História A garota que eu Odeio - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Asaika, Cauan, Drake, Drawin, Edwin, Madwin, Nouan, Ryan, Sasaika, Storm, Talvez Drawin, Talvez Madwin, Talvez Rysaika, Talvez Sasaika
Visualizações 250
Palavras 896
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 3 - Coração não é feito de osso


#Edwin#


Depois que o professor mandou eu fazer dupla com o Drake, aquilo me deixou sem jeito. Me sentei ao seu lado e o mesmo me ignorava.

Edwin: ei viadinho, quer ajuda?
Drake: não
Edwin: mais eu quero ajudar
Drake: quem disse que eu ligo?
Edwin: olha como fala comigo
Drake: se não o que? Vai ser idiota como sempre? -ele me encarava com raiva- eu só quero fazer o trabalho em paz e se quer ajudar, então cala boca e me ajude
Edwin: tsc -depois disso eu me calei, não quero que ele tenha raiva de mim, mas o que posso fazer? Eu sou popular. Eu estava tendo muita dificuldade pra juntar o esqueleto e percebi que ele estava rindo de mim
Drake: essa aqui é sua patela, osso do joelho. Não do coração
Edwin: eu já sabia disso, mas se parece muito com osso do coração -ele riu como se eu tivesse dito a melhor piada do mundo- do que você tá rindo?
Drake: coração não é feito de osso, se não ele não batia, coração é músculo
Edwin: eu já sabia disso, tava só querendo saber se você também sabia
Drake: aham, sei
Edwin: tsc, nerd -falei e ele ficou sério, o sinal bateu e nosso entregamos os esqueletos pro professor, a minha galera apareceu- valeu Gayzinho por fazer meu trabalho- ele me encarou com raiva e saiu da sala e eu fui até o Storm

...


Depois que saímos da sala, fomos pra cantina e o Cauan se aproximou da gente.

Edwin: oe peste! Tava pensando em fazer uma festa na sua casa
Cauan: porque na minha casa? -pegamos nossa comida e nos sentamos na mesa dos populares
Edwin: porque eu quero? Algo contra?
Cauan: preciso ver se meus pais vão está em casa primeiro
Edwin: da um jeito de se livrar deles
Cauan: ta, essa semana na escola está muito chata
Storm: acabamos de voltar das férias quer o que?
Cauan: nada, mas podia está mais animado.
Edwin: ele tem razão! Tive uma idéia
Cauan: qual?
Edwin: a semana dos nerds
Storm: como vai ser isso?
Edwin: vai ser uma semana inteira de caça aos nerds! Vamos acabar com eles, que no fim da semana não vai sobrar um nerd vivo- contei pra eles mais especificamente o plano- vai ser muito doido! Estão dentro? -Storm e Cauan se encaravam- respondam seus merdas!
Storm/Cauan: okay

#Storm#


Depois que o Edwin contou o plano dele eu fiquei fitando a Asaika, no canto comendo sozinha, sempre com fones de ouvido. Queria me aproximar.

Edwin: porque tanto olha pra nerd?
Storm: tava pensando em zoar ela- disfarcei
Edwin: boa idéia vamos lá
Cauan: porque não deixa ela em paz  e vamos comer
Edwin: porque não, nerds tem que ser zoado! -seguimos ele até a mesa dela- e ae quatro olhos? -ela não nos ouviu e ele arrancou os fones dela -me ouviu quatro olhos?
Asaika: devolveu meus fones idiota!
Storm: e se ele não quiser? -ela me fitou e pegou o prato dela de macarrão e tacou na cabeça do Edwin, o mesmo a fitou com ódio e quebrou os fones dela, ele ia reagir, mas eu e o Cauan seguramos
Asaika: idiotas! -Ela pegou as coisas dela e saiu correndo
Edwin: essa garota me paga semana que vem! -ele voltou pra mesa dos populares com os outros
Storm: vou ao banheiro- falei com eles e sai atrás dela, encontrei a mesma chorando na quadra da escola chutando as bolas contra as grades- Ei nerd!
Asaika: o que você quer? Veio quebrar o que agora?
Storm: não fui eu que quebrei!
Asaika: você e ele é tudo a mesma coisa! -ela chutou uma bola na minha direção e eu desviei
Storm: preciso falar com você- ela chutou outra bola
Asaika: não quero te ouvir- ela ia tentar sair da quadra, mas eu a prendi contra grades segurando suas mãos acima da cabeça- me s-solta- estávamos muitos próximos
Storm: se quer um conselho não venha na aula semana que vem
Asaika: porque eu faria isso?
Storm: porque vai ser melhor pra você!
Asaika: não quero conselhos vindos de você! -eu fui me envolvendo em seu olhar, eu ia beija lá, mas ela me empurrou e eu voltei a mim mesmo e a soltei. O que eu estava fazendo? Porque ia beija lá? -idiota! Fica longe de mim! -Ela saiu da quadra e o sinal bateu voltamos pras aulas e ela não disse nada nem se quer me olhou, tudo seguiu normal até a hora da saída, onde o Edwin fez questão de mecher com ela, então eu me adiantei e tranquei ela dentro do armário da escola

#Cauan#

Depois que o Storm trancou Asaika dentro do armário, eu fui até o portão da escola com eles e depois dores irem embora, eu voltei pra abrir o armário, mas ela já não estava mais lá. Então fui embora.

Chegando em casa os empregados me informaram que meus pais tinham viajado e vão ficar duas semanas fora. Mandei mensagem pro pessoal confirmando a festa que era só marcar. Edwin disse que ia ver. Meu celular tocou e eu atendi

Cauan: oi pai, sério? Tá! -desliguei- Droga! - a mãe da Asaika também vai ficar fora ou seja ela vai dormi aqui. Não posso cancelar a festa agora! Saco! Mais posso adiar. Ninguém pode descobrir que ela minha irmã se não adeus reputação


Notas Finais


#EdwinIgnorante kkk (o da vira real não é assim. Na vdd é mto inteligente) #CauanBaka (o da vida real tbm não é assim. Ele é muito fofo com a irmanzinha dele {eu}) #NaoPratiquemBullyng


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...