História A Garota Dos Olhos Puros Park Jimin - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bangtan Boys (BTS), Jimin, Romance, Suspense
Visualizações 8
Palavras 1.264
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Mistério, Violência
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 3 - Amizade a primeira vista


Fanfic / Fanfiction A Garota Dos Olhos Puros Park Jimin - Capítulo 3 - Amizade a primeira vista

Jimin se aproxima mais um passo deixando nossos rostos a só alguns centímetros de distância,passa a mão em minha cintura colando nossos corpos mas do que já estavam.

Mas o que ele pensa que ta fazendo, se ele acha que eu sou uma das suas putinhas,ele tá muito enganado.

Quando nossos lábios estavam prestes a tocar dou um chute bem dado no dele amiguinho o fazendo cair no chão de tanta dor e ficar se contorcendo no chão.

Jimin ainda no chão diz:

Jimin: po-por que fe-fez i-isso?

Diz gemendo de dor e pressionando seu amiguinho com a mãe em uma tentativa falha de amenizar a dor.

Eu: Para te mostrar que eu não sou uma das suas putinhas.

Jimin: Mas não precisava fazer isso,doeu muito!

Eu: Que bom era pra doer mesmo!

Jimin se levanta com dificuldade por conta da dor e diz:

Jimin: Tá a gente se vê amanhã.

Falta ainda com uma expressão de dor em seu rosto.

Eu: Ahhhh, nem me lembre disso.

Jimin: tarde demais,kkkk thau Mihoo.

Fala com um sorriso sapeca em seu rosto mesmo ainda sentindo muita dor.

Eu: Thau jimin até amanhã .... infelizmente.

Digo desanimada e logo em seguida soltando um longo suspiro.

O sinal toca e logo um grande sorriso nace e meu delicado rosto, já é a hora de ir embora eu atravesso o corredor entro na minha sala,guardo minhas coisas, pego minha mochila e vou em direção ao portão da escola que da acesso a saída.

Entro no carro e o meu motorista me leva para casa.

Chegando lá vejo minha mãe e um Senhor bem velho acompanhado de uma garota e um garoto que aparentam ter a minha idade.

S/m: Mihoo querida você chegou!

Diz vindo em minha direção com um sorriso em seu belo rosto.

Eu: Oi mãe.

Digo e em seguida me curvo delicadamente.

S/m: Senhor Kim essa é minha filha Heo Mihoo, Mihoo esse é o senhor Kim.

Eu me curvo novamente.

Sr Kim: Muito prazer em te conhecer Mihoo e esses dois são meus filhos Mia e Mark.

Mia: Oi Mihoo muito prazer em te conhecer espero que possamos ficar muito amigas.

Fala com com grande sorriso amigável no rosto.

Mark: Olá Mihoo prazer em te conhecer.

Fala vindo lentamente em minha direção e dando um delicado beijo na minha mão.

S/m: Me desculpe Sr Kim a Mihoo não é muito de falar.

Sr Kim: tudo bem eu a entendo depois de uma perda tão grande como a de seu pai as pessoas ficam assim.

S/m: Verdade eu e a Mi ficamos muito abaladas.

Depois da minha mãe falar aquilo fiquei com nojo dela ela falava aquilo como se o papai não tivesse sido nada pra ela.

Depois de alguns minutos escutando a conversa super tediosa deles dois,resolvi subir para o meu quarto para tomar um banho pois mesmo que tivesse me limpado ainda estava toda cheia de suco de morango.

Mas quando eu estava prestes a subir no meu quarto Mark me impede segurando em meu pulso com uma certa delicadeza,e logo me puxa para a cozinha.

Mark: Mihoo esse lugar tá um tédio o que acha da gente da uma volta em?

Eu: Tá bom só vou tomar um banho e me trocar me espera no jardim ok?.

Ele assente com a cabeça.

Subo pro meu quarto tomo um banho de mais ou menos seis minutos e rapidamente troco o uniforme por uma roupa mais legal.

[Subo pro meu quarto tomo um banho de mais ou menos seis minutos e rapidamente troco o uniforme por uma roupa mais legal]        


Eu saio pela porta dos fundos e encontro Mark sentado calmamente em um dos bancos do gigante jardim.

Chego silenciosamente e me sento ao seu lado,ele primeiramente não percebe a minha presença então finjo uma tosse para ele notar a minha presença.

Eu: Coff coff.

Ele rapidamente se vira com uma cara de surpreso e me observa de cima a baixo.

Mark: Uhhh como esta bonita.

Ele diz com um sorriso malicioso presente em seu rosto.

Eu: deixa de ser bobo Mark.

Digo direcionado meu olhar para o chão,e sentindo minhas bochechas ficarem quentes de envergonha.

Mark: Sabe eu pensei em ir na sorveteria.

Eu: Fazer o que lá?

Digo elevando meu olhar a o seu rosto.

Mark: Tomar sorvete né Mihoo!!

Diz Mark óbvio me fazendo dar uma pequena risada.

Eu: Tá bom.

Eu e Mark caminhamos em direção da sorveteria que por acaso não era tão longe,então chegando lá nos sentamos em uma mesa do lado de fora da sorveteria

Alguns minutos depois a atendente chega e pergunta o que vamos querer.

Mark pede sorvete de creme e eu o meu favorito,sorvete de chocolate.

Nossos pedidos chegam e nos começarmos a desfrutar dos nossos sorvetes enquanto conversávamos sobre assuntos aleatórios.

Ficamos conversando até o sol se por,preciso admitir que eu e ele ficamos bem amigos,Mark e um cara muito legal e gentil.

Mas já estava ficando tarde e precisaríamos ir pois nossos pais já deveriam estar preocupados.

Mark: Mi já tá ficando tarde e melhor nós irmos.

Eu: Também acho.

Mark pagou a conta e quando estávamos saindo da sorveteria começou a chover,nossa como eu sou sortuda.

Eu: A não é sério mesmo?

Digo indignada e Mark ri.

Mark: Que sorte a nossa hein!!!

Mark diz e nos dois damos risada.

Eu: Vamos logo antes que a chuva piore.

Mark: Que tal apostarmos corrida???

Eu: Ok.

Mark: Quando eu contar a três vamos sair em disparada ok?

Eu: Certo.

Digo já me preparando para correr quando Mark terminar a contagem.

Mark: 1,2..

Eu: 3!!!

Interrompo Mark e termino a contagem e saio na frente do Mesmo,a única coisa que escutava era Mark reclamando e dizendo que não valeu.

Eu chego primeiro vencendo a corrida.

Eu: Eeeeee eu venci!!!

Digo dando pulinhos de alegria,e logo em seguida Mark chega aparentando estar cansado.

Mark: não valeu você trapaceou!!!

Eu: não trapacei não!!! Você que e muito devagar!!!

Mark: Ok, ok desisto você ganhou...

Eu: Mas é o meu prêmio?!?

Mark: que prêmio??

Eu: Eu ganhei!!! E quando uma pessoa ganha ela recebe um prêmio!!!!

Mark coloca mão no queixo parecendo pensar e então fala:

Mark: Já sei o que vai ser o seu prêmio!!

Eu: O que!?!?

Pergunto curiosa e ele da uma risadinha.

Mark: Isso!!!

Mark da alguns passos acabando com o espaço que existia entre nós dois e em seguida colando seus lábios nos meus em um beijo calmo.

Nossos lábios estavam gelados por conta da chuva mas seus toques deixavam tudo mais quente.

Ele pede passagem da língua e eu cedo, sua língua dançava em perfeita sincronia com a minha,suas mãos percorriam meu corpo me fazendo arrepiar a cada toque,nos separamos somente quando nossos pulmões estavam implorando por ar.

Depois que nos separamos eu o olho completamente surpresa.

Eu: o-que foi i-isso???

Mark: Me desculpe Mi.

Eu: Todo bem não precisa se desculpar.

Digo levando meu olhar para o chão envergonhada.

Mark da um pequeno sorriso e entra pra dentro de casa,quando eu estava prestes a me virar para entrar,sinto que tem alguém me observando me viro e vejo uma silhueta no meio da chuva então percebo que aquela silhueta e a de jimin.

E o fico encarando até ele desaparecer na chuva,e fico sozinha com meus pensamentos,depois de alguns minutos resolvo entrar,mais uma pergunta ainda permanece na minha mente:Por que ele tava aqui???

[E o fico encarando até ele desaparecer na chuva,e fico sozinha com meus pensamentos,depois de alguns minutos resolvo entrar,mais uma pergunta ainda permanece na minha mente:Por que ele tava aqui???]

 

 


Notas Finais


<3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...