História A garota dos meus sonhos! - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Comedia, Drama, Romance
Visualizações 9
Palavras 1.313
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Demorei um pouquinho, mais esta ai mas um capítulo, espero que gostem!💓💓

Capítulo 6 - Vamos patinar no gelo!


Fanfic / Fanfiction A garota dos meus sonhos! - Capítulo 6 - Vamos patinar no gelo!

 Cheguei na Big Hit, e encontrei os meninos,que quando me viram sorriram.

-Hyung,você pediu ela em namoro? - perguntou o Tae todo animado,e os meninos me olharam em espectativas.
-‎Sim,pedi.- respondi com um sorriso que não consigui conter
-‎É e parece que ela aceitou,olha a cara dele - disse Jungkook apontando pra mim. Isso me deixou com um pouco de vergonha.
-‎Até que enfim,um de nós está namorando - disse Suga com os olhos fechados,típico dele.
-‎Quero namorar também- disse Jimin- estou ficando velho- nos sorrimos em conjunto.
-‎Eu não digo nada é de mim - disse Namjoon- já já fico de cabelos brancos.
-‎Ainda bem,que não fomos burros esse ano,e tiramos isso do contrato,se não fosse isso. O Jin não namoraria com a Brasileirinha. - Disse J-Hope, sentando torto no sofá,posição estranha essa.
-‎É,mais não a chame assim,o nome dela é...- antes de eu terminar o Suga completou
-‎É s/n. Já sabemos,Jin. Você diz o nome dela cinco em cinco minutos o dia e a noite toda.- eu apenas sorrir.
-‎É verdade. Ontem ele disse o nome dela dormindo - disse Tae rindo de mim.
-‎Ok,vou para o quarto, aqui só vão rir mais de mim. Mas o que posso fazer se o amor insisti em vir a mim - e fui para o quarto ainda escutando a risada deles.
-Melhor mesmo,se for dormir no nosso dormitório, tampe a boca. - Gritou o Tae.

      Tomei um banho quente e relaxante e vesti roupas compridas,estava muito frio. Com certeza amanhã vai está nevando. De repente esse frio me fez lembrar a s/n,será que ela está bem aquecida. Espero que sim,não quero que ela fique doente. Ela está sentindo muita vontade de sentir a neve,vou levar ela pra patinar se nevar amanhã. Deitei e me cobri,mais uma vez a cena do rosto dela sorrindo veio a minha mente.
-Boa noite,s/n. Durma bem meu amor...- disse baixinho e dormi.

      Acordei instantaneamente, como todas as manhãs, a manhã estava fria,mais eu estava muito feliz,para achar até o frio legalzinho.Olhei pela janela e vi a neve caindo suave,sorrir só de imaginar que s/n vai gostar muito. Fiz minhas higienes rápido e desci para a cozinha,onde se encontrava apenas o jungkook e Jimin.
-Acordou cedo - disse Jimin.
-‎Sempre acordo.
-‎Não quando é dia de folga - falou jungkook colocando três biscoitos de uma vez na boca.
-‎As vezes- falei fazendo o mesmo que ele.
-‎As vezes nada,isso é a s/n sendo seu despertador - disse Jimin sorrindo.
-‎Vocês não vão parar,ne? - perguntei colocando uns três ou quatro biscoitos na boca.
-‎Não,se acostume. Come devagar - disse Jungkook.
-‎Olha que esta mandando eu comer devagar,você está no mesmo nível, então não vem com essa.
-‎Verdade kookie,vocês dois são os comilões.- Jimin falou observando a gente comer rápido e muito. Eu terminei e me levantei.- Trás a s/n aqui! A gente quer conhecer ela. Só o Namjoon que a viu- falou Jimin.
-‎Querer trazê-la aqui eu quero, não sei se ela vai querer...
-‎Porque? Você falou mal da gente?- perguntou jungkook apontando um biscoito pra mim.
-‎Não... É que como vocês já sabem ela é cega. Talvez ela se sinta desconfortável,mais vou tentar. Tchau gente.
-‎Tchau - disse juntos - ela deve está dormindo ainda - disse o Jimin, mais saí mesmo assim. Abri a porta e uma enxurrada de vento que me fez estremecer de frio.

   Não demorou muito e já estava em frente da casa da s/n bateu na porta. S/n escutou batidas  na porta e já ia atender,mas seu pai apareceu.
   ‎-Pode deixar filha,eu abro. Provavelmente é o Jin.- disse ele.
   ‎-Tomara que seja ele mesmo,estou morrendo de saudades dele.
   ‎- Mais não faz nem vinte e quatro horas que se viram desde a última vez...
   ‎-É,mais parece um século.- eles sorriram e seu Fernando foi abrir a porta. Quando a abriu deu de cara com o Jin.
   ‎-Bom dia,Jin! - saudou ele.
   ‎-Bom dia,seu Fernando. A s/n já está acordada? - perguntou.
   ‎- Ah sim,ela já está. Pode entrar. S/n ta na sala.- Jin entrou rápido pra dentro,por causa do frio,mais também porque estava sentindo falta da s/n. Ele a abraçou.
   ‎-Senti sua falta- disse ele.
   ‎-Eu também. Você dormiu bem?- perguntou retribuindo o abraço.
   ‎-Dormir sim. E você meu amor?- ela respondeu com o rosto no peito do Jin.- O que você fez comigo? Porque me sinto tão bem com um serzinho tão pequenina como você? Eu te amo!- a respiração dele parou por um minuto e seu coração errou uma batido.
   ‎-O que disse?- perguntou ainda não acreditando.
   ‎-Eu disse que te amo!- repetiu ele.
   ‎-Ah Jin,eu também te amo, amo demais. Você nem imagina o quanto.- disse sem conseguir conter o sorriso.
   ‎- Sabia que está nevando?- perguntou, sabendo que ela ia gostar de saber.
   ‎-Está nevando? Nevando mesmo?
   ‎-Está sim bobinha. Vai colocar uma roupa mais quente para irmos lá fora dá um passeio. Coloque luvas e touca.
   ‎-Ta bom,amor. Espera,já eu volto. - antes de ir a seu quarto,foi no do seu Fernando. - Pai? O senhor está aqui?
   ‎-Estou sim,princesa. Algum problema? - perguntou já se aproximando.
   ‎-É que eu vou sair com o Jin... - ele sorriu da maneira como ela falou.
   ‎-Tudo bem,princesa. Pode ir. Você não é mais uma criança e sim uma moça vá e se divirta. Mais se ele tentar algo diferente,sabe? Tipo se ele tenta...
   ‎-Pai,bora parar por aqui mesmo,ta ficando estranho - s/n o interrompeu.- Vou me vesti. - disse e saiu indo para o quarto. Mesmo a s/n sendo cega,ela conseguia encontrar as coisas dela,principalmente roupa,que era uma coisa muito organizada. Ela não havia encontrado apenas o cachecol, mais deixou pra lá. Ela foi para a sala.
   ‎-Pronto.Terminei,vamos! - convidou ela,assim que entrou na sala e o Jin pegou na sua mão.
   ‎-só um minuto-disse ele abotoando o casaco dela- Porque nunca deixa ele fechado? -disse já terminando.
   ‎-Eu sempre me esqueço- falou sorrindo.
   ‎-Vamos,minha linda - disse jin
   ‎-Espera!- gritou seu Fernando do quarto,eles pararam rápido.
   ‎-Que foi pai?- disse um pouco preocupada, ele não era de ficar gritando.
   ‎-Seu cachecol - disse já colocando em volta do pescoço da s/n. S/n gostava desse cachecol, seu pai havia dito uma vez que ele tinha o cheiro da mãe dela.
   ‎-Obrigada pai,eu estava procurando.

Eles saíram de casa,Jin abriu a porta do carro para ela entrar em seguida colocou o sinto de segurança nela e aproveitou o momento e lhe deu um selinho. Ela sorriu assustada.
- Me assustou - disse com o sorriso nos lábios.
- ‎Perdão,mais não consegui evitar. Sabe onde estamos indo? - perguntou ele
- ‎Hum... Vamos patinar? -perguntou esperançosa.
- ‎Isso,acertou. Que bom que não esqueceu. Vamos patinar - disse ele já dirigindo.
- ‎Como ia me esquecer se sonhei com isso. - disse ela.ele sorriu.

Não demoraram e chegaram no lugar. E num piscar de olhos eles já estavam de patins próprio pro gelo.
-Vem,amor segure em mim- disse ele. Eles estavam já na pista,mais meio que não saíram do lugar.
-‎Ok... Eu ... Hã... Tou com medo - disse rindo e se movendo.
-‎Olha,você esta indo bem- disse ele acompanhando. Mais dois passoaye os dois caíram. Eles se seguravam um no outro,mais sempre caiam de novo. Passaram umas duas horas nisso,ele comeram e voltaram de novo. Os dois sorriam muito.
-‎Jin,sua risada,faz eu não conseguir parae de rir. Ela é contagiosa!
-‎A sua é que faz eu ficar assim. - disse e se aproximou dela enquando ainda estavam em pé, ele a beijou. Um beijo tão cheio de vontade. Eles se pararam assim que escutaram um barulho de câmera. Ela colocou o rosto no peito do Jin,ela não via,mais não era burra.
-‎E agora Jin? - perguntou ela nervosa. Jin olhou para os lados. Tinha umas pessoas olhando eles e uma delas havia tirado a foto. Ele estava preocupado apenas com a S/n...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...