História A garota dos pulsos cortados.- imagine J-Hope - Jung Hoseok. - Capítulo 49


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Auto-mutilação, Depressão, Imagine Bts, Imagine Hoseok, Imagine J-hope, Jung Hoseok, Romance
Visualizações 758
Palavras 1.137
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Fluffy, Hentai, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá! Voltei! 💜

Capítulo 49 - "Tô com fome!"


Fanfic / Fanfiction A garota dos pulsos cortados.- imagine J-Hope - Jung Hoseok. - Capítulo 49 - "Tô com fome!"


S /n on...


Seungyoun se separou do Abraço que nos envolvia, me olhou com certo susto no olhar e começou a falar:

- Você me adotaria? Um garoto tão idiota como eu?

- Você não é idiota, e sim eu te adotaria, você é um menino muito legal mesmo que tenha acabado de te conhecer já acho isso.- Ele sorriu.

- Sim eu gostaria de ser adotado S/n.- Disse  sorrindo ainda mais.

- Ótimo! Hobi! - Chamei Hoseok que logo veio até mim.

- Fala meu amor.

- Encontrei nosso novo filho! - Falei batendo palminhas o que tirou alguns risos de Seungyoun. Hobi sorriu olhando para Seung e logo lhe abraçou.

- Bom...Então temos que cuidar de todos os papéis e falar com aquela senhora que nos trouxe.- Assenti em concordância.

- Claro! Bom... O nome dele é Seungyoun!  Ele não é adorável?! - minha fala fez Seung corar e sorrir sem graça.

- Sim!  

- Bom, nós vamos ter que ir agora Seungyoun, mas eu volto amanhã ok?! Depois do trabalho eu volto com o Hoseok, aliás, se conseguirmos sua guarda, você vai ter um irmãozinho ou irmãzinha. - Seung pareceu Feliz.

- Você está grávida? - Perguntou pendendo a cabeça para o lado e fazendo uma cara de interrogação.

Tão fofo que tive que me conter para não apertar suas bochechas.


- Sim! - Falei sorridente.- e...Sobre você estar triste,assim conseguirmos sua guarda isso vai passar rapidinho você vai ver, Hoseok consegue fazer qualquer um sorrir em qualquer situação.- Ele sorriu olhando para Hoseok que pelo grito também estava empolgado com a idéia de ter um filho.

- Você gosta de dançar?! - Perguntou tão animado que arrancou risos de mim e de Seungyoun.

- Sim, gosto, dancar é  divertido!

- Nós vamos dançar juntos,ir ao parque, ao cinema, a praia, vamos…

- Calma Hoseok! - o interrompo rindo do seu entusiasmo.

Hoseok apenas dava pulinhos enquanto Seungyoun apenas ria de mim e de Hoseok, era uma risada tão gostosa de se ouvir! Dava vontade de morder suas bochechas de tão fofo.

- Vocês são muito engraçados! - Neste momento Jimin e Jungkook chegaram no quarto com Yugyeom e Mark, que começaram a se despedir dos amigos do orfanato.

Jimin e Jungkook se aproximaram de nós enquanto aquela senhora de antes, observa tudo controlando ao máximo as crianças chorosas pela partida de Mark e Yugyeom.

- Oi!-  Falou Jimin para todos nós que o cumprimentamos. - Vão adotar também?! - Perguntou apontando para Seung e eu assenti, tirando um sorriso largo e de Jimin que trocou algumas palavras com o garoto tímido.

- Então... A gente se vê amanhã!- Dei um beijo na testa do menino que sorriu para mim.

-Até amanhã senhor e senhora felicidade! - brincou Seungyoun acenando para nós.



* Três meses depois *


- S/n, Vamos logo! Temos que buscar Seungyoun na escola! - Falou entrando no quarto.

- Você fale baixo comigo senhor Jung Hoseok!

- Desculpa. - Falou me abraçando-me dando um selar em meu pescoço.

- Tá, tá, vamos logo! - Falei pegando minha bolsa e logo saímos de casa.

Sim, nós mudamos pra uma casa, finalmente nos livramos dos gemidos/gritos/urros de Jin e Namjoon, que faziam questão de jogar na nossa cara que eles podiam transar de boa porque não tem como Jin ficar grávido.

Confesso que o sexo faz falta sim, principalmente se o seu marido for Jung Hoseok! Mas fico feliz em esperar o tempo que for por meu filho ou filha.

Hoseok está ansioso porque hoje será a ultrassom para saber o sobre o sexo do bebê,já estou com três meses, a da Nawany foi mês passado, eles vão ter um menino. Falando nela, vou falar um pouco sobre como ela está também, ela já está com uns cinco meses e ainda estão no apartamento, mas logo querem sair, ninguém aguenta esses gemidos e gritos quase todos os dias! Eles já estão dando entrada em uma casa, que por sorte, vai ser bem na frente da minha! Ótimo, vou ter que aturar uma Nawany na minha porta todo dia reclamando que o Tae não deixa ela comer a esponja da cozinha!

- Seung está tão ansioso quanto eu! - Falou enquanto dirigia nosso carro. - Ele estava tão saltitante quanto eu hoje de manhã, quando fui o levar para a escola. - Eu ri de seu comentário.

- Eu tô com fome! - Falei acariciando minha barriga e ele riu de mim.

- Você não tá comendo por dois não, tá comendo por 10!

- Aish! Para naquela padaria pra eu comprar alguma coisa pra eu comer! - Falei com um bico ainda acariciando minha barriga.

 - Não, se não vamos nos atrasar para buscar Seung.

- Aish! Eu tô com fome! - Ele parou na frente da escola e logo vimos um Seungyoun todo lindinho com seu uniforme e sorri ao nos ver, vem correndo até o carro se despedindo de seus amigos junto com Yugyeom e Mark que esperavam Jimin e Jungkook, sempre damos uma carona pra eles e hoje não foi diferente, avisei Jimin que os levaria até em casa (como sempre) e ele agradeceu dizendo que se atrasaria se tivesse que buscá-los, seu relógio não tinha tocado para o acordar. Mas... Eu acho que tem um dedo de Jeon Jungkook nesse atraso, principalmente por ele estar com a respiração toda descompassada e gaguejando.

- Jimin, Jimin... Seu safado! Divirtam - se! - Conheço ele o suficiente para saber que ele deve ter corado intensamente depois disso, mas desliguei antes de ele falar qualquer coisa.

- Omma Jimin está trabalhando? - Pergunta Mark.

- Não querido, ele se atrasou por causa do relógio que não despertou.

- Fala a verdade, que eles estavam se comendo!

- Hoseok!  - Gritei lhe desferindo um tapa estalado na nuca.

- Aí!  Eles não são santos não!  Sabem muito bem o que é sexo!

- Sabendo ou não não tem que ficar espalhando a intimidade dos outros! - Falei cruzando os braços -Agora para logo em uma padaria antes que eu te de um tapa tão forte que você vai fazer uma visitinha pros meus pais no Brasil!  - os meninos riram enquanto Hobi estacionava o carro, me  deixou cuidando das crianças e foi comprar minha comida.

- Não precisa esconder de nós tia,as vezes eu e Yugy escutamos omma e Appa gemendo. - Disse Mark.

- Uma vez escutei omma dizendo para appa kook que ele deveria fode-lo mais rápido! - Fala Yugyeom.

- Ai meu Deus qual vai ser o futuro de vocês?!

-  ainda bem que vocês não estão fazendo essas coisas, assim não escuto nada!

Essas crianças realmente me surpreendem.



- Obrigada por trazê - los amiga. - Me abraçou forte. Quando chegamos a sua casa, mas logo voltamos nosso caminho com  Seung enquanto eu e o mesmo comíamos aquele monte de doces e as vezes Seungyoun “falava” com seu irmão ou irmãzinha, e agora?! Será menino ou menina?!






Continua?







Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...