1. Spirit Fanfics >
  2. A garota dos olhos vermelhos >
  3. Sua nova vida

História A garota dos olhos vermelhos - Capítulo 2


Escrita por: _Morceguinha123

Notas do Autor


Oie mais um capítulo espero que gostem ^^ Boa leitura!

Capítulo 2 - Sua nova vida


Fanfic / Fanfiction A garota dos olhos vermelhos - Capítulo 2 - Sua nova vida


---- Olhe o que aconteceu...

---- Não imaginava que acontece isso.

---- O que ouve com a criança?

Estes eram os boatos por todo o vilarejo de Hage sobre a morte repentina de Anna e do desaparecimento de sua filha.

Eles estavam sobre os escombros da casa procurando por quem sabe a criança viva ou morta.

Seus olhos azuis investigavam toda a área e seu coração lutando com a pequena esperança de que a criança ainda estivesse viva.

Quando seu olhar bate em um certo canto,uma pequena caixa branca que não havia sido queimada.

Perplexa Lili desceu de sua vassoura caminhando até a caixa,avia algo escrito logo na tampa.




De Emi.




Surpresa usou magia para pegar aquele artefato,subiu em sua vassoura voando para longe. Irmã Lili pode sentir falta de ar e sufoco vindo daquela caixa,isso realmente não era normal.

O padre orava pela alma de Anna e também pela alma de sua filha ainda desaparecida,na quietude do lugar derrepente ouvi passos de alguém entrar na igreja,preferiu deixar tudo como estava voltando a orar.

Passou -se minutos em silêncio até que ao terminar suas orações,virou -se para o alguém sentado nos bancos:

----- No que posso ajudar... - Levou um baque dando de cara com a criança,suja de sangue,ali chorando,o padre nada disse apenas caminhou até ela sentando-se ao lado ---- O que posso dizer... realmente sinto muito.

---- Por que padre? Por que Deus a tirou de mim? - Sua voz era rouca e baixa:

---- Mesmo Deus tem seus segredos e decisões.

---- Ele me deixou sozinha.... por que?...

Tudo voltou ao silêncio apenas ouvia os soluços da menina,o padre a abraçou delicadamente,chorou:

---- Tudo vai ficar bem,eu sinto sua dor,perdi uma grande amiga. - Soltou-se limpando suas lágrimas ---- Cuidarei da esperança de Anna,você Emi. - A criança olhava para o homem séria ---- Nunca falta mais um lugarzinho em nossa igreja.

---- Vou morar aqui? - O padre deposita a mão sobre a cabeça de Emi:

---- Se quiser Emi,seja bem vinda a nossa família.

Os olhos vermelhos de Emi brilharam em talvez teria uma família mesmo no momento de dor.

---- Padre! - Na saída da igreja ouve -se a irmã Lili chamar pelo padre que deixando Emi ali se dirigiu até ela:

---- O que foi? - Disse reparando na caixa branca que Lili trouxe:

---- Leia padre. - Ela apontou para o que estava escrito na tampa "de Emi" pode sentir a pressão que a caixa mostrava,virou -se olhando para Emi na igreja:

---- O que faremos padre?

---- Não daremos isso a uma criança,se eu estiver certo isso é sufocante,cuidaremos disto até ela crescer,guarde no porão da igreja.

---- Hai.





A noite...




---- Ela é Emi,sejam respeitosos pois perdeu a mãe. - Apresentava a irmã Lili,Emi:

---- Emi! - Yuno correu até ela ---- Você está bem? - Foi direto,Emi tinha tomado um banho e trocado de roupas:

---- Estou bem. - Ela sorriu de leve,Yuno corou fazendo a irmã rir e Emi não tinha entendido.

Sentado de cara amarrada encarou Emi que sorriu,Asta virou a cabeça corando fortemente.

Droga droga!

---- Asta venha cumprimentar sua nova amiga. - Lili pediu,mas o garoto nada ---- Por favor?

---- Hai irmã Lili. - Os olhos do menino brilharam obedecendo a freira,caminhou até Emi:

---- Oi.

---- Oi Asta. - Emi disse delicada percebendo que o garoto não a encarava nos olhos,por que será?







᱒.❀ ꪡᥱᥣᥴ᥆ᥖᥱ .䖆🉇̷

5 anos depois...

᱒.❀ ꪡᥱᥣᥴ᥆ᥖᥱ .䖆🉇̷






---- Por favor! Case-se comigo!?

---- Asta...

Asta foi acertado pela magia da freira por incomoda-la,Yuno foi até ela pegando as roupas para secar com sua magia de vento,ignorado Asta gritando consigo feito um doido.

Ela estava na floresta segurando uma foice,de olhos fechados mantinha calma escutando os barulhos na floresta,sentindo cada folha cada galho caindo no chão.

A fúria de um javali em sua direção a fez abrir os olhos,e usado a foice matou aquele animal facilmente.

Sacudiu a arma sorrindo por conseguir carne para o jantar.

Emi avia crescido,agora com 15 anos estava ainda mais linda com seus cabelos negros cumpridos olhos vermelhos e pele branca,Emi despojava uma cintura fina e seios fartos.

Após tudo fez uma grande fogueira,assou a carne,cortando em pedaços voltou a igreja. Ao chegar entrou vendo o garoto bem em frente:

---- Trouxe carne. - Avisou chamando pela atenção de Yuno,o mesmo virou -se para ela ao escutar sua doce voz:

---- Arigato Emi. - Yuno pegou um pedaço da carne começando a comer sendo vigiado pela garota:

---- Emi trouxe carne!!

---- Eba! - As crianças órfãos entraram a pressas na igreja em direção de Emi:

---- Emi-chan! É super legal como o Yuno-nii

---- Emi-chan deveria se casar com Yuno.

Emi corou junto a Yuno os dois se encararam após a criança ali dizer isto,Yuno não pode segurar o sorriso de canto Emi desviou o olhar para porta da igreja.

Vendo os olhos profundos a encarar,sumiu mais uma vez a deixando incomodada pois seu olhar era de raiva.







᱒.❀ ꪡᥱᥣᥴ᥆ᥖᥱ .䖆🉇̷

To be continued...

᱒.❀ ꪡᥱᥣᥴ᥆ᥖᥱ .䖆🉇̷



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...