História A Golpista - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Ariana Grande, Demi Lovato, Fifth Harmony
Personagens Camila Cabello, Demi Lovato, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Visualizações 55
Palavras 964
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, FemmeSlash, Festa, LGBT, Romance e Novela, Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eii... ✌
Foto de capa é a Pequena Meg

Capítulo 2 - Capítulo 2


Fanfic / Fanfiction A Golpista - Capítulo 2 - Capítulo 2

                         Lauren POV

Meu nome é Lauren Jauregui, tenho 25 anos, e sou dona de diversos hotéis, que são meu orgulho e também dos meus pais, Michael e Clara Jauregui, um patrimônio que conseguimos com muito esforço e dedicação.

Eu sou uma mulher muito sortuda, sou casada com uma mulher linda chamada Demi Lovato e temos uma filha de 2 anos,chamada megan, é a alegria da minha Vida.

Hoje sendo domingo eu ficaria em casa com minha família, porém, fomos convidados para irmos em uma festa de um amigo da família anoite, então eu teria que aproveitar muito para dar atenção para as mulheres da minha vida durante o dia porque anoite será só chatice com o pessoal falando de trabalho o tempo inteiro.

Sou despertadas dos meus pensamentos por um suspiro ao meu lado, olho para a minha mulher que sorri ao abrir os olhos e olhar pra mim

_Bom dia amor -Falo sorrindo indo abraçá-la

_Bom dia Laur -Fala com a voz baixa e se aconchega no meu peito

_Hoje temos aquela festa, você se lembra que eu havia dito -Pergunto fazendo carinho em sua cabeça

_Lembro, e você sabe que odeio essas festas que mais parecem um enterro -Sorrio com sua frase e ela sorri junto

_Eu sei que odeia amor, mais eu de qualquer forma preciso ir, mesmo que seja pra ficar meia hora, mais eu preciso pelo menos marcar presença -Falo já pressentindo a briga

_E você também sabe que odeio quando você deixa sua família por causa de trabalho -Sabia que teria briga, Demi nunca aceitou o fato de não termos tempo suficiente pra ficarmos juntas, porém eu tinha uma vida muito corrida e o patrimônio inteiro pra cuidar, era o nosso futuro, e posteriormente o de megan

_ Eu sei disso, porém eu não posso faltar a esta festa, você sabe o quanto recusar um convite assim pode ser prejudicial para os negócios -Falo calma e ouço ela bufar

_Por que o seu pai não vai marcar presença com eles, sempre você quem precisa se sacrificar Lauren -Fala se levantando do meu peito e me olhando

_O convite foi para nós Demi, meus pais foram convidados sim, porém nós também fomos -Falei perdendo a paciência, a Demi nunca se deu bem com minha família, e meus pais só foram de acordo com o casamento porque a Demi havia engravidado, e de certa forma nos casamos mais por este motivo também, pela gravidez, mais hoje não me arrependo, foi a melhor coisa que eu fiz

_Não tem jeito mesmo de entrarmos em um acordo Lauren -Ela fala se levantando da nossa cama

_Demi... -Tento pegar em sua mão porém ela se esquiva e vai para o banheiro batendo com força a porta

_Que merda -Bufu irritada, passo a mão no rosto tentando me acalmar

Resolvo me levantar e ir até o quarto da minha filha ver se ela já havia acordado, no caminho para o quarto da minha filha eu entro em um dos banheiros do corredor e faço lá mesmo minha higiene já que a Demi não me deixaria entrar no banheiro agora. Quando terminei fui até o quarto da minha filha e ela ainda dormia em sua caminha, a cama não era muito alta, tinha um tamanho ideal para casa ela quisesse se levantar.

_Filha? -Chamo Meg acariciando seus cabelos castanhos escuros

_Meg, está na hora de levantar filha -A chamo novamente e ela suspira abrindo os olhinhos

_Bom dia mamãe -Fala baixinho e fecha os olhos novamente, sorrio toda boba com a fofura da minha bebê

_Ei, abra os olhos pra mamãe -Pedi sorrindo e ela nega devagar abrindo um sorrisinho sapeca de lado, igual a mãe, impressionante

_Hoje a mamãe vai te levar para fazermos várias coisas e comer muitas besteiras, mais pra isso você precisa levantar -Falo e ela abri os olhos me olhando desconfiada

_Eu vou poder comer chocolate? -Ela pergunta com os olhos brilhando e eu reviro os olhos, eu não gosto de chocolate mais Meg em compensação puxou a mãe, ama chocolate

_Claro que sim filha, vai poder comer quantos a sua mãe deixar -Falo e ela para de sorrir na hora, gargalho com isso. A Demi é super protetora com a Meg, já eu sou o tipo de mãe mais liberal

_Mais mamãe ela não vai me deixar comer o tanto que eu quero -Fala fazendo um biquinho e os olhos lacrimejam na mesma hora, os deixando ainda mais verdes, os olhos dela são idênticos aos meus

_Ah Meg, mais você não pode exagerar também, lembra da última vez que a mamãe te deixou comer aquela quantidade absurda de chocolate, você passou muito mal e sua mãe quase me matou -Falo e ela assenti com a cabeça baixa

_Eu vou te deixar comer chocolate, mais tudo no limite pode ser? -Perguntei e ela me olhou assentindo

_Então agora a mamãe vai ligar para a Maria vir te arrumar porque a mamãe também vai se arrumar agora, vamos aproveitar nosso dia tabom -Perguntei a pegando no colo e beijando o topo de sua cabeça e ela me abraços apertado. 

Depois de ligar pra Maria, a baba da Meg, eu fui para o meu quarto me trocar para tomar café, seria um dia longo. 

Entrei no meu quarto e a Demi estava sentada na cama com o notebook em seu colo, entrei no banheiro sem falar nada e fui tomar meu banho. 

Quando sai do banho o quarto estava vazio. Eu entrei no meu closet peguei primeiramente meu short de compressão, sou intersexual, tenho um penis então preciso usar este short pra segurar o máximo que dava, coloquei uma calça jeans, uma blusa informal e um vans, totalmente informal para um dia de dormindo, depois de pronta eu desci para tomar café. 


Notas Finais


😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...