1. Spirit Fanfics >
  2. A garota marcada (Jungkook) - BTS >
  3. Jantar com Jeon

História A garota marcada (Jungkook) - BTS - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


Ooi ooi boa tarde, boa noite ou bom dia hihihihi ... 💜💜

Trouxe mais um capítulo da minha história, espero que gostem ❤


Boa leitura 📖 🤓

Capítulo 4 - Jantar com Jeon


Fanfic / Fanfiction A garota marcada (Jungkook) - BTS - Capítulo 4 - Jantar com Jeon


                         Jk On

Entrei com o carro na garagem de casa, estacionei o mesmo, e olhei pro banco passageiro e vi a Sn dormi como um anjo, deve estar exausta fisicamente e psicólogicamente.

Desci do carro, dei a volta no mesmo e peguei a Sn no colo, fechei a porta e entrei em casa.

— Samira ? - gritei pela empregada da casa.

Samira apareceu enxugando suas mãos em um pequeno pano.

— Sim sr ! - disse se curvando.

— Preparou o quarto que lhe pedi mais cedo ?

— Sim sr Jeon - assentiu — Troquei lençóis, tirei o pó e organizei as roupas que encomendou para a moça - ditou e eu assenti.

— Ótimo ! - indiretei Sn em meu colo e subi as escadas indo até aonde seria o quarto da mesma.

Ao chegar na porta empurro com meu pé e entro no quarto, com a bela mulher que durmia tranquilamente em meus braços.

Me aproximei da cama e a pus deitada e a cobri com o edredom rosa e fofo.

Alisei seu rosto e tomei a liberdade de selar sua testa antes de me afastar.

                          (...)

Desci as escadas e fui dar algumas instruções sobre os cuidados com a Sn para a Samira.

— Sim sr, entendi tudo perfeitamente - assentiu — Pode servir o jantar ? - perguntou e eu neguei com a cabeça.

— A Sn, ainda está dormindo e eu irei tomar um banho - afirmei e subi as escadas — Ah, antes que eu me esqueça, você pode ajudar a Sn tomar banho ? - perguntei e a mesma assentiu — Obrigado.

                        Sn On

Acordei em um quarto enorme e muito aconchegante ao mesmo tempo, era claro com cortinas no tom de azul pastel, trazendo paz e cor pro ambiente.

Me arrastei até encostar minhas costas na cabeceira da cama e fitei o teto enquanto brincava com meus dedos.

Ouvi o barulho da porta ser aberta e vi uma mulher que aparentava ter uns 40 anos entrar.

— Senhorita S/n, o senhor Jeon me pediu para te ajudar com o banho, sou a Samira - sorriu e eu retribui sorrindo.

Ela se aproximou e abriu um enorme guarda roupa e pegou um conjunto de pijama e um conjunto de lingerie.

Observei cada movimento seu, a senhora era muito ágio. Mais o que mais me deixava encabulada, era saber se será sempre assim, esses cuidados, parece que sou uma inválida, não sendo mal agradecida, mas é muito desconfortante alguém desconhecido te dar banho.

— Eu sei que deve ser um grande desconforto, alguém fica invadindo a sua intimidade - exclamou a senhora pegando uma toalha branca no guarda roupa — Mais será só até você se sentir melhor - sorriu e eu assenti.

— Não quero ser mal agradecida com o Jeon, mais acho desnecessário tudo isso - falei e a senhora gargalhou — O que foi ? - perguntei confusa.

— Você realmente não conhece o sr Jeon - riu negando com a cabeça indo até o banheiro.

Me levantei e fui até a senhora que já estava ligando a banheira, e eu nem sabia que tinha banheira.

— Uau, tem uma banheira aqui - falei encantada olhando pra mesma.

A senhora se pois a rir de novo e eu a olhei confusa.

— Consegui tirar suas roupas ? - perguntou a senhora parando de rir.

— Sim ! - sorri balançando a cabeça — Poderia me dar licença, só pra tirar a roupa ? - exclamei com receio e Samira assentiu saindo do banheiro.

Suspirei aliviada por não ter que ficar nua na frente de mais um desconhecido. Comecei a me despi com cuidado, depois tirei as faixas e os gaze das feridas.

Já nua, me aproximei da banheira e coloquei uma perna de cada vez.

Me abaixei e senti meu corpo relaxar com o contato da água morna, suspirei fechando os olhos, mais minha paz foi interrompida com a voz da senhora.

— Sn ? - uma voz abafada do outro lado da porta.

— Oi Samira, pode entrar - olhei pra porta e vi a mesma abrir e entrar.

— Desculpa, mais são ordens do sr Jeon - se aproximou e pegou a buxinha de banho — Você está bastante machucada - disse lavando minhas costas — Sn ?

— Hum.... - murmurei de olhos fechado aproveitando a água.

— O que você é do sr Jeon ? - perguntou ela me fazendo abri os olhos.

Levei o olhar até ela, e pensei em uma boa resposta, porém nada vinha.

— Sn ? - estalou seu dedo diante dos meus olhos — Fiz mal em perguntar ?

— Não.... nós somos... só... amigos, eu acho - sorri sem graça.

— Entendi, achei que eram mais que isso - disse a senhora pegando o shampoo — Uma pena, isso significa que ele ainda tá com a interesseira da Hana - suspirou ensabuando meu cabelo.

Hana ? Então o meu anjo protetor tá em um relacionamento ?Porque será que isso está me incomodando ? Somos só... quer dizer eu não sei o que somos ainda.

– Ele tem uma namorada ?

— Sim - assentiu a senhora — Ela não vale nada, não passa de uma interesseira, e vive deixando o sr jeon de lado - falou irritada pegando a toalha — Ele precisava de alguém... - fomos interrompida com batidas na porta.

— Vai lá ver - pedi e a senhora foi até a porta.

Samara abriu só uma fresta da porta, mais deu pra ver que era o Jungkook. Não deu pra ouvir o que eles falava, só vi a senhora concorda com a cabeça várias vezes.

— Fim do banho florzinha - disse ela vindo até mim com a toalha — O sr Jeon está famito e ele disse que você precisa comer - me fitou alguns segundos e esticou seu braço pra me entregar a toalha branca.

Peguei a toalha da mão da mais velha e me levantei da banheira, me enrolei no tecido fofo e fui para o quatro, acompanhada pela Samara.

Pedi educadamente, pra Samara sair, até terminar de me trocar.

Me troquei e penteiei meus fios de cabelo, coloquei um par de chinelas e sai do quarto dando de cara com a Samara.

— Vamos ! - falei fechando a porta do quarto atrás de mim .

Decemos juntas até a mesa de jantar, tudo era lindo. Só não era mais que o homem que estava sentado nela.

Jungkook era lindo como um por do sol, dono de uma beleza única.

— Oi Sn - sorriu e eu retribui com um sorriso aberto — Seu sorriso é muito bonito - comentou ele me deixando corada.

— Muito obrigada Jeon - sorri maus uma vez e me aproximei da mesa.

Puxei uma cadeira e me sentei, o que me incomodou, foi Jungkook analisar cada movimento meu.

— Está se sentindo confortável ? - perguntou ele enquanto Samira nos servia.

— Sim, muito obrigada - sorri e senti a mão do Jeon pegar na minha - Jeon... - sou interrompida.

— Agora você tem a mim, para cuidar de você Sn - articulou ele segurando minha mão — Então não sinta medo de mim - sorriu e eu assenti sem graça levando uma mexa de cabelo para trás da orelha.


Então será ele o motivo pelo qual o destino ainda não me levou até morte .         


Notas Finais


Vocês leitores acha que os capítulos estão grande demais ou curto demais ?

Me falem para que eu possa melhorar, e trazer um bom conteúdo pra vocês ♡

Até a próxima bjs da drika 💋💋


https://www.spiritfanfiction.com/historia/amor-de-carnaval-jungkook--bts-18493346


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...