História A garota quase perfeita - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Originals, The Vampire Diaries
Personagens Alaric Saltzman, Caroline Forbes, Elizabeth "Lizzie" Saltzman, Hope Mikaelson, Josette "Josie" Saltzman, Klaus Mikaelson, Malachai "Kai" Parker
Visualizações 14
Palavras 613
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção Adolescente, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Fotinha da nossa Celeste na mídia....a história esta chegando ao fim porém a nem tão amada lizzie ganhe um spin-off

Capítulo 8 - Track 7 parte 1


Fanfic / Fanfiction A garota quase perfeita - Capítulo 8 - Track 7 parte 1

lembro com certa clareza da noite de ontem,me lembro te cantar no ouvido dele uma musica brasileira  que por sinal era a unica que eu conhecia,me lembro tambem do abraco  que recebi do mesmo e do beijo,o beijo que eu deveria ter sido firme  e nao  sedido.Gabriel sabia que meu tempo estava chegando ao fim sabia que nos tentariamos lutar contra a promessa que havia sido feito.E eu simplismente dormi.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

olhei ao redor perdida,nunca imaginei que minha vida chegaria a essa lastima.Ainda me lembro do dia em que tudo estava bem que minha vista estava perfeita,perfeita ela nunca foi mas pelo menos era boa e meia tranquia,porem agora ela esta um completo caos tudo por conta de um simples sorriso,aquele sorriso que eu tanto amo, aquele olhar que ilumina meu dia que me tirou da completa escuridao e eu pra completar o coloquei nisso

pairei meu olhar ao redor bem lentamente vendo o caos, varias pessoas multilladas por minha causa, e eu simplesmente nao sei o que fazer nem ao menos consigo me mover.Eu preciso dele eu preciso somente olhar mais uma vez pra ele e dizer tudo o que eu sinto,tudo que estava entalado na minha garganta que eu nao  tive coragem de lhe dizer por bobagens.Parei meu olhar assim que vi ele, ele estava la lutando por mim.Eu sei que estou cometendo uma loucura mediante a decisão que acabei de tomar,tudo esta muito confuso mais nesse momento esse e o mais certo a se fazer agora e o momento de me sacrificar pelos que amo pelos que sempre fizeram tudo por mim.

-Eu te amo- murmurei pra o dono do meu coração enquanto sentia diversas gostas escorrendo pelo meu rosto,observei o olhar confuso dele e logo o vi sorrir e começar a andar em minha direção em apressados passos.Logo desviei meu olhar e vi que a anciã também estava vindo em minha direção com uma das mãos estendidas -Eu te amo...- disse novamente e então peguei a mão da anciã me entregando a mesma vendo seu olhar confuso em minha direção e logo sorri em meio a lagrimas -...Nunca se esqueça disso- disse e logo fechei meus olhos sentindo uma luz branca forte sobre o local.

-Esta quase chegando querida  espero que aproveite seus ultimos diass....tic tac tic tac josie,estou te esperando- escutei  a voz intimidadora ao pe do meu ouvido e soltei um grito aguniante me despertando do meu profundo sonho.aquilo me parecia tao real

-Ei meu amor o que foi- escutei a voz de gabriel soar preucupada e logo senti seu fortes bracos me aquecendo em um terno e aflito abraco enquanto tentava lutar  ontra as lagrimas que queriam escapar.

-E....ela voltou- eu disse me  atrapalhando com as palavras.

-Como assim voltou!?- ele perguntou a mim provavelmente sem entender muito bem porém ainda mantinha seu sorriso acolhedor nos lábios

-Céleste!- bastou eu dizer o nome e o sorriso em seu rosto dei lugar a uma expressão frustada,Eu sabia que ela viria porém nao imaginava que seria em tão pouco tempo.

-----------------------------------------------------
-Tá legal e o que nos iremos fazer!?- perguntou minha mãe de certa forma aflita assim que acabei por lhe contar sobre Celeste.

-Lutar- Klaus disse convicto aparecendo ao meu lado e logo passou seu olhar por mim e pelos braços de Gabriel que estavam ao meu redor.

-Klaus....- mamãe sussurrou surpresa e logo me virei os encarando.

-Hello Love!- escutei o mesmo e sorri de canto observando o efeito que aquele voz causara em minha mãe.

"Klaroline"...eu realmente sempre fui maravilhosa com nomes e talvez a única pessoa a pénsar neles quando está prestes a ser encarcerada por uma das bruxas mais poderosas que éxistem....  Celeste 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...