História A garota que foi adotada (Lutteo) - Capítulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 109
Palavras 909
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Romance e Novela
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Mais um amores!!😊😉
Boa leitura!

Capítulo 12 - Nunca mais vou voltar...


Fanfic / Fanfiction A garota que foi adotada (Lutteo) - Capítulo 12 - Nunca mais vou voltar...

Matteo narrando

"Eu sabia q o Simón estava com ciúmes da Luna, e eu só queria provocar ele. Foi quando eu vi o meu pai se aproximar de nós, eu me levantei e disse:"

Matteo : Finalmente voltou né pai? (Risos)

Miguel : Oi filho...(cabisbaixo)

Matteo : O q foi? A viagem foi mal?

Miguel : Não é isso é q...

Bruno : Fala o q aconteceu pai!

Miguel : Eu...Eu n consegui adotar a Luna.

Eu : Não?

Matteo : Mas pq?

Miguel : Eu contei para o juiz como ela veio para nossa casa, daí ele falou q n pode uma menina, morar em uma casa sem ser adotada...

Lucas : E o q vai acontecer?

Miguel : Luna...Vc me desculpa, mas... não pode mais morar com nós aqui.

Eu : O Senhor está...me mandando embora?(começo a chorar 😭)

Miguel : Não, eu n queria isso...mas é a lei.

Matteo : E ela vai morar aonde? Na rua pai!? (Se altera)

Bruno : Calma Matteo!

Matteo : N posso ficar calmo!!

Miguel : Desculpa Luna...mas vc vai ter q ir. Podem levá-la.

Narrador

" Seu Miguel deu um sinal, e 5 homens de terno preto saíram de um carro distante de nós, um deles pegou o braço de Luna e puxando ela até o carro. Os outros 4, ficaram segurando os irmãos, prevenindo para eles n tentarem nada. Luna começou a chorar, e tentava se soltar na esperança de sair correndo para os braços dos irmãos."

Eu : Simón!! (Chora)

Simón : Luna!!! 

Eu : Matteo!! N deixem me levar, por favor...

Matteo : Me soltem desgraçados!!(se debate)

Eu : Pq fez isso...pq seu Miguel?

Miguel : Desculpe Luna...

Narrador 

" O homem de preto, conseguiu colocar Luna dentro do carro. Os outros 4, largaram os irmãos e Matteo foi correndo atrás do carro, Luna colocou a cabeça pra fora da janela e disse chorando:"

Eu : Por favor Matteo...Eu n quero ir.

Matteo : Escuta, n importa aonde vc estiver, eu vou te encontrar...e te trazer de volta!

Eu : (chora) Por favor...

Matteo : Eu vou te encontrar.

Narrador

" Depois dessas últimas palavras, Matteo parou de correr e ficou vendo o carro ir embora. Ele começou a chorar e ficou se culpando o resto do dia, por n ter tentado nada pra n deixarem ela ir.

Enquanto isso, no carro...

Eu : Aonde vai me levar? (Seca as lágrimas)

Homem : (ri) Quando chegarmos, vc vai saber.

Eu : Vai demorar?

Homem : Um pouco...


4 horas depois...

Narrador

" Demorou um século para eles chegarem, Luna saiu do carro com os olhos ainda vermelhos de tanto chorar, ela se deparou com um orfanato! O homem de preto, pegou ela e a arrastou até a porta do orfanato, ele bateu na porta e uma mulher saiu com um lindo sorriso no rosto. Ela se direcionou ao homem e disse:"

Luisa : Boa tarde, o q quer?

Homem : Quero deixar essa criança...

Eu : Aí, n precisa me empurrar idiota!

Luisa : Qual é no seu nome?

Eu : ...

Homem : Luna! O nome dela é Luna.

Luisa : Prazer Luna, eu sou a Luisa. Coordenadora do orfanato.

Eu : Tanto faz! (Cruzo os braços)

Homem : Só vim deixá-la, já vou. (Sai)

Luisa : Vamos entrar? 

Eu : Tá.

Narrador 

"Luisa foi mostrando o orfanato para a Luna. Claro q ela n estava contente, queria voltar para os irmãos e...poder acreditar q tudo era só um sonho. Foi então q elas chegaram ao pátio do orfanato, onde todas ao crianças e adolescentes estavam jantando. 

Luisa acompanhou Luna até uma das mesas onde estava uma garota de cabelo preto e curto, jantando. Luna se sentou na frente da garota e ficou em silêncio. A menina, várias vezes ficava olhando para a Luna, foi quando a Luna percebeu e disse:"

Eu : Tá com algum problema?

Nina : ...

Eu : Te fiz uma pergunta surda!!

Nina : Não...

Eu : Então pq fica me olhando?

Nina : Desculpa...Eu só...achei muito bonito esse seu colar.

Eu : Meu colar...pq? Vc nunca teve um desses?

Nina : Eu n tenho nada de jóias, apenas umas roupas e sapatos.

Eu : Me desculpa, eu fui muito rude com vc.

Nina : N tem problema...Pq veio parar aqui?

Eu : Como assim?

Nina : Vc está tão bem vestida... achei q viesse de uma família rica.

Eu : Não, isso...foi um presente de um amigo.

Nina : Queria ter um vestido assim...Vc tem sorte.

Eu : Não, n tenho...

Nina : Vc tem família?

Eu : Não, minha mãe morreu quando eu tinha 5 anos... Depois comecei a morar com um homem e seus filhos. Mas...fui expulsa de lá!!

Nina : Sinto muito, desculpa...eu nem me apresentei. Eu sou a Nina.

Eu : Eu sou a Luna. Quantos anos vc tem?

Nina : 14 e vc?

Eu : 15...Mas vou completar 16 semana q vem.

Nina : Bom, espero q possamos ser amigas...Se vc quiser é claro.

Eu : Obg Nina.

Nina : Eu vou para o quarto, nós vemos depois Luna. ( Sai)

Luisa : Luna está com fome?

Eu : Não, obg. O q eu queria eu n posso ter...

Luisa : Entendo...mas olha, vc pode ser feliz aqui. Todos somos uma família. 

Eu : (suspira) Não é a msm coisa...

Luisa : Tá bom, eu vou te levar ao seu quarto. 

Eu : Vamos.

10 minutos depois...

Luisa : Pronto, esse é o seu quarto. Vc vai dividir com mais 3 pessoas. Dois meninos e uma menina.

Eu : Tá bom, aonde eu vou dormir?

Luisa : Nessa cama de cima. Vou trazer a sua roupa do orfanato tá?

Eu : Tá...

Luisa : Já volto! (Sai)

Eu :(fecho a porta) Como vou viver aqui? Eu odeio esse lugar!! (Me senti na cama) Eu

Narrador 

" Luna ficou lá sentada e chorando, ela estava longe de quem ela mais amava...os irmãos."


Continua...










Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...