História A garota do ponto de ônibus - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Demon Slayer: Kimetsu no Yaiba
Personagens Kanao Tsuyuri, Tanjirou Kamado
Tags Colegial, Kanao X Tanjiro, Tanjiro X Kanao
Visualizações 45
Palavras 725
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Comédia, FemmeSlash, Fluffy, Lírica, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


hoje no ônibus eu vi ume moce TÃO LINDE, que fiquei até sem ar. o famoso louco que se apaixona por pessoas no ônibus, eu mesmo ;w;

do nada me veio a vontade de fazer isso, e achei o casal perfeito para tal. espero que gostem!! ❤

Capítulo 1 - Quem é ela? - prólogo



Estava atrasado, não que isso fosse comum. Era bem pontual com tudo, mas, poxa, era sexta-feira, o que queria mesmo era dormir, e esperar que seu final de semana fosse levado de si em um piscar de olhos, como sempre era. Ensino médio era muito complicado, e difícil. Exigia muito de si, mais do que qualquer coisa, e tendo toda uma rotina fora do ambiente escolar, era árduo se manter sem cometer pequenos erros, como este.

Corria pelas ruas cheias de Tóquio, mesmo que ainda fossem seis e quarenta da manhã. Costumava pegar seu ônibus vinte minutos mais cedo que isso, porém, naquele dia, havia dormido demais, e agora tentava com a vida chegar no ponto para pegar o último ônibus da linha, naquele horário. A sua salvação estava a algumas ruas de si, mas ainda mantinha seu ritmo acelerado. Era um dia chuvoso. O céu estava cinza, com nuvens escuras e constantemente podia-se ouvir sons altos de, possíveis, trovões; perfeito para ficar em casa, mas estava correndo para a escola.

Assim que chegou no ponto, pôde finalmente respirar com tranquilidade, sentindo sua garganta seca e os pulmões queimando. Mesmo sendo um dia deveras frio, correr deixa qualquer pessoa cansada, principalmente alguém que pouco pratica esportes, como Tanjiro.

Suspirou, colocando sua pasta no chão, afim de arrumar-se dignamente, visto que ainda possuia alguns momentos até seu ônibus passar. Estava todo desarrumado, a única coisa que fez foi tomar banho, e nem comeu nada, somente viu de casa a toda. Passou as mãos no rosto, sonolento, olhando de relance as pessoas que também estavam ali também, mas não conseguiu ligar pra nenhuma por hora. Sua respiração ainda estava rápida, e começava a arrumar devagar sua gravata, que havua ficado torta pela corrida, e também por não ter sido bem feita da primeira vez.

Usava calça social de cor azulada, juntamente a uma blusa social branca, com a brasão de sua escola: gravata avermelhada, um blazer preto e sapatos também pretos. Uma roupa normal de colegial, mas para si, incrivelmente confortável. Havia regressado no terceiro ano a poucos meses, e se sentia sobrecarregado com toda matéria que lhe era passada, todo dia. Sinceramente, mal esperava para acabar e ter um descanso, mesmo que soubesse que seria a fez da faculdade, e com certeza, seria mais agitado ainda.

A única coisa fora do comum em seu visual eram os brincos, que jamais tirava, sendo uma tradição de família, driblando sempre que conseguia Tomioka Giyuu, coordenador que vive no seu pé por ser amigo de sua família – embora, no fundo, no fundo, fosse uma boa pessoa. Apenas não tão compreendida e difícil de lidar, pelo jeito mais frio e pouco convidativo. Jurava de pés juntos que ele era amigável, mesmo que não parece-se.

Pegou sua pasta, a colocando nos ombros, assim que ele terminou de se ajeitar, voltando sua atenção ao local. O clima, como já dito antes, estava fechado, e provavelmente choveria a qualquer momento, o que o fez se lembrar que esqueceu seu guarda-chuva em casa no meio de sua euforia em se arrumar rápido. Era um completo idiota por esquecer algo tão importante. Bateu na própria testa, murmurando algo inaudível. Já era tarde.

Enquanto rolava seus olhos pelas pessoas, com mais atenção, porém, fixou-se em uma garota em específico, que jamais tinha visto – talvez por pegar o ônibus mais cedo, e não ir nesse horário para o ponto – e que também, em sua opinião, esbanjava uma beleza que chamava atenção por onde ia, incluiu. Ela era linda, beirando a algo angelical. Tanjiro não era do tipo que repara nos outros, mas ali, no momento, não importava tanto. Só queria a admirar.

— Quem é ela? — sussurrou para si mesmo, vidrado naquele ser que radiava uma beleza que jamais tinha visto.

Também era colegial, pôde reparar. Usava saia e blusa social, preto e branco respectivamente, com meias três quartos preta e sapatos, além do blezer também preto. Os cabelos presos em um rabo-de-cavalo, com enfeites rosados que lembravam borboletas.

Ela era tão linda...

Mal reparou quando seu ônibus se aproximava, e rapidamente voltou a si, suspirando.

— Espero que ela não tenha reparado — disse em um murmúrio, vendo o ônibus para em sua frente. Esperou uma senhora passar em sua frente, e foi atrás, não reparando em algo crucial.

A garota também pegara o ônibus.




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...