1. Spirit Fanfics >
  2. A garota do Rio >
  3. Escondido é mais gostoso

História A garota do Rio - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Nada como sentir o frisson de ser pego a qualquer momento..

Capítulo 2 - Escondido é mais gostoso


Nos vestimos rapidamente e fui atender minhas amigas. Apresentei minha vizinha gostosa a elas e passamos a tarde conversando, assistindo filme, comendo petisco e eu em particular abusando da safada que não parava de me comer com os olhos. Passava a mão na sua coxa, alisava sua buceta por debaixo da almofada, roçava meu corpo no seu quando passava por ela, e minhas amigas intertidas no filme nem percebiam. Só de imaginar que ela estava ali com a buceta  gozada ainda e se molhando mais, e sua boquinha com gosto da minha buceta, me dava vontade de sentar e rebolar na cara dela.
Minhas amigas decidiram esticar e dormir na minha casa, tava doida pra fuder mais claro que não ia dispensa las, até porque tive uma idéia maravilhosa..

Larissa foi pra casa ao final da tarde, quando a deixei no portão, agradeci o almoço que ela trouxe e soltei ' amei a sobremesa' e toquei de leve na bucetinha desenhada naquele short safado. Ela sorriu e perguntou se queria que eu trouxesse o jantar também.

- Eu vou jantar você. ( respondi, olhando cheia de tesão)

Percebi seus olhos corresponderem cheios de desejo. E pedi pra ela ficar atenta que eu mandaria um sinal.

Jantei com minhas amigas e conversamos bastante, elas notaram o jeito como Larissa me olhava mas eu disfarcei. A meia noite todas ja estavam capotadas de sono e eu me revirando na cama pensando em fuder a boca daquela gostosa de novo. Foi ai que levantei e fui até o quintal, nossos muros eram colados um no outro, de tamanho médio, não seria difícil pular, mal terminei de pensar e vi a silhueta de uma mulher, era ela !!

-Larissa?!! ( perguntei surpresa)

Ela terminou de subir o muro e pulou ja sorrindo pra mim e indo na minha direção.

-Não tava aguentando mais, pensei em pular o muro e te chamar pela janela. ( disse me agarrando e apalpando minha bunda)

- Eu demorei pra te dar um sinal porque elas demoraram a dormir, então vim pro quintal e pensei em pular o muro, acho que estamos na mesma sintonia . Nossas bucetas se querem, eu to louca pra te dar como uma cachorra. 
Ela me puxou e me jogou na parede do quintal, longe da porta e da janela, alguém poderia sentir minha falta e me procurar. O canto que ficamos estava bem escuro, só o luar clareava um pouco, então depois de muitos beijos molhados e amassos ela tira meu short do pijama junto com a calcinha e me manda virar contra a parede:

-Vira a bundinha pra mim sua puta, eu vou te chupar e morder todinha.

- Então vem chupar sua putinha. ( disse virando imediatamente).

E ela fez com maestria, eu tinha que segurar os gemidos,  depois ela meteu sua língua na minha buceta, arrebitei bem o quadril e senti sua língua tesa e molhada entrando e saindo, quanto ela resvalou a língua por cima do meu grelo inchado não aguentei e gozei um mel grosso de tanto tesão que senti, ela chupava todo meu gozo e eu mal sai do orgasmo e já puxei ela pra cima de mim. A encostei na parede, abaixei suas calças e rocei minha buceta gozada na dela , abri bem suas pernas pra encostar meu grelo duro no seu, ela tava tão melada e quente , ficamos rebolando gostoso até sentir que ela tava chegando no ápice, seu grelo pulsante no meu, não aguentei e gozei de novo, ela estava ofegante, senti o tremor na sua perna, os olhos fechados e a boca entreaberta. Não deixei ela se recuperar, desci e botei seu gozo ,misturado ao meu, todo pra dentro, suguei tudo e escutei ela dizer:

-Fode minha buceta!! ( uma voz carregada de tesão)

Escutamos um barulho, alguém havia ido ao banheiro, e a luz da cozinha também estava acesa.
Não pensei duas vezes, nada iria me parar, como dizem escondido é mais gostoso, meti dois dedos e subi pra beija la, tapando assim sua boca, impedindo gemidos mais altos,  nossas linguas dançavam meladas de gozo enquanto meus dedos a penetravam com certa rapidez, a adrenalina de sermos pegas nos enchia de volúpia, mordi seu pescoço:

-Caraalho que gostosa da porra, goza pra mim vagabunda, enche minha mão de mel.

-Puta que pariu não para , eu vo gozaar..

Quando seu leite escorria pela minha mão, desci pra chupar seu grelo, ela me olhava ali embaixo e passava o dedo na própria buceta e depois na minha boca, me melando toda:

- Vai toma tudo.

Botei meus dedos melados do seu gozo na minha buceta, depois tirei, lambi e deu pra ela lamber também, ela estava estupefata com aquela atitude, entre as lambidas nos beijávamos, e o cheiro de sexo nos inebriava. As luzes da cozinha e do banheiro se apagaram e nós nem percebemos. Estávamos em volta de uma aura de desejo tão grande que esquecemos tudo ao redor e nos entregamos sem reservas.

Minha vizinha despertou um lado selvagem em mim e eu ensinei a ela muitos truques com a língua��. No final de tantas aventuras sexuais que tivemos, na praia, no shopping, em restaurantes, banheiros publicos, fila de espera no banco, no quintal, no corredor, na escada, no meio do mato, no carro, em festas, em todo cantinho de Fortaleza estava nossa marca. E por  fim acabamos na cama, abraçadas, suadas, extasiadas de prazer,  cama essa que não era minha nem dela, era NOSSA, estávamos morando juntas a um tempo:

- Amor não temos mais canto pra ir aqui em Fortaleza. ( ri safada ao falar)

-Eu sei de um canto com muitos lugares novos pra gente fuder, lá tem um morro de pedra enorme que as pessoas sobem pra ver o por do sol, seria lindo te fuder lá.

- É o que estou pensando?! ( perguntei ja sabendo a resposta)

-Rio de janeiro!!!! ( falamos em uníssono)  

Passamos as férias no Rio, fizemos amor, sexo, putaria em cada cantinho daquela belezura de lugar que me trouxe aquela puta vizinha gostosa do caralho.

 

 


Notas Finais


Fic feita para a minha Lari.
Viva seus 22 anos, viva sua beleza e seu encanto, seu jeito bobo e sua simplicidade, e viva por ter a oportunidade de te dar esse presente!! Parabens meu amor, a noite tem ein😏😉!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...