1. Spirit Fanfics >
  2. A GleamingChristmas - GleamingTale - Um natal reluzente >
  3. II - Aqueles dois nunca mudam

História A GleamingChristmas - GleamingTale - Um natal reluzente - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Deu mesmo uma vontade de arrumar a antiga one-shot viu :'V

Capítulo 2 - II - Aqueles dois nunca mudam


Fanfic / Fanfiction A GleamingChristmas - GleamingTale - Um natal reluzente - Capítulo 2 - II - Aqueles dois nunca mudam

-Sans! - digo em felicidade por ver meu amigo -

 

Sans - Eae baixinha, ta afim de vir comigo e com o Paps ver a nova invenção da Alph? - ele pergunta pegando seu ketchup do casaco azul marinho e bebendo-o logo em seguida -

 

-Desculpa, mas tenho algo a tratar. - digo em desânimo por não poder ir -

 

Sans - Heh, de boa senhorita, você tem muitas coisas pra fazer Frisk, não aceita nem o convite dos amigos, que garota mais azeda - ele diz com o sorriso de sempre  relaxado e jogando o ketchup na lixeira perto de minha casa e sua expressão muda um pouco para uma careta de desgosto -

 

O ketchup tava azedo...e ele ta me chamando de azeda (azeda, chata)...entendi a piada.

 

Rio baixo.

 

-Fazer uma festa de natal para todos! Isso que quero fazer. Seria legal comemorar essa festa anual - disse animada -

 

Sans - Natal? Bom, soube que a aparência desse evento é bem parecida com Snowga - ele diz com as mãos nos bolsos do casaco  -

 

-Sim, no Natal, pessoas ficam reunidas pa...- antes que eu falasse minha frase, Papyrus chega com uma certa raiva, pisoteando o chão  -

 

Papyrus - SANS! ANDE LOGO! UNDYNE JÁ ESTÁ IMPACIENTE COM A DEMORA! - logo ele me vê e sua expressão muda - OH! OLÁ HUMANO FRISK! - Papyrus me vê e nos comprimentamos - DO QUE ESTAVAM FALANDO? - ele pergunta com o telefone na mão perto dos 'ouvidos' -

 

-Sobre o natal. - digo sorrindo ao rever um bom amigo como Papyrus, faz tempo que não vejo os outros, pois como embaixadora, tive que conhecer vários políticos pelo mundo e essas coisas. E também, eles estavam se mudando, faz um tempo que não nos falamos -

 

Papyrus - WOWEI, NO NATAL HÁ MUITOS PRESENTES E NEVE PELO QUE OUVI FALAR.

 

A 'pessoa' atrás da linha telefonica grita:

 

Undyne - VOCÊS JÁ ESTÃO NA PORTA?! POR QUE ESTÃO FALANDO DE NATAL, PRESENTES E NEVE?! E ODEIO LUGARES GELADOS. - era Undyne -

 

Sans pega o celular das mãos de Papyrus.

 

Sans - Fica FRIA Undyne, a gente ta praticamente na porta, - ele bate na porta de minha casa e o som daquela ação pairou sobre o local  "toc, toc" - dá pra você se acalmar um pouquinho? A Alphys espera bem calma. É melhor você aprender a relaxar, porque acho que sua impaCIÊNCIA vai te levar sempre ao cansaço, e acho que você não quer  se cansar antes de  vermos a nova invenção da Alphys. - Sans fala com seu sorriso estampado no rosto -

 

Papyrus - SAAAANS!!!!! CHEGA DESSAS SUAS PIADAS!!!! - Papyrus perde sua paciência com Sans -

 

Sans - Ok, ok brô. Vou parar só porque vOSSO amigo pediu, Frisk.

 

Coitado do Papyrus, tava tão cansado que nem escutou esse trocadilho horrível.

 

Undyne - Sans... quando você chegar aqui, eu juro que... - Sans à interrompe -

 

Sans - Vou chegar num baita TEMPO RUIM - ele olha para o céu, parecia que iria chover -

 

Undyne - Eu tenho quase certeza que isso foi uma piada, mas vou fingir que não ouvi isso Sans. Venham logo seus dois paspalhões! - ela desliga -

 

Sans coloca o telefone de Papyrus na mão do outro que estava paralisado de tanto ouvir os trocadilhos de Sans.

 

Sans - E esse show foi de graça, se sinta honrada senhorita. Não irei te FRISKalizar por assistir sem pagar nada. Obrigado, obrigado - Sans se curvava e tirava seu chapéu para ser aplaudido por mim que ria levemente -

 

Vejo gotas de chuva do lado de fora.

 

Sans - Vou junto com o Paps pra casa da Alph, boa sorte pivete. - ele toca em Papyrus e os dois somem -

 

Fecho a porta de casa.

 

-Não consegui fazer o que queria, mas foi bom falar com Papyrus e Sans novamente. Espero que Toriel tenha levado um guarda-chuva. - volto para meu quarto, estava arrumado, estranhamente estava arrumado! -

 

Chara - Frisk. - Chara me chamou, me viro, ela estava flutuando como um fantasma atrás de mim -

 

-O que aconteceu? - pergunto sem acreditar -

 

Chara - Flowsy e eu arrumamos tudo e compramos enfeites para o nosso Natal - ela fala e aponta para uma caixa atrás de si, Flowsy estava em cima da mesma -

 

Flowsy - Você está nos devendo uma, Frisk - Flowsy diz e sai de cima da caixa, indo para um vaso da cômoda de meu quarto -

 

-PERFEITO!!!! OBRIGADO VOCÊS DOIS!!!! - corro até a caixa e a levo pra debaixo da cama - Vou deixar aqui para arrumar tudo amanhã. Mas como fizeram isso tão rápido? - pergunto pasma. -

 

Chara - Eu tenho minhas mágicas, hehe. Vamos dar um natal para os monstros, Frisk. - ela some -

 

-Vamos sim. - afirmo fechando a porta de meu quarto -


Notas Finais


:v



ESTA POSSIVELMENTE SERÁ MINHA ÚLTIMA FANFIC COM POV (Point Of View), FANFIC QUE É CONTADA PELO PONTO DE VISTA DE UM E DE OUTROS PERSONAGENS, AS PRÓXIMAS SERÃO NARRADAS COM UM NARRADOR QUE POSSIVELMENTE SERÁ OBSERVADOR.


GleamingTale Au:
https://www.spiritfanfiction.com/historia/gleamingtale-18047191



~·`°Algumas palavras seria melhor ouvir em inglês, ok? :]



Au feita por;
Capa feita por;
Capítulo feito por; @allVick (AJay)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...