História A garota dos meus sonhos! - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Comedia, Drama, Romance
Visualizações 38
Palavras 1.313
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Demorei um pouquinho, mais esta ai mas um capítulo, espero que gostem!💓💓

Capítulo 6 - Vamos patinar no gelo!


Fanfic / Fanfiction A garota dos meus sonhos! - Capítulo 6 - Vamos patinar no gelo!

 Cheguei na Big Hit, e encontrei os meninos,que quando me viram sorriram.

-Hyung,você pediu ela em namoro? - perguntou o Tae todo animado,e os meninos me olharam em espectativas.
-‎Sim,pedi.- respondi com um sorriso que não consigui conter
-‎É e parece que ela aceitou,olha a cara dele - disse Jungkook apontando pra mim. Isso me deixou com um pouco de vergonha.
-‎Até que enfim,um de nós está namorando - disse Suga com os olhos fechados,típico dele.
-‎Quero namorar também- disse Jimin- estou ficando velho- nos sorrimos em conjunto.
-‎Eu não digo nada é de mim - disse Namjoon- já já fico de cabelos brancos.
-‎Ainda bem,que não fomos burros esse ano,e tiramos isso do contrato,se não fosse isso. O Jin não namoraria com a Brasileirinha. - Disse J-Hope, sentando torto no sofá,posição estranha essa.
-‎É,mais não a chame assim,o nome dela é...- antes de eu terminar o Suga completou
-‎É s/n. Já sabemos,Jin. Você diz o nome dela cinco em cinco minutos o dia e a noite toda.- eu apenas sorrir.
-‎É verdade. Ontem ele disse o nome dela dormindo - disse Tae rindo de mim.
-‎Ok,vou para o quarto, aqui só vão rir mais de mim. Mas o que posso fazer se o amor insisti em vir a mim - e fui para o quarto ainda escutando a risada deles.
-Melhor mesmo,se for dormir no nosso dormitório, tampe a boca. - Gritou o Tae.

      Tomei um banho quente e relaxante e vesti roupas compridas,estava muito frio. Com certeza amanhã vai está nevando. De repente esse frio me fez lembrar a s/n,será que ela está bem aquecida. Espero que sim,não quero que ela fique doente. Ela está sentindo muita vontade de sentir a neve,vou levar ela pra patinar se nevar amanhã. Deitei e me cobri,mais uma vez a cena do rosto dela sorrindo veio a minha mente.
-Boa noite,s/n. Durma bem meu amor...- disse baixinho e dormi.

      Acordei instantaneamente, como todas as manhãs, a manhã estava fria,mais eu estava muito feliz,para achar até o frio legalzinho.Olhei pela janela e vi a neve caindo suave,sorrir só de imaginar que s/n vai gostar muito. Fiz minhas higienes rápido e desci para a cozinha,onde se encontrava apenas o jungkook e Jimin.
-Acordou cedo - disse Jimin.
-‎Sempre acordo.
-‎Não quando é dia de folga - falou jungkook colocando três biscoitos de uma vez na boca.
-‎As vezes- falei fazendo o mesmo que ele.
-‎As vezes nada,isso é a s/n sendo seu despertador - disse Jimin sorrindo.
-‎Vocês não vão parar,ne? - perguntei colocando uns três ou quatro biscoitos na boca.
-‎Não,se acostume. Come devagar - disse Jungkook.
-‎Olha que esta mandando eu comer devagar,você está no mesmo nível, então não vem com essa.
-‎Verdade kookie,vocês dois são os comilões.- Jimin falou observando a gente comer rápido e muito. Eu terminei e me levantei.- Trás a s/n aqui! A gente quer conhecer ela. Só o Namjoon que a viu- falou Jimin.
-‎Querer trazê-la aqui eu quero, não sei se ela vai querer...
-‎Porque? Você falou mal da gente?- perguntou jungkook apontando um biscoito pra mim.
-‎Não... É que como vocês já sabem ela é cega. Talvez ela se sinta desconfortável,mais vou tentar. Tchau gente.
-‎Tchau - disse juntos - ela deve está dormindo ainda - disse o Jimin, mais saí mesmo assim. Abri a porta e uma enxurrada de vento que me fez estremecer de frio.

   Não demorou muito e já estava em frente da casa da s/n bateu na porta. S/n escutou batidas  na porta e já ia atender,mas seu pai apareceu.
   ‎-Pode deixar filha,eu abro. Provavelmente é o Jin.- disse ele.
   ‎-Tomara que seja ele mesmo,estou morrendo de saudades dele.
   ‎- Mais não faz nem vinte e quatro horas que se viram desde a última vez...
   ‎-É,mais parece um século.- eles sorriram e seu Fernando foi abrir a porta. Quando a abriu deu de cara com o Jin.
   ‎-Bom dia,Jin! - saudou ele.
   ‎-Bom dia,seu Fernando. A s/n já está acordada? - perguntou.
   ‎- Ah sim,ela já está. Pode entrar. S/n ta na sala.- Jin entrou rápido pra dentro,por causa do frio,mais também porque estava sentindo falta da s/n. Ele a abraçou.
   ‎-Senti sua falta- disse ele.
   ‎-Eu também. Você dormiu bem?- perguntou retribuindo o abraço.
   ‎-Dormir sim. E você meu amor?- ela respondeu com o rosto no peito do Jin.- O que você fez comigo? Porque me sinto tão bem com um serzinho tão pequenina como você? Eu te amo!- a respiração dele parou por um minuto e seu coração errou uma batido.
   ‎-O que disse?- perguntou ainda não acreditando.
   ‎-Eu disse que te amo!- repetiu ele.
   ‎-Ah Jin,eu também te amo, amo demais. Você nem imagina o quanto.- disse sem conseguir conter o sorriso.
   ‎- Sabia que está nevando?- perguntou, sabendo que ela ia gostar de saber.
   ‎-Está nevando? Nevando mesmo?
   ‎-Está sim bobinha. Vai colocar uma roupa mais quente para irmos lá fora dá um passeio. Coloque luvas e touca.
   ‎-Ta bom,amor. Espera,já eu volto. - antes de ir a seu quarto,foi no do seu Fernando. - Pai? O senhor está aqui?
   ‎-Estou sim,princesa. Algum problema? - perguntou já se aproximando.
   ‎-É que eu vou sair com o Jin... - ele sorriu da maneira como ela falou.
   ‎-Tudo bem,princesa. Pode ir. Você não é mais uma criança e sim uma moça vá e se divirta. Mais se ele tentar algo diferente,sabe? Tipo se ele tenta...
   ‎-Pai,bora parar por aqui mesmo,ta ficando estranho - s/n o interrompeu.- Vou me vesti. - disse e saiu indo para o quarto. Mesmo a s/n sendo cega,ela conseguia encontrar as coisas dela,principalmente roupa,que era uma coisa muito organizada. Ela não havia encontrado apenas o cachecol, mais deixou pra lá. Ela foi para a sala.
   ‎-Pronto.Terminei,vamos! - convidou ela,assim que entrou na sala e o Jin pegou na sua mão.
   ‎-só um minuto-disse ele abotoando o casaco dela- Porque nunca deixa ele fechado? -disse já terminando.
   ‎-Eu sempre me esqueço- falou sorrindo.
   ‎-Vamos,minha linda - disse jin
   ‎-Espera!- gritou seu Fernando do quarto,eles pararam rápido.
   ‎-Que foi pai?- disse um pouco preocupada, ele não era de ficar gritando.
   ‎-Seu cachecol - disse já colocando em volta do pescoço da s/n. S/n gostava desse cachecol, seu pai havia dito uma vez que ele tinha o cheiro da mãe dela.
   ‎-Obrigada pai,eu estava procurando.

Eles saíram de casa,Jin abriu a porta do carro para ela entrar em seguida colocou o sinto de segurança nela e aproveitou o momento e lhe deu um selinho. Ela sorriu assustada.
- Me assustou - disse com o sorriso nos lábios.
- ‎Perdão,mais não consegui evitar. Sabe onde estamos indo? - perguntou ele
- ‎Hum... Vamos patinar? -perguntou esperançosa.
- ‎Isso,acertou. Que bom que não esqueceu. Vamos patinar - disse ele já dirigindo.
- ‎Como ia me esquecer se sonhei com isso. - disse ela.ele sorriu.

Não demoraram e chegaram no lugar. E num piscar de olhos eles já estavam de patins próprio pro gelo.
-Vem,amor segure em mim- disse ele. Eles estavam já na pista,mais meio que não saíram do lugar.
-‎Ok... Eu ... Hã... Tou com medo - disse rindo e se movendo.
-‎Olha,você esta indo bem- disse ele acompanhando. Mais dois passoaye os dois caíram. Eles se seguravam um no outro,mais sempre caiam de novo. Passaram umas duas horas nisso,ele comeram e voltaram de novo. Os dois sorriam muito.
-‎Jin,sua risada,faz eu não conseguir parae de rir. Ela é contagiosa!
-‎A sua é que faz eu ficar assim. - disse e se aproximou dela enquando ainda estavam em pé, ele a beijou. Um beijo tão cheio de vontade. Eles se pararam assim que escutaram um barulho de câmera. Ela colocou o rosto no peito do Jin,ela não via,mais não era burra.
-‎E agora Jin? - perguntou ela nervosa. Jin olhou para os lados. Tinha umas pessoas olhando eles e uma delas havia tirado a foto. Ele estava preocupado apenas com a S/n...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...