1. Spirit Fanfics >
  2. A Garota que caiu do Céu >
  3. Capitulo -1 A garota que caiu do céu

História A Garota que caiu do Céu - Capítulo 1


Escrita por: Night_MareS2

Notas do Autor


Oiiii meus amorzinhos, estou trazendo a minha primeira fanfic espero que vc gostem
Boa leitura!!!!!
Até lá em baixo

Capítulo 1 - Capitulo -1 A garota que caiu do céu


Capítulo Um - A garota que caiu do céu 


~Mansão Sakamaki~


Naquela noite chuvosa encontrava-se sete pessoas habitando a Mansão Sakamaki, contudo sendo seis vampiros e uma humana. 

Yui encontrava-se em seus aposentos, deitada em sua gigantesca cama. A mesma olhava para cima enquanto pensava por mais quanto tempo ela terá que aguentar os abusos de seus "Donos". Algumas lágrimas rolavam pelo seu rosto, as mesmas caiam em sua cama a deixando úmida. Yui pôs seu braço direito em cima de seu rosto em uma tentativa de o esconder.


-Ei panqueca! - Ao escutar a voz de Ayato, os seus pêlos ficam arrepiados de medo pelo o que ele poderia fazer a ela. 


Ela estava indefesa, estava fraca, estava desistindo de sua vida.

Yui fechou os seus olhos rapidamente e começou a fingir que estava desmaiada. 


- Já dormiu? Realmente você é muito fraca! - A tentativa de Yui de evitar Ayato deu certo, graças ao seu braço que estava em cima de seus olhos o tampando, evitando assim que Ayato percebesse que a mesma estava fingindo.


"-Eu só queria um pouco de paz…-" Pensou Yui quase se entregando novamente para o choro.

O vampiro apagou a luz do quarto e se deitou ao lado de Yui. Ayato ficou a observando, sua mão direita foi em direção a pequena menina a sua frente, ele começou a brincar com os cabelos louros quase branco de Yui, logo seus dedos começaram a deslizar para as bochechas rosadas e quentes da menina.


- Tão quente....- Sussurrou o menino. Yui retirou o seu braço que cobria exclusivamente os seus olhos e se virou na direção de Ayato, ficando cara a cara com ele. 


-A-Ayato-Kun? - O seu coração batia rapidamente, por mais que ela não admitisse, ela tinha uma grande paixão por ele, para ser sincera por todos que viviam naquela Mansão. As bochechas de Ayato coraram levemente, em um movimento rápido a puxou para um abraço. - Está  tudo... - O ruivo pôs seu dedo indicador nos lábios da menina, a impedindo de falar.


Yui paralisada pelo toque de Ayato, estava totalmente submissa a ele. 


P.O.V's Yui On.


Ayato estava me olhando fixamente, seus belos olhos verdes eram uma dose de toxicidade, ao  mesmo tempo que me sentia extremamente segura sabia muito bem que também poderia estar correndo um extremo perigo.


-Acredito que já esteja na hora do jantar… - Desviei o meu olhar do dele.


-Tem razão, não quero o Reiji no meu pé, mais do que já está. - A minha tentativa de sair daquela tinha dado certo.


Estávamos todos nós na sala de jantar, Reiji estava sentado à minha frente como de costume e Subaru do meu lado direito. E mais uma vez a mesa estava farta de comida, e como sempre eu estava sem apetite, porém dessa vez era algo diferente, era como se eu pudesse sentir que algo estranho estava por vir. Porém eu era a única a sentir, todos estavam comendo normalmente.


-Bitch-chan mais uma vez não está tocando em sua comida, será que devo dar na sua boquinha? - Perguntou Laito. Seus olhos esbanjavam pura luxúria e o seu sorriso malícia.


-Quando vamos poder ter uma refeição decente?! - Reiji já estava sem paciência.


-M-me desculpe… - Comecei a comer a comida que estava à minha volta. Mesmo que muitas vezes não comendo, a comida daqui era realmente maravilhosa, extremamente saborosa.


Quando estava a finalizar o meu jantar, notei algo incomum. Uma voz rouca que demonstrava  um certo desespero.


Sua voz chamava o meu nome.

Sua voz chamava o meu nome.

De novo e de novo.


Um arrepio percorreu o meu corpo, fazendo com que os meus pelos ficassem ouriçados. Bem a minha frente estava a enorme janela da sala de jantar, era possível ver a chuva caindo e os brilhos dos raios. A cada momento que se passava, a chuva estava cada vez mais forte e a quantidade de raios que caíam aumentavam. Até que um raio caiu no jardim fazendo com que o mesmo fosse iluminado e uma certa parte da varanda da sala de jantar, foi possível ver uma silhueta de uma garota.


Eu estava estática, não conseguia me mexer nem mesmo falar alguma coisa. Meu coração começou a bater mais forte, comecei a suar frio e minhas mãos a tremer. Após uma longa respirada, consegui apenas apontar em direção a enorme janela à minha frente.


-Tem...Alguém ali…- As palavras saiam da minha boca de forma amedrontada. 


Todos olharem em direção a janela, mas aquela silhueta não estava mais lá. Ela tinha desaparecido.


-Está vendo coisas de novo Panqueca? - Debochou Ayato.


-Eu juro! Eu vi mesmo uma menina ali! - Gritei desesperada, coloquei a palma da mão em meu rosto enquanto os meus dedos estavam puxando os fios do meu cabelo.


-Teddy, Yui-chan está ficando louca! - Kanato começou a rir da minha cara. - Não acha Teddy?


Retirei as minhas mãos do meu rosto e olhei para cada um. Uma lágrima rolava em minha bochecha. Estava cansada de ser tratada com desespero e como uma maluca.


-Yui tem razão...Tem mais alguém aqui - Pronunciou Shu.


 Todos começaram a se olhar de lado, o ambiente estava silencioso, até que Subaru quebrou o silêncio.


-Quem seria o idiota que invadiaria um ninho de vampiros? - Perguntou Subaru.


Ele tinha razão.


P.O.V's Yui Off..


Todos foram em direção ao barulho do segundo coração que estava batendo dentro daquela enorme mansão. Não foi uma questão de muito tempo até acharem o intruso, ele estava no jardim desmaiado. Ferido.

Era uma menina, ela estava deitada na grama encharcada, suas roupas consistiam em apenas uma camisola branca, que agora estava transparente por conta da chuva, ela estava praticamente nua. No meio de sua roupa era possível ver uma enorme marca de sangue, eu abdômen estava ferido.


“-Quem era aquela menina?”- Essa mesma pergunta se passava pelos pensamentos dos irmãos Sakamki e de Yui










Notas Finais


oi meus amores
espero que tenham gostado. bjss ate a proxima


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...