1. Spirit Fanfics >
  2. A Garota do Sorriso (Hyunjin - Stray Kids) >
  3. Capítulo 18 - I LOVE EVERYTHING IN YOU.

História A Garota do Sorriso (Hyunjin - Stray Kids) - Capítulo 18


Escrita por:


Notas do Autor


Oii meus pão de queijo turo bom??

Espero que gostem do capítulo.

Boa leitura s2 ♥️♥️♥️♥️

Capítulo 18 - Capítulo 18 - I LOVE EVERYTHING IN YOU.


Fanfic / Fanfiction A Garota do Sorriso (Hyunjin - Stray Kids) - Capítulo 18 - Capítulo 18 - I LOVE EVERYTHING IN YOU.


• Hyunjin on 

- Eu tô gostando de você

Essa foi a última coisa que eu ouvi antes de congeladar, Seungmin falou que gosta da S/n.

Eu só estava esperando ela falar que também gostava dele e eles se beijarem, mas para a minha surpresa não aconteceu isso.

S/n tava séria, eu nunca a vi tão séria, suas palavras saiam calmas mas duras.

Ela estava totalmente diferente ela não parecia a garota que roubou meu pirulito e saiu correndo, ou a que fez birra para eu passar a noite com ela, ela parecia mais madura.

Ela termina de falar com ele e vem até mim segurando minha mão e me puxando para sairmos ali.

Seu olhar estava distante ela estava pensativa ela andava ligeiro, eu paro em sua frente mas ela continua andando fazendo com que nossos corpos se chocassem e ela da um passo para trás.

- Pequena você tá bem?? - falo e me abaixo ficando na sua altura e analiso seu rosto para ver se ela vai chorar, mas não, seus olhos nem estavam lacrimejando

- Estou

- Vamos para praça?? - falo pois me lembro que ela me disse que naquele dia ela se acalmou lá; ela concorda

~~~~~~~~~< >~~~~~~~~~

Chegamos na praça e eu não sabia o que falar para reconforta-la então eu tive a ideia de levá-la em casa para eu desenha-la, talvez isso faça ela esquecer um pouco do que aconteceu.

~~~~~~~~~< >~~~~~~~~~

Estávamos na sacada e quando eu fui começar a fazer o retrato dela percebo que a mesma tava dormindo.

Pego o meu celular tiro uma foto dela e depois a pego no colo estilo noiva e a carrego até minha cama.

Quando fui me distanciar dela a mesma pega a minha mão me puxando e abraçando o meu antebraço, me deito de barriga para baixo ao seu lado e a olhando e com a minha outra mão livre tiro o cabelo do seu rosto e podendo ver melhor o biquinho que ela faz quando está dormindo que fica a coisa mais fofa que eu já pude ver nesse mundo.

~~~~~~~~~< >~~~~~~~~~

~~~~~~~~~< >~~~~~~~~~

Acho que já falei que o universo não gosta de mim neh??

Ele não gosta de mim ele me odeia só pode, sempre que eu tô quase beijando a S/n parece um ser para atrapalhar, ah eu desisto desse mundo.

E quem atrapalhou dessa vez foi meu pai juntamente com Felix.

- Estamos atrapalhando?? - Meu pai fala

- Sim está - falo o encarando tentando parecer calmo mas eu estava com raiva

- Trabalhando o que?? Vocês não são só amigos?? - Felix fala

- Eles não são namorados?? - meu pai pergunta confuso

- Sim, somos - falo me levantando e indo até eles - então se puderem nos dar licença

- Ah claro - meu pai fala e sai puxando o Felix para saírem dali e eu fecho a porta e dou suspiro e me viro para a S/n que me olhava surpresa e eu me aproximo da mesma me sentando na cama

- Porque falou que somos namorados?? - pergunta ainda me olhando surpresa

- Depois eu desminto era só para não encherem o saco

- Ah... Ok... Hyunjin já vou embora

- Que?? Vai me abandonar mesmo pequena?? - falo afinando um pouco a voz pois eu estava imitando ela e ela sorri

- Sim vou, mas eu não queria, acho que será melhor ficarmos pelo menos uma noite longe um do outro

- Já enjoou de mim??

- Claro que não, e que eu não irei me importar em atacar os seus lábios mesmo alguém nos olhando - fala e eu arregalo os olhos pelo o que ela falou 

- É sempre constrangedor essa situação neh?? - a pergunto e ela concorda com a cabeça - Ok... Eu irei lhe acompanhar até sua casa - falo e me levanto e vou até meu guarda roupa e pego duas blusas uma para mim e outra pra S/n, pois já escoreceu e está meio frio - toma, vai ficar meio grande mas neh...

- Tudo bem - ela fala sorrindo - vamos?? - ela pergunta perto da porta e eu concordo

~~~~~~~~~< >~~~~~~~~~

- Bom chegamos - falo assim que paramos em frente a casa da S/n 

- Obrigada, pelo desenho 

- Não precisa agradecer, eu gostei de desenhar você, você tem traços muitos bonitos - falo e a mesma me abraça e eu retribuo

- Obrigada, amanhã quero te levar em um lugar especial para mim - ela fala separando o abraço

- Está bem, que horas eu passo aqui?? 

- As duas, bom... Agora eu preciso entrar - ela fala e se aproxima de mim mas nem tanto - já que beijo na boca não rola vai na bochecha mesmo - fala e beija minha bochecha 

- As duas eu estarei aqui - falo e dou um sorriso e beijo sua testa - Eu também preciso ir, tchau pequena e durma bem 

- Eu irei, tchau - fala e vai até a porta de entrada e a abre e depois ela para de andar e se vira para mim e balança sua mão em forma de tchau e eu faço o mesmo e começo a andar em direção a minha casa

~~~~~~~~~< >~~~~~~~~~

Duas e dez, aish estou dez minutos atrasado... Toco a campainha da casa da S/n que logo a mesma abre a porta.

- Está atrasado Hyunjin - ela fala me olhando seria 

- Me desculpa eu acordei tarde hoje 

- Está bem, vamos?? - concordo e começamos a andar

- Aonde vamos?? - pergunto pois não sabia aonde estamos indo; pergunto e a mesma sorri

- Você fez a mesma pergunta de quando saímos pela primeira vez, pensei que já confiava em mim grandão 

- Eu confio, só estou curioso 

- Ok, vamos para o meu presente de 11 anos - ela fala e eu a olho confuso - um apartamento, fica no centro 

- Com 11 anos você ganhou um apartamento?? - pergunto surpreso

- É um apartamento diferente, meu pai que me deu de presente, não eu sei se já te falei mas meu pai morreu quando eu tinha 12 anos - ela fala e força um sorriso

- Oh sinto muito 

- Tudo bem 

Continuamos a andar e logo chegamos no centro e paramos enfrente a um prédio e logos o adentramos pegando o elevador e indo para o último andar.

- Oh quanto tempo - ela fala assim que abre a porta e ela entra e logo eu entro também e pude ver uma sala colorida, as cores variavam entre amarelo, rosa, azul e roxo - Fica à vontade - fala sorrindo 

- Aqui é bonito - falo admirando o local 

- Vem - fala pegando na minha mão e me levando para uma sala e fecha a porta, a sala tava totalmente escura mas logo ela se clarea revelando uma sala que no momento estava parecendo uma galáxia - o meu pai estudava o espaço e as galáxias, foi com ele que eu aprendi a adimirar o céu e as estrelas, um dia eu falei para o meu pai que queria ir para o espaço para conhecer as galáxias e com isso ele criou essa sala para mim - ela fala sorrindo e vai até um aparelho e o ligo o fazendo sair fumaça que batia nós nossos pés e logo ela liga o ar-condicionado deixando a sala mais gelada, aquilo tudo era muito lindo a sala estava mais em um tom roxo - meu pai também me deu isso - fala revelando um colar que tinha um coração que está tampado por sua blusa - eu não uso muito pois tenho medo de perder, meu pai me disse que esse colar representava o seu coração e que ele sempre seria meu - ela fala e vejo uma lágrima descendo pela sua bochecha e imediatamente vou seca-la 

- Não chora

- Não irei chorar apenas saiu involuntariamente, sinto falta do meu pai ele era muito presente na minha vida... Mas eu não te trouxe aqui para ficar lamentando ou lembrando de coisas triste... Bom tenho algo para te dar mas antes vou colocar uma música para esse momento ficar mas brega e clichê - ela fala dando risada e eu também dou

Ela coloca uma música calma a qual eu não conhecia e caminha até mim novamente.

- Está no modo aleatório então não me responsabilizo pelas músicas que você vai escutar - ela fala e eu dou risada - Bom me consede uma dança Senhor Hwang grandão Hyunjin - ela fala sorrindo e estica uma mão e a outra estava fechada eu apenas me aproximo dela pego em sua mão fazendo nosso corpos se aproximarem, suas mãos estavam em volta do meu pescoço e minhas mãos estavam em sua cintura e nos olhavamos  - Ah... Não consigo falar te olhando - ela sorri envergonhada, tiro umas das minhas mãos da sua cintura e levo até sua cabeça a empurrando levemente para que encostasse no meu peitoral e nos mexiamos de vagar 

- Pode falar, estou te ouvindo não se sinta envergonhada comigo - falo passando minha mão delicadamente pelo seu cabelo fazendo-o carinho

- Não sei por onde começar, Hyunjin, em tão pouco tempo você se tornou alguém muito especial para mim, passamos a maior parte do nosso tempo juntos, eu gosto de estar com você, gosto do seu sorriso, gosto de te chamar de grandão, gosto da sua presença, gosto quando faz carinho em meu cabelo, gosto de dormir junto com você abraçada, gosto sentir o calor dos seus dedos e da sua pela quando me toca, gosto dos seus abraços me faz sentir confortável e segura, gosto de estar assim, consigo ouvir seu coração posso ouvir seu coração acelerado  agora assim como o meu está, eu gosto de você Hyunjin e nesse momento meu coração está batendo por você - sua voz sai um pouco abafada por estar com a cabeça apoiada no meu peito, eu não sabia o que falar ou fazer só queria estar assim com ela para sempre, S/n me fazia me sentir especial gostava de estar com ela gostei de ouvir isso - Eu comprei isso na primeira vez que saímos, eu lhe disse que tinha ido ao banheiro mas eu fui na loja e comprei, eu fiquei fasinada por esse simples colar que apenas obtem uma lua e um sol, eu comprei sem saber para quem dar mas tinha uma certeza que queria dar a alguém que me fizesse sentir assim como você está me fazendo, bom então ele é todo seu - fala se afastando e me mostrando o colar que obtia uma lua e um sol, era simples mas lindo; ela se aproxima de mim novamente e envolve seus braços em volta do meu pescoço colocando o colar - ficou perfeito em você, vou explicar o significado, você é como o sol e a lua para mim, o sol ilumina o meu dia, me dando o conforto  do calor e me aquecendo, a lua é maior brilho da minha noite que vem acompanhadas das pequenas estrelas, as estrelas é como se fosse os momentos que passamos juntos, resumindo você é o que me ilumina me faz feliz me faz esquecer os meus problemas e me faz aproveitar cada momento, obrigada Hyunjin - a distância entre a gente já não era tão existente mais e eu só sorria, estava feliz, eu disse que o universo não gostava de mim e que até mesmo me odiava e vejo que não pois ele juntamente com destino, colocaram a S/n na minha vida me fazendo me sentir o cara mais sortudo e feliz do mundo por ter ela, por poder abraça-la - eu disse que seria meio clichê - ao falar isso uma risada sai da boca de ambos, nossas testas já estavam coladas 

- Não achei, eu adorei, eu adoro você, eu adoro tudo em você e adoro tudo o que você faz ou fala - falo baixo mas auditivel.

Depois que falo isso a distância entre a gente definitamente não existe mais...............


Continua....


Notas Finais


SERÁ NO PRÓXIMO CAPÍTULO O QUE VOCÊS TANTO QUEREM!!!!

Aí gente eu chorei muito escrevendo esse capítulo (sou sensível) então espero que tenham gostado.

Gente eu queria agradecer por tudo, pelo os comentários, pelos os favoritos.
Ultimamente eu não estou muito bem emocionante e fisicamente mas lendo o comentários de vocês eu fico muito feliz e me divirto e adoro os respondê-los.

Bom a fic também está chegando no fim, só tem mais alguns capítulos e logo acaba. E isso me deixa um pouco triste pois eu adoro escrevê-la, mas também tenho a minha outras fic's, e a do ChangBin logo postarei mas capítulos.

Desculpa qualquer coisa e erro.

Beijo seus gostosos 🥰😘♥️♥️♥️♥️♥️♥️♥️♥️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...