choro de desespero ou medo não sei-mais ela não vai escapar vou atrás dela nem que seja no inferno novamente

Meu pai apenas saiu pela porta,sem olhar pra trás e eu já estava chorando,eu só queria que fossemos como antes,uma família sem demônios me artomentando,sem pesadelos,isso tudo,eu só queria meu pai,queria que minha mãe estivesse sorrindo,queria estar brincando com minha sofi,mais nada é com a gente deseja..

Mais tarde 20:00

Bom depois disso tudo,não vi mais meu pai,ele ainda não ligou não mandou mensagem,não mandou uma carta sim sei que estamos no século 21 mais,pelo menos pra dizer que está bem,pelo menos assim eu não fico tão preocupada,já tentei falar com minha mãe sobre isso,mais ela diz que ainda não está na hora,ela sempre fala a mesma coisa,"Camila,pare de ser insistente,já te falei que não está na horas eu fico puta cara,qual é,você so vai perder um mísero tempo com um garota que intense somente o A do alfabeto

Estava tão longe voando  em meus pensamentos,que esqueci da minha refeição,estava sem fome,apenas deixei meu prato na mesa e subi para meu quarto,iria durmi se meu celular não toca-se neste exato momento,nem olhei quem era apenas atendi

-Alô?

-...

-Alô?-nos obtive respostas de novo apenas uns chiados estranhos-olha é melhor parar com essa palhaçada,idiota-desliguei

Mais não durou 5 segundos toca de novo

-O QUE VOCÊ QUER COMIGO??

-ai,sua louca,vai gritar assim com a puta da sua......não pera,ah deixa pra la,so queria te convidar pra uma festa que vai ter na casa da demi-rio de suas bobagens,mais fico raceosa com o convite da festa,alias nao sei onde esta meu pai,e o clima aqui em casa esta pesado-e por que você gritou desse jeito

-Desculpas Dinah-suspirei-é que as coisas aqui em casa estão complicadas sabe-falei enquanto olhava a mancha preta que continuava na minha parede

-Ahhhh vai mila,não fura essa com a gente,so falta voce aceitar,olha que vai ter varias garotas,gastosas la em-bom como vou explicar,essas tal de "GASTOSAS" é uma junção de "gata gostosa=gastosa"dina tem uma imaginação do além-olha e talves na sexta nos vamos ao shopping,eu quero um vestido novo

--tudo bem eu vou,e vamos ver se você está certa sobre as gastosas,preciso relaxar um pou...-do nada ouco um barulho vindo do sótão,mais nao vejo problema e continuou minha ligação-um pouco,e sobre o shopping,eu preciso mesmo ir tô precisando de algumas coisas

-tabom,no dia a gente acerta tudo okay?-faço um som nasal em concordância,depois desse pequeno dialogo nos começamos um papo sobre a vida aleia,sobre comida,sapatos,lançamento,etc,mais sempre ouvia uns passos,mais isso vinha do sótão,eu ja estou comecando a ficar com medo-beijinhos chancho

-tchau Cheechee-desligo a chamada

Vejo que já são 23:45 caramba nem percebi que tinha passado tanto tempo assim,bloqueio a tela e vou fecho os olhos logo caído no sono

3:00 da manhã 

Esses barulhos estavam me incomodando,eu já não consegui mais durmi,tinha que ver oque era,isso está como um imã, sim pra mim,por que eu sou um peixe que não se pesca com vara hahahaha(rindo de nervos)

Eu estou abaixo da escada que dá ao sótão, eu já entrei uma vez nele,esta sem energia la em cima,por conta das lampadas qhe estão queimadas,com toda calma abro as escadas que descem rapidamente quase acertando meu pé,subo lentamente,coloco somente minha cabeça para observa oque se passa,esta tudo escuro não enxergo nada,fico observando mais um pouco olho para trás e tem uma cadeira ou uma mesa não identifico só que...Tem uma,arregalho os olhos depois que identifico,é uma cabeleira preta,ela se vira e vejo aqueles olhos de novo,escorrego na escada e caiu,vejo aquele ser na ponta da escada me olhando antes de apagar por conta da pancada em minha cabeça tudo doi....




Notas Finais


No proximo capitulo vai ter p.v.s novos okay,vou narrar um pouco de cada um,byeee


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...